Os 10 erros mais comuns em uma viagem para as Maldivas – e como evitá-los!

Wendell Oliveira
9/09/2019  ·  9:59Publicado 9 · set · 2019  ·  9:59Atualizado 16 · set · 2019

Os 10 erros mais comuns em uma viagem para as Maldivas – e como evitá-los!

Maldivas! 😍 Poucos destinos despertam tantos suspiros quanto o arquipélago de 1.190 ilhas ao Sul da Ásia. As Maldivas são o lugar perfeito para férias paradisíacas, com praias desertas, águas cristalinas, resorts de luxo e bangalôs sobre o mar. Mas na hora de planejar uma viagem para as Maldivas, pequenos detalhes podem passar despercebidos e afetar sua experiência.

Se você é um leitor do MD, não vamos te deixar cometer esses deslizes! Fizemos uma lista com os 10 erros mais comuns em uma viagem para as Maldivas e como evitá-los. Confira e faça uma boa viagem!

 Leia também:
Como é viajar para as Ilhas Maldivas? Custos, transportes, praias, hotéis e muitas dicas!
Como viajar pelas Ilhas Maldivas gastando pouco

 

1. Achar que é caro demais

Toda viagem começa no planejamento. E é justamente nesse ponto que o sonho de muita gente em conhecer as Maldivas simplesmente morre. Embora as Maldivas realmente não sejam o destino mais barato do mundo, está longe de ser inacessível!

A começar pelas passagens aéreas para as Maldivas. Aqui no MD já divulgamos combinações de voos com Dubai, Lisboa e outros destinos a partir de R$ 3.200! Voos saindo de Frankfurt com a Condor Airlines ou partindo de Bangkok com a AirAsia para Malé também costumam ser bem baratos. Ou seja, é possível viajar para as Maldivas com uma paradinha em outros países na mesma viagem gastando bem menos do que um trecho direto!

E as hospedagens? Embora os grandes resorts e hotéis em ilhas privadas possam ter diárias acima dos milhares de dólares, desde 2008 o governo permitiu a criação de pousadas nas ilhas habitadas pela população local, reduzindo consideravelmente os custos. Você pode variar, ficando algumas noites em bangalôs de luxo e depois compensando em acomodações mais econômicas.

Quem optar por se hospedar apenas nas acomodações econômicas das ilhas públicas pode fazer passeios day use nos resorts, usando toda a infraestrutura cinco estrelas do local, mas pagando bem menos do que o preço de uma diária!

2. Ir na época errada

Assim como outros países asiáticos, as Maldivas também sofrem com as chuvas de monções. O clima tende a ficar mais chuvoso e com ventos fortes entre maio e outubro. As chuvas desse período e o céu nublado podem atrapalhar um pouco.

A época ideal para visitar as Maldivas é entre os meses de novembro a abril. Não se preocupe com frio. Faz sempre calor nas Maldivas 🙂

3. Usar filtro do Instagram ao invés de filtro solar

As praias das Maldivas são perfeitas. A cor da areia branquinha está sempre em harmonia com o azul límpido do céu e o mar transparente. Usar filtros nas fotos é, na maioria das vezes, desnecessário.

Ao contrário do filtro solar, esse sim extremamente indispensável! Nem sempre há árvores e outras fontes de sombra por perto, por isso proteja-se. Sua pele agradece.

4. Não fazer nada além de ficar na praia

Então você viajou para as Maldivas e quer passar o dia todo deitado na cadeira de praia pegando sol. Tudo bem, não te julgamos. Mas saiba que existe muito mais para fazer no país! Que tal fazer um passeio de barco para outras ilhas? Ou mergulhar com tartarugas, golfinhos e tubarões-baleia?

Confira com o seu hotel os passeios disponíveis. Você não vai se arrepender!

5. Desrespeitar a cultura local

Quem vê as fotos das Maldivas pode até não ter ideia, mas esse é um país muçulmano e de costumes conservadores. Fora dos resorts e ilhas privadas, nem toda praia é permitido o uso de biquínis. Também há restrições no consumo de álcool e carne de porco.

Não é praia de nudismo, é para vestir algo que cubra mais do que biquíni 🙂

Por isso, ao visitar uma ilha pública, observe as regras e evite atrair atenção desnecessária. Existem praias específicas para o uso de biquíni, chamadas de “Bikini Beach”. Elas são bem sinalizadas — assim como os anúncios de proibição.

6. Comer mal

Deixe pra comer pizza e hambúrguer em casa. Nada melhor do que viajar e se deliciar com a culinária local. Como toda ilha, as Maldivas possui uma grande variedade de peixes e frutos do mar. A influência indiana e árabe é vista nos temperos, com refeições sempre acompanhadas de curry e pães.

As comidas nos hotéis costumam ser caprichadas e feitas para agradar o público estrangeiro. Mas se puder, não deixe de ir a um restaurante local e provar as iguarias maldívias. Existem diversos buffets a preços bem convidativos!

7. Ficar apenas em uma ilha

São 1.190 ilhas nas Maldivas, você não precisa ficar em apenas uma! Existe uma ampla gama de transportes públicos e privados entre as ilhas, bem como passeios turísticos. Embora a ideia de se hospedar em uma ilha só seja boa para a organização logística, nada impede que você tire um período do dia para explorar ao redor!

8. Afetar o ecossistema

A natureza das Maldivas é espetacular, com uma biodiversidade invejável. Recifes de corais e animais marinhos convivem pacificamente com o turismo, mas é bom ficar atento: os passeios são bem rigorosos e é importante respeitar as regras!

De maneira alguma pise nos corais, nem toque nas tartarugas, golfinhos, arraias-manta ou qualquer outra espécie. O risco de danos ao ecossistema é uma preocupação constante. Nas Maldivas, vale aquela máxima: “Tire apenas fotos, deixe apenas suas pegadas, leve pra casa apenas suas lembranças”.

tartaruga maldivas

9. Viajar sem seguro viagem

Passar as férias em um conjunto de ilhas desertas. Que mal pode acontecer? Em tese, nada. Mas basta uma intoxicação alimentar ou ferimento por água-viva para ver que depender de assistência médica no meio do oceano não é nada agradável. Imagine os gastos com translado para o hospital mais próximo, consultas e remédio!

Previna-se contratando um seguro viagem. Isso pode te poupar dinheiro e ainda salvar sua vida.

Foto de um tubarão-baleia meramente ilustrativa 🙂

10. Achar que nunca mais vai voltar

Não seja dramático, viajar para as Maldivas não é algo restrito a “uma vez na vida”! Com voos cada vez mais acessíveis do Brasil para a Ásia, não é complicado se planejar e visitar o paraíso mais vezes.

Baixe o aplicativo do Melhores Destinos para receber promoções em primeira mão. Passagens baratas para as Maldivas podem surgir a qualquer momento!


E aí, já foi ou tem vontade de visitar as Maldivas? Deixe seu comentário!