logo Melhores Destinos

Cascais: dicas para curtir um super destino no litoral perto de Lisboa 

Bruna Scirea
Bruna Scirea
13/06/2020 às 6:25

Cascais: dicas para curtir um super destino no litoral perto de Lisboa 

Menos de 40 minutos de trem separam o agito do centro de Lisboa e as maravilhas da vida à beira-mar. Cascais já foi vila de pescadores e refúgio da elite e realeza portuguesa em dias de calor. Mas há vários verões são sobretudo lisboetas e turistas que dividem a areia das tantas e belas praias da região, cercadas por rochedos, fortalezas e palacetes.

Um bate-volta para este badalado balneário português é um dos passeios mais clássicos para quem visita Lisboa – e sobram motivos para isso. Neste post, juntamos todas as informações sobre como chegar e o que fazer em Cascais. Pega a toalha de praia e vem com a gente! E se estiver um calorão, não tem problema: o centro histórico, a famosa Boca do Inferno, um belo almoço e uma caminhada pela calçadão à beira mar já valem a visita. Visitamos as praias na primavera e no auge do verão e podemos garantir!

Como chegar em Cascais

A melhor maneira para is de Lisboa para Cascais é de trem. Os comboios da Linha Cascais partem diariamente (em média a cada 15 minutos) da Estação Cais do Sodré, em Lisboa, tendo Cascais como destino final. No percurso, as paisagens que cercam com Rio Tejo vão aos poucos cedendo espaço para a imensidão do Oceano Atlântico. A viagem leva pouco mais de 30 minutos e os bilhetes de ida e volta custam 4,50 euros. Quando fomos para Cascais no auge do verão havia dezeeeenas de pessoas esperando para comprar os ingressos nas máquinas e também nos guichês. Então, na alta temporada, reserve um tempinho a mais no itinerário para as eventuais filas.

Se preferir cair direto no centrinho de Cascais, desça na última parada do trem, na Estação Cascais. Agora, se já quiser ter uma vista de algumas das praias da região, desembarque na Estação Monte Estoril e faça o percurso até Cascais a pé, por um calçada junto à orla, o chamado Paredão. O passeio é mais do que agradável e oferece uma sequência de praias que fica até difícil escolher apenas uma para estender a toalha: Praia das Moitas, a Piscina Oceânica Alberto Romano, Praia da Duquesa, Praia da Conceição e a Praia da Rainha.

o que fazer em Cascais

Caminhada pelo Paredão de Cascais garante belas paisagens, não importa a época do ano

Para um percurso ainda mais completo pela orla, passando também pelas praias de Estoril, desembarque na Estação São João do Estoril. Aí o percurso começará pela Praia da Azarujinha, Praia da Poça, Praia do Tamariz, Praia do Estoril até chegar a Praia das Moitas e a orla de Cascais.

Como chegar em Cascais de carro: para ir de carro de Lisboa para Cascais, são duas as rotas: pela “Linha”, a estrada que segue as margens do Tejo e do mar, ou pela autopista A-5, mais rápida.

O que fazer em Cascais

Curtir um dia nas praia de Cascais

São várias as praias em Cascais e Estoril. E há para todos os tipos de públicos: menores, mais abertas, para surfistas, para famílias, mais acessíveis e também as mais distantes. Faça uma curta caminhada por entre elas e escolha aquela que mais lhe agrada. Quase todas contam com boa estrutura: restaurantes, cadeiras para alugar e salva-vidas.

Para quem não tem tanto tempo, nossa sugestão é escolher uma das praias entre a Estação Monte Estoril e o centrinho de Cascais. Em todas elas há opções de restaurantes e você já aproveita para conhecer as coloridas ruas da cidade litorânea. No fim do dia, dá tempo ainda de fazer uma caminhada até a Boca do Inferno, importante ponto turístico de Cascais, ou então pegar um ônibus para o Cabo da Roca (leia mais no fim do post).

o que fazer em cascais praias

Praias próximas ao centro, como a da Conceição, são as mais procuradas em Cascais

As fotos acima são de um dia em Cascais no auge do verão, porém durante a semana, quando há menos lisboetas no litoral. Também estivemos em Cascais no início de maio, quando é primavera por lá. E, embora o friozinho que fazia naquele dia, turistas também estavam na areia, ainda que em menor quantidade. Veja:

o que fazer em cascais praia dos pescadores

Caminhar pelo Centro Histórico de Cascais

As coloridas ruas do centro histórico são cheias de lojinhas com artesanato e restaurantes. Para ir das praias até esta região da cidade, a dica é seguir pela Rua da Saudade, que liga a Praia da Rainha até as proximidade da Praia dos Pescadores, que não é recomendada para banho, mas, ainda assim, reserva uma bela paisagem para os visitantes. Da Praia dos Pescadores, é só escolher uma das ruas e se perder sem pressa pelo centrinho de Cascais. Não tem erro. Esse é um passeio imperdível em qualquer estação do ano.

o que fazer em Cascais passear pelo centro histórico

Um dos passeios mais clássicos de Cascais é se perder pelas ruelas do Centro Histórico

Passear pela orla até a Praia de Santa Marta e a Boca do Inferno

Uma das atrações de Cascais é a Boca do Inferno, que pode ser definida como uma caverna rochosa a céu aberto. De um miradouro posicionado logo ao lado, é possível acompanhar o mar bater com força sobre as rochas. O lugar é um dos mais visitados de Cascais, sobretudo no fim de tarde.

Para chegar até à Boca do Inferno, basta uma caminhada de cerca de 15 minutos da Praia dos Pescadores. No caminho, você passará pela cidadela, que já serviu de proteção à cidade e também de moradia para a realeza, pela marina, por belos palacetes, pelo Museu do Conde de Castro Guimarães, a Casa de Santa Maria e por outro cartão postal de Cascais: a Praia de Santa Marta, onde também fica o Museu do Farol de Santa Marta.

museu conde de castro o que fazer em cascais

Museu do Conde de Castro Guimarães

o que fazer em cascais visitar a boca do inferno

Boca do Inferno fica a cerca de 15 minutos de caminhada desde o centro de Cascais

Pedalar pela ciclovia à beira-mar

Outro programa divertido em Cascais é alugar uma bicicleta e percorrer a ciclovia que liga as proximidades da Praia de Santa Marta e a Praia do Guincho, ideal para amantes do surf. As bicicletas podem ser alugadas no centro de Cascais (tem um ponto de aluguel em frente à estação de trem) e utilizadas para ir até a Boca do Inferno (o trecho inicial não conta com ciclovia). Se preferir ir até a Boca do Inferno caminhando, alugue a bicicleta na Mobi Cascais, localizada cerca de um quilômetro depois da Boca, em direção à Praia do Guincho. O aluguel custa em média 2 euros por hora.

Comer frutos do mar à beira-mar

Nada como comer frutos do mar à beira do mar. E em Cascais não faltam restaurantes na orla – e também fora dela. Há opções mais populares, com preços mais acessíveis, e também restaurantes mais sofisticados. Uma boa pedida é experimentar a espetada de frutos do mar, um clássico da região. Nas nossas idas a Cascais almoçamos uma espetada de frutos do mar no Duche Bar, na Praia da Conceição. O prato custou 15,50 euros e veio acompanhado de salada mista e batata frita. Também comemos sardinhas na brasa na Taberna Econômica de Cascais ao custo de 8,50 euros. Uma delícia!

Ir de Cascais até o Cabo da Roca

Após passar o dia em Cascais, uma sugestão é curtir o fim de tarde no Cabo da Roca, o ponto mais ocidental da Europa continental. Nas palavras de Camões, em Os Lusíadas: “onde a terra se acaba e o mar começa”. No Cabo da Roca, do alto de um extenso paredão rochoso, é possível admirar as falésias e a imensidão do Oceano Atlântico.
o que fazer em cascais como chegar no cabo da roca

Como ir para o Cabo da Roca: há uma linha de ônibus, a 403, que sai da rodoviária de Cascais e deixa no ponto turístico. A viagem leva cerca de 30 minutos e o trecho custa 3,90 euros. Se estiver em um grupo maior de pessoas, outra opção é fazer o deslocamento até o Cabo da Roca de Uber. O percurso sai entre 12 e 17 euros.

Roteiro de um dia em Cascais

O roteiro em Cascais vai depender, sobretudo, da época do ano. No verão, você provavelmente vai querer esticar a toalha na praia e curtir a vida à beira-mar. Uma sugestão é ir cedinho, aproveitar a manhã e o início da tarde na areia+mar, depois almoçar em um dos restaurante localizados na beira da praia e passear pelo Centro Histórico. Quando o sol já estiver novamente mais amigável, escolha entre caminhar ou pedalar até a Boca do Inferno ou pegar o ônibus para o Cabo da Roca. Na nossa opinião, a segunda opção é infinitamente mais atrativa do que a primeira.

Para fazer o roteiro completo, com todas as sugestões que listamos neste post, você não vai poder aproveitar muito a praia. É um passeio ideal para dias nublados ou em estações mais frias. E ainda assim, vai ser preciso correr para ver tudo. Então, se você for daqueles viajantes que prezam pelos dias de paz nas férias, selecione as dicas que mais tem a ver com você e monte o seu próprio itinerário. E relaxe!

Leia mais:
Viagem a Portugal: informações e dicas para você planejar a sua a partir do zero

 

Curtiu nossas dicas do que fazer em Cascais? Se já esteve no litoral perto de Lisboa e tiver mais dicas de atrações e lugares imperdíveis na cidade, deixe sua participação nos comentários!