logo Melhores Destinos

14 erros em uma viagem à França que você não pode cometer!

Camille Panzera
28/04/2021 às 10:04

14 erros em uma viagem à França que você não pode cometer!

Planejar uma viagem é um momento de muita alegria, com ansiedade pelo que virá, mas que também exige programação. Nesse momento de planejamento, ter informação é a principal ferramenta para que qualquer viagem seja um sucesso e indo a Paris ou à França, não poderia ser diferente. Confira abaixo quais são os erros em uma viagem à França que você deve evitar para tornar sua próxima viagem inesquecível, agradável e sem perrengues!

Alguns erros são muito simples de serem evitados e não exigem esforço, o importante é sempre se preparar da melhor forma para a viagem e pesquisar bastante. E se alguma coisa sair do controle, pelo menos você terá boas histórias para contar!

Erros em uma viagem à França para evitar

1. Não comprar ingressos com antecedência

Perder tempo com longas filas em atrações turísticas é uma coisa que ninguém quer, ainda mais em um período de férias, quando a gente tenta aproveitar o nosso tempo ao máximo! Sendo assim, antes de realizar sua viagem, planeje-se para saber quais atrações você deseja visitar e dessa forma comprar seu ingresso com antecedência pela internet. Dessa forma você poupará seu tempo na fila de ingressos e muito provavelmente na fila da entrada das atrações.

Com os ingressos comprados, basta você apresentar seu celular para fazer a retirada de um bilhete de papel ou ter acesso direto à atração.

Confira alguns ingressos que você pode comprar antes de fazer uma viagem a Paris:
Torre Eiffel
Museu do Louvre
Palácio de Versalhes
Museu Orangerie
Museu D’Orsay
Arco do Triunfo
Centre Pompidou

erros viagem frança

Torre Eiffel

2. Ser muito informal e não falar palavras básicas em francês

Uma característica dos franceses é que eles são formais no trato com outras pessoas. Cumprimentam uns aos outros ao entrarem em estabelecimentos com um bonjour, pedem licença, agradecem, etc. Sendo assim, é interessante que você também perpetue esse hábito para ser bem recebido. Tente usar palavras em francês quando entrar em uma padaria, falando um simples “bonjour”, ou agradecendo em francês com um “merci” — isso já demostrará sua boa vontade quanto aos hábitos locais. Se quiser falar com alguém na rua ou falar com um garçom, opte sempre pela formalidade, use “monsieur” (senhor) ou madame (senhora). Veja alguns termos básicos em francês:

  • Bonjour = bom dia, boa tarde / pode ser usado no início de uma conversa
  • Merci = obrigado (a)
  • Merci beaucoup = muito obrigado (a)
  • De rien = de nada
  • Excusez-moi = com licença
  • pardon = me desculpe
  • S’il vous plaît = por favor (de modo formal)
  • L’addition, s’il vous plaît = a conta, por favor – muito usado em restaurantes
  • Oui = sim
  • Non = não

3. Abordar as pessoas falando em inglês

Muito se fala sobre a forma de ser dos franceses — há quem os considere rudes, outros os acham apenas secos e outros acham vivem em outra cultura e portanto são apenas diferentes do modo de ser dos brasileiros. A questão é que ao abordar uma pessoa para pedir informações na rua falando em francês (mesmo que você nada entenda do idioma), a chance de ser bem tratado são maiores.

Sendo assim, se você fala inglês, pode por exemplo abordar um desconhecido com “bonjour, excusez-moi, parlez-vous anglais?” (bom dia, desculpe, você fala inglês?). Caso a resposta seja positiva, você pode prosseguir na conversa falando em inglês. Dessa forma é muito mais provável que um francês se disponha a te ajudar, mesmo que seja se comunicando com gestos ou continuando a falar em francês, mas tentando te ajudar.

Agora, se você também não fala inglês o jeito vai ser apelar para o Google Tradutor ou fazer muita mímica, pois dificilmente vai encontrar um francês que entenda português. Mas não desista: é possível viajar pelo mundo sem falar inglês.

4. Não pesquisar bem sobre o hotel e reservá-lo em cima da hora

Você já deve saber, mas não custa lembrar: busque bastante informação sobre o hotel em que deseja ficar e a melhor área para se hospedar, especialmente em grandes cidades como Paris. Se está viajando com alguém de mais idade ou mobilidade reduzida, confira se a acomodação tem muitas escadas, se possui elevador, por exemplo. Se viaja no verão, confira se o ar condicionado funciona bem; mas se, ao contrário, viaja no inverno, confira avaliações sobre o aquecimento entre antigos hóspedes daquele hotel.

Reservar a acomodação em cima da hora também não é uma boa ideia, porque dessa forma a chance de encontrar hotéis com um bom custo-benefício vai se esvaindo, principalmente se sua viagem será feita na alta temporada. Procure sempre reservar os hotéis com antecedência e pesquisar bastante sobre eles.

 

estrasburgo

Estrasburgo

5. Se hospedar longe do metrô ou de pontos do transporte público

Essa é outra dica válida para cidades grandes! Confira se seu hotel oferece fácil acesso aos meios de transporte público local, sejam eles uma estação de metrô, de bonde ou ponto de ônibus. Dessa forma você conseguirá se deslocar com mais facilidade por toda a cidade.

Aliás, antes de embarcar para a capital francesa vale a pena conferir nosso post especial sobre o Metrô de Paris e como usá-lo em sua viagem!

Confira também:
Erros que brasileiros cometem em viagem de trem pela Europa
Erros em uma viagem à Itália que você deve evitar

6. Se sentir seguro demais e pensar que nunca será roubado

Algumas cidades da Europa enfrentam um forte problema com furtos, e Paris é uma delas. Então fique sempre atento aos seus pertences, evite deixar celulares e carteiras no bolso de trás da sua calça (prefira sempre espaços de acesso mais difícil), e esteja mais atento em aglomerações, no metrô, em áreas de grande interesse turístico ou em locais em que alguém “trombou” em você. Não baixe a guarda pensando que na Europa não acontecem furtos.

Estrasburgo

7. Jogar fora o bilhete do metrô assim que passar pela catraca

Ao usar o metrô de Paris, o visitante deve inserir seu ticket de papel na catraca, que carimba o bilhete comprovando o seu uso e devolve o papel com um carimbo para o passageiro. Após passar pela catraca muita gente se esquece de guardar esse bilhete e até joga fora o papel pensando que ele não tem mais serventia, como no Brasil. Ledo engano! Há fiscais nas estações de metrô que estão lá justamente para verificar se os bilhetes estão sendo utilizados da forma correta e garantir que o sistema do metrô não seja burlado.

Então você já sabe: toda vez que for usar o metrô, mantenha o bilhete carimbado consigo até o fim da validade do bilhete para não correr o risco de tomar um multa que pode estragar seu dia — esse é um dos erros em uma viagem à França que você não deve esquecer!

erro viagem frança metrô

8. Visitar apenas Paris

É claro que Paris é o grande sonho de muitos viajantes, mas a França tem vários outros destinos lindos e pode valer a pena reservar um tempo para conhecê-los também. Para quem gosta de história e belas paisagens naturais, vale a pena incluir um roteiro pela Normandia e para quem tem a intenção de conhecer castelos, nada melhor do que alguns dias nas cidades do Vale do Loire.

Estrasburgo, na fronteira com a Alemanha, oferece uma linda arquitetura e Charmonix tem pistas ideais para esquiar. A Riviera Francesa é ideal para curtir o litoral francês e outras grandes cidades como Lyon, Bordeux e Toulouse são destinos legais em qualquer época do ano.

erros viagem paris frança

9. Não pesquisar com antecedência onde comer durante a viagem

Um bom planejamento de viagem não pode deixar de fora um roteiro gastronômico, que permita conhecer o melhor da cozinha local. Sendo assim, antes de viajar, pesquise os restaurantes onde você gostaria de comer e seu horário de funcionamento. Durante o dia você pode aproveitar para fazer refeições mais rápidas, em uma das deliciosas boulangerie da cidade que estiver, que oferecem maravilhosos sanduíches e doces. E durante a noite reservar para o jantar os restaurantes da sua listinha. Leia nossas dicas de onde comer bem e barato em Paris!

10. Pagar tudo com cartão de crédito e não ter dinheiro ao menos para pequenos gastos

Grande parte dos estabelecimentos na França aceita cartões de crédito, mas ter dinheiro em espécie é super importante para gastos pequenos, como um lanche, um café ou um croissant. Além do mais, fazendo pagamentos em cartão de crédito você paga o IOF de 6,8% enquanto o IOF da compra de euros no Brasil é de 0,38%, o que pode representar uma boa economia em seus gastos de viagem.

erros viagem frança

Vista do Arco do Triunfo

11. Não levar calçados confortáveis

As cidades europeias, com seus centros históricos antigos são lugares ótimos para conhecer caminhando. Pensando nisso, leve calçados confortáveis para sua viagem e esteja preparado para caminhar ao longo do dia. Coloque na mala aqueles calçados que você tem certeza que serão confortáveis para suas caminhadas ao longo do dia e evite levar calçados novos, com os quais você ainda não tem experiência. Essa dica é válida não apenas para uma viagem à França, mas qualquer outro destino!

erros viagem europa

12. Viajar na altíssima temporada

A alta temporada na Europa acontece durante os meses de verão, que é também o período de férias escolares e temperaturas mais altas. Muita gente pensa que a Europa é sempre fria, mas não poderia estar mais enganado. Faz muito calor no verão europeu, em especial nos meses de julho e agosto e se a região passar por uma onda de calor, então, prepare-se para suar! Sabendo disso, se você tiver disponibilidade, evite viajar nos meses de temporada alta, quando as atrações estão lotadas, os hotéis mais concorridos e o tempo muito quente.
Mesmo se pretende visitar um destino de praias, um mês como junho ou setembro pode ser mais agradável.

13. Não observar a previsão do tempo

Todo dia, ao acordar, confira a previsão do tempo para a cidade em que você está. Dessa forma você pode tentar concentrar atrações fechadas para um dia que promete ser chuvoso e atrações ao ar livre para dias de céu aberto. A previsão do tempo também poderá ajudar a identificar que roupas usar naquele dia.

14. Tentar fazer tudo que Paris oferece e não descansar

Com tanta coisa para ver e fazer em uma viagem e a ansiedade por visitar aqueles tão sonhados lugares, muita gente acaba criando uma programação muito intensa, sem direito uma parada em um parque para observar o vai-vem de pessoas ou simplesmente descansar. Paris, por exemplo, tem ótimos parques e muitos cafés em que você pode parar, tomar uma bebida, dar um descanso às pernas e depois continuar suas andanças.

erros viagem frança

Ruas de Paris


E você, tem outras dicas e sugestões de erros em uma viagem à França que não pode ficar de fora da nossa lista?  Compartilhe com a gente nos comentários

Não perca nenhuma oportunidade!

ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção