logo Melhores Destinos

Banco Inter vai dar upgrade automático para o cartão Black sem anuidade e com salas VIP

Daniel Gadelha
Daniel Gadelha
29/04/2021 às 10:23

Banco Inter vai dar upgrade automático para o cartão Black sem anuidade e com salas VIP

Há alguns dias divulgamos aqui no Melhores Destinos que o Inter está implantando um novo sistema para liberar os cartões Inter Black e Platinum para os seus clientes, mesmo sem investimentos. O banco divulgou mais uma boa novidade para seus clientes: a partir de maio ele vai avaliar automaticamente a média de gastos no cartão de crédito e conceder o upgrade, se for o caso, sem a necessidade do usuário entrar em contato com o banco, nem ter investimentos.

Até pouco tempo, a única forma de ter o cartão Inter Mastercard Black ou Platinum na carteira era acumulando R$ 250 mil ou R$ 50 mil em investimentos no banco, mas isso mudou quando a instituição afirmou existir um “atalho” que considera apenas a média de gastos mensais. Vale lembrar que o Black do Inter é um ótimo cartão, pois não possui anuidade, oferece acesso grátis a salas VIP no mundo todo através do programa LoungeKey e ainda 1% de cashback em todas as compras.

Como conseguir os cartões Inter Mastercard Platinum e Black?

Além dos requisitos de investimentos mínimos, o banco Inter divulgou que também concede os cartões Black e Platinum para clientes com média de gastos a partir de, respectivamente, R$ 7 mil e R$ 5 mil por mês. Ou seja, mesmo que você não tenha nenhum centavo investido no Inter, mas esteja gastando acima desses valores todos os meses, poderá conseguir upgrade de cartão.

A previsão é de que o novo sistema de upgrade automático esteja no ar a partir de maio de 2021, confira a nota do banco enviada ao Melhores Destinos:

O Inter está estruturando uma operação, com previsão de início em maio, para avaliar de forma automática o gasto médio dos clientes, para concessão de upgrade nos cartões, seguindo o seguintes critérios:
Para clientes com média de gasto superior à R$ 5 mil, o upgrade será para o cartão Platinum.
Para clientes com média de gasto superior à R$ 7 mil, o upgrade será para o cartão Black.
Ambos upgrades não dependerão do volume de investimento para estes clientes.

Sendo assim, veja como ficam os requisitos para obter cada cartão Inter e alguns dos benefícios oferecidos:

Cartão Inter Gold

  • Requisito por investimentos: Não há
  • Requisito por gastos: Não há
  • Cashback: 0,25%

Cartão Inter Platinum

  • Requisito por investimentos: R$ 50 mil
  • Requisito por gastos: a partir de R$ 5 mil por mês
  • Cashback: 0,5%

Cartão Inter Black

  • Requisito por investimentos: R$ 250 mil
  • Requisito por gastos: a partir de R$ 7 mil por mês
  • Cashback: 1%
  • Salas VIP: acesso ilimitado às salas do programa LoungeKey e da bandeira no Aeroporto de Guarulhos.

Vale a pena concentrar os gastos nos cartões Inter?

A novidade é boa para quem já utiliza os cartões de crédito Inter como principal forma de pagamento, pois abre a oportunidade de conseguir um cartão superior sem mudar a rotina de gastos. Mas e para quem não utiliza os produtos do banco? Será que vale a pena migrar a sua movimentação para lá?

Gastar R$ 5 mil ou R$ 7 mil por mês é, sem dúvidas, uma alternativa mais acessível do que possuir R$ 50 mil ou R$ 250 aplicados, mas vamos relembrar algumas considerações:

A informação de upgrade por média de gastos permanece interna, ou seja, não está divulgada no site do banco. Embora o Inter tenha confirmado essa política e tenha planos de implementar o upgrade de forma automática muito em breve, nada impede que eles mudem de ideia e as regras mudem antes de serem anunciadas aos clientes.

Essa falta de divulgação por parte do Inter, aliás, gerou algumas dúvidas por parte de leitores, que tentaram confirmar a informação pelo atendimento do banco ou junto a gerentes, que não sabiam da nova política. Ou seja: nem entre seus funcionários o Inter esclareceu as novas regras que divulgou. Esperamos que o banco reveja esse posicionamento e torne a política oficial e clara em seu site e canais de atendimento.

Além disso, o banco também não confirmou o intervalo de tempo em que o cliente deve manter as médias de gastos, ou seja, o upgrade pode ser concedido após apenas um mês (improvável) ou então somente depois de 6, 12 ou 18 meses (mais provável).

Durante o tempo em que o usuário estiver utilizando o cartão mais básico, o Gold, as compras irão render o cashback padrão de apenas 0,25% sem garantia de que o upgrade será conquistado. Enquanto isso, o cliente poderia ter um retorno muito maior utilizando outros cartões, como no Pão de Açúcar Itaucard que oferece 1 ponto por real gasto.

Adicionalmente, todos os bancos realizam analises internas e externas, como o score de crédito, para concessão de produtos financeiros. Sendo assim, mesmo que você mantenha a média de gastos exigida por um longo período e pague todas as faturas em dia, o seu upgrade não é garantido.

Se você já usa os cartões Inter com frequência, turbine seus gastos pagando contas e boletos com o cartão de crédito utilizando carteiras digitais e solicite cartões adicionais para familiares de sua confiança para ajudar a alcançar as metas. E, claro, use o cartão como sua principal ferramenta de pagamento, esqueça o cartão de débito e dinheiro!

Vale lembrar que os cartões Inter estão disponíveis somente para correntistas – para abrir uma conta, acesse o site do banco. É importante destacar que alguns leitores nos relataram que já conseguiram o upgrade de cartão black por média de gastos, confirmando que a nova regra anunciada pelo Inter está ativa.


E você, ficou animado com a possibilidade de ter o Inter Black sem ter R$ 250 mil em investimentos? Comente e participe.

Veja também: