logo Melhores Destinos

Conheça as 10 companhias aéreas mais antigas do mundo em operação

Rafael Castilho
27/07/2020 às 5:58

Conheça as 10 companhias aéreas mais antigas do mundo em operação

O mercado da aviação comercial é muito dinâmico e tem pouco mais de 100 anos. Ao longo da história diversas companhias aéreas surgiram, mas muitas não resistiram aos contratempos, principalmente financeiros, e ficaram pelo caminho. A primeira companhia do mundo surgiu na Alemanha em 1909. Entretanto, a Delag operou somente por 16 anos. No Brasil, a primeira a operar uma linha regular foi a Viação Aérea Rio-Grandense (Varig) fundada em 1927, mas que encerrou as atividades em 2006. Conheça abaixo o Top 10 das companhias mais antigas do mundo que ainda continuam em operação.

1 – KLM – a companhia mais antiga do mundo

A companhia aérea mais antiga do mundo é a KLM. Fundada em 7 de outubro de 1919 a Koninklijke Luchtvaart Maatschappij, em português Companhia Aérea Real Holandesa, chegou ao centenário no ano passado e o MD esteve lá para conferir a festa dos 100 anos da KLM.

Em maio de 1920, a KLM realizou o seu primeiro voo fazendo a ligação entre Londres e Amsterdã num avião Airco DH-16. Em seu primeiro ano de operações, a companhia holandesa transportou 345 passageiros e 25 toneladas de carga.

Em 1934, a KLM realizou seu primeiro voo transatlântico entre Amsterdã e Curaçao, nas Antilhas Holandesas. Durante a II Guerra Mundial a companhia deixou de voar, mas logo os voos foram retomados e empresa não parou de crescer. Em 2004, a KLM se juntou a Air France.

Hoje a KLM conta com 116 aeronaves entre Embraer, Boeing e Airbus. São cerca de 35 milhões de passageiros transportados por ano para mais de 140 destinos pelo mundo. A companhia faz parte da aliança SkyTeam. No Brasil, a companhia voa para Fortaleza, São Paulo e Rio de Janeiro.

2 – Avianca

Avianca é a primeira empresa aérea comercial fundada nas Américas e a segunda companhia mais antiga em atividade no mundo. A empresa foi criada em dezembro de 1919 como Sociedad Colombo Alemana de Transporte Aéreo (SCADTA). Os primeiros voos começaram em 1920 com os aviões anfíbios entre Barranquilla e Puerto Berrío, na Colômbia.

Avião anfíbio Junkers W 34 da SCADTA, que décadas mais tarde mudou o nome para Avianca

Somente em 1929 a empresa chegou a capital Bogotá, onde hoje concentra o principal hub da companhia Avianca (Aerovías Nacionales de Colombia S.A), que só ganhou este nome em 1940. Anos depois começou a expansão internacional com voos para outros países da América do Sul e para os Estados Unidos.

Em 2004, a companhia foi vendida para o Sinergy Group, liderado pelo brasileiro Germán Efromovich. 2010, a Avianca se consolidou no Brasil quando a antiga Oceanair se transformou em Avianca Brasil. Mas no ano passado a companhia brasileira passou por fortes dificuldades financeiras, teve aviões retomados e parou de operar. Os slots da Avianca nos principais aeroportos foram repassados a outras companhias.

Atualmente a Avianca Internacional passa por um momento financeiro difícil. Com a crise do coronavírus, a situação que já era preocupante piorou e a Avianca Holdings entrou com pedido de recuperação judicial. Torcemos para que a companhia consiga se recuperar e continue voando!

3 – Qantas

Vem do outro lado do mundo a terceira companhia mais antiga ainda em operação. A Qantas, fundada em novembro de 1920, realizou o primeiro voo em 1922 entre as cidades de Longreach e Cloncurry. Em 1934, começou a voar para Europa em parceria com a Imperial Airways e também para o Sudeste Asiático.

Avro Dyack, o primeiro avião da Qantas em 1921

O nome Qantas significa Queensland and Northern Territory Aerial Services (Serviços Aéreos do Território do Norte e Queensland). Hoje a companhia é a maior da Oceania com 127 aeronaves voando para 85 destinos. A Qantas tem no aeroporto de Sydney o seu principal hub e faz parte da aliança Oneworld.

4 – Aeroflot

Com o nome Dobrolet foi inaugurada a companhia russa em março de 1923. Nove anos depois ela adotou o nome de Aeroflot. Sob o manto da União Soviética, a companhia voava somente com aviões de fabricação russa, o Tupolev.

Com o fim da União Soviética, a Aeroflot se tornou uma empresa de capital aberto e passou a utilizar aviões fabricados em outros países, como Boeing e Airbus. Hoje conta com mais de 250 aeronaves atendendo 146 destinos. A Aeroflot está na SkyTeam.

5 – CSA Czech Airlines

Esta companhia europeia de pequeno porte surgiu em outubro de 1923. A empresa estreou com a rota entre Praga, na República Checa, e Bratislava, na Eslováquia. Uma viagem de 320 km. Na época, esse era um voo doméstico, já que as duas cidades faziam parte da antiga Checoslováquia. Atualmente, a Czech Airlines voa para 25 destinos, tem 14 aeronaves em sua frota e participa da aliança SkyTeam.

6 – Finnair

Um mês depois da criação da Czech Airlines surgia na Finlândia a Aero em novembro de 1923. O primeiro voo foi realizado em avião anfíbio Junkers entre Helsinki e Tallin, na Estônia. De 1924 e 1936, somente este tipo de aeronave foi utilizada pela companhia.

Antigo avião anfíbio Junkers da Finnair

Após II Guerra Mundial, o governo assumiu a maior parte do controle da empresa e isto permanece até hoje. Em 1968 a companhia ganhou o nome de Finnair. Vale destacar que a Finnair foi a primeira empresa a realizar voos diretos da Europa para China e Japão no início da década de 80. A Finnair faz parte da aliança Oneworld.

Finnair

7 – Delta Air Lines

A terceira maior companhia do mundo surgiu como uma empresa agrícola para pulverização de lavouras no sul dos Estados Unidos, em maio 1924, sob o nome de Huff Daland Duster.

Somente quatro anos depois assumiu o nome Delta Air Service, em referência ao delta do Rio Mississippi. A Delta é a companhia mais antiga dos Estados Unidos.

A primeira rota com passageiros da empresa foi entre Dallas, no Texas, e Jackson, em Mississippi, em 1929. Hoje a Delta Airlines é gigante. Conta com uma frota de cerca de 900 aeronaves voando para 330 destinos nacionais e internacionais. A companhia faz parte da aliança SkyTeam. O aeroporto de Atlanta é o principal hub da companhia e o maior do mundo em movimento de passageiros.

8 – Tajik Air

A companhia estatal do Tajiquistão surgiu em setembro de 1924 fazendo a rota entre Bukhara, no Usbequistão, e Dushanbe, capital tajique. A Tajik Air conta com 35 aeronaves voando para 11 destinos na Rússia, Irã, Uzbequistão, Quirguistão e Índia.

9 – Air Serbia

Em junho de 1927 foi fundada  Sociedade de Transporte Aéreo Aeroput, como companhia do Reino da Iugoslávia. Sua primeira rota foi entre Belgrado, Zagreb, Graz e Viena em 1929.

Logo expandiu seus voos para outros países europeus. Muito atingida pelas guerras, principalmente pela guerra iugoslava na década de 90, a empresa teve suas ações adquiridas pela Etihad e ganhou o nome atual de Air Serbia. Hoje conta com 21 aeronaves voando para 60 destinos.

10 – Iberia

A companhia espanhola surgiu em junho de 1927 ligando as duas principais cidades da Espanha, Madri a Barcelona. A companhia nasceu de um acordo entre um empresário espanhol e a companhia alemã Lufthansa – que apesar de ter sido fundada em 1926 não entra neste ranking porque deixou de voar após a Segunda Guerra e foi refundada apenas em 1953.

Um dos primeiros aviões Rohrbach Ro VIII Roland da Iberia

Na década de 40, a Iberia iniciou sua expansão internacional voando para mais destinos na Europa e chegando à América do Sul. Em 2011, a companhia se uniu a British Airways para formar a International Airlines Group (IAG). Apesar da fusão, as empresas continuam operando com suas próprias marcas. Hoje a Iberia faz parte da aliança Oneworld e conta com cerca de 150 aeronaves em sua frota. A companhia espanhola voa para São Paulo e Rio de Janeiro.

Veja também:

Não perca nenhuma oportunidade!

ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção