logo Melhores Destinos

17 erros frequentes na hora de alugar um carro e como evitá-los

Rafael Castilho
Rafael Castilho
13/01/2021 às 9:50

17 erros frequentes na hora de alugar um carro e como evitá-los

A decisão de alugar um carro durante uma viagem requer algum planejamento e pesquisa. Você tem certeza que precisará do veículo? Sabe todos os custos que isso representa? Onde vai estacionar? Qual será a logística da devolução do veículo? Mesmo com um bom plano de viagem, muitos condutores cometem equívocos ao alugar um carro. Listamos os 17 erros mais frequentes com dicas para não cair em furadas…

Erros na hora de alugar um carro:

1. Condutor principal ter menos de 25 anos

É claro que não temos muito o que fazer com a idade do condutor. A nossa idade faz parte da vida. Entretanto, jovem menor de 25 anos paga mais pela locação de um veículo. Todas as empresas de aluguel de carro cobram uma taxa de “menor condutor” que, em alguns casos, pode chegar a US$ 35 por dia de locação. Algumas podem até recusar esse tipo de cliente. Então se estiver viajando em grupo ou família fique atento e sempre que possível coloque os motoristas mais jovens como extra, se for o caso.

2.  Adicionar ou não condutores extras

Muitas vezes os trajetos a serem percorridos durante a viagem serão longos. Nada melhor do que a dividir a direção, certo? Errado. Quanto mais condutores, mais caro poderá sair a locação do veículo. Algumas locadoras oferecem inclusão de condutor adicional grátis, tenha isso em mente quando fizer sua reserva.

Por outro lado, dividir o volante com alguém não cadastrado formalmente no contrato de locação pode render muita dor de cabeça em caso de acidentes ou problemas, incluindo a perda do seguro do veículo e até responsabilização civil e criminal. Não vale a pena correr o risco!

economia aluguel de carro

3. Alugar carro sem cartão de crédito

Você faz a reserva do carro online ou por telefone, mas na hora da retirada do veículo não apresenta um cartão de crédito no nome do principal condutor. Esqueça, você não conseguirá sair com o veículo. O cartão de crédito no nome do locatário é item obrigatório mesmo que a locação tenha sido paga antecipadamente. O cartão de crédito é solicitado pela locadora como uma garantia para eventuais cobranças extras no momento da devolução do veículo.

4. Alugar carro sem limite no cartão de crédito

Assim como ter um cartão de crédito é obrigatório, um bom limite no cartão também é. Todas as locadoras fazem pré-autorização no seu cartão para cobrir franquias, pedágios e outras possíveis cobranças extras. Este valor pode superar facilmente os R$ 2 mil, principalmente em viagens para o exterior.

Conheça o nosso ranking de cartões de crédito. Ali você encontrará os detalhes de pontuação de milhas e benefícios.

5. CNH vencida

Você faz tudo certo na hora de alugar um carro. Planeja a viagem, pesquisas preços, tem cartão de crédito com bom limite, mas no fim esquece de verificar a data de validade da Carteira Nacional de Habilitação. Que desastre! A locadora não autorizará o aluguel e você ficará sem carro. Não esqueça de verificar a sua CNH que deve estar válida para todo o período do aluguel.

6. Alugar carro no aeroporto

Muitas vezes não temos como evitar. Mas acredite, alugar carro no aeroporto quase sempre é mais caro do que no centro da cidade nas viagens ao exterior. Na maioria dos casos há taxas extras cobradas por veículos em aeroportos. Além disto, o tempo de atendimento nas lojas em terminais normalmente é maior do que em outros locais devido ao alto movimento.

Para viagens no Brasil, a regra é diferente e as locações em aeroportos tendem a ser mais em conta, devido à concorrência entre as locadoras no local. Vale a pena pesquisar o preço e também o sistema de entrega dos carros – é comum algumas locadoras mais baratas exigirem que os motoristas tenham que esperar por uma van para chegar até uma garagem fora do aeroporto, onde finalmente poderá o carro – o que é demorado e cansativo!

7. Alugar carro com quilometragem controlada

Imagina você programar uma viagem na qual utilizará bastante o carro. A sua ideia é rodar vários quilômetros por muitas estradas. Só que na hora de alugar o veículo cometeu um erro: alugou com a quilometragem controlada. Que desastre! Esse tipo de reserva costuma ser bem mais barata, mas pode lhe trazer uma surpresa bem desagradável no momento da devolução. Se você pretende viajar para outras cidades, opte sempre pela quilometragem ilimitada.

8. Alugar carros sem cancelamento gratuito

É sempre muito importante planejar uma viagem, principalmente se o destino é no exterior com antecedência e atenção. Infelizmente os contratempos acontecem e muitas vezes somos obrigados a alterar datas e até cancelar nossos planos de viagem. Imagina se você fez uma reserva não reembolsável ou com uma taxa de cancelamento muito alta. Caso faça o pagamento antecipado, fique de olho na política de cancelamento da reserva.

9. Não ler o contrato

Os contratos de locação são geralmente longos e impressos em letras pequenas. Mas jamais assine sem ler! Não cometa este erro ao alugar o veículo. Esteja ciente de todas as cláusulas do acordo e tire eventuais dúvidas antes de assinar e se comprometer com todos os itens descritos. Veja os detalhes dos limites de cobertura, regras da locação, limitações e orientações de uso do veículo.

10. Não vistoriar o carro alugado

Você está com pressa, o atendimento na locadora demorou, viaja com crianças e na hora de retirar o carro esquece de fazer aquela importante vistoria. Que furada! Antes de sair do pátio da locadora verifique, muito bem, as condições do veículo. Fique de olho em cada risco e marcas no carro. Veja se o estepe, macaco e chaves de roda estão no veículo. Se algum destes itens tiver problema e não for relatado na hora da retirada, o locatário terá que arcar com o reparo.

economia aluguel de carro

11. Não reservar e nem levar a cadeirinha da criança

A cadeirinha é item obrigatório, além de trazer muito mais segurança para a viagem de seu filho. Entretanto, você chegou na locadora e o acessório não está disponível. Além de possível multa de trânsito, andar sem cadeirinha representa muito risco. Então reserve sempre antes ou traga de casa a sua para economizar no aluguel!

12. Sair sem GPS

Logo na primeira saída do pátio da locadora você acaba se perdendo. Não sabe se vira para esquerda ou para direita. Quem nunca passou por este erro comum na locação de um carro. Com a tecnologia, hoje é item obrigatório você ter GPS que pode ser alugado, embutido no computador de bordo do carro ou no seu próprio celular. Lembre-se sempre de baixar o Google Maps Offline com antecedência caso chegue ao destino sem conexão.

13. Alugar o veículo sem seguros

Confesso: sou daqueles que já retiraram diversos veículos em locadoras sem nenhum seguro. Mas depois de um acidente, nunca mais cometo este erro no aluguel de carro. Pode ser o da locadora ou oferecido pela bandeira do seu cartão de crédito. Nunca cometa este erro. O custo pode ser altíssimo.

Veja aqui os detalhes das coberturas nas bandeiras Visa, Elo e Mastercard.

economia aluguel de carro

14. Aceitar seguros sem conhecê-los

Quantas vezes você concordou ou disse YES para perguntas não entendidas durante o processo de locação de veículo no exterior? Muitas locadoras se aproveitam do seu cansaço ou da barreira idiomática para empurrar seguros e taxas inexistentes. Então, para não cometer este erro e aceitar seguros caros, pesquise antes os tipos oferecidos pela locadora e veja qual se enquadra mais no seu perfil. Os seguros mais básicos e àqueles que têm coberturas a danos em terceiros são muito bem vindos ao realizar uma locação, pois eles oferecem uma segurança a mais para um período em que você pretende se preocupar com outras coisas.

Os melhores seguros de viagem na avaliação dos viajantes!

15. Gasolina, Álcool ou Diesel

Se informe antes de deixar a locadora qual é o combustível do seu veículo. Não caia no erro de abastecer o veículo com o combustível errado. Isto pode causar sérios danos ao carro e custos extras para o cliente.

16. Devolver o carro com tanque vazio

Você pega o carro com o tanque cheio, mas na hora de devolver esquece de abastecer. Que prejuízo! A locadora cobrará este combustível faltante e o valor será bem alto do que o cobrado normalmente nos postos de gasolina. Algumas locadoras oferecem o serviço de tanque pré-pago que pode ser vantajoso caso você devolva o veículo com o tanque quase vazio. No entanto, caso você opte por abastecer antes de devolver, terá que pagar pelo tanque pré-pago da mesma forma, então tenha atenção!

17. Sinalização e leis

Um erro comum durante o aluguel de veículos no exterior é não conhecer as regras de trânsito do país. A maioria delas é universal, mas algumas mudam. Respeite os limites de velocidade e o outro motorista. Nunca beba ao dirigir, isto pode dar cadeia em diversos países.

Sabemos que os erros são comuns em qualquer viagem, mesmo naquelas bem planejadas. Diariamente lidamos com mudanças de planos e, claro, esquecemos alguns detalhes que podem provocar erros e acarretar custos extras. Então fique atento para não cometê-los e aproveite para ler o nosso guia para economizar e não cair em roubadas durante sua viagem com carro alugado.

E você, já cometeu algum erro na hora de alugar um carro? Tem mais dicas? Participe nos comentários!