Bonito: o que fazer, passeios e como funciona o turismo na cidade

Camille Panzera
18/10/2019  ·  8:03Publicado 18 · out · 2019  ·  8:03Atualizado 4 · nov · 2019

Bonito: o que fazer, passeios e como funciona o turismo na cidade

Bonito é um dos principais destinos de ecoturismo do Brasil – e motivos não faltam para isso, já que o lugar faz juz ao nome! A convite do IDB – Instituto de Desenvolvimento de Bonito, desembarcamos mais uma vez nessa pequena joia brasileira para explorar um pouco das belezas sul-mato-grossenses. Confira nossas dicas de Bonito e veja tudo que você precisa saber para visitá-la!

Leia também
* Os 10 melhores destinos do Brasil! Confira os vencedores do Prêmio MD 2019!

A pequena cidade de Bonito, no Mato Grosso do Sul, está localizada a cerca de 300 km da capital Campo Grande. É uma cidade pacata, que acredito, muita gente já deve ter ouvido falar por ser um destino incrível para quem busca contato com a natureza.

Bonito MS

Com cerca de 22 mil habitantes, Bonito desponta como destino de ecoturismo no Brasil e tem dinâmicas muito diferentes de outras partes do país. Bastante organizado, o turismo local incentiva a preservação da região e todas as atividades realizadas na cidade são feitas na companhia de um guia turístico, que permite conhecer muito melhor a fauna e flora locais.

A cidade está próxima da Serra da Bodoquena, a cerca de 135km do Paraguai e por isso a cultura local é influenciada por alguns costumes do país vizinho. Também próximo ao Pantanal, Bonito e região possuem uma vegetação de transição com áreas de mata atlântica e cerrado.

passeios bonito cachoeiras

Bonito é um destino que realmente faz jus ao seu nome, que foi adquirido porque antigamente havia nessa área uma fazenda de nome Rincão Bonito. É um destino incrível para admirar rios cristalinos, a vida marinha, observar aves e outros animais silvestres, visitar cavernas como a Gruta do Lago Azul — com um lago de cor surpreendente –, fazer trilhas junto à natureza, passar o dia aproveitando as águas calmas de um balneário, poder curtir um banho revigorante em uma cachoeira ou fazer atividades com emoção, como um boia Cross, descida em rapel ou em uma tirolesa. As possibilidades são inúmeras e é bem isso que impressiona em Bonito, seu potencial para sempre oferecer atividades novas.

Passeios em Bonito

Bonito tem um jeito diferente de fazer turismo. Logo que a região começou a de desenvolver, foi implementado nas agências turísticas da cidade o chamado voucher único, um sistema compartilhado por agências turísticas e atrações do lugar. Através desse sistema o visitante agenda seu passeio, com dia e hora marcadas para realizar a atividade. Todas as atrações têm um número limitado de visitantes e todas são feitas na companhia de um guia. Para quem não gosta de destinos em que pessoas ficam oferecendo passeios nas ruas o tempo todo, Bonito é excelente porque isso não acontece por lá. Esse sistema é compartilhado por todas as agências e o preço dos passeios é tabelado.

passeios bonito boca da onca

Através dos passeios é que você conhecerá as atrações de Bonito. Todos eles devem ser agendados com antecedência nas agências turísticas, já que não é possível chegar no local onde é realizada a atração e já no local decidir visitá-la. Algumas atividades são mais procuradas do que outras, especialmente em períodos de alta temporada, e fazendo sua reserva com antecedência você não tem preocupação, seu lugar no passeio já estará garantido. Como os passeios em Bonito são feitos sempre junto à natureza, a proposta do número de visitantes limitado é interessante para gerar um contato mais autêntico com o lugar. Ao realizar uma flutuação, por exemplo, você não verá um rio lotado de pessoas, a experiência fica muito mais agradável.

Boa parte dos passeios realizados na cidade são feitos em propriedades privadas, que são como grandes fazendas, com uma sede, onde chegam os visitantes. Essas fazendas muitas vezes oferecem almoço e todas as atividades feitas no local acontecem com horário marcado e reserva antecipada! Dentro dessas fazendas pode haver diferentes atividades, algumas vezes o local conta com um balneário para que os visitantes tomem banho em um lago, às vezes há uma atividade de boia cross, trajeto em caiaque, tirolesa, flutuação em rios, trilhas com cachoeiras, etc. Você pode passar o dia dentro dessa fazenda, lá fazer o seu almoço, curtir um banho de água doce, ver cachoeiras, descer em tirolesa e por aí vai.

O que fazer em Bonito

Quem vive na cidade costuma dizer que ao viajar para Bonito você precisa visitar ao menos um parque de cachoeiras, visitar uma caverna e fazer ao menos uma flutuação. E isso é muito fácil porque Bonito tem um monte de cachoeiras, diferentes cavernas e lindos rios para flutuação. Como são cerca de 46 passeios credenciados (e esse número ainda pode crescer), você deve escolher quais atividades quer realizar. O legal é que como são muitos os passeios, mesmo que você já tenha visitado o lugar, poderá ir mais uma vez e fazer atividades novas, conhecer outras cachoeiras, fazer outras caminhadas e por aí vai.

gruta lago azul bonito

A principal atração da cidade é a Gruta do Lago Azul, uma caverna com um lago de coloração azulada que chega a ter 90 metros de profundidade. A caverna tem dezenas de estalagmites, estalactites e colunas, formadas ao longo de centenas de anos. Outra atração muito popular e lindíssima é a flutuação nos rios, como a que se faz no Rio Sucuri ou no Aquário Natural. A flutuação é uma atividade em que se observa a vida aquática com snorkel, mas sem encostar os pés no chão ou nadar. É um passeio lindo demais e que não dá para perder!

Visitar um parque onde se pode fazer trilhas e visitar cachoeiras também é um passeio incrível, que pode ser feito em diferentes propriedades da região, entre elas o Parque das Cachoeiras, o Cachoeiras Serra da Bodoquena ou o maravilhoso Boca da Onça, que possui a maior queda d’água do Mato Grasso do Sul!

Para quem quer fugir dos passeios mais tradicionais, há também opções mais excêntricas… A Lagoa Misteriosa é uma delas e como o próprio nome já diz, desperta o interesse dos mais variados viajantes porque até hoje não foi encontrado o fundo da lagoa. O Abismo Anhumas também é tido como um dos passeios mais legais da região para quem gosta de aventura porque consiste em que fazer um rapel dentro de uma caverna, onde também há um lago em que se pode mergulhar!

Abaixo você confere uma lista com as principais passeios em Bonito:

Gruta do Lago Azul e outras cavernas

A caverna mais conhecida em Bonito e aquela que não deve faltar na sua programação é a Gruta do Lago Azul, que tem um cenário impressionante. O local, assim como outras cavernas, é visitado na presença de um guia e para ser conhecido em sua totalidade exige uma descida com cerca de 300 degraus. O cenário é realmente impressionante, com formações antiquíssimas e uma água de coloração incrível. Embora os 300 degraus possam parecer difíceis, o trajeto costuma ser feito em um ritmo lento e mesmo pessoas da melhor idade costumam visitar o local.

O Abismo Anhumas, uma caverna alagada cujo acesso só é feito por rapel é outra opção de passeios na região, ideal para quem realmente gosta de aventura. É necessário realizar rapel tanto para acessar o interior da caverna quanto para sair dela e lá dentro, no lago, é possível mergulhar com cilindro, fazer flutuação ou passear em um bote.

Outras grutas que também são bonitas e valem uma visita se você gosta de fazer programas diferentes são as Grutas de São Miguel, em que se faz um pequeno percurso suspenso na mata para acessá-la e a Gruta São Mateus.

Flutuação no Rio Sucuri

Fazer a flutuação em um dos rios da região é um passeio imperdível em Bonito. O Rio Sucuri, considerado o mais cristalino do Brasil é muito bacana não apenas por causa dos peixes que se pode observar no lugar mas também pela flora, que é diversificada e muito diferente. Esse passeio, que é realizado em diferentes trechos do Rio certamente é um dos mais bonitos da região. Já tivemos a oportunidade de realizar o passeio na Nascente do Rio Sucuri e na Nascente Azul, na primeira o percurso é mais longo, mas ambos são lindos e com uma água realmente cristalina.

Flutuação no Aquário Natural, Rio da Prata e outros

A flutuação no Aquário Natural também é linda e feita no Rio Baía Bonita, que tem bastante vegetação aquática. Uma vantagem do local é que ele está a uma pequena distância do centro da cidade – opção bem legal para quem não quer passar muito tempo no deslocamento. Já o Rio da Prata, outra famosa flutuação de Bonito, se destaca pela deliciosa caminhada feita na mata e pela grande quantidade de peixes observados ao longo da flutuação.

Cabe mencionar também a Lagoa Misteriosa, onde pode ser feita a flutuação e o mergulho com cilindro. A caverna presente na lagoa é considerada uma das mais profundas do país e tem mais de 220 metros – não se sabe sua profundidade com exatidão. Esse passeio não costuma ser feito em outubro e abril porque é um período de microalgas na lagoa, não oferecendo boa visibilidade.

flutuacao bonito

Cachoeiras de Bonito

Bonito tem dezenas de cachoeiras, com as mais variadas formas e tamanhos. Elas costumam ter uma água geladinha e oferecem um mergulho delicioso em um dia de calor. Geralmente, nas propriedades que oferecem os passeios por cachoeiras, a atividade é feita ao longo de uma trilha, com parada para banho em diferentes quedas d’água.

cachoeiras Bonito

Um dos lindos passeios para ver cachoeiras é o Boca da Onça, feito às margens do Rio Salobra e com um percurso com cerca de 4km que passa por 8 cachoeiras e diferentes pontos para banho. O destaque fica por conta da Cachoeira Boca da Onça e Buraco do Macaco, em que através de uma fenda na pedra, você pode admirar a cachoeira por de trás dela! É incrível!

Outros passeios que já fizemos com cachoeiras foi o da Cachoeiras Serra da Bodoquena, cuja propriedade fica a cerca de 70km de Bonito. O lugar tem uma trilha com cerca de 2500m passando por 8 quedas d’água — uma mais bonita que a outra. Também tem um balneário e rende um ótimo dia imerso na natureza. Outras opções são a Estância Mimosa, que tem 7 cachoeiras ao longo de sua trilha com 2800m de caminhada. O Rio do Peixe e Parque das Cachoeiras são outras 2 opções para quem quer fazer trilhas e se banhar nas quedas d’água… a verdade é que opções não faltam.

Balneários em Bonito

Como Mato Grosso do Sul não tem praias, os balneários costumam ser os lugares procuradores pelos moradores locais quando querem tomar um banho e se refrescar em um dia de calor. Várias propriedades em Bonito possuem esses balneários, sendo o mais popular e econômico deles o Balneário Municipal, que fica próximo ao centro da cidade e pode ser visitado em um percurso de bicicleta. Outros locais que têm balneários para passar o dia são a Praia da Figueira, o Balneário do Sol, Eco Park Porto da Ilha e a Nascente Azul, onde também fizemos uma flutuação no rio.

nascente azul

Boia Cross em Bonito

O Boia Cross é uma atividade em que os visitantes são levados pela fluxo do rio através de boias individuais, passando por pequenas corredeiras e quedas d’água. A brincadeira pode ser feita por crianças a partir de 7 anos e é muito divertida, especialmente quando feita em grupo. É um passeio lindo, que costuma ser feito na companhia de guias bem animados. É possível fazer o Boia Cross em propriedade como o Parque Ecológico, onde fizemos e gostamos muito, ou no Hotel Cabanas, onde também fizemos uma atividade de arvorismo muito legal.

Rapel

O rapel é uma atividade de aventura oferecida em mais de uma propriedade em Bonito. Uma das opções é praticá-lo na Boca da Onça, onde também pode-se fazer trilhas e admirar cachoeiras. Outra opção bem legal é fazê-lo no Abismo Anhumas, um passeio que começa com um rapel de 72m, para acessar a caverna inundada, onde é possível fazer também uma flutuação, passeio de bote ou mergulho com cilindro.

Caiaque Duck

Um pouco parecido com o Boia Cross, o caiaque duck também é feito em rios da região, descendo quedas d’águas com uma caiaque inflável, com capacidade para duas pessoas. A principal diferença é realmente o “veículo” utilizado, que nesse passeio é um caiaque. A atividade é bem divertida e cheia de emoção, especialmente na hora de descer as corredeiras!

Tirolesa em Bonito

Oferecido em diversas fazendas de Bonito, a tirolesa é uma atividade opcional, geralmente feita como um complemento em uma fazenda que você visita para fazer alguma outra atividade. Tivemos a oportunidade de experimentar tirolesas no Parque Ecológico, com um visual incrível, na Nascente Azul e no Cabanas, cujo trajeto termina no rio!

Arvorismo

O arvorismo é uma atividade feita sob as árvores, vários metros acima do chão, com os mais diferentes obstáculos para os visitantes enfrentarem. Durante toda atividade as pessoas ficam presas em cabos de aço. É mais uma opção divertida para complementar os dias em Bonito. Na última viagem fizemos a atividade no Hotel Cabanas e foi bem divertido!

Observar animais silvestres

Bonito é uma cidade conhecida pela possibilidade de admirar animais silvestres. Ao realizar seus passeios pela região, naturalmente você poderá se deparar com araras, tucanos, tamanduás ou até com uma sucuri. Um local muito bacana na região e que recomendamos a visita é o Buraco das Araras, um passeio de contemplação no meio da natureza, em uma área com dezenas de araras — é belíssimo!

Bonito de carro ou com vans compartilhadas?

Uma particularidade que merece atenção no seu planejamento de viagem é pensar em como serão feitos seus deslocamentos pela região. A parte urbana de Bonito não é grande e ali é possível fazer tudo a pé, mas as atrações ficam em diferentes áreas do município (ou até em municípios vizinhos) e bastante afastadas uma das outras.

transporte bonito

As agências turísticas de Bonito oferecem o transporte compartilhado para fazer os passeios, mas eles podem acabar não sendo muito práticos. Se você prioriza praticidade, alugue um carro porque será muito mais fácil e te dará liberdade para executar as atividades nos horários que preferir. Além da praticidade, o carro alugado pode ser financeiramente mais viável, já que o transporte compartilhado é pago por pessoa e um único carro comum pode acomodar até 5 passageiros.

Restaurantes em Bonito

Bonito é uma cidade pequena e de interior, mas que tem alguns bons restaurantes. Entre os principais pratos da região está o jacaré, considerado uma refeição nobre, além de peixes de água doce, como a piraputanga, o peixe-símbolo da cidade. Nos restaurantes da cidade você encontrará moquecas pantaneiras, tradicional da cozinha do Pantanal, além de muitos pratos da cozinha mineira.

restaurantes bonito

Diversas propriedades em que se realizam os passeios em Bonito oferecem a opção de almoço para o visitantes e almoçar nessas propriedades/fazendas, pode ser um jeito de otimizar o seu tempo. Geralmente a comida nas fazendas segue um estilo de gastronomia caseira, com fogão à lenha. Durante nossa viagem tivemos a oportunidade de experimentar o almoço do Parque Ecológico Rio Formoso, da Boca da Onça, da Fazenda São Geraldo (Nascente do Rio Sucuri) e do Cachoeiras Serra da Bodoquena – todos estavam ótimos!

restaurantes bonito

Na cidade propriamente dita, muita gente costuma sair para jantar. E para isso, entre as melhores opções da cidade estão o restaurante Casa do João, com cardápio bem variado e inclusive os pratos típicos da cidade, o Juanita, que tem pratos fartos e muito gostosos, ou para quem procura um ambiente descontraído, o Taboa Bar.

Pousadas e hotéis em Bonito

Bonito tem uma rede hoteleira variada, que inclui pousadas simples, albergues, hotéis mais estruturados e até resort. As acomodações ficam localizadas em diferentes áreas da cidade, algumas mais próximas ao centro, localização ideal para quem está sem carro e quer fazer atividades a pé pela cidade e também na região rural, indicada para quem tem um carro alugado a seu dispor.

Quando for o momento de fazer sua reserva, além de escolher um lugar com localização compatível com seu meio de transporte, pode valer a pena escolher um hotel que tenha piscina. Com o calor que às vezes faz na cidade, uma piscina pode ser excelente para descansar e também porque como o ritmo dos passeios pode ser cansativo, muita gente aproveita para curtir as piscinas durante a noite.

hoteis bonito
Durante a viagem, nos hospedamos no Zagaia EcoResort, que tem uma excelente estrutura e é ótimo para quem está em família. O local é bem espaçoso, tem piscina e área de lazer. Outra opção que conhecemos é o Hotel Pousada Águas de Bonito, com uma linda piscina ao ar livre e um lanche da tarde excelente para se recuperar depois dos passeios pela cidade!

Quando ir a Bonito

Bonito é uma cidade que pode ser visitada o ano inteiro, mas cada estação oferece uma experiência diferente ao visitante. A região tem duas estações bem definidas: chuvosa (verão) e seca (inverno). A alta estação ocorre durante o verão, quando as cachoeiras estão mais cheias, mas é no inverno que os rios ficam mais cristalinos por causa da falta de chuvas. Faz calor bastante durante todo o ano, especialmente no verão, e viajando no inverno você poderá experimentar temperaturas mais amenas e até geladas, a depender do dia. Uma sugestão que deixo é viajar no outono ou na primavera, períodos de meia estação, nem tão quentes e com noites frescas.

clima bonito
Imagem retirada do site Clima Tempo.

Como chegar a Bonito

Bonito está a cerca de 300km da capital Campo Grande e possui aeroporto próprio que tem atualmente 5 voos semanais da Azul. Embora seja um aeroporto pequeno e muito mais prático para quem tem Bonito como seu destino final, nem sempre os voos para a cidade são econômicos ou práticos e muita gente também utiliza o Aeroporto de Campo Grande.

Caso desembarque em Campo Grande, você pode seguir para Bonito com um carro alugado (ótima ideia), com ônibus partindo da rodoviária de Campo Grande ou com o transporte compartilhado que sai do próprio aeroporto. A Vanzella, por exemplo, tem 6 horários diários entre Campo Grande e Bonito (e vice versa) saindo do Aeroporto de Campo Grande.

Já esteve em Bonito? O que achou da viagem? Compartilhe suas experiências nos comentários!