logo Melhores Destinos

GOL faz nova tentativa para reincorporar o programa Smiles

Leonardo Cassol
07/12/2020 às 8:36

GOL faz nova tentativa para reincorporar o programa Smiles

A GOL enviou hoje um comunicado ao mercado apresentando uma nova proposta de reincorporação da Smiles aos acionistas do programa de fidelidade, em troca de ações da companhia aérea. A operação, se concluída, resultará na combinação das duas empresas.

De acordo com a GOL, a medida aumentaria o valor para todos os acionistas pela eliminação ineficiências fiscais (já que o programa de fidelidade costuma dar resultados positivos e a companhia aérea tem resultados negativos acumulados, o que reduziria o pagamento do Imposto de Renda), bem como através do alinhamento de interesses das duas sociedades. Outros benefícios seriam a melhoria na governança corporativa, o reforço da estrutura de capital e a redução de custos operacionais, administrativos e financeiros.

Na prática, no curto prazo, pouco mudaria para os usuários do programa de fidelidade. A GOL já detém 53% das ações da Smiles e as empresas costumam trabalhar na mesma direção. A médio e longo prazos, a medida evitaria que uma disputa contratual entre as empresas eventualmente reduzisse os benefícios voltados para os clientes.

Essa não é a primeira tentativa da GOL reincorporar a Smiles. A primeira proposta da companhia aérea, em 2019, enfrentou resistência dos acionistas minoritários do programa de fidelidade. Desta vez, a GOL tenta uma estratégia diferente, oferecendo dinheiro para quem não aceitar as ações da empresa em troca das ações da Smiles.

Confira o comunicado na íntegra:

“A GOL, em conjunto com a Gol Linhas Aéreas S.A. (“GLA”), encaminhou uma carta (“Carta”) ao Conselho de Administração da Smiles Fidelidade SA (B3: SMLS3) (“SMILES” e, em conjunto com GOL, GLA, o “Grupo GOL”) comunicando sua proposta de incorporação de ações envolvendo as principais subsidiárias operacionais da GOL (“Proposta” e “Incorporação de Ações”, respectivamente).

A Incorporação de ações, caso implementada, resultará na migração dos acionistas da SMILES que assim elegerem para a base acionária combinada da GOL e da SMILES, e o resgate em dinheiro daqueles que optarem por não migrar. De acordo com os termos propostos, cada ação ordinária da SMILES dará ao seu titular o direito de receber, ao final da Incorporação de Ações, uma contrapartida equivalente a (a) 0,825 ações preferenciais da GOL por cada ação ordinária da SMILES (a “Relação de Troca”), ou (b) R$ 22,32 em dinheiro por cada ação ordinária da SMILES, ou, alternativamente, (c) uma combinação de ações preferenciais da GOL e de dinheiro, mediante a indicação da consideração a ser dada em contrapartida a cada uma de suas respectivas ações da SMILES. As escolhas dos acionistas estarão sujeitas a determinados ajustes, de forma que nenhum acionista receberá mais de 80% de sua consideração em ações preferenciais da GOL ou em dinheiro. A Relação de Troca representa um prêmio de aproximadamente 26,3% sobre o preço médio ponderado pelo volume dos últimos 30 dias de R$ 17,67.

A Incorporação de Ações será submetida à aprovação dos acionistas da GOL e da SMILES, conforme aplicável.

A Incorporação de Ações e seus Objetivos

A Incorporação de Ações resultará na combinação das duas subsidiárias operacionais da GOL, maximizando valor para todos os acionistas através do alinhamento de interesses das duas sociedades, assegurando a continuidade da companhia aérea e do programa de fidelidade, simplificando a governança corporativa, reforçando a estrutura de capital, e reduzindo custos operacionais, administrativos e financeiros, assim como eliminando ineficiências fiscais.”


Será que dessa vez vai? Vamos aguardar e conferir.

Não perca nenhuma oportunidade!

ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção