logo Melhores Destinos

Gol e Avianca anunciam união dos negócios e serão controladas pelo mesmo grupo

Leonardo Cassol
11/05/2022 às 10:23

Gol e Avianca anunciam união dos negócios e serão controladas pelo mesmo grupo

A Gol e a Avianca, com sede na Colômbia, anunciaram hoje que vão unir seus negócios e criar uma nova empresa, o Grupo Abra. Esse novo grupo também terá participação nas empresas Viva Air, da Colômbia, e Sky Airline, do Chile, garantindo uma grande representatividade na América Latina. O objetivo é criar o maior grupo de transporte da América Latina.

De acordo com o anúncio, Gol e Avianca continuarão operando de forma independente e mantendo suas respectivas marcas e culturas. Além disso, as parcerias que cada empresa mantém hoje não vão sofrer alterações. Por exemplo, a Gol segue com sua parceria próxima com a American, enquanto a Avianca permanece membro da Star Alliance.

A novidade não representa uma fusão das duas empresas, mas pode indicar um movimento nesse sentido no futuro.

“Nossos passageiros se beneficiarão de tarifas ainda melhores, acesso a mais destinos, maior frequência de voos e conexões bem sincronizadas, assim como a capacidade de acumular e resgatar pontos nos programas de fidelidade das marcas. Também poderão desfrutar de benefícios aprimorados de viagem e acesso a produtos e serviços superiores”, ressaltou Roberto Kriete, que será o Presidente do Conselho do Abra.

A conclusão da transação deve ocorrer no segundo semestre deste ano e está sujeita à aprovação dos órgãos reguladores e das autoridades dos dois países.O Abra assumirá o papel de controlador dos negócios e terá sede no Reino Unido. Ele nascerá com uma receita anual da ordem de US$ 7 bilhões (quase R$ 36 bilhões no câmbio atual) e com uma frota de mais de 300 aeronaves. Dentro do grupo também estarão os programas de fidelidade Smiles, da Gol, e LifeMiles, da Avianca.

As empresas planejam manter uma operação de baixo custo e investir para criar uma enorme malha aérea complementar na região, com sobreposição mínima nos mercados.

“O Grupo Abra fornecerá uma plataforma para que as companhias aéreas operacionais reduzam ainda mais os custos, obtenham maiores economias de escala, continuem a operar uma frota de aeronaves de última geração, e expandam suas rotas, serviços, ofertas de produtos e programas de fidelidade”, informou o comunicado.

O novo grupo será controlado pelos principais acionistas das duas empresas e gerida pelos seus principais executivos. Roberto Kriete será o Presidente do Conselho do Grupo e Constantino de Oliveira Junior, da Gol, o CEO. Adrian Neuhauser (CEO da Avianca), e Richard Lark (Vice Presidente da Gol), serão vice-presidentes do grupo, enquanto mantêm suas atuais funções nas respectivas companhias aéreas.

A família controladora da Gol será a maior acionista do Abra em sua estrutura inicial, com uma fatia da ordem de 30%. O novo grupo terá capital fechado e investidores do mercado se comprometeram a investir até US$ 350 milhões (pouco maios de R$ 1,8 bilhão) em ações. De acordo com o Estadão, ainda não há uma definição se a Gol permanecerá listada na B3, bolsa de valores brasileira.

Vamos atualizar a matéria assim que forem divulgadas mais informações… Confira o comunicado oficial da Gol para seus investidores.

Com informações da Gol, Exame e Estadão.

Não perca nenhuma oportunidade!

ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção