logo Melhores Destinos

Como é voar com a Vistara, companhia aérea de luxo da Índia

Como é voar com a Vistara, companhia aérea de luxo da Índia

BOM Mumbai
GOI Goa
UK 772
Avião Boeing 737-800
Classe Econômica
Poltrona 17D
Data 02/10/2019
Partida 13:16
Chegada 14:08
Duração 0:52
Por
20/11/2019 às 12:31

Fundada em 2015, a Air Vistara é uma joint venture entre o Grupo Tata (um dos conglomerados mais ricos da Índia) e a Singapore Airlines. A companhia serve 27 destinos em mais de 1.200 voos por semana, com uma frota de 23 Airbus A320 e 9 Boeing 737-800. Recentemente anunciou voos internacionais para Bangkok, Dubai e Singapura, e possui uma tática agressiva de preços, concorrendo diretamente com a Jet AirwaysAir India, suas principais rivais. Com o slogan de “a única companhia aérea 5 estrelas da Índia”, fomos avaliar os serviços da Vistara. Confira!

Como é voar com a Vistara, companhia aérea da Índia

Já aconteceu de você viajar para um destino e simplesmente se decepcionar? Foi assim comigo em Mumbai, a maior cidade da Índia. Demorei horas para conseguir um táxi saindo do aeroporto, peguei trânsito, chuva e ainda fui furtado (alguém abriu minha mochila e roubou uma necessaire com produtos de higiene, mas deixaram a GoPro e o óculos de marca)! Para piorar, ao chegar ao hotel — uma espelunca — não havia água. Tive que dormir sem tomar banho e escovar os dentes. Até porque roubaram minha escova…

Mumbai

Ai, ai, ai, Mumbai…

Com as expectativas não atendidas, ainda me permiti ficar mais um dia na cidade, mas a falta de atrações foi a cartada final: chega, vou adiantar minha viagem para Goa! A princípio meu plano era ir de trem, mas ao pesquisar pelas passagens, dei de cara com tarifas arrasadoras a partir dos US$ 25 com a companhia low cost SpiceJet. Já havia voado com eles e não gostei muito da experiência. Além disso, recentemente dois pilotos da companhia foram suspensos por esquecerem de pressurizar a cabine do avião! Hã… melhor não.

Por US$ 34, a segunda opção era promissora: Vistara, “a única companhia aérea 5 estrelas da Índia” e eleita “a melhor companhia aérea do país” por diversos rankings. O preço estava ótimo para uma passagem comprada com apenas um dia de antecedência, ainda mais considerando que esta não é uma empresa de baixo custo.

Compra feita, confirmação recebida por e-mail. Era hora de voar!

Check-in e embarque

Como comprei a passagem em cima da hora, já estava dentro do período de 24 horas para fazer o check-in online. Acessei o site da companhia e me surpreendi com a interface simples e intuitiva. Além da franquia grátis de bagagem (uma peça de até 15 kg para voos domésticos e até 30 kg para voos internacionais), a tarifa econômica também dá direito a uma bagagem de mão (até 7 kg) e uma bolsa pequena. A escolha de assentos também é gratuita, uma boa surpresa em tempos onde a maioria das companhias cobra por tudo.

escolha assento vistara

Vistara: escolha de assentos grátis

Para evitar os contratempos da chegada, peguei um Ola (aplicativo tipo o Uber, muito usado na Índia) com bastante antecedência. A corrida compartilhada saindo do centro de Mumbai até o aeroporto (27 km) custou meras 220 rúpias, (cerca de US$ 3)! O custos baixos da Índia são realmente imbatíveis. Como saí muito cedo e ainda em jejum, comi no aeroporto mesmo, encarando qualquer poha que visse pela frente.

poha comida indiana

Poha, típico prato indiano. Pensou besteira, né? 🙂

Ainda com tempo de sobra, entrei na pequena fila do check-in apenas para imprimir o cartão de embarque, já que o check-in estava feito. Caso quisesse, também dava para fazer em uma das máquinas de autoatendimento.

fila check-in vistara

Fila para o check-in do voo da Vistara

Os aeroportos indianos costumam ter uma preocupação bem grande com a segurança. Por isso, esteja preparado para enfrentar filas na hora de scannear sua bagagem. É necessário ainda manter o cartão de embarque consigo ao passar pelo detector de metais, pois ele será carimbado pelo segurança.

Já na área de embarque, um detalhe curiosíssimo era visto da janela: nossa aeronave não tinha as cores originais da Vistara, roxo e dourado. Na verdade era um avião comprado da concorrente, Jet Airways, ainda com a mesma identidade visual e o nome da companhia atual pintado às pressas.

logo escondida aviao vistara

Atrás, duas aeronaves da Jet Airways. E o avião da Vistara em primeiro plano, com a mesma pintura.

Deram um jeito de pintar a logo da Jet Airways na cauda, mas o serviço ficou bem amador. Nada que atrapalhe a segurança do voo, mas era engraçado. Imagine uma aeronave da Azul com letras garrafais em laranja escrito “Gol”. Contanto que aquele Frankenstein conseguisse alçar voo, estava valendo!

logo escondida aviao vistara

Pintaram muito mal a cauda para tentar esconder a logo da concorrente ?

O embarque estava previsto para 12h15, mas começou efetivamente às 12h23. A prioridade de embarque era para os passageiros da Premium Economy e… só. Logo após não houve prioridade para idosos, portadores de necessidades especiais ou gestantes. O que nem dá para julgar muito, haja vista a inabilidade cultural de se organizar filas na Índia. (Curiosidade: o termo “fila indiana” é uma má-tradução do termo “fila indígena”, técnica de guerra utilizada pelos habitantes nativos da América do Norte ao andarem um atrás do outro e irem apagando as pegadas do grupo. Na Índia o conceito de fila ainda não chegou.)

Por padrão, é necessário passar pelas confortáveis poltronas da Premium Economy até chegar à Classe Econômica. Mais ou menos o equivalente àquela cena do Titanic onde os passageiros da Terceira Classe precisam passar pelos aposentos da Primeira antes de chegarem nas suas cabines 🙂

Apesar disso, os assentos da Econômica são bem confortáveis. A cabine aparentava estar limpa e bem conservada, embora as cores internas destoassem um pouco das fotos que eu havia visto no site companhia. Imagino que a configuração interna original da Jet Airways não tenha sido modificada.

O espaço entre os assentos era bem generoso, mesmo para aqueles que, como eu, não estavam sentados ao lado das saídas de emergência. A inclinação do assento também oferecia um ótimo conforto adicional.

A decolagem estava prevista para às 12h45, mas só saímos de solo efetivamente às 13h16. Quase meia hora de atraso é perfeitamente aceitável para os padrões indianos. Eles não são raros e afetam cerca de 30% dos voos no país.

Entretenimento e amenidades

O voo era curto e não houve entrega de amenity kit, tampouco telas de entretenimento. A bem produzida revistinha corporativa da Vistara ajuda a passar o tempo, com matérias interessantes sobre os destinos operados pela companhia, além de mapas de voos e informações sobre os prêmios que a Vistara vem ganhando nos rankings de aviação.

A companhia também conta com um sistema de entretenimento acessível pela wifi local, através do aplicativo Vistara World. Há pelo menos 70 horas de filmes de Bollywood (e Hollywood), atualizados periodicamente.

Fora isso, não há muito o que fazer. Se seu voo for de dia, aproveite para contemplar o mundo pela janela sob a perspectiva dos deuses indianos.

Serviço de bordo

Poucos minutos após a decolagem, o carrinho começou a passar. O que foi uma agradável surpresa, considerando a curta duração estimada do voo (1h20).

Devido às questões religiosas na Índia, há sempre um padrão na hora de servir refeições a bordo. É obrigatório ter opções vegetarianas (veg) e não-vegetarianas (non-veg), identificadas respectivamente por uma bolinha verde ou vermelha na embalagem. O lanche era um salgado recheado com generosos pedaços de frango, ou com queijo paneer na versão vegetariana. Um bolinho de banana servia de sobremesa. Para beber, havia apenas água — o que agilizava o serviço.

Um menu também contava com outras opções de lanches e bebidas, mas elas estavam disponíveis apenas para voos mais longos. Não era o nosso caso.

Comissários e equipes de solo

Minha boa impressão da Vistara começou logo no primeiro contato com a equipe de solo. A colaboradora responsável pelo check-in me atendeu com um simpático sorriso e imprimiu o cartão de embarque num piscar de olhos. Na área de embarque, vi sempre um comportamento muito solícito com os passageiros.

Dentro da aeronave, os comissários mostraram-se igualmente sorridentes e prestativos, realizando o serviço com eficiência e cortesia.

 

Programa de fidelidade

A Vistara possui um programa de fidelidade chamado Club Vistara, anunciado como “o mais rápido” e com 500 pontos de bônus no primeiro voo. Embora não seja interessante para quem viaja com pouca frequência pela Índia, a vantagem de voar com a a companhia é que você também pode pontuar no programa KrisFlyer da Singapore Airlines.

Como a companhia asiática faz parte da Star Alliance, é possível usar os pontos acumulados com as companhias parceiras Alaska Airlines, JetBlue, Virgin Atlantic e Virgin Australia, além de inúmeras redes hoteleiras e empresas de serviços.

Chegada

Exatamente às 14h08, com perdoáveis 13 minutos de atraso do horário previsto, o Boeing 737-800 da Vistara finalmente tocava o solo, em um pouso suave e tranquilo. O piloto taxiou magistralmente a aeronave pela pista, sem nenhum imprevisto — em parte porque não havia vacas na pista naquele dia (não é piada, isso acontece na Índia).

Felizmente Goa era bem mais simpática do que Mumbai. Deu até para aproveitar as infames praias indianas, compartilhando a areia com algumas visitantes, digamos… sagradas.

Praia de Goa, na Índia

Praia de Goa, na Índia

Voar na Índia nem sempre é tarefa das mais fáceis. Atrasos e gargalos na infraestrutura prejudicam bastante o setor. O país emergente vive um bom momento na aviação, com a demanda aumentando cerca de 25% ao ano! Mais de 70% das rotas domésticas são operadas por companhias de baixo custo, o que nem sempre se reflete em bom atendimento e serviços de qualidade.

Ao entrar no mercado indiano com a benção da já consagrada Singapore Airlines, a Vistara “puxa” o nível das companhias para cima, mesmo que seja oferecendo o básico para os padrões ocidentais. Por isso, sem dúvidas eu voltaria a voar com a Vistara, recomendando seus serviços para todos aqueles que querem ter uma experiência de voo despreocupada pela Índia.


Quer ver a sua avaliação publicada no Melhores Destinos? Capriche no texto e nas fotos e mande para a gente pelo e-mail avaliacao@melhoresdestinos.com.br

Nota final.

Air Vistara

Mumbai - Goa

Voo UK 772

7,9
Embarque 9
Assento 7,5
Entretenimento 6
Amenidades 8
Equipe 9
Fidelidade 8