logo Melhores Destinos

Como é voar durante a pandemia na econômica premium da Air France

Como é voar durante a pandemia na econômica premium da Air France

GRU São Paulo
CDG Paris
457
Avião A350-900
Classe Premium Economy
Poltrona 10L
Data 13/08/2021
Partida 15:06
Chegada 06:46
Duração 10h
Por João Goldmeier
17/08/2021 às 10:20

No mês de julho de 2021 a França reabriu para brasileiros vacinados. Depois de mais de um ano fechada, mas ainda com algumas restrições relativas à pandemia, como será que é a experiência de voar com a principal companhia aérea francesa, a Air France, com destino ao seu hub de Paris? É o que você confere agora, nesta avaliação do voo que fiz a partir de São Paulo no A350 da empresa:

Resumo do review

Air France Voo AF-457
São Paulo (GRU) – Paris (CDG)
Sexta, 13 de agosto de 2021
Partida: 15h06
Chegada: 06h46
Duração: 10h
Milhas: 5.829
Aeronave: Airbus A350-900
Assento: 10L (Econômica Premium)
Destaques positivos: Assento, catering e Wi-fi a bordo

 

Viajando durante a pandemia

Viajar durante a pandemia adicionou alguns passos na jornada do viajante. Se antes você buscava informações apenas sobre vistos, agora tem que buscar também sobre fronteiras abertas e regras de admissão. Por sorte já existem algumas ferramentas na internet que facilitam a vida, como o Travel Doc, criado pela Air France. Ali você preenche os campos com origem, destino, nacionalidade e fica sabendo na hora quais são os requisitos de entrada.

Ainda assim, o conselho que damos todos os dias é sempre consultar as fontes oficiais de informação, como sites de governo, embaixadas e consulados, pois as regras estão mudando constantemente, a começar pela lista dos países abertos para brasileiros.

Outra mudança são as novas regras adotadas por algumas companhias aéreas. Na Air France, por exemplo, as máscaras são obrigatórias durante todo o voo para todos os passageiros de 12 anos ou mais e elas devem ser do tipo PPF 1, 2 ou 3. O aviso já vem no e-mail que confirma o bilhete aéreo:

E sobre os cuidados a bordo, a Air France lembra ainda que as suas aeronaves possuem o sistema de filtragem do ar com filtros High Efficiency Particulate Air (HEPA), idênticos aos usados em centros cirúrgicos.

Feitas todas as verificações, hora do check-list final:

  • Vacinação completa ✅
  • Passaporte
  • Máscaras PPF 2 ✅
  • Partiu Paris! ✈️

Check-in

O check-in online da Air France abre 30 horas antes do horário previsto para o embarque. Confesso que fiquei surpreso em poder realizar o check-in, pois com a exigência do passageiro estar totalmente vacinado, imaginei que ele só poderia ser feito de maneira presencial.

Caso eu estivesse sem bagagem para despachar, poderia ter entrado na área de embarque tranquilamente sem nenhuma conferência acerca das vacinas.

Cheguei no Aeroporto de Guarulhos vindo de Floripa no Terminal 2, que fica a uns 250 km do Terminal 3 😂 Sem brincadeira, caminhando rápido são uns 15-20 minutos! Àquela hora o check-in já estava aberto (a Air France fica na ilha H do Terminal 3).

Veja também: Como fazer conexão no Aeroporto de Guarulhos.

Entrei na fila de quem só precisa despachar a bagagem e cerca de 20 minutos depois estava sendo atendido. Ali sim, foi solicitado meu certificado de vacinação e mostrei a versão digital do Conecte SUS (saiba como emitir o certificado de vacinação aqui). Essa, aliás, é uma das vantagens da econômica premium: permite o despacho de dois volumes de até 23kg sem custo adicional.

Mala etiquetada, hora de passar pelo raio-x e imigração, na hora sem grandes filas.

Sala VIP

A Air France utiliza a sala VIP da American Express em Guarulhos. Porém, os passageiros voando em econômica premium não têm acesso, somente quem voa na classe executiva ou primeira classe.

Como eu ainda não tinha almoçado e a fome começava a bater, resolvi passar bem rápido no Lounge da Mastercard Black, que estava fechado (está operando em horário reduzido, abrindo às 17h). Subi ao mezanino então para ir à sala VIP que a Mastercard Black mantém e que reabriu faz pouco tempo.

A visita foi de médico e nem foto eu tirei, foi o tempo de comer dois mini sanduíches, tomar uma coca zero e pegar uma água para viagem. Ao chegar no portão, a visão maravilhosa, daquele que é o avião mais bonito entre os modelos mais recentes (na minha modesta opinião), o Airbus A350-900:

Embarque

O embarque foi feito pelos portões 309 e 310, que davam acesso às portas L2 e L1 do A350-900, respectivamente. Os passageiros da econômica premium têm embarque preferencial, logo após as prioridades por lei e os passageiros da classe executiva (não há primeira classe no A350).

O embarque teve início dez minutos antes do agendado, às 14h15 e ocorreu de maneira organizada.

Cabine

O Airbus A350-900 da Air France conta com três classes de serviço: são 34 assentos na classe executiva (layout 1-2-1); 24 assentos na econômica premium (layout 2-4-2); e 266 lugares na classe econômica (layout 3-3-3), totalizando 324 passageiros.

Pelo mapa acima fica fácil perceber a primeira diferença entre a econômica premium e a econômica comum: espaço. São 8 assentos por fileira, ao invés de 9, permitindo poltronas mais largas (47,7 cm contra 43 cm). Além disso, as fileiras são mais distantes umas das outras, resultando em maior espaço para as pernas (94 cm x 78,7 cm).

Tirei rapidamente uma foto da cabine econômica antes que os assentos fossem ocupados. O esquema com diferentes tons de azul me agradou:

Mas essa espiada quase custou a minha foto da cabine que viajei, pois os passageiros da econômica premium já estavam chegando aos seus lugares. Os assentos são revestidos de tecido azul claro, com encosto de cabeça ajustável em material imitando couro na cor azul marinho, outra bela combinação (o que não combinou foi meu dedo que saiu na foto com a pressa 😂).

Originalmente tinha escolhido o assentos 12L, pois os assentos 10J e 10L estavam bloqueados. Ao chegar no portão de embarque, perguntei se poderia trocar de assento para o 10L e a atendente assentiu, imprimindo um novo cartão de embarque.

Com o 10L livre em cima da hora do voo, calculei que as chances de alguém viajar no meu lado eram pequenas, e de fato ninguém sentou ali. Viajei com bastante espaço e este assento é o que eu recomendo escolher nesta classe e avião. Muito espaço para a perna (mesmo que alguém sentasse ao lado, seria fácil passar para o corredor).

O assento conta com duas tomadas USB (uma no monitor), uma tomada universal e já estavam esperando um travesseiro de plumas com um bom tamanho, uma manta e uma garrafinha de água pequena.

Terminado o embarque o push-back iniciou às 15h06, e a decolagem às 15h20.

Entretenimento

O sistema de entretenimento da Air France conta com mais de 1.400 horas de filmes, séries, música, seção infantil, mapa do voo e o meu predileto: câmeras mostrando o avião em voo (uma na cauda e outra na “barriga” do avião).

A tela é touchscreen, mas você também pode utilizar um controle remoto que fica logo abaixo do descansa braço direito. Na primeira fileira a tela é retrátil e deve ficar guardada em pousos e decolagens. Há outra tela fixa em frente para estes momentos onde a tela retrátil tem que ficar guardada.

Na programação o destaque vai para os filmes e séries francesas, que eu gosto bastante. Mas há opções para agradar todo mundo.

O que eu não esperava era o Wi-Fi a bordo. Sim, eu sabia que o avião era equipado com o sistema, mas não fazia ideia dos preços e velocidade. Para a minha grata surpresa, ela é gratuito durante todo o voo para envio e recebimento de mensagens em aplicativos como Whatsapp e Facebook Messenger e funcionou super bem. Foi excelente poder viajar conversando com amigos e família.

Amenidades

Logo após o avião chegar à altitude de cruzeiro, foram distribuídos os kits de amenidades. Dentro tem tapa olhos e meia, proteção para fone de ouvido, protetor auricular, escova e pasta de dentes. Mas o que brilhou com a necessaire, diferente de qualquer outra que eu já tenha visto, imitando aquelas jaquetas de frio. É sem sombra de dúvidas o kit de amenidades mais bonito que eu já vi na econômica premium.

Também foi distribuído um kit com máscara e álcool em gel que foi a salvação. Eu estava viajando com uma máscara PFF2 bem desconfortável, e as máscaras distribuídas (portanto aprovadas pela Air France) eram muito anatômicas.

Serviço de Bordo

O jantar também não demorou para ser servido. As opções eram risoto de legumes ou frango ensopado com purê de batata (minha escolha). Para acompanhar, pedi um vinho francês, claro!

Achei muito legal os talheres serem de madeira, uma opção mais amigável ao meio ambiente que o plástico. Mas claro que seria ainda melhor se fossem de metal.

A comida estava muito gostosa e a diferença da econômica premium para a econômica é poder escolher antes (o que evita que a sua opção acabe), a entrada  é mais refinada (tinha rosbife, muçarela de búfala e tomates cereja) e a sobremesa que também é um pouco melhor (um tarte tatin). Após o jantar foi oferecido café e cognac.

Àquela altura o cansaço bateu e logo cai no sono (o vinho ajudou, confesso), dormindo por algumas horas. Gostei bastante tanto do travesseiro (por ter enchimento de pena e não espuma) e do edredon (toque macio). O assento tem uma boa reclinação e o encosto para os pés levanta, criando um tobogã, parecido com o que se vê nos ônibus-leito.

Apesar de ser muito mais confortável que o da econômica, acho difícil dormir neste tipo de assento. Com o tempo eu vou escorregando, ficando em posições desconfortáveis e acabo acordando. Talvez pessoas com menos altura sintam menos isso e durmam melhor. Então aproveitei para ver filmes (que saudade de ir ao cinema!).

Faltando duas horas para a chegada, teve início o serviço de café da manhã, que veio numa sacolinha super fofa (Air France caprichou muito nos detalhes). Para beber, chá e café, contrariando minha máxima de não tomar café a bordo (a água que eles usam para fazer o café é a mesma que sai na pia do banheiro (já notou que ela é esbranquiçada?). O gosto nunca é bom, mas eu precisava da cafeína depois da noite quase em claro.

Comissários e equipe de solo

Os franceses tem a fama de serem ranzinzas, mas ela não se confirmou nesse voo. Em solo a equipe brasileira da Air France foi eficaz e cortês. No ar, todas as minhas interações com os comissários de bordo foram boas (e eu não falo quase nada de francês), exceto quando inadvertidamente tentei usar o banheiro que ficava em frente à cabine da econômica premium, sem saber que era exclusivo da classe executiva. Uma comissária viu e me mandou voltar e usar o dos fundos. Mas também não foi nada que estragasse o voo.

Programa de Fidelidade

A Air France, juntamente com a KLM, utiliza o Flying Blue como programa de fidelidade, mas você pode acumular suas milhas em qualquer outra empresa da aliança Skyteam ou no Smiles, que é parceiro da Air France (confira aqui a tabela de acúmulo).

O voo entre São Paulo e Paris permite acumular até 5.829 milhas por trecho ou 11.658 ida e volta.

Conclusão

Após o café da manhã já começamos a nossa descida para Paris, onde o dia estava nascendo, um espetáculo acompanhar lá de cima.

Pousamos antes do horário previsto, às 6h46. Esse, aliás é um ponto fortíssimo desse voo da Air France: os horários são super convenientes. Você chega cedo em Paris e sai tarde (o voo da volta sai pouco depois das 23h), podendo aproveitar tanto o dia da chegada, como o dia da partida.

No geral a experiência de voar na companhia de bandeira da França foi extremamente satisfatória. É perceptível que você está voando em uma companhia aérea francesa. O cuidado com os detalhes, a escolha das cores da cabine, dos materiais dos itens, tudo exala o charme francês. O fato de eu não ter conseguido dormir, não desabona o voo, pois é algo meu e não culpa do assento, que é sim muito confortável. E vamos combinar que chegar a Paris em voo direto, em tempos de pandemia, é um luxo!

Quer saber como como foi a minha passagem pela imigração em Paris? É só clicar neste link, que eu conto como foi toda experiência.

O Melhores Destinos viajou a convite da Air France.

Nota final.

Air France

São Paulo - Paris

Voo 457

9,0
Embarque 8,0
Assento 10
Entretenimento 10
Amenidades 10
Equipe 8
Fidelidade 8,0