logo Melhores Destinos

Clubes de pontos e milhas valem a pena? Como escolher e aproveitar seus benefícios?

Leonardo Cassol
Leonardo Cassol
21/01/2021 às 18:19

Clubes de pontos e milhas valem a pena? Como escolher e aproveitar seus benefícios?

Os clubes de pontos ou milhas são uma invenção brasileira e despertam o interesse e a curiosidade de muitos de nossos leitores. Os clubes oferecem, mediante um pagamento mensal ou anual, pontos ou milhas todos os meses além de diversos benefícios para quem viaja. Mas vale a pena aderir a um clube? Qual o melhor? Como escolher e aproveitar todos os seus benefícios? Vamos responder essas e outras perguntas nesse post exclusivo!

Como funcionam os clubes de pontos/milhas

Basicamente, os membros dos programa de fidelidade podem assinar um plano que dá direito a acumular uma quantidade de pontos/milhas fixa por mês,  pagando uma mensalidade equivalente ao plano adquirido. Quando maior a quantidade de pontos do plano assinado, menor tende a ser o custo dos pontos/milhas.

Além de receber os pontos/milhas todos os meses, os membros dos clubes participam de promoções e recebem benefícios exclusivos, como bônus diferenciado na hora de transferir pontos do cartão de crédito para o programa, desconto no resgate de passagens aéreas ou produtos com pontos, compra de milhas com desconto, reserva gratuita de bilhetes, status nos programas de fidelidade com direito a embarque preferencial, acesso à salas VIP, entre outros, que variam conforme cada programa e plano. Vamos falar com mais detalhes sobre os benefícios de cada programa mais adiante.

Vale a pena assinar clubes de pontos/milhas?

A resposta é: depende! Se você costuma acumular e resgatar pontos/milhas com alguma frequência, em voos, compras no varejo, cartão de crédito, e/ou quer complementar seu saldo para viabilizar o resgate de passagens aéreas ou de outros produtos, pode valer muito a pena! E vamos mostrar como extrair o máximo de benefícios de cada clube!

Se você pretende juntar pontos apenas no clube, sem cartão de crédito ou acúmulos por outros meios, há uma grande chance de sair no zero a zero, ou seja, é provável que o que você vai gastar com o clube seja o suficiente para comprar uma passagem aérea sem usar milhas.

Por fim, se você tem preguiça de acompanhar promoções, voa raramente (uma vez por ano ou menos que isso) e não entende e não deseja aprender muito sobre milhas, definitivamente os clubes não foram feitos para você!

O que vai definir se o clube é ou não um bom negócio será a comparação de quanto custou acumular os pontos no clube, somando bônus e o valor de todos os demais benefícios e promoções que você participar, em relação ao custo do que você conseguiu trocar por esses pontos ou milhas.

Também é importante saber que os clubes não são investimentos para médio ou longo prazo pois os pontos/milhas perdem “valor de resgate” com o passar do tempo.

Como escolher um clube de pontos/milhas?

Se você já tem um programa de fidelidade favorito, que utiliza mais, e está satisfeito com ele, é provável que o melhor negócio seja assinar o Clube desse programa e aproveitar as promoções.

Agora, se você não tem um favorito, ou se está em dúvida, comece o raciocínio pelo que deseja fazer com os pontos… Para onde quer viajar? Quando? Faça uma simulação de quantos pontos/milhas são necessários para essa viagem, lembrando que voos em janeiro e julho (férias escolares) e em feriados serão sempre mais caros do que em outras épocas do ano. Em seguida, pense com qual companhia você costuma voar mais, ou aquela que têm a maior oferta de voos na sua região. Quais empresas que você consome hoje têm parceria com os programas? Isso vai te ajudar a escolher. Se ficar em dúvida, leia na sequência o nosso resumo de cada programa.

Quais os principais clubes de pontos/milhas?

Vamos listar os quatro clubes mais conhecidos, em ordem alfabética: Latam Pass, Livelo, Smiles e TudoAzul. Além desses, há também o Clube Dotz e o Clube TAP Miles&GO.

Clube Latam Pass

O Clube Latam Pass (antigo Clube Multiplus) é acessível a qualquer membro do programa. Os seus diferenciais são os benefícios aéreos para quem voa com a companhia e assina o Clube 5 mil ou 10 mil, que oferecem upgrade imediato para o status Latam Pass Gold que tem benefícios como despacho de bagagem gratuita em voos nacionais, check-in preferencial e cupons para upgrades de classe em voos internacionais (o suficiente para uma ida e volta na América do Sul). Além disso, nesses planos os pontos não expiram nunca, e isso contempla todos os pontos acumulados no Latam Pass após a ativação do clube, independentemente da origem. Tem ainda o acúmulo fixo de 10%, 15% ou 30% sobre os pontos acumulados com alguns parceiros não aéreos e cartões de crédito, ofertas para o resgate de produtos, compra de pontos com até 70% de desconto e outras ofertas exclusivas. Veja os planos:

Clubes de pontos

Volta e meia o Latam Pass oferece desconto nas primeiras 3 primeiras mensalidades do clube, ou bônus de 100% na adesão.

Quem tiver o Plano 10 mil e o cartão Latam Pass Itaucard Platinum pode ainda acessar as 5 salas VIP da Latam em voos internacionais no Brasil e em outros países.

Principais Parceiros: Latam, Delta Air Lines, British Airways, Cathay Pacific, Finnair, Iberia, Japan Airlines, Malaysia Airlines, Qantas, Qatar, Royal Jordanian, S7 Airlines e SriLankan Airlines.

Destaques Latam: é a companhia brasileira que tem disparado a maior malha aérea internacional, com voos várias cidades na Europa, Estados Unidos e América do Sul, além da África do Sul. Se o seu objetivo é viajar para o exterior, o Clube Latam Pass pode ser um importante aliado.

Confira nossa análise no post “Vale a pena assinar o Clube Latam Pass?”.

Clube Livelo

O Clube Livelo pode ser assinado por todos os participantes do programa. Basta criar gratuitamente uma conta no site, não é preciso ser cliente de nenhum banco. O grande diferencial desse clube é que ele permite acumular pontos e depois transferi-los para os programas das companhias aéreas, além de trocar por voos, pacotes e outros produtos dentro da própria Livelo. Se aproveitar algumas promoções, a transferência para outros programas pode ser feita com bônus de até 120%. Isso permite que se acumule pontos e milhas com um custo final bem baixo.

Além disso, os pontos acumulados no clube não expiram. Em períodos promocionais membros do Clube também podem comprar pontos com 50% de desconto. Veja os planos:

Clubes de pontos

O Clube 20 mil é o que oferece o melhor custo x benefício, com um custo por cada 1.000 pontos de R$ 39,99, isso sem contar com nenhuma promoção de adesão. No entanto, a sua mensalidade é a mais alta e requer um investimento mensal pesado.

Principais Parceiros: Latam Pass, TudoAzul, Smiles, Dotz, TAP Miles&GO, Air France-KLM Flying Blue, Alitalia MilleMiglia, Aeromexico Club Premier, British Airways Executive Club, Etihad Guest, Iberia Plus, United MileagePlus, ALL Accor, IHG® Rewards e Shell. Tem ainda uma agência virtual para voos, hotéis e pacotes.

Destaques da Livelo: permite transferir com bônus para os demais programas nacionais e TAP Miles&GO. Para os demais programas internacionais há um deságio: 2 pontos Livelo = 1 ponto. Por outro lado, não oferece benefícios aéreos, pois não é um programa de nenhuma companhia.

A Livelo costuma fazer promoções de adesão com 50% de desconto ou pontos em dobro na primeira mensalidade.

Veja também o post “Clube Livelo vale a pena?”.

Clube Smiles

O Clube Smiles é acessível a todos os participantes e tem diferenciais como: grande quantidade de promoções, milhas com validade de 10 anos que ajudam na mudança de categoria no programa (a cada 10 milhas acumuladas no clube, 1 vale para upgrade). Permite juntar milhas de até 5 outras pessoas na Conta Família. Ainda é possível fazer reservas de bilhetes GOL com milhas por alguns dias para garantir a tarifa, sem pagar por isso (limite de 5 reservas por ano) e até ganhar bônus na transferência de pontos mesmo que não haja nenhuma promoção vigente através do serviço Bônus VIP. Veja os planos:

Clubes de pontos

Todos os planos são acesso às promoções exclusivas e a desconto no resgate de passagens aéreas. O bônus para novas assinaturas são bem generosos, mas costumam exigir uma permanência mínima de 6 meses no plano escolhido. O Plano 10 mil é o que oferece o menor custo por cada 1.000 milhas, a partir de R$ 28,40, desconsiderando promoções de adesão. Permanecendo nele 10 meses num ano, o cliente recebe upgrade para a categoria Smiles Prata, e ganha o despacho gratuito de 1 bagagem, mesmo que não tenha feito nenhum voo, ou outro tipo acúmulo.

Para reduzir ainda mais o custo, o Clube Smiles oferece ainda as opções de pagamento anual parcelado e pagamento anual à vista. Essas opções oferecem descontos descontos de 5% e 10%, respectivamente.

Já o Clube 20 mil, o mais recente lançado, além de oferecer a maior quantidade de milhas por mês, oferece upgrade automático para a categoria máxima do programa, a Smiles Diamante, sem a necessidade de ter realizado nenhum voo. Este plano só está disponível para contratação com pagamento anual parcelado ou anual à vista. O status oferece vantagens como acesso a salas VIP, bilhete cortesia para acompanhante e até três bagagens despachadas.

Clubes de pontos

Principais Parceiros: GOL, American Airlines, Air France, Avianca Internacional, KLM, Qatar, Aerolíneas Argentinas, Etihad Airways, TAP Portugal, Alitalia, Copa Airlines, Korean Air, Air Canada, Aeromexico e Emirates. Tem ainda Localiza, Shell, Uber e ALL Accor.

Destaques da Smiles: é muito fácil e barato acumular milhas, com promoções de transferência entre contas, renovação e compra de pontos com até 300% de bônus. Tem a maior validade de milhas do mercado, de 3 a 10 anos. No entanto, o preço das passagens varia muito e, na média, custa mais caro do que em outros programas, especialmente para voar para o exterior.

Não deixe de conferir o post “Clube Smiles vale a pena?”.

Clube TudoAzul

O Clube TudoAzul é acessível a qualquer membro do programa. Os participantes podem aproveitar promoções exclusivas para resgate e compra de pontos, e recebem bônus bem maiores nas transferências de pontos de cartão de crédito. Para quem voa com a Azul com alguma frequência, os pontos de todos os planos do Clube contam para upgrade no TudoAzul (a cada 10 pontos acumulados no Clube, 1 conta como ponto qualificável). Além disso, após 6 meses de clube, é possível transferir pontos sem custo! Conheça os planos:

Clubes de pontos

O TudoAzul permite que se faça uma assinatura anual do clube com desconto e pagamento parcelado em 12 vezes. Além disso, faz ofertas com bônus de até 200% nos primeiros meses de assinatura ou até 50% de desconto no valor da mensalidade. O clube 5 mil é o que oferece o acúmulo com menor custo, R$ 33,80 por 1.000 pontos no plano mensal, sem contar com bônus ou promoções de adesão. E quem tiver os cartões de crédito TudoAzul Itaucard ainda vai receber 10% de desconto no valor de todos os planos.

Já os planos 10 mil e 20 mil oferece upgrade automáticos para as categorias TudoAzul Safira e TudoAzul Diamante, respectivamente, sem ter precisado voar nenhum voo. As categorias oferecem benefícios como bagagem despachada sem custo, poltronas Espaço Azul (mais confortáveis), prioridade no check-in e embarque.

Principais Parceiros: Azul, United, Copa, TAP Portugal e ALL Accor.

Destaques da Azul: é a única companhia que opera mais de 100 destinos no Brasil. Além das cias parceiras, é possível trocar os pontos por passagens internacionais através do TudoAzul Interline. Os pontos são convertidos em reais e acaba sendo mais vantajoso quando a passagem na tarifa em dinheiro está barata, e pouco útil para passagens mais caras. Esses voos acumulam pontos. No entanto, o preço das passagens varia muito e, na média, custa mais caro do que em outros programas, especialmente para voar para o exterior, ou em voos com conexão.

O Clube TudoAzul oferece ainda bônus adicional nas transferências de pontos de cartão de crédito. O valor varia de acordo com o tempo de associação e o plano contratado, veja:

  • Clube TudoAzul há pelo menos 6 meses (qualquer plano): 5% de bônus;
  • Planos 1.000, 2.000 e 5.000 há pelo menos 12 meses: 10% de bônus;
  • Planos 10.000 ou 20.000 há pelo menos 12 meses: 20% de bônus.

O bônus por tempo de clube é limitado a 20 mil pontos por ano e é cumulativo com outras ofertas de transferência.

Confira o post “Clube TudoAzul vale a pena?”.

Quadro comparativo dos principais clubes de pontos/milhas

Confira um resumo comparativo dos quatro clubes.

Comparativo dos Clubes Clube Latam Pass Clube Livelo Clube Smiles Clube TudoAzul
Plano + barato R$ 42,90 (Clube 1.000) R$ 41,90 (Clube 1.000)

R$ 42 (Clube 1.000 mensal)

R$ 39,90 (Clube 1.000 anual)

R$ 39 (Clube 1.000 mensal)

R$ 35 (Clube 1.000 anual)

Plano + caro R$ 369,90 (Clube 10 mil) R$ 799,90 (Clube 20 mil) R$ 778 (Clube 20 mil anual)

R$ 675 (Clube 20 mil mensal)

R$ 699 (Clube 20 mil anual)

Promoção de adesão + agressiva 50% de desconto por 3 meses ou 100% de desconto no 1º mês 50% de desconto ou bônus em alguns meses 250% de bônus ou 50% de desconto durante 6 meses 60% de desconto ou 150% de bônus durante 1 ano
Validade dos pontos

3 anos (Clube 1.000)

Não vencem (5 mil e 10 mil)

Não vencem 10 anos

3 anos (Clubes 1.000, 3 mil e 5 mil)

Não vencem (10 mil e 20 mil)

Benefícios para quem voa Benefícios Latam Pass Gold (Clubes 5 mil e 10 mil) Não há Benefícios Smiles Diamante (Clube 20 mil) Benefícios TudoAzul Safira (Clube 10 mil) e benefícios TudoAzul Diamante (Clube 20 mil)
Mudança de categoria Upgrade para Latam Pass Gold nos planos 5 mil e 10 mil Não há

10 milhas acumuladas no clube valem 1 milha qualificável

Status Smiles Diamante (Clube 20 mil)

10 pontos ganhos no clube valem 1 ponto qualificável

Status TudoAzul Safira (Clube 10 mil)

Status TudoAzul Diamante (Clube 20 mil)

Diferencial positivo Pontos acumulados (mesmo fora do clube) não vencem nos planos 5 mil e 10 mil Permite transferir pontos para outros programas com bônus Quantidade de promoções de acúmulo (é barato e fácil juntar milhas) Desconto de 10% em todos os planos pagando com o cartão TudoAzul
Diferencial negativo Bônus para transferências de pontos de cartão de crédito é inferior ao da concorrência Não oferece vantagens adicionais para quem voa Custo dos voos em milhas varia muito e pode ser mais caro do que em outros programas Custo dos voos em milhas varia muito e pode ser mais caro do que em outros programas

Dicas para aproveitar melhor os clubes de pontos/milhas:

1. Planeje e defina seus objetivos de resgate. Isso vai te ajudar a escolher o melhor programa/clube para concentrar o acúmulo. Quer viajar de onde para onde? Qual período do ano (quanto maior a flexibilidade maior a economia)? Qual companhia tem a melhor oferta de voos e preços nas rotas desejadas.

2. Se for assinar um clube pela primeira vez aproveite uma promoção de adesão. As ofertas costumam ser generosas e você já ganha bônus ou desconto na assinatura. Alguns planos exigem a permanência de pelo menos 6 meses para que o cliente tenha direito a oferta. Frequentemente divulgamos ofertas de adesão exclusivas para os leitores do Melhores Destinos, fique de olho!

3. Só transfira os pontos do cartão de crédito para o programa de fidelidade quando tiver uma boa oferta de bônus nas transferências. TudoAzul e Smiles costumam oferecer bônus de até 100% para quem é membro dos clubes. O Latam Pass, até 90%. É a sua chance de turbinar seu saldo e renovar a validade dos pontos que estavam no cartão de crédito.

4. Aproveite as promoções de resgate de pontos. Elas não se limitam a passagens aéreas. Tem hotéis, celulares, TVs e outros produtos e serviços. Nem todas as ofertas serão boas ou úteis, mas vale a pena acompanhar até chegar a sua vez. Aqui no Melhores Destinos publicamos as melhores ofertas para você viajar mais, gastando menos!

5. Fique de olho nos benefícios aéreos! Somar milhas voadas com pontos do clube pode ser uma combinação infalível para subir de categoria no programa e receber benefícios que realmente valem a pena na hora de viajar. Conheça as regras de mudança de categoria do seu programa e acompanhe sua evolução.

Clubes de pontos/milhas são seguros?

Sim. Mas, é importante ler as regras de cada clube antes de aderir e estar ciente que as regras do jogo podem mudar a qualquer momento (como já vimos acontecer algumas vezes). O Latam Pass, por exemplo, foi o que mais realizou mudanças em seu clube desde o lançamento. Além disso, algumas ofertas que oferecem bônus para novos membros estabelecem um período mínimo de carência para ganhar o bônus ou manter direito a esses pontos concedidos. Portanto, pesquise, faça as contas e analise antes de decidir.

Outro risco é uma eventual mudança nas regras dos programas de fidelidade, que podem alterar a estrutura de acúmulo ou de resgate dos pontos. As regras desses programas hoje são quase um cheque em branco, onde eles podem cobrar o quanto quiserem pelos resgates.

Vale a pena fazer parte de um Clube?

Se você gosta de viajar, tem uma ideia de como funcionam os programas de fidelidade e é ligado nas promoções que rolam diariamente, vale sim. Os clubes podem ser um meio interessante para complementar a quantidade de pontos acumulados na sua conta e viabilizar o resgate de passagens aéreas ou outros produtos ou serviços. Ou ainda pra quem quer acumular pontos mais rápido para cumprir um objetivo de viagem. Se aproveitar as promoções, dá pra fazer uma boa economia.

Mas vá com calma! O que vai definir se foi ou não um bom negócio será a comparação de quanto custou acumular os pontos, somando bônus e benefícios de outras eventuais promoções, em relação ao que você conseguiu resgatar com esses pontos. Ou seja, na prática, você estará comprando pontos/milhas, sem ter certeza de quantos pontos você vai precisar para resgatar a passagem que deseja. Então, para saber se valeu a pena, tem que considerar o que você vai conseguir resgatar com os seus pontos.

Uma dica para os iniciantes é utilizar um plano básico ou intermediário de um programa com o qual já tenha familiaridade, para ir aprendendo e conhecendo melhor as promoções e opções de resgate.

E você, é assinante de algum clube? Ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários! Teremos prazer em respondê-la, não importa se você está começando ou já é expert em pontos e milhas!

 

*Este post foi publicado originalmente em outubro de 2017 e vem sendo atualizado desde então.