logo Melhores Destinos

Quer morar na Europa? 12 cidades que pagam um bom dinheiro para quem se mudar para lá

Duda Machado
02/09/2023 às 7:00

Quer morar na Europa? 12 cidades que pagam um bom dinheiro para quem se mudar para lá

Já pensou morar em uma maravilhosa ilha na Itália? Esse é o sonho de muita gente no mundo: ter uma vida tranquila e pacata em algum charmoso cantinho da Europa. Mas você sabia que  algumas pessoas que nasceram e moram nesses locais não curtem tanto esse estilo de vida?

A real é que muito estrangeiro deseja isso, mas em alguns locais rurais dessa região estão sendo completamente despovoados. Dentre os motivos estão a baixa taxa de natalidade, o êxodo rural por conta da falta de oportunidades de emprego e o envelhecimento da população – estima-se que até 2050 um terço da população europeia tenha mais de 65 anos. Sendo assim, algumas cidades podem ficar totalmente vazias nos próximos anos.

Detectando esse problema, os governos de várias delas estão se desdobrando para tornar a região mais atrativa a um público que não seja somente visitante, mas que tenha interesse em ficar, principalmente famílias com filhos. Os incentivos são vários, tem município que está até propondo pagar (e muito bem!) quem decidir firmar os pezinhos em uma nova terra interiorana. Sim, milhares de euros para incentivar às pessoas a se mudarem para suas cidades, você não leu errado!

Tudo bem, tudo bem… Nem tudo são flores. A maioria dos destinos é bastante deserto, com pouquíssimos moradores, imóveis antigos e economia fraca. Além disso, cada local estabelece regras específicas para que o benefício seja aproveitado, como, por exemplo, um contrato para revitalização e longa permanência em um imóvel antigo.

Da Irlanda à Grécia, os valores podem chegar a 84 mil euros, o que, no câmbio atual, gira em torno de R$ 450 mil. E em programas do governo, o investimento chega a 45 mil euros. Mesmo que não seja tão fácil quanto parece, o objetivo das políticas é claro, e a cada dia mais urgente.

Confira abaixo uma lista preparada pela Forbes com 12 cidades na Europa que pagam para que famílias morem por lá:

Irlanda

A Irlanda anunciou em junho deste ano que pode pagar até 84 mil euros (R$ 450 mil) para quem decidir morar em uma das 30 ilhas isoladas de seu território. O objetivo do programa “Nossas Ilhas Vivas” é a restauração das edificações nos locais. Quem se interessar, precisa comprar uma residência construída antes de 1993 e que tenha ficado sem morador por no mínimo dois anos. O valor pode ser investido apenas nas obras de melhoria do imóvel.

cidades na europa que pagam para morar

Getty images

Albinen, Suíça

Uma cidadezinha verde nos Alpes Suíços! Albinen possuía apenas 250 moradores e propôs pagar até 50 mil euros (R$ 270 mil) para famílias partirem para lá. Seriam 25 mil francos suíços (R$ 138 mil) para adultos com menos de 45 anos e 10 mil francos suíços (R$ 55 mil) por criança. Primeiro, foram os cidadãos suíços ou estrangeiros qualificados por tempo no país que puderam se candidatar. O valor da casa deveria ser, pelo menos, 200 mil francos (R$ 1 milhão) e a família teria de se comprometer a ficar no mínimo 10 anos na cidade. Bem no estilo Suíça, né?

cidades na europa que pagam para morar

Getty images

Ponga, Espanha

Ao norte da Espanha, pertinho das montanhas, Ponga ofereceu até 3 mil euros (R$ 16 mil) para famílias com filhos e 2 mil (R$ 11 mil) para solteiros ou casais sem filhos. Quem decidisse povoar a aldeia, receberia um adicional de 3,5 mil euros (R$ 19 mil) por bebê nascido lá. A única regra era se comprometer em ficar na cidade por pelo menos 5 anos.

cidades na europa que pagam para morar

Getty images

Rubiá, Espanha

Na região noroeste da Galiza, e a duas horas e meia de Santiago de Compostela, está Rubiá, uma vila de 1.400 moradores. O local anunciou o pagamento de até 150 euros (R$ 820) por mês a novos residentes — sobretudo famílias com filhos. Além da economia, outro objetivo era elevar o número de crianças e jovens nas escolas locais.

cidades na europa que pagam para morar

Getty images

Antikythera, Grécia

Já nesta ilha grega, na região sul do país, o plano de povoamento foi da Igreja Ortodoxa local. Os novos moradores receberiam uma casa e um terreno, mais uma quantia de 500 euros (R$ 2,6 mil) mensais nos primeiros três anos morando lá. Difícil mesmo seria se acostumar com essa grafia do nome da cidade, né? rs Mas o lugar é bem lindo!

cidades na europa que pagam para morar

Getty images

Santo Stefano di Sessanio, Itália

Santo Stefano di Sessanio é uma vila localizada na região de Abruzzo. Por lá, o valor oferecido em subsídios chegou a 44 mil euros (R$ 236 mil) para quem morar e trabalhar na cidade. Ainda é paga uma bolsa de 8 mil euros por ano durante 36 meses. Para quem deseja abrir um negócio, a oferta vira uma cota única de 20 mil euros. Ah, e mais, a cidade ainda disponibiliza um lugar para morar com aluguel extremamente barato, valor quase simbólico.

Os requisitos para aproveitar são: ter 18 anos ou mais, menos que 40, ser residente da Itália ou da União Europeia (ou poder se tornar) em um local com mais de 2 mil moradores.

cidades na europa que pagam para morar

Getty images

Presicce, Itália

Conhecida como a “cidade do ouro verde”, Presicce anunciou uma oferta de até 30 mil euros (R$ 160 mil) para aqueles que comprassem uma casa e se mudassem para lá.

cidades na europa que pagam para morar

Getty images

Calábria, Itália

Mais uma italiana, desta vez, no sudoeste do país – uma região bastante solar. O local pagou até 28 mil euros (R$ 150 mil) para quem topasse morar em um de seus vilarejos com menos de dois mil habitantes.

cidades na europa que pagam para morar

Getty images

Sardenha, Itália

Famoso e paradisíaco destino no Mediterrâneo, a Sardenha propôs pagar 15 mil euros (R$ 80 mil) para cada um que decidisse se mudar para lá. Os requisitos são: escolher uma cidade na região com menos de três mil moradores; investir o dinheiro na reforma de uma casa e dentro de 18 meses registrar o imóvel na Sardenha como sua residência fixa (não vale casa de veraneio).

ps: Esse é um dos lugares que mais quero conhecer! 

Getty images

Locana, Itália

Famílias com pelo menos um filho e um salário mínimo anual de 6 mil euros (R$ 32 mil) podiam receber até 9 mil euros (R$ 48 mil), em três anos, para morar em meio aos picos nevados e vales da Locana.

cidades na europa que pagam para morar

Getty images

Candela, Itália

A pequena Candela fica na Puglia, sul da Itália. A vila oferece 800 euros (R$ 4,2 mil) para solteiros, 1,3 mil euros (R$ 7 mil) para casais e 2 mil euros (R$ 11 mil) para famílias, assim que mudassem para o local. Bastava alugar uma casa por lá e garantir um emprego com rendimento anual de, pelo menos, 7,5 mil euros (R$ 40 mil).

cidades na europa que pagam para morar

Getty images

Mântua, Itália

Olha a oportunidade batendo à porta! A partir de setembro de 2023, Mântua pretende incentivar a ida de novos moradores ao município de pouco menos de 50 mil habitantes. O local pagará 150 euros (R$ 800) para quem se mudar por pelo menos um anos. O total disponibilizado para o subsídio do governo é de 400 mil euros (R$ 2,1 milhões), divididos entre 2023 e 2024. Segundo o conselho, 100 beneficiários poderão aproveitar a proposta!

cidades na europa que pagam para morar

Getty images

Com informações da Forbes.


Confira também as promoções de passagens aéreas que estamos encontrando!

Não perca nenhuma oportunidade!
ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
tela do app do melhores destinos
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção