Companhias aéreas pedem 1.523 voos extras para a Copa do Mundo

Denis Carvalho 8 · janeiro · 2014

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) recebeu 1.523 pedidos de voos extras das companhias aéreas para atender a demanda da Copa do Mundo, no período de 6 de junho a 20 de julho. As solicitações estão sendo analisados e o resultado será divulgado pela agência na semana que vem, no dia 15 de janeiro.

De acordo com a agência, os pedidos estão sendo analisados com base em critérios como a capacidade de cada aeroporto e os voos já operados. A partir da liberação da Anac, as empresas poderão iniciar a venda dos bilhetes. 

Segundo informou a Anac, as cinco rotas mais solicitadas pelas empresas aéreas foram de Brasília para Guarulhos, do Rio de Janeiro a Buenos Aires, do Rio de Janeiro a Campinas, de Fortaleza a Guarulhos e de Salvador a Guarulhos.

As empresas poderão pedir novamente voos adicionais a partir de 24 de junho, para atender os passageiros na segunda fase do Mundial. As solicitações serão feitas após o resultado da primeira fase da Copa, já que a demanda por transporte aéreo será influenciada pelo tamanho da torcida das seleções que seguirão no campeonato.

Para atender à demanda durante a Copa, as empresas aéreas poderão, excepcionalmente,  alterar voos com 24 horas de antecedência. As companhias, porém, continuam obrigadas a comunicar os passageiros sobre as mudanças e a prestar assistência de acordo com a resolução 141 da Anac, que estabelece os direitos dos passageiros em caso de atrasos e cancelamentos.

 Cidades com mais assentos solicitados 

1)    Cuiabá (48%)
2)    Campinas (41,6%)
3)    Guarulhos (36,5%)
4)    Natal (27,5%)
5)    Fortaleza (17,8%)
6)    Salvador (14%)
7)    Recife (13%)
8)    Galeão (13%)

 

As cinco rotas mais pedidas pelas companhias 

1) De Brasília para Guarulhos;
2) Do Rio de Janeiro para Buenos Aires;
3) Do Rio de Janeiro para Campinas;
4) De Fortaleza para Guarulhos, e
5) De Salvador para Guarulhos.

E ai? Já decidiu o que vai fazer durante a Copa? Viajar pelo Brasil, para o exterior ou ficar em casa? Não deixe de participar de nossa pesquisa!

Com informações da Anac

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • re178

    A Tam tem que aumentar as cidades atendidas por ela aqui em Cuiabá. Só SP e Brasília não dá!!!

  • Paulo Almeida

    Tem que abrir o mercado interno pras empresas gringas. Aí sim vai haver concorrência de verdade, e consequentemente os preços cairão. Enquanto tiver na mão de meia dúzia eles vão fazer o que quiserem. Majoram os preços e ponto final.

    • Rodolpho F.

      Concordo em gênero, número e grau…

      Ocorre que esse é um mal quase que universal pois há grande protecionismo no setor aéreo em todo o mundo…talvez pela questão da defesa nacional. O maior exemplo é a AIR FRANCE, cuja participação governamental do governo francês é absurda e, por conseguinte, o domínio do mercado é evidente.

    • JONATAN

      EU ACHO QUE ESSAS EMPRESAS TERIAM Q TER UMA COTA MIN DE FUNCIONÁRIOS BRASILEIROS POIS TEM Q GERAR EMPREGOS AQUI, IMPOSTOS AQUI TIPO UMA FILIAL EX: KLM BRASIL, COMO A TAM PARAGUAI E A GOL QUE VAI TER FILIAL NA REPUBLICA DOMINICANA A LAN-ARGENTINA, LAN EQUADOR ETC.

    • MTorres

      Não é só aqui. Ja viu a Emirates USA? A Delta fazer voôs internos na China?

      Todos os mercados se protegem. E o caso da Lan é o mesmo da Avianca pelo que sei. São várias empresas sob o mesmo grupo.

      Me corrijam se estou errado.

      E penso que pro nosso tamanho de país, no maximo 5 aereas bem distribuidas ja resolvem. O que mata aqui é a carga tributaria. Não é por concorrencia que seremos agraciados, até por que ninguem que rasgar preço.

      • Paulo Almeida

        Pow, cara. Só 5?…..as empresas só querem o filé no litoral. Tu acha que vão atender demanda pro interior do Amazonas ou pro Acre?

    • Isso é praticamente impossível de acontecer. Acho que vou até fazer um post explicando o assunto.
      Eu acho que isso não é a solução, mas mesmo que fosse, legalmente não é possível.

      • Paulo Almeida

        Sim, legalmente impossível. Por isso a ministra Gleisi Hoffmann ameaçou abrir caso os preços não abaixem. Seria via decreto.

        • Não é possível fazer nem via decreto.Vou preparar um post explicando.

    • Bruno

      Cara… concordo… mas também vejo o lado das Cias… tem que reduzir imposto em Combustível.. .e abrir o mercado… aí a coisa fica bonita e justa.

  • Antonio

    A ANAC deveria só liberar os voos com algumas regras como: Estipular um valor máximo para passagens (fazer uma média de 2013) e um melhor serviço tanto no aeroporto como no avião. E multa em caso de atrasos.

    • Antonio

      Desisti de ir a abertura da copa em São Paulo depois de ver que a passagem saindo de Recife estava 1800 reais.

  • Romulo

    Denis,
    Essas solicitações incluem os voos internacionais?

    Abraços

  • FelipeFCL
    • Mariana

      hahaha "não queremos que pensem que estamos abusando das pessoas"… que bonzinhos, R$999 é um valor super razoável, ainda bem que se tocaram… hehehe

      • FelipeFCL

        hahahaha.
        Tem uns preços para voos dentro do país que são absurdos. Rio x Recife é sempre surreal de caro.

  • Will

    Alguém sabe se Cuiabá finalmente vai começar a ter voos internacionais?

    • re178

      Me disseram que a Boliviana de Aviación já conversou com o pessoal do aeroporto para colocar o voo VVI-CGB e vice-versa.

  • Jean

    Uma coisa me preocupa: depois que as nacionais "quebrarem", as estrangeiras começarão a abusar ou sairão daqui, nos deixando na mão. Não se enganem, a mentalidade capitalista quer lucro, e pouco se importa com o usuário, seja em terras tupiniquins, ou em qualquer outro lugar.

  • Paulo Almeida

    Quando liberaram as importações de automóveis falaram a mesma coisa. Veja agora quantas marcas vc vê na rua.

  • Fernanda

    Essa é uma grande curiosidade que tenho: saber como vai ser na Copa com tantos estrangeiros chegando e a demanda aérea dos próprios brasileiros.

  • Roseli

    Vcs acham que as passagens para a Europa cairão no mês da copa? Teremos esses novos vôos e eles voltarão vazios? Será bom esperar um pouco para comprar passagem para junho/julho? O que vcs acham?

  • Suzana

    Como que cuiaba vai suportar? Com governo que mais desvia.. Olhem o resultado: http://www.olhardireto.com.br/copa/noticias/exibi

  • John Penney

    Vai ser interessante ver, a partir do 6 de junho, se as tarifas internacionais vão ser mais em conta durante aquele mês. Imagino que os voos que levam torcedores estrangeiros para o Brasil terão que voltar aos países de origem meio vazios….bons descontos serão oferecidos talvez?

  • adriana

    Então, meu questionamento é o mesmo.. Quero comprar uma passagem para Amsterdam em junho
    , será que vai ter preços mais em cota?