logo Melhores Destinos

Avianca tem dois aviões apreendidos e corre risco de ter que devolver mais onze por falta de pagamento!

Redação
06/12/2018 às 21:45

Avianca tem dois aviões apreendidos e corre risco de ter que devolver mais onze por falta de pagamento!

Hoje não foi um dia tranquilo para a Avianca Brasil. A companhia teve duas aeronaves Airbus A320 (PR-OBQ e PR-OBR) apreendidas no aeroporto de Brasília, por determinação judicial, numa ação movida pela empresa Boc Aviation Limited. O motivo seria falta de pagamento, segundo o Portal Metropoles.

Além disso, num outro processo, movido pela Constitution Aircraft Leasing, a companhia brasileira enfrenta o pedido para a devolução de mais onze aeronaves. O juiz permitiu, inclusive, o uso de força policial e arrombamento das instalações da Avianca no aeroporto de Guarulhos. “Ficam desde já autorizadas a requisição de reforço policial e ordem de arrombamento, se necessários à efetivação das diligências”, diz o juiz no despacho de 26 de novembro.

As decisões são liminares e cabem recursos. No entanto, o mercado especula que uma outra estratégia para evitar a tomada das aeronaves, seria entrar com um processo de recuperação judicial – o que impediria a cobrança dos débitos pelos credores. Mas, de acordo com o portal da Revista Veja, a empresa nega que irá fazer isso e que está negociando.

Por enquanto, os passageiros parecem não ter sido afetados. Mas caso a companhia seja obrigada a devolver mais onze aeronaves, há risco da operação ser afetada.

Em nota à imprensa, a Avianca Brasil tentou passar tranquilidade aos seus clientes e ao mercado:

“A Avianca Brasil explica que negociações fazem parte da rotina de qualquer empresa para otimização de resultados e esclarece que processos como esse são previstos pela companhia. A Avianca Brasil nega qualquer rumor relacionado a um possível pedido de recuperação judicial e reforça que suas operações não foram ou serão impactadas.

Fatores externos como a alta do dólar, o aumento histórico do preço do combustível de aviação e a greve dos caminhoneiros têm desafiado todo o setor em 2018. Nesse contexto, é natural e previsto que todas as empresas busquem otimizar a gestão de seus recursos da melhor forma possível, o que inclui a adequação de frota à demanda de passageiros.”

Não perca nenhuma oportunidade!

ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção