logo Melhores Destinos

Cadeirinha de bebê em viagens: como levar as crianças com segurança e economizar

Rafael Castilho
Rafael Castilho
16/04/2021 às 8:56

Cadeirinha de bebê em viagens: como levar as crianças com segurança e economizar

O uso de cadeirinha de bebê é fundamental para o transporte de seu filho com segurança. O equipamento de retenção adequado é item obrigatório e sempre usado em nosso dia a dia. Mas e na hora de viajar? É possível alugar cadeirinha infantil? Quanto custa? Posso transportar a cadeirinha no avião? O uso da cadeirinha é obrigatório? Estas e outras questões respondemos neste post para te ajudar viajar em segurança.

Cadeirinha de bebê é obrigatório no Brasil?

O uso da cadeirinha infantil é obrigatório e acarreta multa no Brasil, além de ser um item imprescindível de segurança para o transporte de crianças. Em outubro de 2020, o projeto de Lei 3267/19 alterou o Código de Trânsito Brasileiro que passa a valer a partir de abril deste ano e traz algumas alterações no uso da cadeirinha.

Como levar crianças no carro segundo a lei no Brasil:

  • Até 1 ano: bebê conforto, instalado de costas para o banco dianteiro.
  • De 1 a 4 anos: cadeirinha, voltada para a frente do veículo
  • Dos 4 aos 7 anos e meio: assento de elevação voltado para a frente do veículo e cinto de segurança de três pontos.
  • Dos 7 anos e meio aos 10 anos: banco traseiro com cinto de segurança de três pontos.
  • A partir dos 10 anos: banco traseiro ou dianteiro com cinto de segurança de três pontos.

A Resolução do Contran 819/21 traz ainda: “Para transitar em veículos automotores, as crianças com idade inferior a dez anos que não tenham atingido 1,45 m (um metro e quarenta e cinco centímetros) de altura devem ser transportados nos bancos traseiros usando individualmente cinto de segurança ou dispositivo de retenção equivalente.”

Fique atento e proteja o seu filho! De acordo com o Ministério da Saúde, acidentes de trânsito são a principal causa de morte de crianças de um a 14 anos no Brasil. Todos os anos, cerca de 3,6 mil crianças dessa faixa etária morrem e outras 110 mil são hospitalizadas por causa de acidentes.

Cadeirinha de bebê é obrigatório no exterior?

Como no Brasil, no exterior o uso de cadeirinha infantil é obrigatório para transporte de crianças em veículos.

  • Na União Europeia as crianças com menos de 12 anos de idade e tamanho inferior a 150 cm devem usar equipamentos de retenção homologado e adaptado ao seu tamanho e peso. A legislação comum europeia pode variar em relação a idade máxima e o tamanho mínimo, mas  grande parte dos países do Bloco seguem esta diretiva.
  • Nos Estados Unidos, a lei varia de estado para estado. Em Nova York e na Califórnia o uso da cadeirinha é obrigatório até os 8 anos. A multa pode chegar a US$ 250. Veja aqui os detalhes da lei de trânsito dos 50 estados americanos.

Cadeirinhas disponíveis para locação

A maioria das locadoras de veículos disponibiliza três tipos cadeirinhas. Conheça elas abaixo:

Bebê conforto

O bebê conforto é o equipamento a ser utilizado para bebês de 0 a 12 meses com até 13 kg. Colocado de costas para o banco da frente, este assento protege contra freadas bruscas. Como o bebê ainda é muito frágil e não tem sustentação suficiente na coluna, é preciso que a cadeirinha seja voltado para trás para amortecer todos os impactos. Desta forma, o pescoço e a coluna do bebê estarão protegidos contra pancadas fortes.

Bebê conforto

Cadeira infantil

Esta Cadeira de Segurança Infantil é a poltrona ideal para o seu filho de 1 a 4 anos, de 9 a 18 kg, ser transportado com segurança. Nesta cadeira a criança já tem mais força nos músculos e pode ser colocado voltado para frente.

Cadeira infantil

Assento de elevação ou “Booster”

O uso do assento de elevação ou Booster é recomendado para maiores de 6 anos, entre 18 a 36 kg. Ele é instalado no banco traseiro do carro, com cinto de três pontos. Este assento é obrigatório no Brasil até os 10 anos de idade para crianças menores de 1,45m.

 

Assento de elevação ou “Booster”

*fotos e marcas acima usadas apenas para ilustrar o tipo de cadeirinha.

Atenção! Antes de fechar uma reserva de carro veja se a locadora tem a cadeirinha que você precisa disponível

Custo do aluguel de cadeirinha para carro

Ao alugar um carro no Brasil ou no exterior é possível reservar uma cadeirinha para o seu filho. Veja os custos abaixo.

Custo do aluguel de cadeirinha no Brasil

No Brasil o custo do aluguel de uma cadeirinha é igual nas principais locadoras de veículos. Para cada diária você desembolsará R$ 20 extras para levar a cadeira infantil. Um locação de uma semana sairá por R$ 140.

Custo nos Estados Unidos

Nos Estados Unidos se você precisar de uma cadeirinha o custo será mais alto que no Brasil. Por cada dia, em média, terá que pagar US$ 10 (R$ 55). Um valor que pesa bem dependendo do tempo da locação.

Custo do aluguel de cadeirinha na Europa

Na Europa o aluguel de cadeirinha funciona um pouco diferente. Muitas locadoras apresentam um valor máximo a ser pago pela locação do assento infantil. Quanto mais dias ficar, mais barato pagará pela diária. Por exemplo, numa locação de 8 dias você pagará 40 euros, 5 euros por dia. Se for alugar por apenas um dia, o custo será de 11 euros.

Outros destinos internacionais

Pesquisamos o custo da locação da cadeira infantil em outras localidades. Em Buenos Aires, os pais pagarão pela cadeirinha US$ 42 (R$ 241 – câmbio de 29/03/21) por uma semana. Já em Dubai, pelos mesmos sete dias, o aluguel sairá 157 AED (R$ 235).

Locação em Dubai

Aluguel de cadeirinha em Buenos Aires

Como reservar uma cadeirinha

A inclusão de uma cadeirinha em sua reserva de veículo é super fácil. Depois de escolher o seu carro, na maioria dos sites de locadoras, aparecerá a tela onde você poderá adicionar itens opcionais ou acessórios, como os assentos especiais e GPS. É só selecionar o tipo de cadeirinha que precisará e o valor total pelos dias locados já será somado ao seu aluguel de veículo.

Vale destacar que também é possível incluir a cadeirinha numa reserva pré-existente. É só entrar no site da locadora e editar sua reserva adicionando itens extras.

Em sites de locação, como a Rentcars que reúne uma série de locadoras, é bom ficar atento sobre qual cadeirinha você necessita. “Se o opcional desejado não aparecer na lista do site, significa que a locadora escolhida não disponibiliza o acessório naquela loja de atendimento. Nesse caso, sugerimos escolher outra opção de locadora disponível no site”, alerta a Rentcars.

Vale a pena alugar ou comprar a cadeirinha?

A cadeirinha é indispensável numa viagem de carro com crianças, mas ela é um grande trambolho para ser levado. É difícil de carregar e ocupa muito espaço, além de ser caro o seu aluguel para longas estadias. Então fica a dúvida: vale a pena comprar ou alugar? Muitas pessoas, principalmente em viagens para os Estados Unidos, preferem comprar uma cadeirinha. Mas vale a pena?

Estados Unidos

Fizemos uma pesquisa de preços e a resposta é sim, muitas vezes vale a pena comprar uma cadeirinha ao invés de locar. O custo diário de locação nos Estados Unidos é de US$ 10. É possível encontrar cadeira infantil ou booster à venda por menos de US$ 50. Então, se você locar por mais de cinco diárias estará pagando o custo de uma nova. Vale destacar que o bebê conforto é um pouco mais caro para compra, mas pode ser encontrado por cerca de US$ 90.

Antes de optar pela compra ou não de uma cadeirinha nova consulte se a sua companhia aérea transporta o acessório gratuitamente. Muitas companhias estrangeiras levam de graça a cadeira infantil.

Europa

Já na Europa, como as locadoras fazem um preço máximo por locação da cadeirinha e o valor não é cobrado por diárias para estadias longas, na maioria das vezes não vale a pena comprar a cadeirinha. Mas em alguns casos pode ser interessante fazer uma conta e analisar o quanto está sendo pago pela locação, pois é possível encontrar a cadeira infantil ou booster por menos de 40 euros.

Amazon Espanha

Atenção! Ao comprar uma cadeirinha no exterior, seja para entrega no seu hotel ou retirada na loja, vale lembrar que o seu filho transitará o percurso a partir do aeroporto sem este importante item de segurança. Outra questão é o que fazer com esta cadeirinha após o uso, trazer para o Brasil? Lembre-se que ela terá que ser despachada pela companhia aérea.

Brasil

No Brasil, em média as locadoras de veículos cobram a diária da cadeirinha R$ 20. Como as companhias brasileiras somente transportam o acessório gratuitamente para crianças menores de 2 anos, acredito que a conta aqui deve ser feita de forma diferente. Não devemos calcular se vale a pena comprar uma nova e sim se o valor pago pela franquia de bagagem vale a pena ou não.

O valor para despachar uma bagagem nas principais companhias aéreas nacionais varia de R$ 40 a R$ 140 por trecho. Então, faça a conta se é mais barato pagar a franquia de ida e volta ou se é mais econômico alugar da cadeirinha. Caso você tenha status que permita levar os equipamentos sem custo, não tenha dúvidas e leve o seu para a viagem, caso queira economizar.

Posso levar a cadeirinha infantil no avião?

Voos nacionais

As principais companhias nacionais transportam gratuitamente a sua cadeirinha infantil ou bebê conforto, mas somente para crianças até 2 anos incompletos. Já se o seu filho for maior de 2 anos, a cadeirinha terá que ser despachada com franquia de bagagem com o custo de R$ 40 a R$ 140.

Vale lembrar que menores de 24 meses pagam somente 10% da passagem de um adulto e viajam no colo. Se o passageiro quiser acomodar a bordo a criança num bebê conforto ou numa cadeirinha infantil será obrigatório o pagamento de uma passagem que garanta o assento àquele menor de idade.

Gol

Se você for viajar com bebê de colo (até 2 anos incompletos), pode despachar, 01 carrinho de bebê e 01 Cadeirinha de automóvel ou 01 Bebê-conforto por criança como franquia extra, sem cobranças. Em voos nacionais, se precisar levar outros itens, eles serão descontados da franquia de bagagem dos pais ou responsáveis. Já em voos internacionais, o bebê tem direito somente a bagagem de mão de até 10 kg.
A bordo a Gol também disponibiliza uma cadeirinha especial que pode ser utilizada anos aviões. Ela acomoda uma criança de até 25 kg e deve ser solicitada com antecedência mínima de 7 dias para voos nacionais e internacionais.
Se o passageiro quiser levar a bordo o próprio bebê conforto ou cadeirinha deverá pagar uma tarifa de criança, assim ter um assento destinado. A cadeirinha pode ser utilizada para crianças com peso de até 25kg e altura entre 70,8 a 116,6 cm. A  Gol também disponibiliza uma cadeirinha especial que pode ser utilizada nos aviões, aqui o passageiro terá que pagar uma tarifa de adulto para o menor ter este serviço. A solicitação do serviço deve ser feita com antecedência mínima de 7 dias

Latam

Se você viaja com menores de 2 anos, pode levar 1 carrinho desmontável, 1 cadeira para automóvel ou 1 moisés sem nenhum custo adicional, sempre que exista disponibilidade de espaço na cabine do avião. Caso contrário, deverão ser embarcados como bagagem despachada.

Para despachar uma cadeirinha infantil para maiores de 2 anos na Latam o passageiro deve levar em conta que será utilizada uma franquia de bagagem despachada.

Azul

Se você precisa viajar transportando a cadeirinha de bebê, a Azul faz isso de forma gratuita, desde que seu filho tenha entre 0 e 2 anos incompletos. Já nos voos internacionais, o bebê de colo tem direito a uma bagagem de até 10 kg mais 1 carrinho de bebê ou 1 Cadeirinha de automóvel ou 1 Bebê-conforto por criança.

O projeto (PLS) 297/2018 em tramitação no Senado quer tornar obrigatório o transporte gratuito em aviões de equipamentos para retenção de crianças em veículos, como bebê-conforto, cadeirinha ou assento de elevação. Se aprovado e sancionado, as companhias aéreas nacionais serão obrigadas a trasbnportar a cadeirinha gratuitamente independente da idade do menor.

Voos internacionais

As três principais companhias nacionais não diferem a política para despachar a cadeirinha infantil em voos internacionais. Em todas, o acessório só viaja de graça para crianças de 2 anos. Maiores devem utilizar uma franquia de bagagem para despachar a cadeirinha.

Entretanto, muitas companhias aéreas estrangeiras despacham a cadeirinha de forma gratuita para crianças. Para estes menores você poderá despachar ou levar a sua cadeirinha infantil a bordo para ser acomodada na poltrona do avião, mas fique atento aos requisitos abaixo:

  • A cadeira de bebê deve caber entre os apoios de braço do assento da aeronave, que tem 42 cm (16,5 polegadas) de largura.
  • O seu filho e a cadeira auto devem ser fixados de acordo com as instruções do fabricante da cadeira.
  • Durante a decolagem e a aterrissagem, as cadeiras de criança podem ser fixadas viradas para a retaguarda. Na altitude de cruzeiro, eles devem ser colocados voltados para a frente, para permitir reclinar o assento da frente.
  • Uma cadeira de bebê pode não apresentar defeitos e deve ser aprovada e visivelmente certificada para transporte aéreo.

O importante é sempre você consultar a política de bagagem da companhia aérea e verificar qual transporta gratuitamente a cadeirinha. Encontre aqui o link para algumas empresas: American Airlines, KLM, Lufthansa, TAP; Delta, United, Air France, Air Europa, Emirates, Qatar Airways e Turkish Airlines.

Uso de cadeirinha em táxi ou transporte por aplicativo

Você quando anda de Uber com seu filho menor usa cadeirinha? Eu já usei muitas vezes o serviço em São Paulo e meu filho sempre andou sem cadeirinha. Erro meu e do motorista que aceitou. O uso da cadeirinha é obrigatório, pois o carro de transporte por aplicativo segue a mesma legislação da carro comum.

Segundo o Uber é de responsabilidade do cliente fornecer a cadeirinha infantil. “As crianças devem ocupá-la durante todo o trajeto e não devem ser levadas no colo. Lembre-se de que as cadeirinhas infantis podem ser incompatíveis com alguns modelos de carro. O motorista pode recusar a viagem se a cadeirinha não for adequada ao veículo dele, ou se ele não se sentir confortável em instalá-la”, destaca o aplicativo.

Em Nova York, o aplicativo lançou o Uber Car Seat, onde os passageiros podem pedir carros com cadeirinha. O serviço custa US$ 10 extra. Enquanto isto não chega por aqui, fique atento, pois é de sua responsabilidade levar a cadeirinha e zelar pela segurança do seu filho.

Já nos táxis o uso de cadeirinha não é obrigatório devido a uma resolução do Conatran. De acordo com a medida, os táxis são enquadrados como transporte público e não precisam transportar a criança com o equipamento de retenção – mas nada impede que você leve o equipamento adequado para a segurança do seu filho.

§ 3º As exigências relativas ao sistema de retenção, no transporte de crianças com até sete anos e meio de idade, não se aplicam aos veículos de transporte coletivo, aos de aluguel, aos de transporte autônomo de passageiro (táxi), aos veículos escolares e aos demais veículos com peso bruto total superior a 3,5t.

Fique atento! A segurança do seu filho depende de você.

Você já precisou da cadeirinha durante uma viagem? O que fez? Tem outra dica? Deixe o seu comentário logo abaixo.