logo Melhores Destinos

Programa Amigo aumenta valores de regates de voos Star Alliance com pontos!

Leonardo Cassol
18/10/2018 às 15:35

Programa Amigo aumenta valores de regates de voos Star Alliance com pontos!

O programa Amigo da Avianca Brasil implementou hoje preços dinâmicos para o resgate de passagens aéreas usando pontos para voos das companhias parcerias da Star Alliance, como United, TAP, Lufthansa, Turkish, Air Canada, Copa, entre outras. E as notícias não são boas! Confira as principais mudanças, lembrando que, segundo o Amigo, os voos nacionais e internacionais da Avianca Brasil não sofreram alteração, pois já tinham preço dinâmico.

O que mudou nos resgates de voos Star Alliance com pontos do Programa Amigo

Os valores em pontos necessário para resgate de voos das companhias membro da Star Alliance agora possuem maior variação, dependendo da origem, do destino e, eventualmente, do itinerário. Em síntese, alguns resgates de trechos internos dentro dos Estados Unidos e da Europa, ou do Brasil para cidades mais próximas dos Estados Unidos e da Europa tiveram uma redução de valor. Por outro lado, muitos outros trechos subiram de preço, como veremos a seguir.

No modelo antigo, os preços eram definidos por essa tabela.

Tabela de resgates antiga

Vale destacar que quando o Amigo anunciou a mudança, ela tinha indicado que o modelo seguiria uma lógica de distância voada, mas na prática isso só se aplica em determinados trechos, não sendo uma regra geral.

Estados Unidos e Canadá

Nos voos entre o Brasil e os Estados Unidos ou Canadá, os aumentos foram bem grandes, tanto em classe econômica, como em executiva. Os trechos internos também sofreram aumentos, em geral. Confira alguns exemplos.

Chicago (United) 

Em classe econômica, um trecho entre São Paulo e Chicago subiu de 35.000 pontos para 60.000 pontos. Já em classe executiva, o aumento foi bem grande, de 70.000 pontos para 120.000 pontos o trecho.

Los Angeles

Em classe econômica, um trecho entre São Paulo e Los Angeles subiu de 35.000 pontos para 55.000 pontos.

Toronto

Em classe econômica, um trecho entre São Paulo e Toronto subiu de 35.000 pontos para 60.000 pontos.

Trechos internos nos Estados Unidos

Em geral ficaram mais caros. Um voo entre Chicago e Nova York que custava 12.500 pontos subiu para 15.000 pontos. Já um voo entre Nova York e Los Angeles, que saía antes por 12.500 pontos subiu para 30.000 pontos, um aumento e tanto!

Europa

Alguns trechos não mudaram de preço, outros subiram um pouco. Na classe executiva o aumento foi bem maior. No anúncio da mudança o Amigo tinha dado a entender que por ter uma distância menor um voo do Nordeste para a Europa poderia custar menos que saindo de São Paulo, mas isso não aconteceu. Agora, quem mora em cidades que não possuem voos diretos das parceiras, o sistema passou a adicionar o custo do trecho interno da Avianca Brasil no trecho da parceira.

Já os voos dentro da Europa caíram de preço, no geral. Confira!

Lisboa

Não mudou de valor. Era 50.000 pontos o trecho e continua o mesmo valor, seja saindo de São Paulo ou de Fortaleza.

Madri

Aumentou de 50.000 pontos para 60.000 pontos o trecho entre São Paulo e Madri.

Frankfurt

Aumentou de 50.000 pontos para 60.000 pontos o trecho entre São Paulo e Frankfurt em classe econômica. Já em executiva, acreditem, subiu de 80.000 pontos para 180.000 pontos o trecho!!!

Trechos internos

Um voo de Lisboa para Moscou continua custando 25.000 pontos. Porém, um trecho entre Frankfurt e Munique, dentro da Alemanha, baixou de 25.000 pontos para 15.000 pontos. O engraçado é que de Frankfurt para Paris, uma distância maior, o valor ficou em 10.000 pontos. Não deu pra entender a lógica, nesse caso.

Oriente Médio

Dubai

Aumentou bastante, de 50.000 pontos para 80.000 pontos o trecho.

Japão

Tókyo

Curiosamente, os voos para o Japão diminuíram de preço. Antes encontramos por 125.000 pontos e agora por 115.000 pontos.

África do Sul

Joanesburgo

Os voos do Brasil para Joanesburgo aumentaram de 40.000 pontos para 50.000 pontos o trecho.

——-

Vale destacar que os preços agora são dinâmicos, não seguem mais nenhum tabela e, por isso, podem mudar.

Embora tenha avisado com antecedência, era impossível saber o impacto da mudança até hoje. E encontramos aumentos expressivos em muitos trechos, que de longe não foram compensados pelas reduções em determinadas rotas. Certamente a mudança vai decepcionar a maioria dos clientes, o que é uma pena, já que o Amigo caminhava para se tornar uma potência com toda a malha da Star Alliance disponível para resgate online.

E vocês, o que acharam? Quais trechos sentiram maior diferença nos preços? Comente e participe!

Não perca nenhuma oportunidade!

ícone newsletter E-mail diário com promoções Receba as ofertas mais quentes no seu e-mail
Baixe grátis o nosso app Seja notificado sempre que surgir uma promoção