logo Melhores Destinos

Má notícia: ITI vai passar a cobrar taxas nos saques e transferências

João Goldmeier
João Goldmeier
02/03/2021 às 17:15

Má notícia: ITI vai passar a cobrar taxas nos saques e transferências

Um dos melhores métodos para gerar pontos sem custo e bater metas de gastos para isenção de anuidade (ou premiação com bônus nas campanhas Bateu, Ganhou dos cartões Santander) está com os dias contatos: a partir de 15 de maio de 2021, o aplicativo Iti vai cobrar taxas sobre o valor de cada transferência entre contas. Além disso, os saques digitais gratuitos na rede 24h também serão tarifados a partir do segundo uso.

As novas cobranças foram informadas em email que chegou hoje aos usuários do Iti

Saque digital

Um dos benefícios das contas no Iti é o saque digital nos caixas eletrônicos da rede 24h. O serviço, que era grátis e sem limites, será limitado a um saque gratuito por mês a partir de 01/04/21. Os saques seguintes irão custar R$ 6,90.

Transferência entre contas

Com a transferência entre contas do Iti, é possível enviar de R$ 10.000 a R$ 20.000 por mês utilizando seu cartão de crédito – valor que depende de cada conta e cartão de crédito utilizado. São permitidas 10 transferências gratuitas por mês.

A partir do dia 15/05/21 haverá um custo associado a cada transferência, que irá variar entre 1,80% e 3,85% de acordo com o cartão de crédito que você usar. O valor específico será informado no momento da transferência.

Este benefício é o principal diferencial do Iti e facilita demais a vida de quem tem metas de gastos mensais para bater para isentar a anuidade ou quer gerar milhas sem custo. Sem ele o aplicativo perde o seu brilho. O que nos resta é aproveitar estes últimos meses de transferências sem custo.

O que diz o Itaú

O banco Itaú procurou o Melhores Destinos e enviou o seguinte comunicado:

Em linha com a transparência que caracteriza a relação do iti Itaú com seus clientes, anunciamos hoje (2) mudanças na cobrança de dois de nossos serviços. Ambas decorrem de um alinhamento do iti com as práticas de mercado e de um ajuste do negócio a seus custos operacionais. A primeira mudança envolve saques em dinheiro. O iti manterá a gratuidade para a realização de um saque por mês e passará a cobrar pelos saques extras. A segunda alteração está relacionada ao serviço de transferência entre pessoas usando o cartão de crédito cadastrado no app, que passará a ter incidência de taxa. A cobrança do saque adicional passa a valer em 1º de abril de 2021, e a taxa na modalidade de transferências com cartão de crédito, a partir de 15 de maio de 2021. Com DNA inovador, o iti Itaú continua sendo uma das opções mais baratas e vantajosas do mercado para atender o público que inicia seu relacionamento com o mercado financeiro. 

A tabela abaixo detalha as mudanças anunciadas:


O que achou das mudanças? Vai continuar usando o Iti depois delas? Comente!

Veja também: