logo Melhores Destinos

Como é voar na Premium Economy da Latam em viagens nacionais

Como é voar na Premium Economy da Latam em viagens nacionais

BSB Brasília
SLZ São Luís
4690
Avião Airbus A320
Classe Premium Economy
Poltrona 1D
Data 26/09/2020
Partida 09:35
Chegada 11:55
Duração 2:20
Por Leonardo Cassol
30/09/2020 às 10:36

Depois de um longo período sem voar, eu precisei fazer uma viagem dentro do Brasil e me deparei com a possibilidade de testar como funciona o serviço da Premium Economy da Latam em voos nacionais. Fiz dois voos em aeronaves diferentes e compartilho com vocês como foi a minha experiência.

Compra da passagem

Eu comprei duas passagens aéreas do Rio de Janeiro para São Luís por 10.700 pontos Latam Pass cada, em classe econômica. O voo partia do Aeroporto Santos Dumont, com uma conexão em Brasília. Como eu tinha cupons de upgrade cortesia do programa Latam Pass e mais nenhuma viagem programada até o fim do ano com a empresa, decidi utilizar os cupons para fazer o upgrade para a Premium Economy e poder testar o serviço. Deu certo! É necessário um cupom por pessoa para cada voo.

Com o uso dos cupons cortesia o upgrade não é garantido. Vai depender da disponibilidade de assentos no voo. Mas é possível comprar direto a passagem em Premium Economy com pontos ou com dinheiro.

Diferenciais prometidos pela Premium Economy da Latam em voos nacionais

  • Balcão preferencial de check-in
  • 1 volume de bagagem despachada
  • Embarque prioritário
  • Assento nas três primeiras filas com poltrona do meio bloqueada
  • Compartimento de bagagem exclusivo
  • Serviço de bordo diferenciado (benefício limitado em algumas rotas, em função da pandemia de coronavírus)
  • Trechos em dobro para qualificação ou manutenção de categoria no Latam Pass

Como é voar da Premium Economy da Latam na prática

Fiz o check-in pela internet e no primeiro voo fui para o aeroporto ainda sem a confirmação de que o upgrade seria confirmado. O voo estava com uma ocupação bem alta. O segundo trecho, de Brasília para São Luís, já estava confirmado e com assentos selecionados (1D corredor e 1F janela), num Airbus A320. Como não tinha bagagem para despachar, fui direto para o portão de embarque. Antes de chegar lá, recebi a mensagem de confirmação do upgrade e atualizei nos apps os novos cartões de embarque.

Nossos assentos foram então designados como 3A janela e 3C corredor, no trecho Santos Dumont – Brasília, num Airbus A319 (o modelo que faz os voos da ponte aérea Rio-SP). Na Premium Economy você tem a garantia de ficar numa das três primeiras fileiras do avião, com a poltrona do meio liberada, além de uma bagagem despachada e uma posição preferencial nos balcões de check-in.

O embarque da Premium Economy ocorre no grupo 2, logo após as prioridades definidas por lei e dos passageiros Latam Pass Black Signature e Black. Nos meus dois voos os grupos de embarque foram respeitados.

A empresa promete mais espaço dentro da cabine. Quem senta na primeira fileira de fato tem um espaço muito grande. Já nas duas fileiras seguintes, creio que depende da configuração do avião. Não sei se isso acontece em todas as aeronaves da Latam hoje, mas no Airbus A319 tinha bastante espaço entre as poltronas na segunda e na terceira fileiras, muito mais do que o padrão da Latam em voos nacionais. Isso foi um diferencial importante na minha avaliação, pois consegui trabalhar usando o computador nos dois voos, algo que dificilmente eu conseguiria fazer lá atrás.

Dentro do avião, os bagageiros da parte da frente são identificados como de uso exclusivo dos passageiros da Premium Economy. Não sei até que ponto esse controle é efetivamente feito pelos comissários, mas nos meus voos não houve dificuldade de ninguém para acomodar as malas dentro do avião.

Premium Economy Airbus A320 Latam

O Airbus A320 que fez o voo entre Brasília e São Luís tinha uma cortina que separava a Premium Economy do restante da cabine. Mas o A319 que voou do Santos Dumont para Brasília não tinha nada. Além disso, por conta da pandemia, foram retirados os protetores de cabeça e identificadores que indicavam os assentos premium e o bloqueio do assento do meio. Por isso, à primeira vista, sem a cortina, tirando o espaçamento maior entre os assentos não dá pra identificar que é uma cabine diferenciada.

Dentro do avião, caso você esteja acompanhando na Premium Economy e queira sentar na poltrona do meio para ficar mais perto de quem viaja com você, isso é permitido, já que o assento do meio não é efetivamente bloqueado. Nos meus voos vi um pai com uma criança e um casal fazendo isso, sem nenhuma reação dos comissários.

Naturalmente, o uso de máscara durante o voo permanece obrigatório. E foi respeitado por quase todos os passageiros (exceto um mala que estava sentado na mesma fileira, do outro lado do avião, que não parava de abaixar a máscara, obrigando os comissários a chamar a atenção dele inúmeras vezes).

Sobre o entretenimento, o primeiro voo tinha internet wi-fi e o sistema de entretenimento Latam Play, onde você pode assistir o conteúdo pelo seu celular ou computador. O segundo voo não tinha internet, apenas o Latam Play.

Val destacar que o banheiro da frente, que em tese seria de uso dos passageiros da Premium Economy, está bloqueado durante a pandemia para uso da tripulação em todos os voos. Então, caso queira usar o banheiro, estão disponíveis apenas os dois que ficam no fundo da aeronave.

Serviço de bordo da Premium Econony da Latam em voos nacionais

Por conta da pandemia, o serviço de bordo de todos os voos nacionais está limitado por recomendação da Anvisa. Mas as companhias aéreas estão entregando os snacks que seriam servidos durante o voo na saída do avião.

Nos dois voos que eu fiz na Premium Economy da Latam, um pouco antes do pouso, um dos comissários veio entregar um saco de chips “Roots to go” de mandioca e batata doce assadas, junto com uma barra de cereal e um copo de água mineral, pedindo que o consumo fosse feito somente após a saída do avião, por recomendação da Anvisa.

A medida visa evitar que os passageiros retirem as máscaras todos ao mesmo tempo dentro do avião, o que poderia aumentar o risco de contaminação de quem está sentado próximo. Apesar das aeronaves terem potentes e eficientes filtros HEPA que matam 99,9% de vírus e bactérias, os mesmos que são utilizados nas UTIs dos hospitais, se alguém espirrasse próximo de você sem máscara, os filtros não teriam como garantir a eliminação das partículas tão rapidamente.

Eu fiquei satisfeito com o serviço de bordo, considerando as grandes limitações da pandemia. No entanto, não sei se há alguma variação do serviço em função da rota operada pela empresa. Temos relato de um leitor que alega ter voado sem serviço de bordo num voo de Premium Economy. Então, tenha em mente que isso pode acontecer… Por fim, gostaria de experimentar o que seria servido pela empresa, como sanduíches e bebidas variadas, quando a situação se normalizar.

Nos meus dois voos, a Latam ofereceu para todos os passageiros aqueles biscoitos doces da Bauducco na saída do avião. Foi a minha sobremesa.

Vale a pena voar de Premium Economy nos voos nacionais da Latam?

Depende de quanto você vai pagar por isso e quão importantes são os serviços oferecidos para você. No meu caso, ter mais espaço para trabalhar durante o voo, viajar sem ninguém na poltrona do meio e ter mais espaço para colocar a bagagem dentro do avião fez bastante diferença. Por isso, minha avaliação é positiva. Se eu tivesse bagagem para despachar faria mais ainda, já que clientes voando de Premium Economy têm franquia de um volume despachado.

Além disso, para quem compra a passagem em dinheiro, a Latam oferece trechos em dobro para qualificação ou manutenção de categoria no Latam Pass, o que pode ajudar a conquistar ou manter benefícios de viagem como upgrades, maior acúmulo de pontos, marcação de assentos e antecipação de voo sem custo, entre outros.

Considerando a promoção da Latam que está cobrando R$ 100 a mais do que a econômica tradicional na passagem de Premium Economy, eu diria que é uma boa oferta, especialmente para quem vai despachar bagagem, já que só o valor do serviço pode chegar próximo ou ser até maior do que R$ 100, sem oferecer todos os demais benefícios.

E, se você tem cupons de upgrade cortesia do Latam Pass e não tiver planos de voar para o exterior até abril de 2021 (quando os cupons expiram), não deixe de utilizar o seu em sua próxima viagem pelo Brasil para ter uma experiência de voo mais agradável.

E você, voou recentemente na Premium Economy da Latam? Como foi a sua experiência? Comente e participe!

Nota final.

Latam

Brasília - São Luís

Voo 4690

8,6
Embarque 10
Assento 8,0
Entretenimento 8,0
Amenidades 8,0
Equipe 10
Fidelidade 8,0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *