logo Melhores Destinos

5 estratégias para acumular milhas e viajar de graça (ou quase) com renda até R$ 2.500

Sandro Kurovski
Sandro Kurovski
13/05/2021 às 9:10

5 estratégias para acumular milhas e viajar de graça (ou quase) com renda até R$ 2.500

Viajar de avião pela primeira vez é um sonho, mas guardar dinheiro para uma passagem aérea nem sempre é uma tarefa fácil, principalmente para quem não ganha tanto. O que muita gente não sabe é que dá para transformar gastos como mercado, luz, água, internet em viagens grátis – ou quase -, e realizar esse sonho sem estourar o orçamento. Não é lenda nem pegadinha! Nesse post separamos algumas estratégias que você pode usar para viajar usando milhas, sem muito esforço. Em muitos casos até a taxa de embarque poderá ser paga com milhas, e aí você não terá que desembolsar nenhum centavo extra.

Caso você não saiba muito sobre milhas e seja novo nesse universo, recomendamos ler primeiro nosso post que ensina o passo a passo para fazer a primeira viagem com pontos

A primeira viagem de avião da minha vida foi com milhas, quando eu tinha salário de estagiário. Então a falta de dinheiro não é desculpa para adiar esse sonho.

1 – Escolha um bom cartão de crédito para acumular pontos

Escolher um bom cartão de crédito para acúmulo de pontos, de acordo com a sua renda e perfil de consumo, é fundamental para conseguir uma viagem grátis usando milhas.

Com renda de até R$ 2.500 já é possível ter acesso a alguns dos melhores cartões de crédito para acumular milhas e viajar de graça. Embora cartões sem anuidade como o Nubank sejam mais fáceis de serem aprovados, eles normalmente não oferecem vantagens significativas.

Para juntar pontos no Nubank, por exemplo, é necessário pagar uma taxa mensal de R$ 19,90 ou anual de R$ 190. Além disso, o Nubank Rewards é parceiro apenas da Smiles onde 4 pontos valem 1 milha. Ainda que os cartões que acumulam pontos tenham anuidade, é possível acumular mais milhas com um cartão melhor, sem ter esse gasto.

O cartão Pão de Açúcar Itaucard Gold, por exemplo, tem anuidade de R$ 405, mas oferece um dos melhores acúmulos de pontos disponíveis no mercado atualmente. Com renda de R$ 2.500 já é possível pedir um, e embora não haja uma política clara para isenção, é possível negociar a anuidade de acordo com o seu nível de gastos e o seu relacionamento com o banco.

Aqui em casa concentramos todos os gastos com mercado e alimentação nesse cartão. Assim, esse valor que a gente já ia gastar de qualquer forma, acaba revertido em passagens para viajar pelo Brasil em família.

Outras opções interessantes de cartões para quem ganha até dois salários mínimos são os cartões Azul Itaucard Gold e Latam Pass Itaucard Gold – desde que você pretenda viajar com a Azul ou com a Latam, é claro. Eles pontuam direto no programa de fidelidade das companhias e os pontos são transferidos automaticamente mês a mês.

2 – Concentre seus gastos cotidianos no cartão de crédito

Ao concentrar todos os seus gastos no cartão de crédito você converte despesas que já teria de qualquer forma em pontos. Ao sacar dinheiro ou usar o débito você vai gastar a mesma coisa, mas não vai ter nenhum benefício de volta. Pense que ao longo de um ou dois anos seus gastos com mercado, combustível, roupas, podem virar uma viagem grátis!

E nem precisa ter vergonha de pagar aquele doce de R$ 2 com o cartão de crédito na padaria hein

Se você tem receio de usar o cartão de crédito, ou medo de perder o controle das suas finanças pessoais, faça de conta que o limite do cartão é o seu salário. Uma dica é deixar o dinheiro separado em uma conta, assim você não corre o risco de não conseguir pagar a fatura.

Usando seu cartão você poderá ficar isento da taxa de anuidade ou pelo menos conseguir um bom desconto.

3 – Pague contas básicas usando o cartão de crédito

Contas básicas como luz, água, internet, condomínio, entre outras, também podem ser convertidas em milhas. Para isso basta usar carteiras digitais para pagar seus boletos com o cartão de crédito. Confira nosso post completo sobre como pagar contas e boletos com o cartão de crédito e acumular milhas. Além disso, algumas empresas permitem programar o pagamento automaticamente no cartão de crédito, tornando o processo mais prático.

4 – Aproveite promoções de transferência de pontos bonificada

Os pontos que você acumula no cartão de crédito podem ser multiplicados, basta ficar atento e aproveitar as promoções de transferência bonificada para enviar os pontos do cartão de crédito para o programa da companhia aérea.

Promoções com 70% ou 80% de bônus são bastante comuns e a gente sempre avisa aqui no site e também pelo aplicativo quando surge alguma. Dependendo do caso, é possível conseguir até 130% de bônus!

Para saber dessas promoções basta ficar ligado no Melhores Destinos! Baixe nosso aplicativo e receba alertas no seu celular das melhores promoções de milhas, passagens aéreas e pacotes de viagem!

5 – Aproveite promoções de resgate com milhas reduzidas

Mesmo que você não consiga acumular tantos pontos, é possível sim fazer ao menos uma viagem nacional com o que você gasta ao longo de um ou dois anos, ainda mais se você aproveitar as promoções para resgatar passagens com milhas reduzidas.

Recentemente o Latam Pass fez uma promoção com resgates de passagens nacionais a partir de 1.900 pontos e internacionais a partir de 12.900 pontos. Assim você vai conseguir viajar de graça antes do que imagina, usando menos pontos do que estimava.

Como disse, a melhor forma de ficar sabendo sempre que uma promoção de milhas reduzidas aparece é acompanhar o Melhores Destinos, baixar nosso aplicativo gratuito e ativar as notificações para receber promoções de cartões e milhas. Se preferir você também pode assinar nossa newsletter e receber as promoções no seu e-mail!

Chega de adiar o sonho de viajar de avião pela primeira vez por falta de dinheiro, com essas estratégias você vai conseguir viajar (quase) de graça logo, logo!

Caso ainda tenha ficado alguma dúvida ou se você tem alguma outra dica para ajudar quem está começando a juntar milhas para fazer sua primeira viagem, deixe aí nos comentários.