Delta anuncia compra de 20% da Latam por quase R$ 8 bilhões!

Leonardo Cassol
26/09/2019  ·  18:32Publicado 26 · set · 2019  ·  18:32Atualizado 4 · out · 2019

Delta anuncia compra de 20% da Latam por quase R$ 8 bilhões!

Num movimento que surpreendeu o mercado de aviação, a Delta Airlines anunciou agora há pouco que vai adquirir 20% do Grupo Latam Airlines, num negócio que se aproxima de R$ 8 bilhões (US$ 1,9 bilhão). Com o movimento a Latam já confirmou que vai deixar a aliança Oneworld, embora não seja seguro que vá entrar na Skyteam. A Delta, por sua vez, deve vender sua participação acionária da GOL (a companhia possui cerca de 9% da empresa).

Atualizado

O acordo prevê um recurso adicional de quase R$ 1,5 bilhão (US$ 350 milhões) para a Latam deixar a Oneworld e se integrar a aliança da Delta. A empresa norte-americana também vai adquirir quatro Airbus A350 da Latam e assumir o pedido de outras dez aeronaves do mesmo modelo.

O CEO da Delta informou que não espera obstáculos regulatórios e que o negócio ajudará no crescimento das duas empresas. Mas o processo deve demorar de 12 a 24 meses para ser concluído.

A Delta também tem participações na Aeroméxico, Air France, KLM, Virgin Atlantic, China Eastern e Korean Air. Além disso, negocia a compra de 10% da Alitalia.

Essa parceria transformadora com a Latam reunirá nossas principais marcas globais, permitindo-nos oferecer o melhor serviço e confiabilidade para viajantes de, para e pelas Américas”, disse Ed Bastian, CEO da Delta.

Essa aliança com a Delta fortalece nossa empresa e aprimora nossa liderança na América Latina, fornecendo a melhor conectividade por meio de nossas redes de rotas altamente complementares”, disse Enrique Cueto Plaza, CEO da Latam.

Em nota a Latam coloca que “a aliança estratégica entre a Delta e a Latam combina duas redes com sobreposição mínima e permite a ambas oferecer a mais completa rede de destinos entre a América do Norte e a América Latina. Juntos, a Delta e o Grupo Latam voarão para mais de 435 destinos em todo mundo e transportarão mais passageiros entre a América do Norte e a América Latina do que qualquer aliança”.

E aí, o que acharam da notícia? Que bomba! Vamos aguardar mais detalhes!

Com informações da Reuters e CNBC