Comida Tailandesa: 15 Pratos típicos e onde comê-los em Bangkok

Por
30 · nov · 2018       13:10

Dizem que a Tailândia tem as praias mais bonitas do mundo. Mas acredite, há quem venha ao país interessado apenas na comida tailandesa! Os pratos típicos fazem parte de uma culinária autêntica e mundialmente reconhecida pela variedade de temperos, sabores picantes e toda uma tradição baseada no equilíbrio entre o salgado, doce, azedo e amargo.

Saiba onde comer em Bangkok e não perca a oportunidade de experimentar iguarias capazes de agradar até mesmo os paladares mais sofisticados. Nada de pratos exóticos, espetinhos infames de escorpião ou insetos para turistas: a comida tailandesa é rica em cores e texturas, com ingredientes diversificados e (quase sempre) saudáveis. Dos frutos do mar fresquinhos aos macarrões à base de arroz com brotos de feijão, mergulhe em uma deliciosa aventura gastronômica num país que vai te conquistar pelo estômago! 

Comida tailandesa

Pad Thai, o tradicional macarrão frito tailandês
⭐⭐⭐⭐⭐

Não há nada mais tipicamente tailandês do que um bom Pad Thai (ผัดไทย) servido com camarão e frutos do mar. O prato nacional preferido por 10 em cada 10 turistas tem suas origens há mais de 250 anos, com ingredientes e modo de preparo emprestados dos imigrantes chineses. Embora já tenha existido até mesmo uma receita oficial criada pelo governo (!), a refeição à base de noodles fritos costuma variar, com diferentes proporções de molho de peixe e tamarindo, brotos de feijão, ovo e tofu, dando diferentes nuances a um prato que pode ser encontrado à venda em cada esquina — mas nunca um igual ao outro.

pad thai tailandia

Pad Thai, o prato que é a cara da Tailândia. Também há versões com frango, porco ou vegetarianas

– Onde comer: À venda nos principais restaurantes e barraquinhas de rua, especialmente na Khaosan Road. O Thipsamai é famoso por ter “o melhor Pad Thai da cidade”, com filas gigantescas na porta. Uma opção bem conveniente é o restaurante AMA, em frente ao templo Wat Pho.

Tom Yum, a sopa mais típica da Tailândia
⭐⭐⭐⭐

As comidas tailandesas costumam ser apimentadas, mas o Tom Yum (ต้มยำ) se supera. Além dos condimentos, a tradicional sopa leva camarão e cogumelos, com destaque para os sabores fortes do gengibre, galanga e capim-limão, dando origem a um dos pratos mais característicos do país, que conquista pela explosão de sabores. Não saia sem experimentar!

tom yum

Tom Yum: É delicioso, mas vá com calma.

– Onde comer:  Um Tom Yum bem feito faz toda a diferença, vale a pena gastar um pouco mais no luxuoso restaurante Baan Khanita e experimentar os ingredientes da melhor qualidade. Quem preferir opções mais simples e econômicas será bem atendido nos restaurantes locais Rung Reung e P’Aor.

Som Tam, salada saudável e apimentada
⭐⭐⭐

Quem disse que é preciso esperar o mamão ficar maduro para comer? O Som Tam (ส้มตำ) é uma salada de mamão verde, com fama de saudável e sabor pra lá de apimentado! Não deixe as poucas calorias te enganar, o prato é feito para os fortes (o que significa que algumas crianças tailandesas são mais fortes que você). Tenha um copo d’água ao lado e coma com prazer!

somtam tailandia

Som Tam, saudável e com pouquíssimas calorias

– Onde comer: A praça de alimentação no 5º andar do shopping Terminal 21 reúne uma boa variedade de lojinhas baratas e limpas. Outra opção mais descolada é o restaurante Som Tam Nua.

Khao Soi, a iguaria da região Norte
⭐⭐⭐⭐🌟

É difícil saber quem teve a ideia de misturar noodles de ovo com macarrão crocante, uma coxa de frango suculenta e muito curry, mas a ideia deu certo. Com origens no norte do país e no Mianmar, o Khao Soi (ข้าวซอย) costuma ser o prato preferido de muitos turistas, que não resistem à sutileza de uma receita que parece ter sido feita para agradar a todos os paladares. “Saboroso” é pouco: deguste lentamente as diferentes texturas e surpreenda-se com o sabor.

khaosoi tailandiaKhao Soi: não estranhe se começar a chorar quando comer. É de felicidade.

– Onde comer: Não é preciso viajar até Chiang Mai para encontrar um excelente Khao Soi. Em Bangkok, vá ao fantástico restaurante Eats Payao, com pratos bem servidos em um ambiente acolhedor e preços justos.

Tom Kha Gai, uma delícia subestimada
⭐⭐⭐⭐

Um prato tradicional que a maioria dos turistas esquece de provar, mas que os locais sabem dar valor. O Tom Kha Gai (ต้มข่าไก่) é uma sopa que combina a autenticidade da galanga, capim-limão e folhas de kefir com a cremosidade do leite de coco e pedacinhos macios de frango. O resultado é uma refeição aromática, com fragrâncias únicas e rica em sabor.

tom kha gai tailandia

Tom Kha Gai, uma combinação única de sabores

– Onde comer: Quer julgar a qualidade dos ingredientes de um restaurante? Peça um Tom Kha Gai. Poucos passam no teste. Felizmente o Nalin Kitchen é um deles.

Massaman Curry, legado muçulmano na Tailândia
⭐⭐⭐⭐⭐

Não é coincidência que as palavras “muçulmano” e “massaman” sejam parecidas. A minoria religiosa que habita um dos países mais budistas do mundo é a responsável pela criação do Massaman Curry (มัสมั่น), uma deliciosa sopa levemente apimentada, com diversas especiarias, leite de coco, batata e amendoim, tradicionalmente acompanhadas de frango (embora outras carnes possam ser usadas) e arroz. É o tipo do prato que agrada pela consistência cremosa e gosto marcante, não deixe de comer!

massaman curry

Massaman Curry, a sopa tailandesa de origem muçulmana

Onde comer: Ao lado da Khaosan Road, o final da rua Rambuttri reserva uma boa surpresa: a barraquinha Banglumpoo, presente desde 1974 servindo um delicioso (e super barato!) massaman curry com arroz.

Sopas a qualquer hora do dia
⭐⭐⭐

Sopa no calor? Você ficará surpreso ao ver como o hábito é comum na Tailândia. Faça chuva ou faça sol, lá estarão os tailandeses se deliciando com sopas quentinhas. A sopa Guay Jub (ก๋วยจั๊บ) é uma das mais tradicionais, servida com noodles a base de arroz, miúdos e especiarias. Outras, como a Guay Tiao Nam Tok (ก๋วยเตี๋ยวน้ำตก), possuem coloração mais escura e indicam o uso de sangue na preparação. As sopas tailandesas podem ainda ser temperadas ao gosto do cliente, com uma vasta seleção de pimentas, molhos, amendoim e até açúcar!

– Onde comer: As sopas estão presentes nos restaurantes e barraquinhas. Sugerimos visitar a rua Soi Sukhumvit 55, e também a rua Yaowarat (Chinatown), para experimentar algumas. Também há boas opções ao redor da estação de trem Hua Lamphong — sugerimos o Sawang Noodle.

Shabu-shabu e Yakiniku, um jeito diferente de comer
⭐⭐⭐⭐

Nada de bifes gigantes: na hora de comer carne na Tailândia, o segredo é cortá-la em fatias mais finas para cozinhar numa panela fervente (shabu-shabu) com legumes e verduras. Quem prefere carne grelhada pode optar pelo yakiniku, um conceito parecido, que substitui a panela por uma grelha colocada sobre a mesa! Ambos os pratos são de origem japonesa, mas já foram devidamente incorporados à culinária da Tailândia, lotando restaurantes buffets. Seria o equivalente às churrascarias e self-services brasileiros, com amigos reunidos à mesa e tudo compartilhado.

– Onde comer: Há diversas redes famosas de shabu-shabu nos principais shoppings: MK Restaurant, Oishi Shabushi e várias outras. Uma experiência diferente é ir ao FuFu Shabu, que embora seja taiwanês, tem uma excelente apresentação e um tentador refil de sorvetes Häagen-Dazs. Para carnes e frutos do mar grelhados, o genuíno (e lotado!) Best Beef é imbatível.

Arroz Frito, pau para toda obra
⭐⭐⭐

O arroz é o acompanhamento principal dos pratos tailandeses, mas não costuma levar sal ou alho, muito menos ter a aparência “soltinha”. Felizmente existe o Khao Pad (ข้าวผัด), onde o arroz é frito com inúmeras combinações de carne, ovo e verduras, dando um sabor completamente diferente (e apetitoso!) a um prato que poderia ser sem graça. É uma das refeições mais fáceis de se encontrar, excelente para quem ainda não se adaptou totalmente à culinária local.

khao pad arroz frito tailandia

Arroz frito tailandês, simples e rápido

– Onde comer: Em qualquer barraca de rua — as da Khaosan Road são boas opções. Esses costumam ser os mais baratos, e ainda assim com uma excelente apresentação.

Joelho de porco, melhor do que parece
⭐⭐⭐⭐⭐

Após o resgate cinematográfico dos 12 garotos tailandeses presos na caverna, um deles agradeceu em vídeo: “Obrigado por todo o apoio moral”. E completou: “Eu quero arroz com joelho de porco!“. Compreensível. Nem é preciso ficar tanto tempo sem comer para sentir falta desse manjar dos deuses. O Khao Kha Moo (ข้าวขาหมู) costuma ser cozido por horas em panelas gigantes, resultando numa textura macia e suculenta. É quase sempre servido com arroz, mas ovos cozidos e intestinos são opcionais. O caldinho agridoce gentilmente colocado por cima é o toque final. Versões crocantes também são facilmente encontradas, no país que é um dos maiores produtores de carne de porco da Ásia.

joelho porco comida tailandesa

Joelho de porco, em versões assadas ou crocantes

– Onde comer: Experimente o delicioso joelho de porco servido desde 1959 no Charoen Saeng Silom, um restaurantezinho simples e nada luxuoso no meio de Bangkok, que já recebeu menções até mesmo no Guia Michelin!

Arroz com leite de coco e manga
⭐⭐⭐⭐

Manga com leite pode até ser uma combinação perigosa na cabeça de muita gente, mas ninguém falou nada sobre manga com leite de coco no arroz, certo? Khaoniao Mamuang (ข้าวเหนียวมะม่วง) é uma tradicional sobremesa tailandesa com ingredientes comuns da culinária local, mas que juntos fazem toda a diferença. Absolutamente imperdível, especialmente após um prato apimentado!

arroz manga tailandia

Arroz com leite de coco e manga: não faz mal, mas engorda

– Onde comer: Experimente o prato com os ingredientes da melhor qualidade no sofisticado Eathai. Opções igualmente boas e mais simples: Sor BoonprakobMae VareeKor Panich.

Chás gelados tailandeses
⭐⭐⭐⭐

cha gelado tailandes

Chás tailandeses: servidos com muito gelo para beber aos poucos

Servidos em copos com gelo ou até mesmo em saquinhos com canudo (!), os chás são mania nacional. Muito além dos sabores convencionais, o cha yen (ชาเย็น), a bebida oficial da Tailândia, chama a atenção não só pelos ingredientes — uma mistura inusitada de chá preto com leite condensado —, mas também pela forma que é feita, exigindo malabarismos e movimentos arriscados para alcançar o sabor perfeito. Dentre os outros sabores disponíveis, não deixe de experimentar o matcha, chá verde de origem japonesa, devidamente adaptado ao jeito tailandês de apreciar a bebida: com muito gelo e açúcar 🙂

– Onde beber: Há diversas lojinhas de chá por todo o país. Recomendamos sem sombra de dúvidas a franquia Cha Payom.

Sorvete “frito” tailandês
⭐⭐⭐⭐

Taí uma moda que conquistou o mundo: o típico sorvete tailandês (ไอติมผัด), com ingredientes “fritos” numa chapa de metal refrigerada que chega até -30°C, entre frutas, biscoitos e outros acompanhamentos, devidamente triturados e espalhados com uma espátula, posteriormente formados em “tubinhos” congelados e deliciosos. Deixe a dieta de lado e prove sem medo de errar! Tailandeses gostam muito de sorvete, não se espante ao encontrar a sobremesa servida no coco e até mesmo dentro do pão, como um cachorro quente gelado!

sorvete tailandes

Sorvete, uma mania nacional

– Onde comer: Há barraquinhas intinerantes presentes em praticamente todas as feiras de comida do país. Em Bangkok, sugerimos a visita à feirinha noturna do Ratchada Rot Fai.

Frutas e sucos da Tailândia
⭐⭐⭐⭐⭐

A Tailândia também é um país tropical, abençoado por Deus e bonito por natureza. Quer uma prova? Experimente as frutas! Há quem diga que a manga tailandesa é a melhor do mundo, suculenta e sem fiapos. A água de coco também é mais doce do que estamos acostumados e há pelo menos uma centena de variedades diferentes de banana produzidas no país.

Algumas frutas se destacam, como a infame durian, conhecida por seu odor nada agradável e sabor questionável. Experimente por sua conta e risco. Outras, como o rambutão, o mangostão e a sala são muito mais saborosas e igualmente exóticas, bem como a relativamente conhecida pitaia, aqui chamada de dragon fruit, disponível nas cores branca e roxa. O suco de romã é super refrescante e natural, fácil de encontrar nas ruas. Uma boa pedida para os dias quentes!

suco roma tailandia

Suco de romã à venda em barraquinhas de rua

– Onde comer:  Frutas in natura já cortadas e prontas para o consumo estão à venda em barraquinhas de rua, também em forma de sucos e shakes, a preços convidativos. Uma excelente desculpa para se refrescar e adquirir hábitos saudáveis!

Dicas para aproveitar a comida tailandesa

Nada de facas. Por uma razão estritamente cultural, na Tailândia se come apenas de colher e garfo. Até mesmo o uso dos palitinhos, comuns na Ásia, estão caindo em desuso. Mas fique tranquilo, em geral as carnes já vem cortadas e tudo é feito sob medida para que facas não sejam necessárias.

As porções são pequenas. Tailandeses fazem várias refeições durante o dia e preferem ir comendo aos poucos, por isso as porções não costumam ser grandes. Se você estiver com muito apetite, pedir mais de um prato pode ser uma boa ideia. Pelo menos a comida é bem barata por aqui!

Ai que sono! É normal se sentir sonolento após as refeições na Tailândia. O culpado por isso é o Glutamato de Sódio (MSG), usado por muitos restaurantes para realçar o sabor. Prefira estabelecimentos com sinalizações de “No MSG” ou simplesmente comunique antes do pedido. Beber energéticos é um hábito bem comum.

Não tenha medo da comida de rua. A Tailândia é repleta de barraquinhas e muitas das melhores experiências gastronômicas do país estão nas feirinhas espalhadas pelas ruas. Apenas analise a higiene do local, mas não deixe de aproveitar!

– Carne bovina é cara. Além do tradicional frango, dê uma chance aos baratíssimos frutos do mar. A variedade de cortes de porco é imensa.

Vegetarianos não terão problemas. Por motivos religiosos, muitos tailandeses não comem carne e refeições vegetarianas são bem comuns, substituindo a carne por tofu.

Exótico, pero no mucho. À exceção de alguns condimentos diferentes, não há nada tão diferente assim na culinária tailandesa que você não possa comer em outros lugares. É possível encontrar insetos fritos à venda, mas são voltados para turistas e públicos bem específicos. A chance de comer “carne de cachorro” por engano é zero.

Não é exatamente comida tailandesa. Foto: Divulgação/Facebook

Mai pet”. Significa, literalmente, “sem pimenta”. Provavelmente será a frase mais importante em tailandês que você irá aprender. Decore-a e use. Você vai precisar 🙂


E aí, deu fome? Qual é o seu prato preferido da culinária tailandesa? Confira nossas dicas de onde comer em Bangkok e deixe seu comentário!