logo Melhores Destinos

De Ezeiza a Guarulhos com a Qatar Airways. As melhores 10.000 milhas da minha vida!

Denis Carvalho
Denis Carvalho
23/01/2014 às 9:39

De Ezeiza a Guarulhos com a Qatar Airways. As melhores 10.000 milhas da minha vida!

O advogado Ernesto Lippmann é famoso em todo o Brasil pelas várias obras publicadas na área do Direito e participação constante como fonte nos principais meios de comunicação. No meio de viagens, no entanto, ele é igualmente famoso pelas excelentes dicas de viagem em diversos blogs, em posts que assina como o Pato Econômico. É dele a avaliação que trazemos hoje, aproveitando a promoção global da Qatar Airways, da prestigiada companhia árabe, sempre listada entre as melhores do mundo. Confira seu relato do voo de Buenos Aires a São Paulo e saiba porque voar com a companhia pode ser uma volta ao passado! 

Boeing, Qatar Airways Celebrate 777-300ER Delivery

Para os brasileiros, Buenos Aires é uma noiva maníaco depressiva. A depressão são os tempos de dólar caro, e os picos do relacionamento são os tempos de dólar barato.  E, agora está na hora de aproveitar, especialmente considerando-se a desvalorização do dólar no mercado paralelo, ou blue.

Estive em Buenos Aires, e com o “Dólar Messi” (aquele 10 que ninguém derruba), a cidade está novamente atrativa.  Um táxi raramente passa de cinco dólares. Por menos de 20 dólares por pessoa se saboreia um bife de chorizo com as maravilhosas papas rejias al ajo (batatas fritas furadinhas ao alho, imperdíveis!), suficiente para um casal, acompanhado de um bom vinho, em restaurante como o Arturito, perto do obelisco, ou a Casa Operária, ao lado da Usina de Arte  usinadelarte.org – uma antiga geradora de energia em estilo renascentista italiano que virou uma espécie de Sala São Paulo, e tem um salão de espelhos que dá ótimas fotografias, onde seu filho vai se sentir o homem aranha… E a hospedagem está barata. Por 50 dólares se consegue um hotel do tipo Ibis, no Centro, e na faixa dos 100 dólares, há diversas opções de quatro estrelas.

DSC04893

E um free shop maravilhoso, onde você pode reconverter os pesos comprados entre 9 e 10 pelo cambio oficial de 6, um verdadeiro outlet… Explicando: 100 dólares podem ser convertidos na rua no “blue”, em algo como 900 pesos.  Os mesmos 900 pesos, são convertidos no freeshop pela cotação oficial de 6 pesos, e – tcharam! – viram 150 dólares!. É ilegal? Sim. É  perigoso? Decididamente, não: todos trocam pelo cambio paralelo. É só ir numa loja turística da Calle Florida, perto de uma galeria, e pedir uma indicação de uma casa de cambio, ou “cueva” para os íntimos.

Não recebi notas falsificadas, mas não custa ser esperto e atentar para as fitas de segurança metálica das notas de 100 pesos. O site https://dolarblue.net  dá a cotação diária do peso. E, claro, fique atento com a bolsa e a carteira, a região é famosa pelos seus batedores de carteira.

Mas, este não é um miniguia, é um flight report.  E confesso que voltei no tempo. Lembram-se como era viajar há 20 anos? Nos tempos felizes da Varig, onde o prazer começava no avião, com comida boa, uma tripulação cordial, espaço decente, mesmo na classe econômica?  Este é o voo da Qatar, que você acha com relativa facilidade no Smiles, por 10 mil milhas, bastando clicar nas “companhias parceiras”.

Boeing_777-2DZLR,_Qatar_Airways_JP7258332

O horário também é excelente para a sua volta de Buenos Aires, pois sai às 23h30 permitindo que você aproveite bem seu dia, e chegue rápido ao aeroporto de Ezeiza pois não há congestionamento.  Um táxi custa cerca de 25 dólares, mas se você estiver sozinho por 10 dólares o ônibus executivo é uma boa opção. Sem dúvida nenhuma, foi a melhor classe econômica em que eu voei nos últimos anos.

Check-in e embarque

Apesar do voo estar com uma lotação da ordem de 90%, não havia fila no check-in, e o atendimento foi cordial e com um sorriso, e logo eu estava com o cartão de embarque na mão. Nem sinal daquela monstruosidade dos tempos modernos, os totens de auto atendimento, onde temos que digitar um monte de códigos, o que faz deste lugar o campeão de furtos de bagagens nos aeroportos…

Uma pequena volta no aeroporto, conhecendo o novo projeto de ligação por túnel entre a Argentina e o Chile, uma  volta no free shop, e embarque pontual. 

Conforto

A tripulação recebe com um sorriso, grande parte das comissárias são orientais. A configuração de assentos é 3-3-3,  ao contrário de outras empresas, que usam o 3-4-3 na mesma aeronave tornando o espaço bem agradável, e reduzindo a chance de que você seja escalado para o desagradável assento do meio.

DSC04910

Há um  ótimo espaço para pernas em qualquer poltrona, que são estofadas e confortáveis, sem qualquer sensação de claustrofobia, tão comuns. Em um vago lugar da memória, eu me lembro que as aeromoças (sim isto é o do tempo antigo), começavam o voo oferecendo vários jornais, e toalhinhas refrescantes, como ocorreu neste voo. O fone de ouvido era bem  confortável, semelhante ao fornecido pelas outras empresas em que viajei na executiva…

DSC04905

Avião

A aeronave é um 777-200 ER, muito bem conservada .Todos os anúncios do voo são em árabe, com resumos em inglês. Apenas o safety também é feito em espanhol e português  Ao contrário de algumas companhias americanas, onde a tripulação trata você como um recruta do exército que deve atender às suas ordens, aqui volta-se à cordialidade, educação e requinte dos velhos tempos.

DSC04913

O sistema de entretimento é um espetáculo. Milhares de títulos de música, de todos os gêneros. Vários jogos disponíveis, mas quanto aos filmes, há muito poucos legendados em português, a grande maioria está na versão original e em árabe.

DSC04914

A aeronave, com sky interior, também é muito agradável, ficando lilás na decolagem, e azul durante a noite.

Serviço de bordo

Ao invés de algum sanduíche ressecado, que tal uma carne ao marsala com vegetais, acompanhada de uma mousse de limão?  Continua com fome?  Peça mais uma bandeja que ela será trazida com um sorriso. Desta vez, era um frango ao molho béarnaise, também muito saboroso, a melhor comida de avião que comi nos últimos anos.

DSC04918

Aliás, a política da segunda comida – que pode ser pedida, pois geralmente sempre sobra alguma bandeja vazia – é bastante curiosa: as americanas não servem de jeito nenhum, se há sobra, as brasileiras sempre servem, e nas europeias depende da boa vontade da tripulação.

DSC04919

Há empresas que nem servem mais bebidas alcoólicas. Outras, usam aqueles vagabilíssimos vinhos de tetra pack.  Ali não, o vinho que provei era de ótima qualidade.  As comissárias são simpáticas, e servem novas doses de bebidas a pedido.    

Retorno 

Outra vantagem é a chegada a Guarulhos num horário quase sem voos, o que faz com que inacreditavelmente a imigração e bagagem estejam prontas em menos de 20 minutos depois da saída do avião, um recorde em minhas viagens.  

O único ponto negativo do horário,  é que se você não quiser pegar os caros e geralmente mal educados táxis você vai ter que esperar mais ou menos uma hora e meia até que os ônibus comecem a funcionar.

Conclusão

Em resumo, as melhores 10.000 milhas da minha vida, e uma ótima recomendação para a sua volta de Buenos Aires.

Agradecemos ao Ernesto por esta brilhante colaboração – temos certeza que muitos ficarão com mais vontade de voar com a Qatar ou mais ansiosos com as passagens que acabaram de comprar na promoção da companhia. Já voou com a companhia árabe? Deixe sua opinião nos comentários! Temos certeza que este tema de Buenos Aires e seu dólar paralelo também interessa a muitos, certo? Pode deixar sua dica também sobre a cidade, que está em nosso Guia de Destinos

81 Comentários

  • ótimo report! É bom saber que ainda há companhias que se preocupam com os passageiros e nos remetem aos tempos da saudosa Varig!

    • Bruno says:

      A VARIG foi a primeira coisa que me veio na cabeça, José Maria.
      Bons tempos….

    • Eder Shimizu says:

      Pode acreditar em cada detalhe reportado pelo nosso amigo. Eu também vim no mesmo vôo, e confesso que a única vez que recebi um tratamento parecido foi em aviões da VARIG e JAL, na linha Brasil – Japão nos anos 90.

  • Lucas Faria says:

    Gostei da dica dos dólares! Já fui lá e nunca me atentei… Quanto a segunda refeição, já tive vezes que me ofereceram sem pedir na AA (que de um ano e meio pra cá, ao meu ver, tem melhorado muito!).

  • Parabens pelo post, quando voce troca os dolares por pesos, os 900 pesos viram US$ 150 para usar no freeshop, é só la que tem essa cotação?

    • patoeconomico says:

      Sim, so no Frreshop, e deve ser lembrado que não é cambio, e somente para compra de mercadorias. São um pouco mais caras do em outros lugares, mas pela diferença compensa. Como as coisas mudam na Argentina, quando for, eu sugiro confirmar a informação no free shop do desembaque.

  • Se não me falha a memória, a TAM e a Qatar Airways farão parte da mesma aliança, a OneWorld, a partir de 31 de março de 2014 – quando a brasileira passa a fazer parte do grupo.

    Já sei onde usar meus pontos TAM Fidelidade…

  • Everton Souza says:

    Em outubro tive a sorte de ser remanejado para um voo da Qatar, já que o meu da Turkish estava com overbooking. Foi um sonho aquelas 3 horas de atendimento Qatar. E como o Ernesto disse, o que muito impressiona é a cordialidade das comissárias. Uma delas após o pouso, ainda com o sinal de cintos ligado, saiu do seu assento e foi ajudar uma mãe a acalentar um bebê que chorava. Queria saber o que se passava e se poderia ajudar. Isso depois de ter prestado toda a assistência a mãe durante o voo. Achei a equipe de solo da Qatar também muito bem treinada. Enfim, minha experiência com a Qatar também foi além das expectativas.

    • Bruno says:

      Aeromoça acalentou um bebê ? Estranho

    • Rodrigo Resende says:

      Me diga uma coisa, por favor, Everton: a Turkish te deu alguma compensação pelo overbooking ou não? Essa questão é muito palpitante e vejo poucos debates aqui no site sobre o tema. Creio que poderia ser mais abordado, pois a prática é cada vez mais corrente pelas companhias aéreas, notadamente na alta temporada. Abraço e obrigado. Rodrigo

  • Voar de Qatar é outro nível! Principalmente quando consideramos o serviço da GOL entre SP – BUE, que em 2012 me serviram suco de laranja quente e sanduíche borrachudo de atum, na hora do almoço. E sem opção!

  • Bruno_Feliciano says:

    Realmente, 10000 milhas nesse trecho com a Qatar esta de graça!

  • Bruno says:

    Adoro esse blog, mas ele ultimamente anda num "caso de amor" com a Qatar… umas promoções bem mais ou menos sendo colocadas como "imperdíveis" … R$ 2.000 para a Europa é barato, mas longe de ser "imperdível …

    • Bruno, quando dissemos que passagem para Europa por esse preço é imperdível? Não está confundindo com Austrália? Essa sim estava imperdível! Para Barcelona estava por pouco mais de R$ 1.400!

      • Ana Cristina says:

        Uma passagem pra Europa pela Qatar por 1800 reais com taxas incluídas, do jeito que teve nessa promoção, pode até ser imperdível sim, se a gente for comparar com KLM, Air France e Lufthansa que estavam, nos mesmos dias da promoção global da Qatar, cobrando 2300 reais. Sem falar que o conceito de "imperdível" tem também a ver com o momento ($$$ no bolso, período de férias…) de quem tá comprando… o que pro Bruno foi motivo de crítica pra mim é motivo de felicidade!

    • Julia says:

      Pois eu estou achando ótimo. Também estou em um caso de amor com a Qatar, já que graças a ela vou poder visitar família em Perth pela metade do preço que geralmente pago, não achei que a promoção foi "bem mais ou menos" não.

    • Karla says:

      Achei por 1400 pra Madri…. Foi realmente Imperdível….

  • Leonam says:

    A conversão de pesos/dolares pode ser utilizada no duty free de Puerto Iguazu tb, fronteira com Foz do Iguaçu. Fiz isso semana passada, troquei reais por pesos em uma casa de cambio em Foz por R$ 0.26 e no free shop a cotação peso/dolar estava em 6,89, ou seja acabei pagando R$ 1,79 no dolar, nas compras no duty free.
    Vale muito a pena para compras de perfumes e bebidas, principalmente.

  • re178 says:

    Até Maio eu fico só na ansiedade, já que vou voar com eles até Madri com conexão em Doha (ida e volta dá mais de 40 horas de voo).

    Obs: escreveram que a aeronave era um Boeing 777-200 ER, na verdade, era um 777-200 LR, que possui um alcance maior. O -ER a Qatar nem possui, além de ele não ter autonomia para um voo de SP para Doha.

  • Valter says:

    Inacreditável alguém achar que partir às 23:30h de Ezeiza e chegar de madrugada em Guarulhos é um "horário excelente".

    • Pra mim é um horário excelente.

    • patoeconomico says:

      Valter

      Sinceramente acho bem melhor do que chegar as 5 ou 6 horas e fazer 1 hora e meia de fila na imigração, como tem acontecido, sem contar que se aproveita muito bem o útlimo dia em Buenos Aires sem pagar hotel, e de que a ida para o aeroporto ´lá tambem é feita numa hora de pouco transito.

    • Guilherme Linux says:

      Justamente Valter. São apenas 3 horas de viagem. E por 3 horas eu não troco chegar durante o dia no Rio por chegar de madrugada. Em lugar nenhum do mundo eu acho madrugada melhor de chegar em alguma cidade(antes que o pessoal que tem complexo de vira-lata venha falar mal do Brasil).

  • Carolina says:

    Acabei de voltar da China com a Qatar, e é realmente maravilhosa. Os voos foram tão bons, e a aeronave tão confortável, que nao senti as 24 horas de voo, cheguei inteira no destino. Na escala em Doha há uma sala vip com refeiçoes e espaços para deitar, e o que poucos sabem, liberada para quem tiver Diners.
    Recomendo a todos

    • BR Travellleerrr says:

      Carolina, a rede de salas vip do Diners é imensa e consta no site internacional como Vip Lounges. Tenho usado direto mundo afora e na média são muito boas.(Angelo Gonçalves)

  • William says:

    A única questão que me preocupa é que não deveremos mais emitir milhas Smiles voando Qatar em um futuro breve.

    Se a TAM está indo pra OneWorld junto com a Qatar. Dificilmente essa parceria com a GOL continuará. 🙁

    Quem virá ? Emirates ? Dedos cruzados.

  • Larissa says:

    Que publicação interessante! Não imaginava que era possível ir para BUE com a Qatar com milhas Smiles!

    Mas a Gol também faz voos para BUE, correto?

    Isso não causa algum tipo de problema?

    • patoeconomico says:

      Não, nenhum problema, é uma escolha do cliente. As vezes há alguma promoção para Buenos com a Gol por 6 ou 7 mil milhas, e não há com a Quatar. Mas, a diferença entre os serviços, a meu ver, compnesa.

  • Carozza says:

    Onde podemos conseguir passagens por 10.000????? Qual o segredo?!!! 😀

  • santhiagosnet says:

    Dá pra ser espertinho e se quiser conhecer, pode comprar a ida com 10k Qatar e nas promos destino surpresa com milhas reduzidos voltar de gol com 5k. todo mes sai bue, montevideo, santiago, cordoba, é claro que é melhor ir e voltar de Qatar mas assim economiza um pouco de milhas e conhece o serviço da Qatar

  • JMR says:

    Valeu pelo post Ernesto! Estou ansioso por esse vôo… emiti VIX > EZE para o período de 01 a 04/05 (em pleno feriado!!!) por 15.000 milhas na Executiva da Qatar – deve ser TOP!!!

  • Ivan says:

    Só tenho a falar…mal da Qatar.

    Dia 20 anunciaram promoção por USD 870 para Melbourne.

    Pois bem, 11:00 da manhã do mesmo dia iniciei minha saga.

    Buscava QUALQUER voo que saísse em fevereiro, março ou abril e voltasse em março, abril ou maio.

    Vejam bem, comecei minha busca poucas horas após a promoção ser anunciada pela Qatar e 05 minutos após ser anunciada pelo MD.

    Nâo achei NENHUM vôo de volta pelo preço anunciado, NENHUM.

    Entrei em contato pelo 0-800 da Qatar, pelo Setor de Reservas e pela loja no Aeroporto.

    A resposta?

    Continue pesquisando..kkkkk

    Lamentável.

    • Ivan says:

      Fora que no mesmo dia enviei dois emails para a Qatar e adivinhem. Nenhuma resposta.

      • re178 says:

        Pois é, enviei um e-mail para eles faz dias e a única "resposta" (porque era um e-mail automático): Sua solicitação será atendida na ordem em que foi recebida. Será que existem milhões de e-mails enviados para a Qatar?

        • patoeconomico says:

          Imprima a tela com a oferta, se for do site, ou do email, faça a pesquisa, numa hora bem próxima ao recebimento do email, ou da pesquisa no site onde esta marcada a oferta. Repita este procedimento de perguntar quais sao as datas disponiveis por e mail e se não conseguir, faça um pedido no juizado de pequenas causas, com a impressão do site e dos seus e mails,pois a propaganda ou o anuncio obriga a empresa, nos termos do Codigo de Defesa do Consumidor, desde que a oferta venha de de um site oficial da empresa. O MD não é site oficial da empresa, e assim não serve para este fim, em termis juridicos.

  • Boa! Dia 15 de abril embarco para lá pela Qatar, mas paguei 500 reais na passagem. Mesmo preço da Turkish, que também é ótima.

  • Rafael says:

    Em frenta a Zara na Florida tem um prédio com uma agência de turismo troquei la na semana passada por 4,10 o real , 10,50 o dólar , super tranquilo.

  • Ricardo says:

    Viajei de British Airways para Londres e nível foi espetacular, bem parecido com o relato desse post.

  • Rabugento says:

    Estou pensando aqui que a Qatar tem menos reclamações que a Emirates. Estou certo?

  • William says:

    Fantástico seu post , ainda não tive o prazer de desfrutar do conforto das companhias árabes , só de olhar as fotos do jantar não lanchino a qual estamos habituado por aqui me deu aquela água na boca kkkk. Estou com planos de agosto continuar uma trip que se inicia la em Buenos Aires graças a esse câmbio blue em agosto passado com 2000 fiz 5 cidades mais 5 dias de esqui em Bariloche e Mendoza

    • Ernesto says:

      Considere a Cidade de Salta e Região, são espetaculares, ou uma pouco conhecida pelos Brasileiros. De lá voce pode seguir para San Martin de Los Andes, uma Bariloche mais selvgem, com o parque Lanin e seus vulcões. Vale a pena alugarum carro. `Pegue outro avião e vá curtir a Peninsula Valdez, a partir de Trelw, com seus leões marinhos e planices espetaculares. É claro que Ushuahia também é bonito, e se voce quiser conhecer um pouco de um roteiro popular entre os Argentinos, tente as sierras de Cordoba. Mendoza e região também são espetaculares para quem curte vinhos.

  • fabio says:

    Esse negócio de segunda comida deve ser coisa de brasileiro mesmo…

  • De fato é impossivel nao gostar de uma viagem a Buenos Aires, recentemente fui pela Turkish (promocao de ida e volta por US$ 69,99) e ela tambem ofereceu e excelente servico de bordo. Na verdade fiquei até assustado pelo nivel de conforto dos avioes e pela presteza dos funcionarios.

    As companhias estao cada vez se empenhando mais para um bom voo…

  • A Qatar pode até ser boa, mas a Turkish não é nada do que disseram..
    Os filmes que achei interessante tinham legendas apenas em turco (coladas), e a refeição, ao meu ver, era muito pequena. Pra mim de forma alguma justificaria a diferença de preço entre uma Gol, por exemplo, além de ter chegado por Ezeiza e ter de pagar uma nota de táxi, pois o vôo além de tudo chega tarde da noite, inibindo de pegar ônibus. Ah, na volta, no mesmo avião, o sistema de entretenimento simplesmente não funcionava.

    Para Buenos Aires, eu ainda acho que é mais vantagem ir ou pela Gol ou pela TAM e chegar por Aeroparque.

    • Valdeir says:

      Concordo em relação a Turkish. Voei de EZE para GRU na executiva, em setembro passado, voltando da áfrica do Sul, e não achei nada de excepcional a comida, o serviço e a poltrona (A340). Definitivamente não correspondeu ao que eu já tinha ouvido falar desta cia. Gostei MUITO mais da executiva da South Africa, em todos os quesitos. Quanto a Qatar, farei meu primeiro voo nela em outubro próximo para Male. Não vejo a hora. Foram 75K de Smiles na executiva.

    • waldemar Rolim says:

      jÁ VIAJEI PELA AS 2 COMPANHIAS EM VOOS PARA CHINA, POSSO AFIRMAR O NIVEL DA QATAR É BEM SUPERIOR, NÃO TEM COMPARAÇÃO.

  • Heloisa says:

    Estive em Buenos Aires em dezembro/2013 e não achei nada barato lá, considerando apenas o básico para sobrevivência: comida e bebida, bem mais cara que no Brasil e apenas a carne realmente é diferente e muito macia, o tempero argentino não é muito caprichado.
    Levei apenas R$, talvez só valha a pena em dólares, para quem já os possui, pois para comprar na atual cotação do Brasil não compensa.

    • patoeconomico says:

      Heloisa, Buenos está caro no cambio official, e barato no paralelo,sejam reais ou dolares. O que não vale a pena é usar cartão, pois ai voce sera cotada pelo cambio official que é desvantajoso.

      • Heloisa says:

        Sim, pra quem está acostumado a ir a Buenos Aires o cambio paralelo é uma opção boa. Como era minha primeira vez, só trocaria dinheiro em alguns restaurantes mais apresentáveis, a diferença era de 0,45 em relação ao cambio do banco de La Nacion.
        Fazer cambio na rua Florida eu não faria pois fiquei sabendo de assaltos por lá.
        Usei o Cartão da Confidence, que na época tinha o IOF de 0,38% e levei reais em espécie que troquei por lá, no banco de la nacion, achei mais confiável.

        • patoeconomico says:

          Heloisa

          Hoje em dia não se deve o usar o cartão de debito, pois a cotação será feita pelo oficial, e é bem desvantajoso. Hoje o oficial está a 8 pesos por dólar, e o paralelo a 13.

          Quanto aos assaltos, a mão armada, são extremanete raros. O que é comum é o furto de bolsas, assim convem andar sem bolsas, e colocar seu dinheiro numa money blet. Deixe seu passaporte ou identidade no hotel, e ande com uma cópia plastificada.

  • Caroline says:

    Por gentileza, gostaria de maiores esclarecimentos, pois sou leiga no assunto. Mas para obter melhor aproveitamento da moeda no free, é melhor levar dólar ou real, e trocar antes na casa de câmbio por peso?. Vi comentários da troca de dólares e troca de reais… Qual é vantajoso? Comprar dólar aqui para trocar lá, ou levar real, e trocar por peso antes de comprar no free?

    • patoeconomico says:

      Caroline, e ligieramente mais vantajoso, uns 5 a 10% levar dolares. Troque os dolares no paralelo, no centro na calle Florida, e não no aeroporto. Só não use o cartão de debito ou credito, pois ai voce sera cotada pelo cambio official que é desvantajoso.

      Use a sobra de seus pesos no free shop, mas confira no desembarque se eles ainda estao aceitando pesos na cotação official, pode ser que isto mude.

  • CibiFabi says:

    Pato Econômico, esse post foi nota 10! Estou na expectativa de um dia conferir as “mordomias” da Qatar…como nos velhos tempos da nossa saudosa Varig!

  • Elisama says:

    Concordo absolutamente com tudo que foi descrito sobre a Qatar, fui à Buenos Aires também viajando com eles, pegamos uma rota devido a uma terrível turbulência, que atrasou o nosso pouso em 10 minutos, logo, não tivemos autorização para pousar em Ezeiza (Buenos Aires) e fomos para Montevidéu, aguardar liberação da pista para retornarmos à Buenos Aires. Ficamos 1 hora aguardando e o serviço de bordo foi simplesmente implacável, em todas as nossas solicitações fomos prontamente atendidas. Eu estava com minha filha, eles tiveram um zelo extremo com ela. Sem contar com a experiência do piloto, em desviar a rota e a maneira com a qual nos tranquilizava, deixando-nos cientes de tudo, e, indescritivelmente calmos. ADOREI, recomendo a companhia à todos, estamos só aguardando as próximas férias.

  • camila says:

    Ernesto me deixou com ganas de volver, por supuesto de Qatar! !! otimo relato!

  • Izabel says:

    Obrigada pelo excelente post, Ernesto.
    Que saudade de Buenos Aires, da iluminação, do céu, das caminhadas, dos parques de lavanda, hum e da carne acompanhada com ótimos vinhos.
    Agora, com essas informações que pra mim são novidade, dá pra pensar em voltar.

  • RABUGENTO says:

    Segunda feira próxima (27/01) novas mudanças no câmbio da Argentina.

    Estão bem confusos…

  • Felipe Meyer says:

    Eu não recomendo de forma alguma essa Qatar.

    Fiz uma reserva com eles, tudo certinho, recebi a confirmação de voo, marquei até assentos.

    De repente me mandam um e-mail cancelando tudo falando que encontraram inconsistências na minha compra.

    Não deram nenhum motivo real pro cancelamento, o único motivo que vi foi que aumentaram os preços da volta e com certeza não quiseram bancar esse valor pra mim.

    Já cobraram no meu cartão e estou demorando muito pra estornar.

    Acabei reservando pela TAM, que nunca tive problemas.

    Qatar NUNCA MAIS!

    Devo entrar inclusive com um processo contra eles, completo DESCASO com o consumidor.

    Fora que falar no atendimento deles (que só existe no DDD 11) é um PARTO, demoram mais de MEIA HORA pra atender o telefone. O SAC deles então, não serve pra nada! E-mail não respondem!

    Fujam desta empresa!

    • patoeconomico says:

      Parece que a Qatar no Brasil precisa melhorar bastante o atendimento telefonico ao consumidor. Peça uma declaração de seu cartão de que do lado do cartão a transação estava em ordem, ou junte as faturas pagas, e peça a devoluço em dobro dos valores cobrados no juizado especial !

    • Fernanda says:

      Concordo. A Qatar deve ser ótima cia a bordo. Se você não precisar falar com eles para nada, perfeito. Precisou de informação, quer fazer troca? Acabou o caso de amor.

      • patoeconomico says:

        Muito curioso, parece que eles precisam realmente melhorar os serviços de atendimento ao consumidor. O excelente atendimento a bordo parece não se refletir nos escritórios e no contato por email

  • Daltro says:

    Em fev/2013 viajei a Cingapura (GRU/Doha/Cingapura) pela Qatar. Aproveitei a promocao da semana e comprei dois voos ida/volta para Cingapura novamente. Por casualidade, me dei conta depois da compra, no periodo que estarei naquela cidade/estado acontecerá o GP de F1. Este voo é o mais longo que eu já fiz, mas como escreveu o Ernesto a Qatar, seus avioes e tripulaçao torna a vigem "um passeio". É uma excelente Cia. O problema de uma viagem de Cingapura a SP (GRU) é sair de um aeroporto nota 1000 e entrar numa espelunca.

  • Wlad Cruz says:

    A Qatar é a melhor empresa aérea que voe, simplesmente isso, há, o vinho é em garrafinha e francês, precisa dizer mais….

  • Oswaldo Frassato says:

    Bem melhor que a Turkish Airlines (EZE-GRU)

  • Danilo says:

    Texto muito bem escrito! Só não concordei com relação às tripulações americanas tratarem os passageiros “como recrutas”… Todos sabemos que passageiro brasileiro só perde em chatice pra passageiro argentino, logo, cordialidade é entendido como libertinagem… Ponto positivo na American Airlines: não se ouve uma chamada num voo pra Dallas, totalmente diferente de um voo da tam onde os pobres tripulantes são azucrinados o voo inteiro pelos “recrutas” que enchem o saco deles!!!

  • Wagner says:

    que saudades da Varig

  • livia says:

    você teve de fazer conexçoes?

  • Gutemberg Bernardes says:

    só uma informação… pela tam e gol sei que vou de sp a buenos aires apenas com RG. com a qatar também? ou por ser empresa arabe vou precisar de passaporte?

  • Durval Marcos Dacol says:

    Lembro do vôo da Varig para Lisboa. Garras de caranguejo com salada russa e vinho branco gelado. Bons tempos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *