Grupo Air France-KLM vai reduzir oferta de voos em até 90%

Thayana Alvarenga
16/03/2020  ·  16:1316 · mar · 2020  ·  16:13

Grupo Air France-KLM vai reduzir oferta de voos em até 90%

O grupo Air France-KLM anunciou algumas mudanças significativas em suas operações devido aos impactos do coronavírus. A empresa vai reduzir sua oferta de voos de Amsterdã e de Paris, onde estão seus hubs, em até 90% pelo menos durante dois meses. Segundo a empresa, a atual situação devido à pandemia tem afetado diretamente na demanda, resultando em uma queda no tráfego e nas vendas das passagens nas últimas semanas.

Com a diminuição dos voos, a Air France terá de deixar em solo a sua frota de Airbus A380, e a KLM a sua frota de Boeing 747. Para garantir o fluxo de caixa, o grupo tomou algumas medidas importantes como análise do plano de investimentos e medidas adicionais de economia.

O grupo estima que a queda nas receitas do negócio de passageiros resultante da redução de capacidade será compensada em cerca de 50% pela queda nos custos variáveis ​​antes das medidas de economia. A nota do grupo Air France-KLM diz ainda que “os governos francês e holandês indicaram que estavam estudando todos os meios possíveis para apoiar o grupo”, completando dizendo que o momento é “extremamente difícil”.

O coronavírus (COVID-19) tem continuado a se espalhar nos últimos dias, levando muitos países a tomar medidas cada vez mais rigorosas na tentativa de diminuir a taxa de propagação da doença. Alguns países impuseram restrições ao movimento de viajantes da França, Holanda ou mais amplamente da Europa. Na França, a transição para uma emergência de saúde pública de nível 3 exige o fechamento de todos os serviços não essenciais desde o último final de semana.