logo Melhores Destinos

Como foi o voo inaugural da Joon entre Fortaleza e Paris, na classe econômica premium!

Como foi o voo inaugural da Joon entre Fortaleza e Paris, na classe econômica premium!

FOR Fortaleza
CDG Paris
415
Avião A340-300
Classe Econômica Premium
Poltrona
Data 04/05/2018
Partida 19:50
Chegada 09:23
Duração
Por João Goldmeier
11/05/2018 às 11:52

É sempre uma grande emoção pra quem ama a aviação participar de um voo inaugural. Como eles não são frequentes, há toda uma preparação para que tudo saia conforme planejado. Na semana passada o Brasil recebeu pela primeira vez um avião da Joon, a mais nova subsidiária do grupo Air France. No dia seguinte à chegada, esta mesma aeronave partiu de Fortaleza pela primeira vez rumo a Paris, inaugurando uma importante ligação direta entre o Norte/Nordeste e a Europa.

Mas essa avaliação também é especial por um outro motivo: com ela chegamos ao número de 300 avaliações de companhias aéreas no Melhores Destinos! É o maior repositório do gênero na internet, em português! E isso não seria possível sem os relatos que os nossos leitores nos enviam. Então, fica aqui o nosso muito obrigado a todos que colaboraram e a você que lê as nossas avaliações.

Agora, sem mais delongas, vamos conferir como foi o voo inaugural da Joon!

Sobre a Joon

A Joon é uma companhia aérea criada pela Air France para ser um laboratório de inovação, com o objetivo declarado de buscar ser a próxima geração de experiência a bordo da Air France. Iniciou suas atividade em 2017, voando para destinos na Europa. Neste ano começou a operar em destinos intercontinentais, como Terã, Seychelles e Fortaleza.

Resumo do review

Joon Voo AF-415
Fortaleza (FOR) – Paris (CDG)
Sexta, 04 de maio de 2018
Partida: 19:50
Chegada: 09:23
Duração: 8h33
Milhas: 4.390
Aeronave: Airbus A340-300
Assento: 14L (Econômica Premium)
Destaques positivos: sistema de entretenimento, comissários de bordo
Pontos a melhorar: serviço de bordo, falta de wi-fi

Check-in

Check-in

O Aeroporto Internacional de Fortaleza foi concedido para a iniciativa privada no início deste ano e as reformas já iniciaram. Conta com uma boa área de check-in, sendo que o da Joon/KLM fica no canto esquerdo do terminal, na visão de quem entra. Como cheguei com bastante antecedência, não havia ninguém na minha frente e o atendimento foi rápido. Um detalhe interessante é que os funcionários da GOL, parceira da Air France/Joon é que cuidam do procedimento e também do embarque.

Ao lado do check-in um stand de fotos que também distribuía esse chaveiro comemorando a novo hub do nordeste.

Sala Vip

O Aeroporto Pinto Martins não possui nenhuma sala vip, mas já foi confirmada a construção de um lounge no futuro, após a ampliação do aeroporto. No momento, os passageiros da classe executiva não têm outra opção para esperar o voo, apenas o saguão.

Área de embarque

Eis o ponto fraco do aeroporto de Fortaleza: apesar da sala de embarque ser ampla e com lugares suficientes para todos aguardarem o voo sentados, existe apenas um café para quem quer comer ou beber algo antes de voar. E os preços são bem caros! Cobrar R$ 7,50 por um refrigerante não pode ser considerado normal. Mas existe uma saída: duas máquinas automáticas possuem preços mais em conta (elas ficam no lado oposto ao café).

O banheiro é minúsculo e tem uma entrada apertadíssima. Além disso, há uma pequena loja do Duty Free Dufry com boa variedade de produtos e os mesmos preços do resto da rede.

Embarque

Minha reserva original era para a classe econômica, então aguardei na fila indicada para embarcar. O embarque iniciou com pontualidade britânica e fiquei impressionado positivamente com a organização das filas e com o respeito às prioridades legais, de cabine e de status. O embarque dos passageiros da classe econômica se dá pelo número da fileira, entrando primeiro os que estão sentados no fundo do avião. Depois, os mais à frente, algo que diminui o tempo em solo e deveria ser o procedimento padrão de todas as companhias. Impecável.

Ao entregar o bilhete para escanear, o funcionário pediu um segundo e foi falar com a supervisora. Alguns momentos de apreensão depois, ele voltou dizendo que o voo estava lotado e que por essa razão tinha recebido um upgrade para a classe econômica premium.

Por um lado é evidente que fiquei contente por poder viajar com mais conforto. Por outro lado, a ideia era poder mostrar como é voar na classe econômica. Mas como ela estava lotada e meu bilhete já havia sido trocado, tentei fotografar ao máximo a cabine e as experiências de ambas as classes para poder comparar e mostrar as diferenças.

Cabine

O voo inaugural aconteceu numa sexta. Ao entrar na cabine, fui surpreendido com uma luz azul brilhante e comissários com uniforme despojado. Parecia até que eu estava numa balada – só faltou o DJ tocando… Recuperado do impacto inicial, eu gostei bastante do esquema de cores das poltronas e até da iluminação.

A configuração das poltronas segue o padrão 2-4-2 na classe econômica e 2-3-2 na econômica premium. É uma configuração ótima pra quem viaja acompanhado. Como vocês podem ver, a iluminação azul atrapalhou um pouco a qualidade das imagens. Mas na volta consegui fazer fotos melhores:

As poltronas são estreitas e o espaço entre as fileiras é mínimo. Então, se você é alto como eu (1,91 metro), prepare-se: pegue as fileiras nas saídas de emergência onde o espaço para as pernas é abundante (fileira 18, 32 no meio e 33 nas laterais).

O destaque do assento é a tela de entretenimento individual touchscreen, com entrada USB e para o fone, de qualidade de imagem incrível! Vale destacar também que os assentos possuem encosto de cabeça ajustável, o que sempre ajuda a encontrar uma posição melhor para dormir.

Já na econômica premium (que ocupa as fileiras 14, 15 e 16) o espaço entre as fileiras é consideravelmente melhor e a poltrona é mais larga, além da tela de entretenimento ser um pouco maior.

Gostei bastante do esquema de cores, vibrante mas sem exageros, utilizando o azul “elétrico” que é marca registrada da Joon em todos os detalhes.

Entretenimento

O entretenimento foi onde a Joon realmente brilhou: telas individuais touchscreen com uma programação variada de filmes, séries, música, jogos, programação infantil e muito mais.

Falando nas crianças, a Joon distribui para os pequenos o mesmo kit distribuído pela Air France (sem nenhum custo), que vem em duas cores, mas com igual conteúdo:

Mas voltemos ao sistema de entretenimento. Como eu disse ele é repleto de boas opções e a tela tem uma qualidade indiscutível (lástima que as fotos que tirei não ficaram tão boas). Nela você pode inclusive olhar as opções do cardápio e os itens Duty Free. Uma pena que você não possa fazer o pedido por ali, seria muito mais prático e rápido.

Apesar do destaque para as telas é preciso falar sobre a falta do wi-fi a bordo. Pra quem viaja a trabalho é item indispensável. A Joon sabe disso e nos novos A350 que irá receber a partir do ano que vem este será item de série. Mas eu juro que esperava ter wi-fi numa companhia que nasceu pra atender às necessidades dos millennials.

Serviço de Bordo

Amenidades

Ao chegar no assento já havia uma manta e um fone de ouvido. Durante o voo também foi distribuída uma necessaire na classe econômica premium. Na classe econômica foi distribuído apenas um tapa olhos. Seria bacana que o kit fosse distribuído para todos os passageiros da econômica, já que o conteúdo é bem básico: tapa olhos, escova e pasta de dentes e protetores auriculares.

O que achei legal é que mesmo os passageiros da econômica receberam um menu impresso (à direita):

Serviço de bordo

O serviço de bordo começou de forma diferente: primeiro foi anunciado que iria passar o carrinho com as opções pagas e depois o serviço convencional. As opções pagas eram as seguintes (para todas as classes):

É sempre bom contar com mais de uma opção, caso bata uma fome fora de hora ou se a comida servida não for do seu agrado. Como bônus, a Joon divulga bastante a possibilidade de alugar durante o voo óculos especiais de imersão (15 euros), que eu analisei no voo da volta na classe executiva – em breve postaremos a avaliação aqui no MD.

Logo depois foi servido o jantar. Se você reparar nas fotos dos cardápios acima, vai notar que as opções de pratos principais são as mesmas para a classe econômica e econômica premium. Muda apenas a entrada e a sobremesa. Escolhi o frango (a outra opção era adequada aos vegetarianos, um penne ao molho de tomate).

Errei. Errei rude, errei feio. Onde eu estava com a cabeça pra pensar que um frango com banana podia ser uma coisa boa! Em minha defesa estava escrito no menu: “Chicken with plantain rice”. Imaginei que a banana pudesse ser frita e misturada junto com o arroz. Tá, ainda assim é esquisito, eu sei. Pois é, me ferrei porque tava horrível.

O que salvou foi a entradinha, o queijo e o pãozinho – a sobremesa também estava ruim. O jeito foi afogar as mágoas (só eu fico triste quando como mal?) no vinho tinto que pedi para acompanhar, e do qual guardo boas lembranças.

Menos mal que depois as comissárias passaram oferecendo um chocolatinho da marca francesa Valrhona!

Depois do jantar foram oferecidos chá e café, além de licores para os que apreciam. Decidi descansar e consegui dormir muito bem. Acordei pouco antes do café e fiquei imaginando: agora eles vão se redimir! Mas vou deixar que a foto fale por si mesma:

Pão frio, suco de caixinha (daqueles que tem 98% de açúcar), um iogurte (esse tava bom) e um bolinho esquisito. A sorte é que eu estava prestes a pousar em Paris, onde se come bem em qualquer esquina, mas no catering a Joon deixou muito a desejar.

Comissários e equipe de solo

Foi um acerto da Air France/KLM utilizar o pessoal da GOL para os procedimentos de check-in e embarque. Além de já estarem habituados com o aeroporto, foram de uma simpatia sem igual e fizeram um dos embarques mais organizados que eu já vi. Nota 10.

A tripulação da Joon é exclusiva, ou seja, não é cedida pela Air France, mas foi contratada para fazer parte apenas da Joon. A equipe era muito jovem e motivada, atendendo aos pedidos com presteza e respondendo às perguntas de forma gentil. Sem reparo algum.

Programa de Fidelidade

A Joon utiliza do mesmo programa de fidelidade da Air France, o Flying Blue, mas além deste programa você pode acumular suas milhas em qualquer outra empresa da aliança Skyteam e também com o Smiles, que é parceiro da Air France.

Por um lado, pra quem costuma acumular no modo tradicional é interessante que o programa seja o mesmo e com as mesmas parcerias, mas a Joon foi criada para inovar e aqui existe um grande potencial para isso.

Alguns programas de fidelidade oferecem experiências únicas ao invés de voos, ou a possibilidade de trocar suas milhas por itens do menu a bordo ou até mesmo do Duty Free. Seria interessante ver algo do gênero na Joon.

Conclusão

Precisamente às 9:23 da manhã, após 8 horas e 33 minutos de voo, pousamos suavemente no Aeroporto Internacional Charles DeGaulle, em Paris. O avião estacionou numa posição remota, algo que confesso, não esperava! Mesmo assim, o desembarque foi organizado, saindo primeiro os passageiros da classe executiva, depois econômica premium e, por fim, os da econômica.

Como estava apenas com uma mala de mão fiz rapidamente o trâmite de imigração e alfândega e em menos de uma hora já estava dentro de um trem rumo à Cidade Luz.

Antes do voo eu li tudo que encontrei sobre a Joon na internet, mas não havia  nenhum relato sobre a experiência a bordo. Foi divertido entrar num voo sem ter a menor ideia do que estava por vir.

A cabine e comissários da Joon me agradaram muito, fazendo a ressalva do aperto entre as fileiras. Mas é preciso que um ajuste seja feito no catering de Fortaleza, já que o serviço de bordo decepcionou.

De qualquer forma é ótimo constatar que com a implantação do hub do nordeste o Norte/Nordeste pode em poucas horas estar na Europa, sem a necessidade de voar até Rio ou São Paulo. Longa vida à Joon!

O Melhores Destinos viajou a convite da Air France/Joon.

Nota final

Joon

Fortaleza - Paris

Voo 415

8,3
Embarque 10
Assento 8,0
Entretenimento 8,0
Amenidades 6,0
Equipe 10
Fidelidade 8,0

45 Comentários

  • Rayner Falcão says:

    Legal João, parabéns pelo relato.

    Em relação ao trecho abaixo, já existe esta ligação via TAP/Condor/AE…
    “Norte/Nordeste agora pode em poucas horas estar na Europa, sem a necessidade de voar até Rio ou São Paulo.”

    • João says:

      Verdade, a novidade é o hub do nordeste.

    • Peeta says:

      Inclusive, sentimos falta de flight reports de voos internacionais saindo do Norte/Nordeste, como SSA-MAD (Air Europa), REC-MCO (Azul), REC-FRA (Condor), FOR-MIA (Latam) e BEL-FLL (Azul). MD, aguardamos vcs embarcarem nestes voos e contarem pra gente como foi.

  • Mark Smith says:

    Show de avaliação! Gostei muito! Parabéns MD pelo sucesso e pela qualidade do conteúdo! abs!

  • Deocélio Bezerra says:

    Muito bom relato. Mas faltou informar se a tripulação está apta para falar o português.

  • Ludmila Alves says:

    Existe uma questão que deve ser levantada, a péssima malha existente entre Fortaleza e Sul/ Sudeste/ Centro-Oeste do país. Pesquisei passagens com saída de Fortaleza para Paris e não tem cabimento ter que dormir lá para chegar nas demais regiões do país. Sugiro que as empresas repensem isso.

    • João says:

      Oi Ludmila, o hub do nordeste, criado pela GOL, Air France e KLM visa atender as cidades do Norte e Nordeste, além de Brasília no Centro-Oeste. A GOL está criando novos voos destas regiões para Fortaleza, de modo a alimentar os novos voos para a Europa. Abraço!

      • Humberto Filizola says:

        A ludmila tem toda razao, desde bsb nao se encontrá bilhetes por menos de 600 reais para fortaleza. Acho otimo a ideia de Nao termos q ir a Sao paulo ou rio porem voos para fortaleza ainda sao Smto mais caros

        • ana says:

          Acho também inadmissível ter q sair da capital do Brasil e ir p o Nordeste pegar um voo. Ja achava ruim ir p São Paulo!!! Não falam q o aeroporto de Bsb não é o 3 em movimentação!!??? Cadê as opções de voo?

  • Antonio Silva says:

    Por essas e outras eu tenho certeza que uma companhia Low Cost não daria certo no Brasil, brasileiro gosta de ser paparicado, ainda mais se tratando de aviação onde muitos ainda têm a fantasia dos anos 70/80 e seu requinte. A Joon é uma companhia low cost, e portanto, vai ter aperto sim, comida ruim e embarque/desembarque na remota. Não dá para querer ir muito além disso !

    • João says:

      Desculpe Antonio, mas você está equivocado: a Joon não é uma cia low cost, isso dito pelo seu presidente a mim.

      • Fábio Chaves Clemente says:

        Já fiz a rota Paris – Berlin com a Joon. O preço praticado foi alá Ryanair, porém os serviços foi excepcional…

    • Bruno Bastos says:

      Também acho, o povo quer fazer um voo de avião no luxo estilo cruzeiro. Prefiro ser mão de vaca, chega no destino igual…

    • Fabio says:

      Acredito que exista mercado para ambos os tipos de cia. Sempre teremos os mao de vaca que preferem preco a qualidade e os que nao abrem mao de serem “paparicados”.

    • NYC_Man says:

      Eu prefiro pagar mais caro e ter glamour.
      Esse mes fui de LATAM para Amsterdam.
      GRU -> MAD foi top.

      De Madrid para Amsterdam foi de Iberia Express.
      Eu nao sabia que era a low cost.
      Todos os assentos eram para quem tinha 1,60 metros.
      Eu como tenho 1,87 fiquei com perna para fora.

      Vi uma serie de passageiros ma mesma situacao horrivel.

      Esse da Joon nao vi nada sobre distancia entre assentos

  • Julio Cesar Silva says:

    Muito obrigado pelo relato!
    Vou voar com eles Fortaleza-Paris-Roma em Setembro e não vejo a hora. Pra mim que moro em Natal, vai me atender muito bem e comparado ao valor que deveria pagar na TAP, TAM ou mesmo Air France, foi muito interessante.

  • Egnaldo Costa says:

    Desculpa por discordar da avaliacao: 8,3 é para uma Emirates! Aviao velho retrofitado (Aibus 340), servico lamentavel (sabor do que foi servido aquem do mediano)…. Porem, avaliacao é algo subjetivo porque nao se sabe a experiencia de quem a realiza e os criterios utilizados! Ao final, ao menos, sabemos agora que o preco tem que compensar por conta da deficiencia aeriportuaria e do servico oferecido! Obrigado pela avaliacao e desculpa por discordar!

  • Rodrigo Silva says:

    Parabéns MD, as dicas de vcs são preciosíssimas! Sou fã incondicional da página, leio sempre as postagens✌

  • Laercio says:

    Esse hub do Nordeste está meio furado. Maceió não tem ligação direta para Fortaleza. Acho que para dar certo e manter esses voo sempre cheios deve ser verificada essa questão de ligação direta das capitais do Nordeste com Fortaleza.

    • Fabio says:

      Não só Maceió… as conexões são super inviáveis de Recife tbm, quando existem. Fora o preço desses voos, um absurdo. Mil vezes a Condor e Air Europa, com serviço similar e já consolidadas no Nordeste.

  • F. Junior says:

    Ótimo comentário..o convite pode sim ser aceito, mas a maioria aqui dos leitores acredita e muito na imparcialidade do relato. MD excelente canal e influenciador digital, já provado há muito tempo!!

  • Cristiane Soares says:

    Olá João, vou para Europa em junho neste voo para Paris. Gostaria de saber como é o assento da econômica premium, reclina ? Tem apoio para os pés ? Obrigada, Cristiane

  • G E O says:

    Geralmente o catering saindo do Brasil é ruim se comparado com de outros países.
    E não é uma crítica a FOR, somente. GRU, GIG e outras bases também não são boas.

  • Bruno says:

    De vez em quando vocês podiam sortear para leitores do MD, passagens de cortesia para acompanhar nessas viagens, até porque vocês do blog que vivem recebendo essas regalias talvez não tenham a mesma percepção dos leitores que estão menos “viciados” nessas comodidades das cias, ou mesmo ser mais realista sobre a experiência

  • Sidinei Simões says:

    Pessoal por gentileza o quesito preço Fortaleza , Paris ida e volta É inferior às outras cias?
    Grato

  • Sidinei Simões says:

    E de qto seria +- o valor médio?

  • jorge moraes says:

    Achei o relato muito bom e a cia aérea bem capenga. Se a empresa é Francesa, os atendentes de solo, mesmo fora da França têm obrigação de falar francês. Será que esse pessoal da Gol fala francês? Tenho minhas dúvidas.

  • Emuakpejekessena Emuakpejekess says:

    HI

  • NYC_Man says:

    Nem perca tempo. Avaliacao foi top.

  • Leandro Costa says:

    A dica é ser o último a embarcar? Hahaha upgrade ftw.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *