Como foi o vôo inaugural da Azul em Goiânia

Leonardo Marques 5 · março · 2010

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

No dia 03/03/2010, a Azul começou voar para um novo destino: Goiânia. A convite da Azul, o Melhores Destinos foi fazer os trechos Goiânia – Campinas e Campinas – Goiânia com o intuito de avaliar o serviço oferecido pela Azul.

Nós avaliamos o serviço da empresa, o avião e os aeroportos. Abaixo está relatada como foi nossa experiência em voar pela Azul.

Lembramos que trata-se apenas de um relato de vôo, o que apontamos como positivo ou negativo não necessariamente irá se repetir em todos os vôos da empresa.

Destacamos ainda que este é o terceiro relato de vôo da Azul publicado no Melhores Destinos. Nós já publicamos outros 2 em fevereiro de 2009, logo que Azul foi lançada. Você pode ver o primeiro aqui e o segundo aqui.

Vôo AD4123 – Goiânia – Campinas
Data: 03/03/2010
Hora: 13:55
Poltrona: 25D
Duração do vôo: 1:10h
Avião : PR-AZD

Vôo AD4122 – Campinas – Goiânia
Data: 03/03/2010
Hora: 18:06
Poltrona: 23D
Duração do vôo: 1:10h
Avião : PR-AZG

Compra das passagens
Como não compramos as passagens, não iremos dar nenhuma nota neste quesito, mas é interessante destacar que o processo de compra no site a Azul é o mais simples dentre as companhias aéreas brasileiras. Em apenas uma tela você conclui o processo.
Nota ?

Check-in nas máquinas de auto-atendimento

Quem voa na Azul pode fazer chek-in pela Internet, nas máquinas de auto-atendimento no aeroporto ou no balcão . No nosso caso, como não tinha bagagem nenhuma acabamos fazendo os dois check-ins nas máquinas de auto-atendimento, foi super rápido e simples. Em Goiânia não tinha funcionário auxiliando mas em Campinas tinha.
Nota 10

Avião
Os dois aviões que viajamos eram do modelo E-190 da Embraer, ambos com 106 assentos dispostos em 27 fileiras com um corredor central e duas poltronas de cada lado.
Na ida fomos no PR-AZD (Pássaro Azul), um avião que saiu da fábrica há apenas 8 meses e na volta voamos no PR-AZG (A Terra é Azul), este ainda mais novo, com apenas 3 meses de uso.

O E-190 é fabricado e no Brasil e utilizado pelas principais companhias aéreas do mundo. Já são mais de 700 aviões desta mesma família voando em todos os continentes.
A Azul divulga que o espaço entre as suas poltronas é 5 cm maior que nas demais companhias brasileiras. Recentemente fizemos vôos na Webjet, na GOL e na TAM observando especialmente o espaço entre as poltronas e a impressão é que dentre as 4 a Azul tem o maior espaço, sendo uns 7cm a mais que a Webjet, uns 4cm a mais que na TAM e uns 2cm maior que na GOL.
Sem querer fazer propaganda, mas fazendo, a Azul tem a frota mais moderna do Brasil, ao contrário do que se houve por aí. É importante esclarecer essas histórias.
Nota 9.5

Entretenimento
Na ida tinha uma revista chamada Céu Azul que não era assim tão interessante. Na volta apenas uma mini-revista de divulgação da Azul. A Azul planeja colocar TV ao vivo, com uma programação semelhante a SKY em todos os seus aviões até a copa. Mas nesse momento sua nota é no máximo 3.


Nota 3

Alimentação
A Azul optou por oferecer um serviço de bordo um pouco diferente, barato, porém não tão limitado. Você tem 4 opções de refrigerante e 2 de suco, os refrigerantes são servidos na própria lata e os sucos são de caixinha. Para comer há algumas opções como bata chips, amendoim, mini aperitivo (bolacha salgada sabor presunto), mini wafer e mini cookie. Ao final é oferecido um cafezinho. Não é o serviço dos sonhos de nenhum passageiro, mas diante do que é oferecido pelas outras companhias é até uma boa opção.

Nota 8

Atendimento

Dar 10 para o atendimento, pode acomodar a empresa, mas o atendimento nesses dois vôos foi exemplar, especialmente dentro dos aviões, é notável a diferença.

Nota 9.5

Pontualidade

No vôo de ida o vôo saiu exatamente na hora marcada e chegou com 7 minutos de antecedência em Campinas, já na volta o vôo saiu 10 minutos antes do previsto, mas acabou ficando parado na pista uns 8 minutos, resultado…chegou com 4 minutos de antecedência em Goiânia.
Nota 10

Curiosidades
No vôo Goiânia – Campinas estavam presentes vários diretores da empresa inclusive o presidente Pedro Janot. O comandate do vôo era o vice-presidente de Operações, Miguel Dau.

No vôo de volta, voamos por volta de 10 minutos ao lado de um avião da TAM e em determinado momento cruzamos por um da GOL. Veja que em uma das fotos aparecem os dois aviões em pleno vôo.

Fotos

[flickr-gallery mode=”tag” tags=”azul-gyn” tag_mode=”all”]

Video do batismo do avião em Goiânia

Esse vídeo não foi feito pelo Melhores Destinos.

Autor

Leonardo Marques - Diretor do Melhores Destinos