logo Melhores Destinos

14 erros em uma viagem à Itália que você deve evitar!

Camille Panzera
Camille Panzera
14/12/2020 às 12:33

14 erros em uma viagem à Itália que você deve evitar!

A Itália é um país incrível, com uma cultura forte, pontos turísticos impressionantes e lindas paisagens naturais. É um destino que muitas pessoas têm vontade de visitar e que exige planejamento para que a viagem seja um sucesso! Confira nossas dicas e veja quais os erros em uma viagem à Itália que você não deve cometer!
Visitar as atrações antigas de Roma, as obras de arte de Florença e os lindos canais de Veneza é o sonho de muitos de nós… e com nossas dicas e erros em uma viagem à Itália ficará muito mais fácil saber o que fazer e o que não fazer!

Erros em uma viagem à Itália:

1 – Aguardar em filas desnecessárias

Viajando para a Itália ocasionalmente você irá vivenciar algumas filas ao longo da viagem: filas para comprar ingressos, para visitar atrações e muitas filas para entrar em igrejas. Abaixo falamos melhor sobre comprar ingressos com antecedência, que já evitará muita espera, mas uma outra dica super simples e interessante para evitar as filas das igrejas é visitá-las durante o período de missa.
Independentemente da religião, estar em uma igreja secular, cercada por uma bela construção e para a finalidade a qual ela foi criada, pode ser uma experiência enriquecedora. As missas são abertas ao público, têm horário marcado e o tempo que se esperaria em uma fila poderia ser aproveitando vivendo essa experiência nova. Geralmente as missas são em italiano e têm duração de uma hora. Antes de visitar um local, fique de olho no horário da celebração e no código de vestimenta. E aguarde até a missa terminar para poder circular pela igreja e fazer fotos.

2 – Não ter dinheiro em espécie

A grande parte dos estabelecimentos na Itália aceita cartões de crédito, mas ter dinheiro em espécie no país é super importante,  principalmente para poder cobrir aqueles gastos menores, como um lanchinho, comprar o bilhete de um ônibus ou uma água. O cartão de crédito é popular, mas o dinheiro vivo ainda é muito utilizado também, principalmente para esses gastos pequenos do dia-a-dia.

3 – Não validar o seu bilhete de trem

Ao comprar uma passagem de trem em uma estação italiana, note que ANTES de embarcar, ainda na plataforma, você deverá validar o seu bilhete em uma máquina. A operação é rápida e descomplicada, basta inserir o bilhete de papel dentro de uma máquina, que faz uma marcação no papel, validando-o. Essa validação é necessária para usar o trens de forma correta e é normal os funcionários da Trenitalia, principal empresa de trens italiana, fazerem esse controle.
A mesma dica vale para cidades onde existem bondes, em que não há “controle” das portas do veículo, mas sempre tem uma maquininha para validá-lo. É um dos erros em uma viagem à Itália que você deve ficar mais atento!
trem na italia

4 – Não comprar ingressos com antecedência

Alguns dos pontos turísticos da Itália estão entre os mais famosos e requisitados do mundo, então é natural que certas atrações estejam sempre cheias de turistas. Sendo assim, opte sempre por comprar o seu ingresso com antecedência para garantir não apenas que irá visitar o lugar, mas que poderá conhecê-lo sem uma fila enorme. Algumas atrações só podem ser visitadas com ingressos previamente agendados.
Opte sempre por fazer essa compra nos sites oficiais, que cobram um pequeno valor pela reserva online — mesmo assim, vale a pena. Veja aqui como comprar os principais ingressos e as dicas essenciais para uma viagem à Itália.

5 – Não pesquisar restaurantes onde comer

Viajar para Itália e não reservar um tempinho para conhecer bons restaurantes não é uma boa ideia. Tudo bem que você pode encontrar bons panini, doces e pizzas em qualquer lugar, andando pela cidade, mas a comida italiana vai muito além disso e também não se resume a pizzas, que geralmente são comidas “rápidas” e sem muita sofisticação. Sendo assim, pesquise antes de ir alguns restaurantes para incluir em sua programação, faça um balanço da sua alimentação e inclua também opções mais leves. Se for escolher durante o trajeto, dê uma olhada nas avaliações dos viajantes e locais no Google Maps ou outro aplicativo de viagem.

6 – Visitar apenas Roma

A capital italiana é fantástica, tem atrações turísticas impressionantes, museus maravilhosos, muitas lojas, restaurantes de ótima gastronomia e muito mais… mas o país tem diversas cidades que também são sensacionais e merecem uma visita. Por isso, se você planeja visitar a Itália, considere fazer um roteiro que inclua outros não apenas Roma como outros destinos no país. Veja aqui como planejar o seu roteiro na Itália.
dicas essenciais italia

7 – Não observar o código de vestimenta das atrações

Com tantas igrejas e atrações sacras, muitos pontos turísticos italianos têm um código de vestimenta. Em diversos locais não é permitido entrar com shorts ou saias curtas, ou mesmo roupas muito decotadas; homens não devem usar regatas, por exemplo. Vale sempre ter um lenço na mochila, caso você precise tampar alguma parte do corpo. Para além das igrejas, os italianos costumam se vestir de maneira elegante em seu cotidiano.

8 – Não levar calçados confortáveis

As cidades italianas, com seus centros históricos antigos e muita vezes fechados para veículos,  são lugares para se conhecer caminhando. Pensando nisso, leve calçados confortáveis para sua viagem e esteja preparado para caminhar ao longo do dia. Como muitas ruas são de pedra, também pode ser perigoso andar de saltos altos. Coloque na mala aqueles calçados que você tem certeza que serão confortáveis para suas caminhadas ao longo do dia.

9 – Viajar com muitas malas

Um roteiro pela Itália que englobe várias cidades, várias viagens de trem e inclusive a cidade de Veneza, poderá ser um pouco enfadonho se você não for capaz de carregar suas próprias malas. Isso porque com o entra e sai de trens, carros, ônibus e metrô, o ideal é ter uma mala relativamente prática, que você consiga movimentar com certa agilidade.

Em Veneza essa dica é ainda mais importante, já que na cidade não circulam carros e há muitas escadas e pontes, o que poderá fazer que você tenha que carregar sua bagagem por um bom trecho por conta própria.
veneza italia erros

10 – Não reservar os hotéis com antecedência

Essa dica é válida não apenas para a Itália, mas para diversos destinos. Há quem goste de viajar sem se planejar tão bem, mas na Itália reservar o hotel em cima da hora pode doer no bolso. Em cidades onde o turismo é muito forte e em especial nos meses próximos ao verão, a hospedagem pode ser cara, então deixando a reserva do hotel para poucos dias antes da viagem, muitas vezes só estarão disponíveis as opções mais caras.
Sendo assim, planeje-se com antecedência e comece a reservar seus hotéis alguns meses antes da viagem porque dessa maneira você encontrará mais hotéis disponíveis, inclusive aqueles que oferecem um bom custo-benefício.
Confira aqui onde ficar em Roma.
hoteis italia

11 – Não prestar atenção aos locais proibidos de estacionar ou utilizar um carro alugado

Em várias cidades italianas o acesso de carros é limitado, permitido apenas a veículos autorizados. Isso exige que o veículo seja estacionado em algum local próximo, para que o lugar seja explorado a pé. Nos arredores de centros históricos, onde geralmente os carros não podem circular, é comum encontrar estacionamentos pagos para deixar o carro enquanto você visita um lugar. Fique sempre atento ao lugar permitido para estacionamento e veja se ele funciona com parquímetro.

viagem carro italia

12 – Viajar na altíssima temporada

A alta temporada na Itália ocorre nos meses de verão do hemisfério Norte, ou seja, em junho, julho e agosto. Esse também é o período de férias escolares, em que há muito turismo interno e externo. Os meses de verão são ótimos para curtir as praias italianas, mas é um período em que as cidades e as atrações estão muito cheias e que visitar alguns lugares requer mais paciência. Vale recordar também que embora muita gente tenha a ideia de clima ameno, as ondas de calor na Europa podem proporcionar temperaturas intensas nessa época, que passam dos 40 graus.
Em 15 agosto, ápice da alta temporada, os italianos celebram o Ferragosto, feriado em que todo mundo sai de férias e em que o comércio de cidades muito pequeninas pode ficar fechado.

13 – Não observar a previsão do tempo

Todo dia, ao acordar, confira a previsão do tempo para a cidade em que você está. Dessa forma você pode tentar concentrar atrações fechadas para um dia que promete ser chuvoso e atrações ao ar livre para dias de céu aberto. A previsão do tempo também poderá ajudar a identificar que roupas usar naquele dia.
erroa-viagem-italia

14 – Criar uma programação intensa e não descansar

Com tanta coisa para ver e fazer nas cidades italianas e a ansiedade por visitar aqueles tão sonhados lugares, muita gente acaba criando uma programação extensa e intensa, com um roteiro exagerado, muitas viagens de trens, muitas trocas de hotéis e pouco tempo nas cidades. É sempre bom medir e balancear seu itinerário para que a viagem seja feita em um ritmo agradável.
Além disso, vale sempre reservar um tempinho para descansar, sentar no meio de uma cidade para tomar um gelato, fazer um almoço ou jantar mais demorado, se deixar curtir com mais calma um passeio e não criar a obrigação de ver tudo em um único dia. Um lugar tão belo quanto a Itália merece ser desbravado com cuidado!

E você, tem mais sugestões de erros em uma viagem à Itália que devem ser evitados? Compartilhe com a gente nos comentários!