logo Melhores Destinos

Lugares com neve na América do Sul – 15 destinos para curtir incríveis paisagens e esquiar

Daniel Akstein Batista
11/06/2024 às 18:43

Lugares com neve na América do Sul – 15 destinos para curtir incríveis paisagens e esquiar

Um destino de viagem muito comum no meio do ano são os lugares com neve na América do Sul. Normalmente, a temporada de neve começa já em junho e vai até agosto/setembro. E há muitos lugares para curtir o friozinho do inverno e a neve nos países vizinhos.

Agora em 2024, a neve chegou com força antes do tempo e muitos destinos famosos de esqui anteciparam a sua abertura. E que tal programar uma viagem para um destino de neve na América do Sul para curtir todas as atrações que só esses lugares proporcionam?

Lugares com neve na América do Sul

Quando pensamos em destinos de neve, o mais comum é lembrarmos de dois países vizinhos, a Argentina e o Chile. É lá que estão os grandes centros de esqui, como Bariloche e Valle Nevado. Mas lá também se encontram muitos outros lugares turísticos e que recebem milhares de pessoas quando a temporada de neve chega.

Se você quer brincar na neve (como já dizia a famosa canção de Frozen) e se encantar com as paisagens da natureza cobertas de branco, confira a seguir os principais lugares com neve na América do Sul.

Neve na Argentina

Um dos melhores lugares com neve na América do Sul é mesmo a Argentina. Afinal, é no país vizinho que encontramos o destino mais procurado pelos brasileiros: Bariloche.

Mas, como a ideia é mostrar diferentes destinos, vamos abordar esse e outros lugares de neve na Argentina também para você programar sua viagem de férias ou em algum feriado.

Bariloche

Bariloche fica no norte da Patagônia argentina, na província de Río Negro, a cerca de 1.600 km de Buenos Aires. Durante a alta temporada, há voos diretos do Brasil para Bariloche.

Baixe o app do Melhores Destinos para receber as melhores ofertas de passagens aéreas para a Argentina.

A cidade é ótima para ser visitada durante todo o ano, mas são nos dias mais frios do meio do ano que ela se transforma e recebe milhares de turistas ávidos para esquiar e curtir os dias de neve.

O Cerro Catedral é a principal área para esqui de Bariloche, com dezenas de pistas para todos os níveis de praticantes de esportes da neve. Há também outros cerros (morros) e atrações na cidade. Veja mais aqui sobre o que fazer em Bariloche e hotel em Bariloche.

Hotel Nota na Booking.com Reservas
Hotel Milan 9,2 Ver preços
Llao Llao Resort Golf Spa 9 Ver preços
Boutique Hotel & Spa Bosque del Nahuel 9 Ver preços
Monasterio Hotel Boutique 8,9 Ver preços
Huinid Bustillo Hotel & Spa 8,9 Ver preços
Hotel Tirol 8,8 Ver preços
Hotel Aspen Ski 8,7 Ver preços
Hosteria El Condado by Nordic 8,8 Ver preços
Alma Del Lago Suites & Spa 8,7 Ver preços
Hotel Nahuel Huapi 8,6 Ver preços
Hotel Cristal 8,6 Ver preços
Gran Hotel Panamericano 8,6 Ver preços
Hampton By Hilton Bariloche 8,5 Ver preços
Huinid Pioneiros Hotel 8,4 Ver preços
Hotel Crans Montana 8,2 Ver preços

Ushuaia

Ushuaia é conhecida como a cidade do fim do mundo, a última parada antes da Antártida. Só por isso já podemos imaginar que é uma região gelada, com muita natureza e belezas naturais.

A região oferece atrativos em todos os meses do ano, e no inverno a cidade fica coberta de neve – do final de junho até meados de setembro ela é praticamente garantida. O Cerro Castor é o grande centro de esqui do Ushuaia, com 35 pistas de diferentes níveis de dificuldade e 13 teleféricos. Ele tem também uma pista de patinação no gelo.

Veja alguns destaques de hotéis em Ushuaia, um ótimo lugar para curtir a neve na Argentina:

Hotel Nota na Booking.com Reservas
Antarctica Hostel 9,1 Reserve aqui
Posada Del Fin Del Mundo 8,9 Reserve aqui
Hosteria y Restaurante America 8,8 Reserve aqui
Hotel Tierra del Fuego 8,8 Reserve aqui
MIL810 Ushuaia Hotel 8,4 Reserve aqui

Se você está querendo viajar para Ushuaia, confira também esses passeios para fazer no “fim do mundo”:

Villa La Angostura

A 80 km de Bariloche encontramos a pequena Villa La Angostura, com menos agito mas com muitas belezas naturais no meio das montanhas na Patagônia Argentina. O Cerro Bayo é a grande atração da cidade no inverno, uma estação de esqui e snowboard com pistas com distintos níveis de dificuldade.

Mesmo para quem não é adepto aos esportes de neve, o Cerro Bayo é um passeio que vale a pena fazer, com bons restaurantes e paisagens espetaculares. Mas, claro, o foco principal é para quem quer esquiar e se arriscar no snowboard.

Mendoza

Mendoza é mais um destino turístico muito procurado pelos brasileiros durante o ano inteiro, mas não podemos considerar que esse seja um destino tradicional de neve na Argentina, apesar de que neva no Aconcágua e tem até estação de esqui próxima (o Vale del Plata – Vallecitos, cerca de 80 km de distância) – e há sempre neve na Cordilheira dos Andes para ser contemplada.

Se você quer esquiar perto de Mendoza, no entanto, além do Vallecitos, pode apostar na também na estação Los Puquios (o primeiro parque de neve da província, a 180 km de Mendoza).

Apesar de conter alguns centros de esqui a uma distância razoável, Mendoza não tem tanto esse apelo. Mas se você quiser curtir um visual de neve sobre as montanhas, regado a um bom vinho, Mendoza pode ser uma boa pedida.

Quer fazer um super passeio saindo de Mendoza? Veja os valores da excursão de alta montanha pelos Andes.

Mendoza

Las Leñas

Las Leñas fica na província de Mendoza, mas a cerca de 400 km de distância da cidade, o que não é um trajeto tão fácil de fazer para um bate-volta. Com mais de 30 pistas e aos pés da Cordilheira dos Andes, Las Leñas é considerada como uma das principais estações de esqui da América Latina, e a cidade mais próxima é Malargüe.

A temporada de neve na região costuma iniciar no fim de junho, recebendo milhares de turistas argentinos e de outros países.

Veja aqui alguns hotéis em Las Leñas.

Outros destinos de neve na Argentina

Ainda na Argentina, encontramos muitos outros destinos de neve, como San Martín de Los Andes, uma cidadezinha bem charmosa a cerca de 190 km perto de Bariloche, e Esquel, pouco conhecida dos turistas mas com um bom centro de esqui, o Cerro La Hoya e suas várias pistas para a prática de esportes de neve.

Se por um lado há vários destinos para esquiar na Argentina, como já vimos, por outro lado é muito difícil encontrar neve em Buenos Aires. A capital não costuma ver o fenômeno acontecer e a última vez que nevou em Buenos Aires foi em 2007. Ou seja: se você quer um lugar de neve na Argentina, fuja da capital.

Neve no Chile

Neve no Chile? Tem também. E como tem! O Valle Nevado é o principal destino dos brasileiros que querem ver neve no Chile, mas assim como na Argentina aqui há também muitos outros ótimos lugares para passar a temporada de neve. Vamos conferir!

Valle Nevado

O Valle Nevado é sem dúvida a principal estação de esqui do Chile e um dos melhores lugares com neve da América do Sul. Localizado no alto dos 3.200 m da Cordilheira dos Andes, o Valle Nevado fica a apenas 40 km da cidade de Santiago, o que facilita um bate-volta da capital – há também a possibilidade de se hospedar na própria estação de esqui.

A temporada de inverno no Valle Nevado Ski Resort acontece tradicionalmente de junho a setembro, mas fora da temporada de neve também dá para curtir suas lindas paisagens e fazer cavalgadas nas montanhas e trekking, por exemplo. Mas o charme do lugar está mesmo com a neve caindo e a cor branca dando o tom das montanhas.

O Valle Nevado oferece três opções de hospedagem: Hotel Valle Nevado, Hotel Puerta del Sol e Hotel Tres Puntas. Mas, como a distância para Santiago é curta (apesar de não ser aconselhável ir dirigindo na neve, nesse caso contrate algum passeio), muita gente acaba preferindo ficar em Santiago para curtir algumas horas o Valle Nevado.

Hotéis em Santiago Nota Booking
Sommelier Express 8,1 Reserve aqui
Cumbres de Lastarria 8,9 Reserve aqui
Hotel Luciano K 8,3 Reserve aqui
Hotel Solace 8,9 Reserve aqui
NH Collection Plaza 8,5 Reserve aqui
Hotel Diego de Almagro 8,2 Reserve aqui
W Santiago 8,3 Reserve aqui
Radisson Blu Plaza el Bosque Santiago 8,3 Reserve aqui
Holliday Inn Santiago – Airport Terminal 8,2 Reserve aqui

Veja também:

Passagens aéreas para Santiago

Farellones

Farellones é outro destino de neve no Chile bastante famoso, distante cerca de 50 km de Santiago. Essa proximidade acaba levando muitos turistas à pequena vila, ideal para famílias e os iniciantes nas atividades de neve.

O parque não tem posta de esqui e snowboarding, mas fica perto da estação de El Colorado. O legal ali, além de caminhar e experimentar a neve, são outras atrações que divertem tanto as crianças como os adultos, como o tubbing (uma descida em boias), mini trenó individual, tirolesa, teleférico e outros.

Contrate aqui uma excursão ao Parque de Farellones

Portillo

A cerca de 160 km de Santiago, Portillo já um destino que dificulta um bate-volta da capital, sendo que o ideal é se hospedar na própria região. O Ski Portillo é o primeiro centro de ski da América Latina e menos concorrido do que Valle Nevado ou Farellones, por exemplo. É também bastante procurado por quem já tem uma certa experiência no esporte de neve.

Assim como as outras estações de esqui, Portillo se destaca por suas deslumbrantes paisagens e montanhas cobertas de neve durante o inverno. Costuma funcionar de junho a setembro.

Faça um passeio para a estação de esqui Portillo, Laguna del Inca e Viña de San Esteban. Confira os valores

temporada neve chile ski portillo

Nevados de Chillán

Nevados de Chillán fica no sul do Chile, cerca de 400 km de Santiago, e para chegar ao destino de neve o mais fácil é pegar um avião da capital (também dá para ir de trem e outros transportes, mas demora mais), por isso é muito menos procurado pelos turistas.

Mas não faltam atrativos caso você esteja pensando em ir para lá: ele tem a maior área de esqui no Chile (uma pista com 13 km de extensão) e, além de oferecer ótimas pistas de esqui, também é um destino perfeito para descansar e relaxar no meio das montanhas branquinhas. O local conta com hospedagem própria.

Veja os preços do Hotel Nevados de Chillan e garanta sua reserva!

Outros lugares de neve no Chile

O Chile é mesmo o lugar perfeito para curtir a temporada de neve, com vários cenários lindos e muita natureza. Além dos destinos que já mostramos aqui, você pode curtir as estações de El Colorado, La Parva e outros.

El Colorado está a 40 quilômetros de Santiago, tomando a estrada para a vila de Farellones. Já a estação de La Paiva fica a 50 km da capital. Apesar de não serem tão famosos como o Valle Nevado, os dois centros podem ser uma boa opção para esquiar no Chile.

El Colorado

Mais lugares de neve na América do Sul

Se você quer esquiar perto do Brasil, será preciso mesmo ir para a Argentina ou o Chile. Agora, se sua ideia é ver apenas neve mas sem encarar algum esporte, então pode se programar também para ir a outros destinos – inclusive para algumas regiões no Brasil!

Localizado na região dos Andes peruanos, a cidade de Huaraz costuma ver a neve cair, principalmente nas áreas mais altas. É claro que não encontraremos as mesmas paisagens e nevascas de Chile ou Argentina, mas ver as montanhas nevadas já pode valer a pena. Veja aqui algumas excursões para fazer em Huaraz.

A Bolívia também conta com montanhas nevadas, onde é possível subir para ficar em contato com a neve (e até fazer uma escalada no gelo!). As montanhas Chacaltaya e Huayna Potosí ficam nos arredores da capital La Paz.

O Chacaltaya, aliás, já foi conhecido por abrigar a estação de esqui mais alta do mundo, situada em sua geleira, mas ela fechou em 2009 justamente porque a geleira praticamente desapareceu.

Saiba mais sobre a excursão ao Valle de la Luna e à montanha Chacaltaya.

Foto: Suansita K / Unsplash

Neve no Brasil

O Brasil não tem nenhuma estação de esqui, mas isso não significa que não neva por aqui – é um pouco raro, mas o fenômeno costuma acontecer principalmente nas serras gaúchas e catarinenses. A pequena São Joaquim, em Santa Catarina, costuma ver a neve cair em algumas épocas do ano.

Cambará do Sul (RS), Urubici (SC), Bom Jardim da Serra (SC), Urupema (SC) e até Gramado já viram neve. Mas não se empolgue muito, afinal não é tão comum nevar nas principais cidades turísticas brasileiras. A última vez que teve neve em Gramado, por exemplo, foi em 2021.

E há neve em Campos do Jordão? Sinto informar que a cidade mais famosa da temporada de inverno no Estado de São Paulo não é famosa pelos flocos de gelo. Foi em 1975 que Campos do Jordão viu neve pela última vez.

Neve em São Joaquim

O que é neve? E quais são as condições climáticas para nevar?

Por que é tão comum alguns países terem neve e outros não? É preciso deixar bem claro que não é por que uma cidade tem temperaturas baixas que necessariamente vai nevar. É preciso contar com uma variedade de fatores.

A neve é formada por um conjunto de cristais de gelo que se desenvolvem dentro de uma nuvem. Para a neve se formar, é preciso haver a ação de uma massa de ar frio e a formação de uma nuvem, por exemplo. Na nuvem, a neve se forma por meio da solidificação do vapor d’água quando há queda de temperatura, criando assim os cristais de gelo.

Mas é necessário também que a atmosfera esteja com uma temperatura abaixo de zero em todo o trajeto para a neve chegar ao solo, o que acontece normalmente em locais de altitude mais elevada.


Você já visitou algum destino de neve? Diz pra gente nos comentários o que achou da viagem para um lugar de neve e qual foi seu preferido (caso tenha ido em mais de uma estação).

Não perca nenhuma oportunidade!
ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
tela do app do melhores destinos
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção