Como é voar na Jet Airways

Denis Carvalho
5/09/2014  ·  18:08Publicado 5 · set · 2014  ·  18:08Atualizado 14 · maio · 2015

Como é voar na Jet Airways

Continuamos hoje nosso giro pelas companhias aéreas da Índia. Dessa vez nossa leitora Laura Campos nos conta como foi sua experiência com a Jet Airways. A companhia, que já havia sido avaliada aqui no MD, é a segunda maior da Índia, com mais de 3 mil voos diários para 74 destinos em todo o mundo. Veja como foi o voo: 

Em dezembro de 2013, fui a um casamento na cidade de Pune, na Índia, e aproveitei para viajar um pouco pelo país, particularmente pela região do Rajastão (Noroeste). Além das 17 horas de voo até a Índia (14 horas de São Paulo a Dubai e 3 horas de Dubai a Mumbai, pela Emirates), acabei acumulando mais algumas horinhas em companhias locais indianas. Segue a descrição do segundo trecho, com a Jet Airways.

avaliacai-jet-airways


Dados do voo: 9W 0756
Origem X Destino – Jaipur – Delhi

Compra
Todos os voos que pegamos foram comprados por uma agência de turismo local; nós apenas escolhemos as datas, então sinceramente não sei opinar sobre a experiência de compra ou preços. Só posso dizer que usar uma agência de viagens local é um pouco aventureiro, porque como pude perceber com os prestadores de serviço indianos, digamos que o Brasil está bastante avançado em comparação.

O preço de cada voo ficou em torno de Rs. 7.000,00 (R$ 270). Peço desculpas aos caros leitores do MD, mas como comprei num pacote, paguei um total de Rs. 21.000,00 pelas passagens, e não sei exatamente o quanto saiu por trecho (não fizemos nenhum voo de ida e volta, sempre apenas ida). Tampouco acumulei milhas, pois nenhuma companhia usada fazia parte de algum programa de milhagens que eu utilizo.

Check-in e embarque

O aeroporto de Jaipur não fica muito longe da cidade, então não tivemos problemas em chegar lá (se bem que na Índia é sempre bom ter cautela com o trânsito e sair com antecedência). O aeroporto em si é pequeno e tranquilo, com algumas opções para comer, inclusive lojas baratinhas de salgadinhos e doces.

Aeroporto-Jaipur

O check-in foi tranquilo. O limite de bagagem é o mesmo da Air India: são 15 kg para a bagagem despachada + 7 kg de bagagem de mão e os quilos excedentes também custam Rs. 250 (cerca de R$ 10).

O banheiro do portão de embarque não tinha papel higiênico (algo comum na Índia, então eu sempre levava lencinhos comigo) e o secador de mãos não funcionava. O embarque foi feito na pista (sem finger) e o voo saiu com 25 minutos de atraso.

avaliacao-jet-airways-04

Avião

O avião era um moderno Boeing 737-800 com configuração de assentos 3×3 e poltronas na classe executiva. O espaço era minúsculo entre as fileiras de poltronas e não dava nem para abrir uma revista com a poltrona da frente reclinada (como dá pra ver na foto. E antes que alguém pergunte, os desenhos na minha mão são hena 🙂 ). Foi uma péssima ideia deixar a bolsa debaixo do assento à frente e eu fiquei feliz que esse era um voo de curta duração.

avaliacao-jet-airways-02

Serviço
O serviço foi atencioso e feito em inglês e hindi. O serviço de bordo foi o típico kit-espartano para voos de curta duração: sanduíche vegetariano (que ficava esparramando o recheio em todas as direções) e suco de laranja em caixinha ou água.

avaliacao-jet-airways-01

Como entretenimento, havia apenas uma revista de bordo, mas com matérias interessantes. A chegada em Delhi foi tranquila e nossa bagagem chegou sem problemas.

avaliacao-jet-airways-03

Conclusão
Realmente a Jet não é nenhuma companhia exemplar e deve ser usada apenas para trechos curtos. No mais, sem incidentes.

Agradecemos à Laura por mais esta avaliação, que certamente vai ajudar muitas pessoas a optar ou não pela Jet durante suas viagens à Índia. Já conhecia a companhia? Conte nos comentários como foi sua experiência e participe! Confira todas as avaliações publicadas pelo Melhores Destinos em nossa página especial