logo Melhores Destinos

Estados Unidos avaliam suspender restrições para viajantes do Brasil e da Europa

Leonardo Cassol
Leonardo Cassol
25/11/2020 às 11:03

Estados Unidos avaliam suspender restrições para viajantes do Brasil e da Europa

A agência de notícias Reuters divulgou uma informação de bastidores de que o governo dos Estados Unidos estaria avaliando suspender as restrições para a entrada de viajantes provenientes do Brasil, Reino Unido, Irlanda e outros 26 países da Europa. De acordo com a agência, cinco autoridades norte-americanas teriam confirmado que a medida aguarda uma decisão do presidente Donald Trump e que já teria o apoio da força tarefa do coronavírus da Casa Branca, da autoridade de saúde pública e de outras agências federais.

As restrições atuais impedem a entrada nos Estados Unidos de viajantes que tenham passado pelo Brasil e por outros países nos últimos 14 dias, o que praticamente inviabiliza a entrada de turistas no país.

A Casa Branca, o Departamento de Segurança Interna e o Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) não comentaram a informação, segundo a Reuters. Mas as fontes ouvidas pela agência argumentaram que as restrições não fariam mais sentido, visto que a maioria dos países não estaria sujeita à proibição de entrada.

Por um lado, suspender as restrições agora traria um alívio para as companhias aéreas e para os negócios que dependem do turismo. Por outro, um desafio político para Trump, já que tanto a Europa, como os Estados Unidos, vivem um momento delicado, com um aumento expressivo do número de casos de Covid-19. Portanto, provavelmente esta decisão não teria a reciprocidade da União Europeia no atual momento.

Atualizado: o Decreto Presidencial que impôs as restrições de viagem tem validade por tempo indeterminado. Ou seja, para as medidas perderem efeito, elas terão que ser revogadas por Trump ou pelo próximo presidente.

O que será vai acontecer? Comente e participe!


Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *