logo Melhores Destinos

Para comer bem! Chefs sugerem 8 destinos para aliar turismo e gastronomia

Bruna Scirea
Bruna Scirea
30/07/2021 às 5:19

Para comer bem! Chefs sugerem 8 destinos para aliar turismo e gastronomia

Que está todo mundo louco para viajar não é novidade! E certamente você já deve ter vários destinos em mente… mas sugestões são sempre bem-vidas, não é?Pois recentemente o site TimeOut perguntou a renomados chefs de cozinha de diferentes países qual seria o primeiro lugar a ser visitado no pós-pandemia.

Não é de se surpreender que as respostas envolvam, é claro, comida! Confira a seguir as dicas dos chefs para os próximos planos de viagem, aliando turismo e gastronomia:

México

E logo no início da lista já está um dos destinos do mundo mais lembrados quando o assunto é boa gastronomia! O intenso sabor da culinária mexicana pode ser encontrado tanto nos pratos de restaurantes sofisticados, como nas banquinhas de ruas da Cidade do México – tudo regado a uma boa pitada de pimenta e, por que não, uma dose e outra de tequila! O México é o destino sugerido pelo chef Carlos Gaytan, mexicano de origem e proprietário do restaurante Tzuco em Chicago. No nosso guia, confira dicas de restaurantes na Cidade do México.

Nova Orleans

Um lugar cheio de vida, música alta, boa comida e pessoas muito acolhedoras. Assim é Nova Orleans na visão da chef Emily Yuen, chef-executiva do restaurante Bessou, em Nova York. E é por isso que a cidade americana está no topo da lista dos lugares que devem ser visitados assim que a pandemia acabar. New Orleans é o berço do jazz, famosa pelo Mardi Gras e tem como lema Laissez les bons temps rouler (“Deixe os bons tempos rolarem”). Combina com o que esperamos do futuro próximo, não?

E, em se tratando de comida, por lá é muito comum a chamada cozinha Creola, que tem como pratos mais clássicos a jambalaya (tipo uma paella espanhola) e o gumbo (um ensopado que tem o quiabo como base). Alguém aí já provou?

Camboja

Camboja está ao lado de três países mestres na arte da culinária: Vietnã, Tailândia e Laos. E não deixa nada a desejar quando o assunto é comida de qualidade. Não à toa é a sugestão de destino a ser visitado após a pandemia da chef Chanthy Yen, do Parliament Pub & Parlour, em Montreal. Alguns dos pratos mais tradicionais do país são o Peixe Amok (ensopado com leite de coco, pasta de curry e capim-limão) e o Bai sach chroukI, carne de porco marinada e assada na brasa. Para além da saborosa gastronomia, o Camboja também é conhecido pelo Angkor Wat, em Siem Reap, tido como um dos mais importantes do Sudeste Asiático.

Istambul

Istambul é um destino que exala história e cultura por todos os lados. Terra de um povo que passou por muitas adversidades, sofreu os mais variados tipos de influências, mas soube, ao longo de uma história fascinante, “absorver” tais fatores com maestria, agregando cores, sons… além de aromas e sabores!

A mais visitada cidade da Turquia é a sugestão da chef Erchen Chang, dona do restaurante Bao, em Londres. Segundo ela, a maravilha da culinária turca está justamente na sua simplicidade, parece bem comida de casa. Uma vez em Istambul, além de conhecer mesquitas, passear de barco pelo Estreito de Bósforo e visitar o grande Bazar, o visitante não pode deixar de curtir as docerias, casas de chá e as ruas cheias de barraquinhas que vendem os conhecidos kebabs, pães, suco de romã, batatas recheadas (Kumpir) e outras iguarias deliciosas. Veja nossas dicas de onde comer em Istambul.

Roma

Luciano Monosilio, chef que comanda o restaurante Luciano Cucina Italiana, em Roma, sugere a própria cidade como o destino perfeito para ser visitado após o isolamento. A gente dá um desconto, né? Afinal, Roma reúne várias maravilhas que queremos nas nossas próximas férias: muitas praças, vida urbana intensa, atrações históricas, bairros agitados, bares e restaurantes para não colocar defeito! Veja 40 dicas do que fazer em Roma e o nosso guia de Roma.

Japão

O respeito aos ingredientes locais e às tradições da culinária é o que se destaca no Japão aos olhos da chef Marwa Alkhalaf, dona do restaurante iraniano Nutshell London, em Londres. De acordo com a cozinheira, as cidades japonesas inspiram pela organização, pela filosofia de vida e, claro, pelos tantos restaurantes, sejam eles estrelados ou barraquinhas de rua. Sabor não falta! Confira nosso guia de Tokyo e de Kyoto e descubra mais sobre as atrações e as maravilhas gastronômicas do Japão!

kyoto dicas mercado

Polinésia Francesa

Vai ser difícil discordar do chef James Cochran, proprietário do restaurante 12:51 by Chef James Cochran, em Londres. O destino que ele acha a cara de uma viagem pós-pandemia é a Polinésia Francesa, um paraíso que tem Taiti e Bora Bora entre as ilhas mais visitadas. Praias paradisíacas, areia branquinha, um coquetel em mãos… a cara do luxo!

Jamaica

Para Dadrian Coke, chef de cozinha do restaurante Chubby’s Jamaican Kitchen, em Toronto, o destino perfeito para a viagem pós-pandemia é Jamaica, sua terra natal. Segundo o cozinheiro, não apenas por sua família estar lá, mas também em função das belas paisagens e pela boa gastronomia do país. Entre as delícias que devem ser provadas por lá estão o Jerk Chicken (frango marinado e assado na brasa) e, no café da manhã, o Ackee & Saltfish (em que a fruta ackee, símbolo do país, é salteada junto com bacalhau e temperos).


E você, para onde pretende viajar na primeira oportunidade que tiver? Já esteve em algum destes países e provou estas delícias gastronômicas que apresentamos no texto? Participe nos comentários!