logo Melhores Destinos

15 dicas para organizar melhor as suas fotos de viagem

Monique Renne
Monique Renne
05/04/2020 às 7:47

15 dicas para organizar melhor as suas fotos de viagem

A saudade de viajar tem batido forte nos últimos dias! Ficar em casa e ter os planos de rodar esse mundão adiados não tem sido fácil pra muita gente. Que tal então aproveitar esse tempo para recordar os seus melhores momentos de viagem? Revisite as suas cidades favoritas e os seus dias inesquecíveis resgatando as suas lembranças que andavam esquecidas. É hora de organizar as suas fotos de viagem e deixar tudo arrumadinho para o seu próximo embarque.

Busque as imagens no celular, computadores, na nuvem e com os amigos que estiveram com você nas suas últimas jornadas. Reviver esses momentos maravilhosos certamente te fará bem! Além disso, organizar as suas fotos de viagem vai ajudar a abrir espaço para novas aventuras. Sabemos que tem muita gente trabalhando em home office, outros atarefadíssimos com os filhos ou os cuidados com a casa. Ainda assim, tire um tempinho para recordar bons momentos, encher o coração de felicidade e dar um tempinho na rotina difícil que tem tomado conta de todo o mundo. Boa viagem pelas fotos e que logo logo você registre novos bons momentos por aí!

San Blas e o cenário perfeito para fotos de viagem

San Blas e o cenário perfeito para fotos de viagem

1 – Localize suas fotos digitais

Esta é a tarefa que impede muita gente de começar a organizar as fotos. Dá uma certa preguiça de encontrar todos os lugares onde há fotos disponíveis É comum o acúmulo de imagens em diferentes celulares, computadores, cartões de memória e HDs externos. Sem falar nas fotos que vão parar na nuvem. É importante ter ideia de onde está o seu material fotográfico para poder começar a organizá-lo. Tente reunir tudo em um mesmo lugar (eu uso um HD externo para isso) e só então comece a organizar. Juntando as fotos você terá ideia do tamanho do problema e será mais fácil decidir por onde começar.

2 – Reduza a quantidade de fotos em diferentes backups

É quase certo que boa parte das suas fotos está duplicada ou multiplicada muitas vezes. A chance da mesma foto estar no celular, na nuvem, no HD, no cartão de memória e nos aplicativos é enorme. Ao juntar todas as fotos, preste atenção nos nomes de arquivo repetidos, nas datas de produção e tente já fazer uma limpeza inicial das fotos repetidas. Isso ajudará bastante a reduzir o volume de fotos e é um dos passos mais importantes na organização dos arquivos. Dê preferência para manter os arquivos de melhor qualidade, assim, se você quiser imprimir ou ampliar, não terá problemas.

Jalapão

3 – Delete as fotos ruins ou muito parecidas

Essa parte é até fácil para a maioria dos viajantes, mas pode ser bem difícil para os mais detalhistas. É hora de escolher apenas uma imagem de uma sequência infinita de fotos beeeeem parecidas. Aquela pose diante do mar teve um movimento milimétrico em 20 diferentes registros? Escolha apenas um para ficar! Deletar o que ficou ruim é tranquilo, o problema é deletar uma foto repetida daquele momento que você ama. Seja forte e evite deixar um material repetitivo demais de um mesmo lugar ou pose.

4 – Exerça o desapego e delete também fotos pouco importantes ou momentos irrelevantes

Depois de deletar as fotos que estão muito repetidas, prepare-se para exercer o desapego. É hora de deletar fotos daqueles momentos que já não parecem tão importantes e deixar apenas as fotos que realmente representam a sua viagem. Se você for da linha corajoso, vale deletar fotos em bloco. Se for do tipo apegado, veja uma por uma para não se arrepender depois.

Alter do Chão

5 – Vale também favoritar as suas prediletas

Se você tem dificuldade de deletar fotos, inverta o processo e “favorite” as suas fotos prediletas. Ao invés de se desfazer das imagens ruins ou repetidas, você precisará escolher apenas as suas favoritas de uma sequência ou bloco de fotos. Esse é um ótimo passatempo e uma maneira de revisitar todas as suas viagens. Cada celular tem uma maneira específica para dar like em algumas imagens e já separá-las em uma pasta específica. Escolha o jeito mais rápido e prático para não perder tempo demais.

6 – Desenvolva uma lógica para a criação de pastas e subpastas destinadas a cada viagem

Esse item é muito pessoal e vai depender da lógica de cada um. O importante é catalogar as fotos de maneira que você possa encontrá-las com facilidade no futuro. A decisão sobre os nomes das pastas e arquivos deve ser uma escolha sua, mas não se esqueça de manter o padrão para ajudar na organização. Alguns celulares e aplicativos, como o Google Photos, já criam pastas automaticamente a facilitam no início a localização de arquivos, porém nem sempre essa lógica é adequada. Eu, por exemplo, gosto de criar pastas com um padrão de nome que tem a data e a na sequência a cidade ou país da viagem. E na hora de colocar a data, sempre uso a ordem de ano e depois o mês. Uma viagem à Islândia realizada em novembro de 2019 terá como nome de arquivo 2019-11-Islândia. Assim as pastas ficam organizadas por ordem de viagem, o que, para mim, é mais fácil de encontrar no futuro. Há quem prefira separar por continente, país e até estilo de viagem. Se você gosta de dividir as fotos ainda mais, crie subpastas dentro do destino principal. Vale separar por dia da viagem ou destinos visitados.

Vale dizer que a dica 6 pode ser executada antes da dica 2. Neste caso, você irá jogar dentro de uma pasta tudo o que encontrar sobre uma determinada viagem e só então começará a editar o material, eliminar as fotos repetidas e deixar apenas as suas favoritas.

Vale do Pati, na Chapada Diamantina

7 – Renomeie os arquivos

Depois de limpar todo o material e deixar apenas as fotos que você quer guardar, renomeie todos os arquivos. Procure um padrão que também ajude na localização, assim você poderá buscar no seu computador uma foto específica. Vale, por exemplo, renomear uma sequência de fotos com o nome paris-dia1 ou paris-torre. O importante é que todas as fotos de uma mesmo grupo tenham uma palavra em comum. Isso tornará a localização do arquivo fácil em qualquer lugar.

Jalapão

8 – Faça uma pasta apenas com as suas favoritas

Sabemos que já foi bem difícil a seleção de fotos até aqui, mas temos certeza que ainda é possível eleger algumas prediletas. Crie uma pasta (dentro da principal) para salvar apenas as fotos que você mais gostou e que são mais importantes. No caso de precisar fazer um álbum ou mesmo deletar alguns arquivos por falta de espaço, você já saberá o que não pode de jeito nenhum ser apagado.

O sempre impressionante pôr do sol de Alter do Chão

9 – Trate as suas fotos favoritas

Nem sempre as fotos saem exatamente como gostaríamos e é comum errar um pouquinho na luz, não ter muito contraste ou faltar um pequeno corte para o enquadramento ficar ok. Se você quiser guardar os seus arquivos já prontinhos para uso futuro, escolha um programa de edição e faça alguns ajustes leves na imagem. Para quem vai tratar as fotos no celular, vale usar o próprio aplicativo disponível no telefone ou baixar alguns apps bem fáceis de usar, como o snapseed, o Lightroom e o Photoshop, esses dois últimos são ótimas opções também para o tratamento de fotos no computador.

Cathedral Cove na Nova Zelândia

10 – Guarde as suas fotos no tamanho original

Falta de espaço é um problema sério no mundo digital e guardar grandes arquivos pode ser um problemão. Se você não tem onde fazer o backup de todas as fotos em tamanho original, guarde ao menos as suas favoritas sem reduzir o tamanho do arquivo. Com isso você garante que terá a oportunidade de imprimi-las no futuro com qualidade. Se tiver espaço de sobra, deixe todas em tamanho original. Quanto menor o tamanho do arquivo, mais baixa será a qualidade das suas imagens. Melhor então garantir uma boa impressão e até uma boa publicação online.

That Wanaka Tree, na Nova Zelândia, é tão fotogênica que ficou famosa entre os fotógrafos e turistas

11 – Salve os arquivos mais importantes na nuvem ou faça um backup em um HD externo

Perder todas as fotos de viagens é uma ideia bem aterrorizante. Para se prevenir de um acidente, é bom ter os arquivos armazenados em diferentes locais. Não vale deixar tudo no celular ou na memória do computador. Basta um pequeno acidente para perder tudo. Se você faz a linha precavido, tenha um backup das suas fotos prediletas em outro lugar. Vale adquirir um HD externo ou guardar as fotos na nuvem, em provedores como o Google, iCloud, One Drive, Drop Box e outros. A depende do volume de conteúdo você terá espaço gratuito nos provedores.

Google Photos

O Google Photos monta automaticamente pastas de acordo com a localidade, o que ajuda um bocado na organização.

12 – Monte um álbum online e compartilhe com os amigos e a família

O que adianta fotografar intensamente a viagem e não poder compartilhar com ninguém a sua história? Para mostrar aos amigos como foram seus dias por esse mundão, monte um álbum online e envie o link para quem você quiser. É uma ótima maneira de dividir as memórias com a família, amigos e também com quem viajou com você, claro! Montando um álbum online você não precisará ficar enviando um monte de fotos para os seus companheiros de aventura. Basta mandar o link e cada um faz o download do que quiser. Para montar um álbum (ou uma pasta) online, vale usar o Google Photos e todos os outros serviços de armazenamento na nuvem e que permitem compartilhamento.

13 – Faça um álbum de verdade

Se você faz a linha saudosista e adora ver um bom álbum de fotos, não deixe as suas lembranças morrerem dentro de um HD. Aproveite o tempo em casa para montar alguns álbuns das suas viagens prediletas. Você poderá imprimir as imagens e montar um álbum tradicional ou investir em um dos fotolivros disponíveis no mercado. O serviço de fotolivros melhorou muitos nos últimos anos, a qualidade da impressão é excelente e você poderá escolher todos os detalhes do seu trabalho (desde o formato, passando pelo material da capa até a diagramação das páginas). O preço de um fotolivro simples é bem acessível e ele poderá virar uma bela coleção depois de alguns anos viajando. Há diversas empresas que oferecem o serviço e você poderá enviar todos os arquivos online e receber a encomenda em casa.

Álbum à venda no Ali Express

Álbum à venda no Ali Express

14 – Use as suas fotos de viagem na decoração de casa

Foto existe para ser vista. E a melhor maneira de fazer isso é colocar os seus momentos mais especiais em eterna exposição. Aproveite seus lindos registro de viagem para decorar a sua casa. Não é necessariamente escolher apenas cliques nos quais você apareça. Aproveite as fotos de paisagens para transformar em lindos quadros na parede ou use alguns registros para imprimir em objetos, como canecas, almofadas e azulejos que podem render uma linda decoração. É uma maneira de você estar sempre lembrando daquele momento tão especial e não esquecer as suas fotos dentro do HD.

15 – Comece a organizar as fotos ainda durante a viagem

Você pode usar a quarentena para organizar suas fotos e deixar tudo prontinho para a sua próxima viagem. Quando embarcar rumo ao seu próximo destino, pense em já organizar o material enquanto estiver viajando. Todos os dias, ao chegar ao hotel, delete tudo o que não ficou bom ou que está muito repetitivo. Logo ao voltar para casa e já com a viagem toda em mãos, delete os momentos que perderam importância ao longo dos dias e já faça um backup (ele pode ser feito pra nuvem ainda durante a viagem, sempre que você estiver com wi-fi). Depois é só seguir os passos do post pra deixar tudo prontinho!

E você? Como organiza as suas fotos de viagem? Conta pra gente os seus truques e ajude outros viajantes não tão organizados a deixarem as fotos em dia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *