Como é voar com a GOL para os Estados Unidos

Denis Carvalho 22 · outubro · 2012

O Melhores Destinos publica hoje aquela que certamente é uma das avaliações de voo mais aguardadas dos últimos tempos: como é voar com a GOL para os Estados Unidos. Desde que a laranjinha iniciou os voos charter para Miami e Orlando muitas perguntas têm sido frequentes entre nossos leitores: “Será que tem entretenimento? Como são as paradas? Tem barrinhas de cereal?” Agora que a companhia acaba de anunciar os voos regulares para os Estados Unidos, é o momento ideal para por fim a estas dúvidas, por meio de uma avaliação caprichada, escrita pela leitora Nyce. Com muito bom humor, ela conta os pontos positivos e negativos desta rota, que em breve passará a ser uma alternativa regular a todos os passageiros.

Como leitora do MD, tenho notado muitas observações sobre os novos voos da GOL/Smiles para os EUA, então resolvi compartilhar minha recentíssima experiência, para talvez ajudar alguns leitores a esclarecerem suas dúvidas, ou não (como diria Caetano).

Há algum tempo venho fuçando a net, na esperança de encontrar ofertas para o período de outubro, e mês passado achei o que procurava: voos para Orlando com 15.000 milhas/trecho, bem no período de que eu e meu marido dispúnhamos. Então, não vacilei: emiti logo as passagens para os dias 12 a 20/10.

Porém, já tinha lido muito aqui no site a respeito do desconforto do avião, do serviço de bordo “cereal vip” etc., então resolvi ligar para a Central Smiles, perguntando os detalhes. Fiquei super feliz quando falaram que a aeronave seria a Next Generation com design Sky Interior, entretenimento a bordo e sei lá mais o quê, mas na hora H… Bom, leiam até o final.

Check-in e embarque

Saímos de Salvador para a conexão em Guarulhos e pegamos o voo das 22 horas. Avião vazio, voo tranquilo, embarque prioritário para clientes Smiles. Chegamos a GRU por volta da 00h30, fizemos o check-in tranquilamente, sem filas, e fomos conduzidos até a sala vip.

O serviço estava ótimo, serviram uma sopa de abóbora maravilhosa, dentre outros quitutes e comodidades. Pensei: “se não tiver serviço de bordo,  já vou me garantir por aqui – hehehehe!” Enfim, foi uma boa opção para descansar e passar o tempo até o embarque – que ocorreu pontualmente às 3 da manhã, assim como o voo, que saiu conforme programado, cerca de 40 minutos depois.

Avião

Ao chegar à aeronave, a decepção: o avião era aquele 737-800 mixuruca, e nada de Sky Interior. Ao contrário, tínhamos o inovador “Sky Exterior”, sistema de entretenimento a bordo no qual você admira o céu pela janela do avião durante todo o voo :-).

O único conforto que tínhamos foi o assento do meio livre, já que reservamos as primeiras poltronas e os assentos do meio até a fileira 14 eram bloqueados. Numa última tentativa de felicidade, esbocei um sorriso de Monalisa quando vi a frase “GOL no Ar” na parte superior do avião, mas minha alegria durou somente até a comissária informar que o sistema não estava preparado para voos internacionais…

Então, nada de GOL no Ar, somente GOL na Terra, porque no ar ele não funciona ainda. Mas eu sou brasileira e não desisto nunca: levei no meu tablet uma infinidade de filmes, livros e músicas, pensando que nem tudo estava perdido e eu ainda poderia ter alguma diversãozinha. Infelizmente, a minha alegria durou somente cerca de uma hora, porque a bateria não estava completamente carregada e não havia tomadas na aeronave, segundo a comissária. Mas tinha o lado bom: deixaram nas poltronas um kit de viagem com pasta de dentes, escova e enxaguatório bucal, além de miniaturas da Natura e algumas revistas. Esse era o sistema de entretenimento de bordo, além de dormir, é claro. Optei por essa última alternativa.

A propósito, antes de o avião decolar, a comissária fez um procedimento que eu nunca havia visto antes em voo nenhum. Ela explicou que teria de passar um inseticida no avião – segundo ela, inofensivo – como procedimento de segurança. Imaginei algo tipo Baygon, mas o cheiro era um pouco menos forte, porém igualmente irritante. Esse procedimento também foi feito no voo de volta – seria exigência dos Estados Unidos, ANAC ou algo da GOL mesmo? Já fui três vezes para os EUA pela American e quatro vezes para a Europa via TAP e Air France, e nunca vi algo tão grotesco, para dizer o mínimo. Seria medo de estarmos infectados??? Piolhos?? Gripe suína??

Serviço de bordo

Cerca de uma hora depois da decolagem, começou o serviço de bordo. Como só tirei fotos do cardápio da volta, vou descrevê-lo (mas não foi muito diferente do menu da ida): uma opção de massa com molho vermelho ou frango, um pãozinho, manteiga, salada e um pudim de leite, além de sucos, refrigerantes e whisky (creio que esta última opção fazia parte do sistema de entretenimento, pois fez muita gente dormir a viagem toda). Umas três horas depois, serviram nova refeição, composta de sanduíche de queijo com peito de peru, salada, pãozinho e brownie de chocolate. Aí, gente, nada de barrinhas!!

Conexão e chegada

Chegamos a Punta Cana por volta das 9h30. Entre a aterrissagem e a decolagem foram 50 minutos, ou seja, estava tudo conforme previsto. Vez ou outra, a tripulação reclamava do povo, que não conseguia ficar sentado durante o abastecimento e limpeza da aeronave, mas não foi nada demais. Pena que não podemos fazer um stopover em Punta Cana, estava um dia tão bonito! Da próxima vez, vou querer passar uns dias lá para conhecer o local. A chegada a Orlando foi por volta das 13h30, sem mais delongas.

Quanto ao voo de volta, foi praticamente a mesma coisa da ida. Vale dizer que a Gol tem um guichê no aeroporto de Orlando, e tinha dois funcionários brasileiros, facilitando a comunicação para quem não se dá muito bem no inglês – não sei se só naquele dia ou se é algo regular nesses voos charter que eles estão fazendo.

Check-in da GOL em Orlando

Porém, de todo o relato que eu fiz, a única coisa que realmente me desagradou foi a conexão em Guarulhos. Chegamos a São Paulo às 3h30 da manhã, e as nossas malas levaram cerca de uma hora para serem despachadas. (Obs: para quem tinha dúvidas, a GOL realmente disponibilizou duas malas de 32 kg para cada passageiro, além de bagagem de mão, apesar de eu e meu marido só voltarmos com uma mala grande e uma mala de mão cada um.) Após isso, tivemos que passar pela fila da Alfândega, depois pela fila QUILOMÉTRICA para novo check-in.

A fila realmente estava gigantesca, assustadora, e somente havia dois funcionários da GOL para atender a todo mundo. Quem iria pegar a conexão para o Rio de Janeiro com o voo da 5 horas, teve que trocar de horário para as 6h30. O nosso voo era às 6 horas, e somente às 5h40 uma funcionária da GOL teve a “bondade” de chamar os passageiros do referido voo para Salvador para efetuarem logo o check-in, caso contrário, teríamos perdido a conexão e sabe-se lá que horas sairia o próximo voo.

Conclusão

Resumindo o meu longo relato, apesar dos pontos positivos (30 mil milhas, serviço de bordo “razoável”, tripulação simpática ), eu não faria novamente esse voo com a GOL, só por causa da conexão em Sampa, que é extremamente cansativa. Da próxima vez que quiser ir para os EUA, vou optar pela American Airlines, que vai ter um voo direto saindo de Salvador na ida (eliminando a escala em Recife) e já tem um direto na volta (MIA-SSA). O avião é o Airbus meio velhinho, dá umas sacolejadas pelo caminho, tem a mesma configuração 3×3, a tripulação não é muito simpática, mas além de ter a vantagem de ser direto, ainda há uma televisãozinha compartilhada como entretenimento… Mas #fica a dica!

Agradecemos à Nyce por esta excelente avaliação, que certamente será de grande utilidade para os leitores poderem comparar se vale ou não a pena escolher a GOL nestas rotas aos Estados Unidos. E você? Já voou com a companhia para Miami ou Orlando? Deixe suas impressões nos comentários!  Se você fez ou vai fazer uma viagem com alguma empresa aérea que ainda não foi avaliada aqui no Melhores Destinos ficaremos felizes em publicar sua avaliação: entre em contato pelo e-mail dicas@melhoresdestinos.com.br Você pode conferir todas as avaliações publicadas pelo MD neste post.

 

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe
  • Adorei. Más serviu pra mostrar que só serve ir para os States com a Gol se não quiser gastar mesmo, pois caso contrário acho que vale a pena pagar e ter uma viagem melhor.

  • Alex

    Muito legal o post, eu e minha esposa estamos pensando em aproveitar a promoção e ir a Orlando. Com relação ao tal inseticida, é um procedimento obrigatório (penso eu) para voos com passagem pelo Caribe (Punta Cana, Caracas), pois já fiz voos para Venezuela e sempre aplicam o tal.

  • Márcio Kabke

    Já peguei vôo da Delta para os EUA que também teve esse procedimento de "dedetização", mas em outros vôos para os EUA isso não ocorreu. Não sei qual a norma que existe para isso, e quais as suas regras.

  • Eu fiz a viagem para Buenos Aires via Gol e também teve esse episódio do spray mata-inseto, mas apenas na ida. Apesar de a tripulação anunciar que o troço não tinha cheiro e não trazia riscos à saúde, o produto fedia sim, tanto quanto qualquer Baygon, e duvido muito eu que realmente não traga riscos… Além do mais, a aeronave já estava fechada e com todo mundo embarcado. Vai que dá um ataque de alergia em alguém? E afinal por que diabos não passar o produto na aeronave em terra, durante a limpeza??? Fiquei com um sentimento "Umbrella Corporation" também de que queriam eliminar os nossos vírus e bactérias antes de pisar em terras portenhas. Eu hein…

    Fora que foi MUITO CÔMICO a comissária dando a maior baygonzada no avião, totalmente constrangida…

    • Helena Vanmer

      Não faz sentido passar o produto em terra, durante a limpeza, de portas abertas. O procedimento só é eficaz com portas fechadas, imediatamente antes da decolagem.

  • Ana

    credo, voo internacional SEM TV ?!?!? Já fui de Delta, Avianca, AA, sempre teve, nem que fosse compartilhada… Que mancada… deveria custar 1000 reais mais barato…

    Essa do inseticida o que é isso? Nunca vi também! Essas refeições mmeu namorado sempre come meu pão, coitado, passa fome se não leva um salgadinho hahahaha

    O pior é que coloquei milhas no smiles….

    Valeu as dicas!

    • gustavo

      ana eu ja viajei na go pra os estado unidos e é muito ruim delta AA tam aviança copa e a melhor de toda é a delta e AA a gol é ruim a lende cobrar os lanches nn tem televisão e pra vc ganhar aqules quites vc tem que pagar 20 dolares e for em reiais 40 reais

  • Juliana

    Quanto ao "desinfetante" utilizado no avião, isso é bem comum sim, vi a primeira vez em vôos para a argentina, e esse ano voei pela Delta e eles também aplicavam. O cheiro não é nada irritante, talvez um pouco incômodo para os narizes mais sensíveis. O Brasil é o único que não requere esse tipo de coisa (no mínimo estranho). A Air France é a única que tem esse mesmo "desinfetante" num cheirinho incrível…

  • Joao Paulo

    Em relação ao borrifamento com inseticida nos voos internacionais da GOL, é uma prática abordada por ela própria, creio eu.

    Pois já fiz algumas rotas internacionais e em todas elas, o procedimento foi realizado tanto na ida, quanto na vinda.

    Ps: vale lembrar que o serviço de bordo da GOL é praticamento o mesmo em todas as rotas internacionais, digo com lanches (pão, queijo polenguinho, salada, biscoito, e suco ou refrigerante), a diferença é o kit da Natura que é ausente..

  • Helena Vanmer

    Apenas dois adendos: a American Airlines não opera Airbus (irá operar a partir de 2013), e o inseticida é exigência de autoridades do local de destino. Como o voo fazia escala em Punta Cana, provavelmente uma exigência das autoridades sanitárias dominicanas.

    • joniocosta

      Realmente. A aeronave utilizada no vôo que sai de Salvador é o B757. Quanto ao inseticida, a South African o aplica nas rotas entre GRU – JNB.

  • Alice

    Viajei com a TAP para Lisboa em Maio e tivemos o procedimento do "inseticida".

  • Alex Freitas

    Razoável a viagem, ao estilo padrão GOL de voar, quanto as falhas, acredito que com a regularidade, tendem a diminuir, quanto a escolha dessa nova opção, tudo dependerá do preço !!

  • joaoprudente

    Bom dia!

    Bom relato. Dúvidas tiradas. Parabéns a GOL pela iniciativa.

    A escala em Punta Cana (ou qualquer outro lugar é obrigatória por motivos técnicos). Portanto, poderia ser um diferencial ao oferecer a opção de ficar um período no local…

    Concordo com a Nyce, nada melhor que um voo direto.

    Adoro MD!

  • lyz

    Que engraçado, achei que so eu tivesse estranhado essa historia de "inseticida" em aviao…. Vi isso num voo que fiz agora em agosto, com a tam, SP-Londres, todo mundo fez cara feia qd a aeromoça veio com a fumacinha branca… Achei que fosse exigencia da europa, ja que foi minha primeira viagem pra la. Indo pros EUA nunca passei por isso! Alguem sabe explicar melhor?

  • Anselmo Melo

    Voar pros EUA sem tv não é novidade pra quem já foi de American. Dependendo da sua sorte, pode nem ter a tv coletiva. Pra minha sorte estava com jogos no celular, voar de dia sem entretenimento é dose =P

    Essa do inseticida também já vi em voos da TAP e da Lufthansa.

  • Leonardo

    Em um vôo que fiz para a Argentina, pela TAM, também borrifaram inseticida.

  • Luiz

    Excelente e esclarecedor, o seu comentário. Infelizmente, sem entretenimento num voo longo assim, fica difícil. O bom é termos mais uma opção, o que pode forçar uma queda de preços.

  • Obrigado pelo ótimo relato.

    Nem viajo mais de Gol aqui no Brasil, imagina para fora. 😉

  • Fabiano

    Eu também estava no mesmo vôo e cheguei a mesma conclusão. Sou do Rio de Janeiro e todos ficaram decepcionados com as condições do avião e com a desorganização em São Paulo. Definitivamente, não faria esta viagem novamente. Além das inúmeras escalas para abastecimento da pequena aeronave, perdemos mais de 11 horas em conexões. Imagina ?

  • Leandro Cabral

    Fui recentemente para Buenos Aires pela Gol e também houve este episódio do Spray…

    Ah, quanto a check-in demorado e falta de entretimento de bordo é a unica coisa que sempre tenho certeza que vou encontrar nos voos da Gol.

  • Nyce, já vi este lance do "inseticida" num vôo na escandinávia, julho passado.

    É muito estranho mesmo.

    Bom, apesar dos pontos negativos que você citou, fico feliz que a Gol esteja nos EUA. Espero que a qualidade geral do vôo melhore, especial para NY, que é mais longo.

  • Cristiano

    Também não sei a regra, mas já peguei voo da Air France (GIG-CDG) que passaram esse spray no 747 todo. Mas não tiveram a bondade de avisar do que se tratava. 🙂

  • Laura

    Ouvi dizer que a American Airlines está super em crise. Não arriscaria comprar passagens e depois ser surpreendida por um pedido de recuperação judicial.

    Alguém voou recentemente pela companhia? Quais as impressões?

  • Eli Moreira

    Nyce,

    O lance do "inseticida" é bastante comum nos voos para a Europa, mas realmente eu nunca vi num voo para os USA.

    Quanto ao voo da American Airlines SSA-MIA-SSA, acho q o avião utilizado é um Boeing 757, não um Airbus. Pelo menos era quando fiz esse trecho de volta, com destino final aqui em Recife. Mas que é velhusco, ah isso é!

    Grato pelo relato,

    E.

  • Carla

    Fui para Argentina semana passada e o vôo também

    teve inseticida.

    Com relação a viagem aos EUA, prefiro mil vezes os serviços

    da Avianca, sem comparação com a American Airlines.

  • Ana Carla

    Muito bom o relato! Eu também prefiro voo direto, mas numa boa promoção vou ate em pe no fundo da aeronave, kkkkkkkkk!!

    • Alex Freitas

      Gostei, esse é o espírito do MD !!

    • @PRDANIEL_

      kkk ate em pé? boa boa… kkkkk só não podem jogar "baygon" nos passageiros em pé rsrs

  • Michel Picinin

    Nyce, muito obrigado pelo seu relato! Muito bem escrito e gostoso de ler!

    Eu achei que a Gol fosse colocar realmente a melhor aeronave com serviço de bordo neste trecho, pois se começar capenga vai pegar fama de ruim (também neste trecho) e não vai fazer sucesso.

    • thiago gonzalez

      pode não ser confortavel, mas se fizerem umas promoções apartir de 10, 15 mil milhas compensa, até pra ir buscar umas tranqueiras no eua compensa vc tem que tratar como se fosse de ónibus pro paraguai, e não esperar mais do que isso.

  • Marco

    De fato, já presenciei este procedimento na TAM e Air France.

    • Carl B.

      Já ouvi desse procedimento na BA.

  • O lance do spray, ja passei por isso em uma viajem Nacional mesmo.Quando fui do Rio para São Luis! No meu caso não tinha cheiro e foi bem rapido.

    Nunca tinha visto, mas como disseram que era procedimento.Nem liguei

  • Leonardo BH

    Sobre o inseticida, em todos os voos que peguei para Europa nos últimos 2 anos tinha isso: Paris, Madri, Frankfurt, Londres. Cias: TAM, Iberia.

  • Emanuella

    ta parecendo a Iberia, mas pelo menos os comissários são simpáticos, coisa que na Iberia nem isso eles são.

    quanto ao inseticida já vi em vôos também, acho que foi quando fui para Santiago, e era TAM

  • Lali

    Ainda fiquei sem entender uma coisa: As poltronas são exatamente iguais às dos vôos domésticos da gol? É que fiz poucos vôos intercontinentais na minha vida, mas a impressão que tive foi que, mesmo na classe econômica, as poltronas costumam ser um pouquinho mais largas e deitar um pouco mais do que nos vôos econômicos domésticos (tô errada?). Acho que ficaria insuportável viajar com poltronas no padrão econômico-doméstico…

    • Andre Reis

      Pior que é tudo a mesma coisa! Todas as companhias oferecem essa econômica hiper apertada!

      • Rodrigo Freitas

        Não sei na GOL, mas geralmente na classe econômica de voos internacionais existe mais espaço entre as poltronas do que em voos domésticos. A largura costuma ser a mesma se o modelo do avião for o mesmo.

  • Rafael Barbalho

    Muito bom o relato. Parabéns Nyce.

    Eu, particularmente, não condeno a Gol por este serviço "ruim". É uma condição pagar pouco pra viajar. Quem gostaria de viajar pra Orlando por 30.000 pontos? Se tivesse os pontos e disponível, não pensaria duas vezes. E, tratando-se de um vôo novo, foi a moeda de troca pelo pioneirismo dos passageiros que compraram essa passagem.

    Para mim, a estratégia da Gol é muito clara: serviço razoável por um preço mais em conta.

    De qualquer forma, Nyce, a experiência da Viagem já valeu né? Orlando é show de bola!!

    • Mariana

      que bom que alguem tem uma opniao sensata sobre pagar pouco e viajar

  • Ana Flavia

    Por 30.000 milhas ida e volta eu viajo de qualquer jeito! E dormir é o melhor entretenimento, dá para descansar e chegar menos acabada ao destino final!!

  • Alex Freitas

    Todos os 757 da AA são latões, pra não dizer latas velhas, em alguns, a cabine executiva só possui os assentos mais largos 2 x 2, nada mais

    • thiago gonzalez

      Realmente voei em um destes, e durante a decolagem e aterrisagem parece que o banheiro vai cair, na aeronava ele fica no meio da aeronave, ele fica solto na parte de cima, parece que colocaram um daqueles banheiros quimicos é no mínimo cômico.

    • Vanessa

      Melhor viajar nele e chegar em Miami em somente 8 horas, do que descer para Guarulhos (2h30 de voo), passar no mínimo 3 hrs de conexão(total: 5h30) e depois voar rumo norte novamente. O tempo que eu perco num avião ruim de companhia nacional e em conexão já é mais da metade do voo SSA-MIA (ou REC-MIA). A não ser que se vá para GRU (ou GIG) de Avianca, os aviões domésticos da TAM e Gol não são nada confortáveis. Se não tem cão, caça com gato. E o pior é que tem gente que vai de SSA (ou REC) para os EUA com conexão em GRU e LIM, conheço gente que já fez isso. Até as empresas nacionais enxergarem o potencial do Nordeste e colocarem voos para os EUA saindo daqui, me recuso a ir para os EUA se não for de American Airlines. Por sinal em algumas semanas estarei embarcando novamente no SSA-MIA, dessa vez já direto. Como disseram, nada melhor que voo direto, ainda mais quando as opções de conexão são todas na contra-mão.

  • Juliana

    A Easyjet também usa esse procedimento de "dedetização" para alguns destinos dentro da europa.. mas ainda não entendi o critério, porque às vezes fazem, às vezes não

  • leandro Copetti

    Pois é. Quando voei sp londres a 2 anos atrás também passaram esse veneno no vôo da tam. Era o 777. Na volta não fizeram isso. Viajei em janeiro pra lá.

  • Vinicius

    Já vi o mesmo procedimento do "inseticida" em voos da TAM para Londres e Paris, TAP para Lisboa e Air France para Paris, neste último mais de uma vez inclusive. Em todos eles somente na ida. Eles dão uma explicação de que é algo exigido pela vigilância sanitária.

  • Rogério

    É a fumigação. Em algumas empresas eles passam com um spray e em outras eles jogam uma espécie de granada que "explode" com esse produto. É norma de vigilância sanitária. Não acho o aroma desagradável. Além do mais dura poucos segundos.

  • Jullyana

    Muito legal o post… Sobre o inseticida, realmente é obrigatório, em maio fui com meu esposo para Punta Cana, este procedimento era realizado em cada aeronave.

  • Ludmila

    Pelo menos tinham 2 atendentes e guiche da gol lá, pq fomos para barbados esse ano e a gol fez o favor de deixar nossa bagagem aqui no brasil, qdo procurei um funcionario ou guiche da gol no aeroporto, pra minha surpresa, não existia… uma funcionaria de outra empresa q prestava serviço para a gol nos dias q chegavam os voos me deu um formulario, q nem ela sabia preencher, e ficou por isso mesmo…. depois de 5 dias de visitas aos duty free e shopping, reclamaçoes e ajuda de pessoas no brasil, nossa mala chegou… a gol descarrega seus passageiros em terra estrangeira e simplesmente nao dá nenhum suporte…

  • Márcia

    Já viajei pra Orlando com a GOL, num voo fretado por agência de viagem. Na ida, o atraso foi de 3h. Achei o assento muito desconfortável e apertado. O lanche foi normal, como a leitora descreveu acima. Considerando que na época não paguei [nada] barato (2.000), não fiquei satisfeita com a companhia.

  • Zau

    Fui para a Argentina e levei uma dedetizada a la Umbrella Corporation!!! A cara dos comissários é a melhor parte além do povo tossindo, colocando pano no rosto e fazendo cara feia!! 🙂

  • Denise

    Classe média sofre !

    American não opera com Airbus. 737-800 não é mediocre e nem mixuruca, ele somente não tem autonomia pra fazer um vôo direto desse porte. Se quer conforto, comida boa e boas bebidas, voe de primeira classe.

    Acho impressionante como o brasileiro gosta de falal mal de cias aéreas. Desde que eu chegue ao destino, pouco me importa como fui, o que serviram ou se havia tv a bordo.

    • Hugo

      Se o serviço é ruim tem que reclamar sim, aqui no Brasil cobra-se muito por pouco. Para voarmos para Europa pagamos o dobro do que um europeu paga para voar para cá. Os nossos carros custam o dobro dos carros vendidos nos EUA e a qualidade é bastante inferior.

      Ha muitos anos eu não voo com a GOL, a viagem para mim começa no aeroporto, eu não gosto das filas gigantes e desorganizadas da Gol, dos comissários estressados por estarem voando além do que um ser humano aguenta e do serviço de bordo ruim. A GOL é uma empresa de Baixo custo somente, porque a tarifa é a mesma das outras cias brasileiras.

    • Dan

      Você teria toda a razāo se pagassemos o preço que as companhias aéreas cobram pelos voos de low cost na Europa e nos EUA. No caso do Brasil, tal conceito nāo existe, ou seja, se a companhia aérea cobrar o mesmo que todas as outras, ela que entregue um serviço também no mesmo padrāo. E o tradicional conceito low cost = low fare nāo se aplica ao Brasil, infelizmente. Para você ter uma idéia, eu já comprei mais de 20 passagens internas na Europa por 10 euros cada. Eu praticamente ia de pé no aviāo, mas como o conceito diz: low cost = low fare…

  • Gloria Nunes

    Que horror! Já não se fazem empresas aéreas como antigamente. Agora só tem lixo! Lula/Dilma são os carrascos da aviação comercial brasileira! Antes éramos referência, agora vergonha.

    De qualquer maneira obrigada pelo relato. Serve para eu JAMAIS comprar passagem pela GOL.

    • Alex Freitas

      Justiça seja feita, mas importantes empresas aéreas faliram antes da atual bi-gestão, exemplos Transbrasil e Vasp, a César o que for de César !!

      • Contantino Silva

        Nada como repetir a mesma mentira várias vezes até ela virar verdade né? Que ano a Vasp faliu mesmo? final de 2004, se for algo ruim 2004 o presidente era o FHC.

    • Alessandro

      Oi?

    • Verônica

      A era Lula popularizou o transporte aéreo, dando oportunidades ao povo de utilizarem esse meio detransporte, não é culpa deles a má gestão de empresas particulares!!!

      • Contantino Silva

        Minha amiga, vá ler sobre a falência da Varig que você vai entender melhor.

      • Dan

        E o Brasil enfrenta a maior inadimplência da sua história! Viva! Uma salva de palmas para aqueles que proporcionaram o crescimento econômico do país baseado no crédito fácil. Se o povo tivesse continuado viajando de ônibus, talvez o número de calotes apresentado pelo Banco Central nāo seria tāooo grande! 🙂

  • Danielle

    Quando eu fui para Buenos Aires com a Gol em agosto, também teve esse procedimento de passar inseticida no avião. Nossa, achei extremamente desagradável e realmente nunca tinha visto isso na minha vida.

  • Mario

    Também ocorreu este procedimento no voo da TAM para Londres em Julho de 2012. Também informaram que seria cumprimento de normas da UK. Procurei na internet do que se trata, mas não encontrei ainda… =(

  • Anderson Brito

    A TAM faz essa "desinfecção" nos voos para Santiago.

    Mas é anunciado antes para que serve e porque é feito (exigências sanitárias do Chile).

  • Ricardo

    Talvez porque seja norma sanitaria devido a escala em Punta Cana e seja exigencia sanitaria desse pais. Para Venezuela no vooo da Tam tambem teve esse baycon

  • Depende… Para BsAs só rola um sanduichinho miado mesmo. Mas pelo menos é um voo rápido…

  • Isso disseram também. Mas por quê? Dedetização pode ser feita durante a limpeza numa casa, basta fechar. Por que na aeronave não?

    Quando fui para a Europa via KLM não rolou dedetização não. Deve depender do destino final, acredito.

  • THIAGO SSA

    Por 30 mil milhas está de bom tamanho. Agora, quem quer mais conforto e não se importa em gastar um pouco mais, há outras opções à disposição.

    Estou aguardando meu visto para pegar essa promo, espero que venha.

  • Wagner @WagnerDizOis

    Nos voos pela América do Sul, com a GOL, LATAM e Aerolineas Argentinas também existe esta norma de detetização, já as presenciei e, segundo informes, é por determinação da ANVISA, ou seja, apenas para aeronaves saindo do Brasil…

    • Wagner @WagnerDizOis

      …acabei de me informar e a dedetização nos voos que saem do Brasil é para evitar que os passageiros sejam contaminados pela dengue por uma ocasional picada de inseto contaminado.

  • JOSÉ COUTINHO

    A GOL continua com o mesmo erro estratégico de fazer voos de São Paulo, muito deles com escalas, competindo com varias empresas com voos diretos. Já foram cancelados os voos para Santiago, Lima e Bogotá. Antes os de Londres, Paris, Roma. Estes novos voos para Miami, Orlando e Nova Iorque terão vida curta. Acho que a Gol deveria usar os aviões atuais e de pouca autonomia para atender outros mercados, principalmente do Norte, Sul e Nordeste.Ninguém aguenta mais ficar horas esperando conexão e/ou escala técnica, principalmente se for Guarulhos, um aeroporto congestionado, a não ser por um preço de banana. A minha experiencia com a Gol foi terrível quando tive que fazer conexão em Guarulhos quando fui a Santiago, Bogotá e João Pessoa. Nunca mais.

  • Pedro

    Sobre o "inseticida" é um procedimento que se chama desinfestação. Não vi nada de grotesco nisso…

    http://viagem.hsw.uol.com.br/problemas-de-saude-v

  • Isabelle

    Eu tbm, Ana…

  • Haron Pinheiro

    Fui pela Avianca para Buenos Aires e tivemos o procedimento no avião.

    Em outra viagem para o Chile pela TAM, não teve.

    Para a Bolonha com a TAP também não teve, nem de Lisboa para o Brasil.

    Vôo interno no Brasil nunca presenciei isso.

    Creio que seja norma de cada região.

  • Luiz

    Pessoal, fiz o mesmo trecho porém iniciando a viagem em Curitiba, no dia 09/10. Tudo que aconteceu foi exatamente igual. As poltronas da frente com o meio livre, sala VIP em Guarulhos c/ open bar de Red Label, Smirnoff e comida. Como sou cliente HSBC tive ainda 10% de desconto nas milhas, portanto paguei somente 13.500 milhas por trecho…Então não posso reclamar de nada. Qualquer voo longo em classe econômica será cansativo sem entreterimento, então leve algo para se destrair e te garanto que essa Deal vai valer muito a pena! Boa viagem!

    • Alexandra

      Luiz, como funciona esse desconto para cliente Hsbc, alguma promoção específica?

    • Verônica

      O pessoal paga passagem econômica e acha que vai receber atendimento 1ª classe!!

  • Rafael Alves

    Olha, qto ao "spray mágico", também passaram na aeronave no meu voo pro México, no final do ano passado. Segundo o q a aeromoça da TAM disse, era uma norma do México. Eu sinceramente não senti cheiro nenhum e olha q eu me considero alguém muito chato com cheiros.

    Qto ao conforto da GOL, eu não esperava mais do q isso não. Sinceramente, só por servirem comida eu já superou as minhas expectativas.

  • Igor – Poa

    Me chamou atenção a marca "Varig" no prato de massas.

  • Igor – Poa

    Eu faria esse vôo tranquilamente pelo que foi pago 😀

  • Vinicius

    Fui pra BsAs de aerolineas e nao fizeram isso, fui pros EUA de tam e nao fizeram isso tbm

  • Bárbara

    Com relação à dedetização, quando viajei para o Uruguai e para a Argentina, o pessoal da GOL fez esse procedimento. Mas quando viajei para o Chile eles não dedetizaram a aeronave …

  • bruno

    Tenho uma pergunta:

    Por que a GOL quando voa para Punta Cana diz que tem que fazer "stop" em Caracas para abastecer e este voo consegue ir direto até Punta Cana? Assim porque o voo de Punta Cana não é simplesmente direto?

    Bruno

    • Alex Freitas

      Bem observado, por quê ??

    • Marcus Martins

      Essa é uma excelente pergunta!

    • Dan

      E perder os passageiros que podem embarcar em Caracas para Punta Cana?

  • Vinicius Gressler

    Em relação ao tal inseticida, creio que seja alguma paranoia a da GOL mesmo… Já fui algumas vezes para Europa e Estados Unidos por outras companhias e nunca ocorreu tal procedimento. Entretanto, fui para Buenos Aires pela GOL e, nesta ocasião, também fomos "desinfectados"!!!

  • Lívia Mochile

    "Tínhamos o inovador Sky Exterior, sistema de entretenimento a bordo no qual você admira o céu pela janela do avião durante todo o voo"

    HAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHA

  • AntonioC

    Esse procedimento do inseticida inofensivo (!) eu já presenciei num voo para Montevideu pela própria Gol.

  • Felipe

    Quando fui com a Gol para Punta Cana também passaram esse spray, mas não tinha cheiro… e a comida foi bem pior! Salada de alface e como prato principal, salada de maionese! Vê se pode!? 7h de vôo…

    • Dell

      ô galera pra reclamar!

      Pagando 30.000 milhas, gente? Tá bom demais isso aí…

      Acredito que quando se faz uma compra de passagem a gente já sabe a duração do voo, escalas e conexões. Então, a não ser que seja pássaro de primeiro voo, já sabe como funciona todo esse mimimi em aeroportos.

      Eu não tou nem aí com a duração da viagem ou com o serviço de bordo. Compro as coisas que eu gosto de lanchar e me entreter, meu sonífero, e fico tão feliz por mais um destino que nem ligo pra inseticida, nem nada.

      (A única coisa que me incomoda, de verdade, é gente conversando com o volume alto nas poltronas de trás. A não ser, tou de boa!)

  • Daniel Matos

    E vamos ver se esses novos 737 serão utilizados tb ne? Pelo q a mulher falou, no caso dela foi mentira.

  • Marcos Reis

    Recentemente fui pra Montevideo de GOL serviram um lanchinho bom também, um sanduiche com bebidas, nada demais, porém não teve barrinha de ceral e nem nada parecido. Com relação à inseticida isso é normal, no voo que fiz também foi feito.

  • Daniel Matos

    Inúmeras? Ele parou em algum outro lugar além de Punta Cana?

  • Dan

    Muito bom o review! As pitadas de sarcasmo dāo um humor bastante divertido ao texto! Com relaçāo ao spray, já ví na TAM para a Argentina, na GOL para a Argentina, na TAP para Lisboa e na South African para a Africa do Sul. Mesmo tendo feito vários voos aos EUA e Canada, nunca vi tal procedimento em nenhuma companhia aérea quando voando para a America do Norte. Também nunca ví nada parecido quando voando TAM ou Lufthansa para a Europa.

    Pelo visto este voo é tāo ruim quanto o da Copa Airlines para a América do Norte, o qual foi o pior voo da minha vida!

  • Marco Gomes

    Trata-se de procedimento padrão para voos que partem/chegam de/a regiões onde há a incidência de doenças endêmicas (febre amarela, dengue, malária, etc)…

    Assim, dependendo de onde o voo estiver partindo da America do Sul por exemplo, pode ou não haver a aplicação do produto…

  • André Lu&iacu

    Já presenciei essa dedetização na American Airlines para os EUA, na Delta para os EUA, na TAP para Portugal e na Aerolíneas Argentinas. O cheiro é bem discreto. Mas realmente nem perguntei o porquê daquilo. Não chegou a incomodar.

  • Thiago

    O serviço parece ser bem simples. Se o preço for bem abaixo das outras talvez vale a pena pegar esse voo com a Gol.

    Eu já fui para os EUA de TAM e LAN e não houve essa detetização.

    Já para a Europa com a TAM ( Paris) e a TAP (Lisboa) houve essa detetização.

    • Hugo

      Obrigado pelo feedback sobre os serviços da Gol.

      Em um voo de Lima para Brasília em 2008 os comissários passaram com o spray pouco antes de pousarmos em Brasília, mas nesse voo os comissários passaram abaixados jogando o spray diretamente no carpete. Pelo sistema de som a chefe de cabine disse ser uma exigência do departamento de agricultura brasileiro.

  • Wólnei_DF

    Importante é chegar no destino.. E por 30.000 milhas, melhor ainda..

    Vale lembrar que a Gol é uma companhia de baixo custo, então, quem quiser ir para os EUA com essas promoções de milhas, tem que se contentar e não reclamar!

  • João Vitor

    Copa Airlines, Air Canadá e Lan Chile tambem usam inseticida antes de pousar. Creio que deva ser para evitar migração de espécies entre ambientes diferentes, ja que isso pode provocar desequilíbrios, e até mesmo espalhar vetores de doenças que não existiam anteriormente nos locais (lembrando que aplicam tanto na ida quanto na volta, não sendo "discriminação" com o Brasil)

  • William B

    Nos voos para Buenos Aires também passa, todas as vezes que fui para lá passaram isso!

  • Luzia Haruko

    Parabéns pelo excelente relato, Nyce! Extensivo à MD pelo serviços prestados.

  • José Ricardo

    òtimo relato, bom humor é tudo na vida.

    Sobre o "inseticida", eu fui pulverizado num voo da gol, saindo de poa para BsAs.

  • Fui comissaria de voo por muitos anos e esse inseticida é obrigatorio em alguns destinos, dependendo do tamanho do aviao é o numero de frascos que passamos pelo corredor, quando chegamos na base temos que entregar o spray vazio e lacrado com o report do voo, alem disso, o aviso deve sempre ser dados aos passageiros. O que ocorre, é que tem tripulacoes que nao fazem o aviso, passam discretamente sem que os passageiros vejam ou até mesmo descarregam direto na pia (o q nao pode ser feito), sendo assim, muita gente nao percebe. Esse procedimento está super dentro do padrao.

  • Thalita

    O tal inseticida já presenciei voando Copa Airlines para Cancún via Panamá e voando Gol para Buenos Aires. E eles sempre dizem ser um procedimento obrigatório da vigilância sanitária do país do destino final.

  • Fui de Am. Airlines pra Houston, $1000, mas com serviço de bordo de 1a. Comida horrivel, como todo aviao, e muitos filmes. O jeito é tomar Dramin pra dormir muito e acordar no destino mesmo

  • gerdetoni

    Boa parte dos comentários postados sobre a matéria foram de crítica à companhia (ao avião, ao serviço de bordo, ao "spray", etc). Entretanto, se prestarem atenção no texto, ela relata que o único motivo de reclamação foi de fato a escala em São Paulo. Ou seja…na verdade, não tem sentido nenhum reclamar da Gol, que está oferecendo um serviço justo (pelo preço que está cobrando, em milhas), dentro de suas possibilidades (tipo de aeronave, por exemplo). Faço coro com o Dell, que disse que o que realmente incomoda não é o avião, o serviço de bordo ou o spray, são as pessoas falando alto o tempo todo, além daqueles que ficam em pé no corredor durante boa parte da viagem (já vi isso num vôo BSB-MIA da AA).

  • Gabriel

    O Entretenimento eu acho q depende da aeronave, qd fui pra Atlanta pela Delta, na ida mesmo nao tinha tvzinhas… agora pela LAN, tinha varias coisas, é mt boa…

  • Marcelo

    Não é paranóia da GOL não aplicar o inseticida, isso é exigência das autoridades sanitárias dos países envolvidos no vôo. Aqueles que alegam que em seus vôos não foi feito isso é porque não viram o procedimento, por vezes os comissários disparam o inseticida lá trás e muitos passageiros acabam não vendo. Vcs falam muita bobagem sem saber o por que das coisas.

    • Rui Barbosa

      Ô sabichão, mesmo que você esteja coberto de razão, isso não é maneira de se dirigir a outras pessoas, que você nem conhece. Educação e respeito nunca são demais !

  • Thiago

    Já voei pela gol duas vezes para Buenos Aires e Montevideo , saindo de Salvador com conexão em Guarulhos , nos mesmos , tiveram o procedimento de aplicação de inceticida , achei super normal , nada muito agressivo .

  • Mauricio

    Fiz o voo dia 13/10 a 21/10 e foi muito bom. Televisão eu vejo em casa. Avião é para viajar e de madrugado ainda é para dormir.

    Parabéns a Gol Smiles e todos os funcionários.

  • Ernesto Gasparotto

    Leonardo e Denis,

    Já entendi, os seus times perderam no final de semana e você resolveram descontar liberando esta centena de comentários – dedetizou, não dedetizou; comida isto, comida aquilo. Faltou aquele cara das comissárias sem sal, kkk

    • kkkkkkk, eu também cansei desse papo de dedetizou, mas também não posso deletar né…

  • Ciro Trindade

    Esse lance do "inseticida" rola quando perto do pouso em Buenos Aires, ao menos das três vezes que fui para lá pela TAM, rolou! É de deixar qualquer um constrangido.

    Pela TAM não aconteceu isso quando fui pra Miami. Decepção mesmo foi voar pela American Airlines, que tem uma tripulação super grosseira, parecem saídos de filmes de terror, além de aeronaves que parecem não ter uma limpeza decente por pelos menos uns 5 anos! Detestei!

  • Camila

    acho que não.. ela estava em crise ano passado, demitiram funcionários e tudo, mas acho que esse ano já tá 'recuperada'

  • Tadeu

    Eu e minha esposa fomos para Punta Cana pela Gol e realmente houve a "desinfecção" comentada. Trata-se de um procedimento obrigatório para paradas em países do Caribe, como nos explicaram na ocasião.

  • Sandra

    Eu e meu marido tivemos uma experiência HORRÍVEL voando com a gol para Orlando!!!! Emitimos as passagens pelo smiles por 15 mil milhas por trecho. Achamos isso o máximo! No entanto, no dia da viagem, o funcionário da gol em Maringá não conseguiu fazer o check-in de jeito nenhum pelo sistema e, para não perdermos o vôo, ele o fez manualmente.

    Como faríamos uma conexão em Curitiba, resolvemos tentar fazer o check-in pelo sistema lá mesmo e a funcionária que nos atendeu conseguiu fazer sem problemas.

    Chegando em Guarulhos, para nossa surpresa, nossas passagens estavam como no-show. NÃO NOS DEIXARAM EMBARCAR DE JEITO NENHUM, MESMO COM OS TICKETS IMPRESSOS EM MÃOS!!

    Ficamos das 23h até as 9h da manhã do dia seguinte acordados, primeiro brigando para poder embarcar, pois o vôo sairia as 3h da madrugada, e depois brigando para que endossassem nossas passagens, já que a culpa não era nossa. Fui um estresse total!!! No final, só depois que mudou o turno e entraram outros funcionários da Gol para trabalhar, é que tiveram a boa vontade de resolver esse problema que eles mesmos criaram e endossaram nossas passagens para a TAM. Ficamos totalmente traumatizados!!! Viajamos para o exterios com bastante frequência, mas essa foi a primeira vez com a Gol e nunca mais quero repetir essa experiência. Prefiro pagar mais do que passar por esse estress de novo!!

  • Ana

    Já fui pra Pequim pela Air France e fizeram desinfecção com um spray. Nunca tinha visto isso.

  • FELIPE

    Esse lance do Spray só vi quando estava fazendo um voo domestico e um cara saiu do banheiro, logo em seguida veio a comissaria de bordo e aplicou um Spray com cheiro agradável hahaha 🙂

  • ROBERTO

    Amigos, comigo num vôo de Montevideo para Porto Alegre também utilizaram o inseticida…

  • titobosco

    Er.. se começar capengando pra ver como vai ficar a ocupação e for boa, podem melhorar o serviço de acordo com o tempo. sejamos otimistas, tudo começa do rascunho. kkkkkkkkkk otimistas e sarcatiscos, afinal quem é dona da extinta Webjet é capaz de qlqr coisa.

  • bruno

    Pode até ser para não perder os passageiros, mas a alegação da empresa sempre foi que a parada era necessária para abastecimento.

    Absurdo isso, mais uma mentira que as empresas sempre contam e nos fazem de bobo.

  • Guilherme Ortale

    Parabéns pelo relato fiel.

    Alguns reclamam, pois dizem que o que importa é chegar lá, independente do serviço da Cia.

    Beleza, mas isso é uma conclusão que cabe a cada pessoa, a Nyce foi imparcial e apenas relatou como foi o vôo.

    Eu mesmo não iria de Gol para lá mesmo por 30.000 milhas, mas ai cabe a cada um escolher.

    • Nyce

      Obrigada, Guilherme! Alguém me entendeu!! :))

  • Jose

    Presensiei este inceticida em voos da TAM para o Peru e Avianca para o Chile, nāo é uma novidade. Na volta para o Brasil também foi lançado.

  • Marcio Antonio Estre

    Pelo que ela relatou, o problema está em ter de passar por Guarulhos.

    Assino embaixo!

    Eta aeroportinho defasado, sujo, desconfortável!

    Pego qualquer voo que não passe por GRU ou GIG.

  • Marcio Antonio Estre

    INSETICIDA: Procedimento obrigatório em voos internacionais para restringir a contaminação por insetos como os transmissores da Dengue, Febre Amarela etc.

    Viajo muito no internacional e nunga peguei um sem inseticida.

    Mas duvido da "inofensividade" do inseticida…

  • Cássio

    Também vi este procedimento em uma viagem para Buenos Aires. Passaram um produto (fumaça) que parecia gelo seco. Foi muito tranquilo!

  • Marcio Antonio Estre

    E eu já cansei de voar TAM, AA, DL com TV… que não funciona!

  • Thiago Castro

    Obrigado Denise pela informação objetiva. Podemos acabar com os achômetros. rs 🙂

  • M@rcelo

    Pessoal, a paranóia aqui está no texto da nossa amiga. Concordar ou não com o spray é uma outra história (lembrem-se, nos voos não tem somente brazucas), mas não é exclusividade da GOL, pois voei recentemente com a AMERICAN AIRLINES para Miami (sem conexão no Caribe, óbvio) e teve o spray na ida e na volta. Voei TAP para a Europa, em março, e lá estava o bendito do spray também. Abrçs

    • Nyce

      M@rcelo,

      não houve nenhuma paranoia, somente achei estranho o procedimento e comentei, com um toque cômico. Ô inseticidazinho pra dar o que falar, hein!! 🙂

      • Realmente Nyce! Não entendi pq tanta polêmica. Quanto ao seu relato, achei ótimo!

        • Nyce

          Obrigada, Leonardo!

    • Rui Barbosa

      Falou o apedeuta mor !

  • Carlos Augusto

    concordo com a Denise em partes… se queremos conforto, temos que pagar por isso. Mas concordo com Hugo e Dan, pois se tivéssemos tarifas realmente baixas para voarmos de qualquer maneira, poderíamos sim aceitar o custo superior por um serviço de bordo superior. Nos voos domésticos a gol cobra o mesmo preço das concorrentes e no último mês, realizei 3 viagens de ida e volta e em nenhuma delas voei Gol.

    As companhias criaram um grupo para pressionar o governo sobre taxas, preço de combustíveis e tal, mas não vi retorno até agora.

  • Thiago Castro

    "O pior é que coloquei milhas no smiles…."

    Pior pq? É só ir de Delta ué!!

  • Thiago Castro

    Então pode ficar surpresa, pq ela JÁ PEDIU concordata!! hehe. Bobeira, a AA continua funcionando numa boa. Ano que vem (fevereiro e março) farei alguns vôos com eles.

  • Mauricio

    Mas se é parada técnica em Caracas, não se pode embarcar e nem desembarcar passageiros '-'

  • Thiago Castro

    Se fosse o Next Generation teria um pouco mais de espaço que o vôo no avião "antigo".

  • Nyce

    Denise,

    a minha intenção ao escrever esse post foi somente ajudar aos leitores do MD que, como eu, não conheciam a experiência de voar para um destino americano com a Gol. Desta forma, relatei as minhas impressões e as comparei com o voo da AA, que é a companhia aérea na qual eu já fui aos EUA algumas vezes. Quando eu digo que a aeronave (não um Airbus, erro meu, obrigado meu povo)é "mixuruca" ou algo assim, é a minha opinião e ela deve ser respeitada, assim como a sua ou a de qualquer outra pessoa. Já dei a minha impressão, agora cabe a quem quiser tirar as suas conclusões. Quanto a voar de 1ª classe, não acredito que somente essa categoria deva ter direito a um mínimo de conforto, afinal de contas, pagamos sempre muito caro pelos serviços aqui no Brasil e sempre aceitamos tudo numa boa! Acho que a gente tem que ser exigente sim, porque somente a nossa insatisfação poderá melhorar a qualidade dos serviços prestados.

  • Nyce

    Você provavelmente não tem rinite alérgica, como eu… :))

  • Nyce

    "Resumindo o meu longo relato, apesar dos pontos positivos (30 mil milhas, serviço de bordo “razoável”, tripulação simpática ), eu não faria novamente esse voo com a GOL, só por causa da conexão em Sampa, que é extremamente cansativa."

    Muito bem observado. Eu não esperava nenhum serviço de 1ª classe, ao contrário do que alguns leitores do MD comentaram, afinal, foram somente 30mil milhas, só esperava o mínimo de conforto possível. A minha decepção foi com a aeronave sem entretenimento, principalmente porque o atendente da Smiles me garantiu que seria a NG mais espaçosa e com o sistema Gol no Ar, e PRINCIPALMENTE com a conexão chatíssima e demorada em GRU. Resolvendo essas duas questões, eu iria numa boa. Mas acredito que a Gol pode melhorar esses voos para os EUA em muitos aspectos para superar a concorrência, não custa nada a gente sempre dar opinião e solicitar melhores serviços.

  • Nyce

    Tem toda razão, Rafael, mas o importante é a gente sempre dar a nossa opinião, principalmente nesses voos "experimentais", digamos assim, para que a Gol sempre vá melhorando os serviços, e sempre se pode melhorar, não é mesmo? E, realmente, Orlando é show de bola!

  • eduardo

    kkkkkkkkkkkkk muito bom comentario!!!!!11kkkkkkkkkkk

  • Frederico

    a AMERICAN AIRLINES já está em recuperação há seis meses nos EUA, laura. Foi amplamente divulgado. É só ler e ter memória. (E/ou, procurar atualmente na internet. fácil fácil)

  • Nyce

    Se vc ler direito o texto, vai perceber que eu citei pontos negativos e pontos positivos e depois tirei a MINHA conclusão. Cabe a quem quiser decidir com que companhia aérea fará a sua viagem! Mas não acho que a gente tem que ser cordeirinho e aceitar tudo numa boa, senão daqui a pouco vão disponibilizar voos de 12 horas em ATR's 42 e sem ar condicionado…:)Temos sempre que exigir bons serviços, obviamente com ponderação e bom senso.

  • Frederico

    Denis, me permita… Vivemos mesmo em um mundo de CEGOS, e surdos… (mas NADA MUDOS…). Lá no início dos comentários uma moça de nome Denise, comissária de bordo EXPLICOU ESSA QUESTÃO DO INSETICIDA e, no entanto, ninguém leu, ou deu atenção. Cada um diz uma coisa, falo isso, aquilo, é contra, a favor, ou muito pelo contrário… Depois o finado Saramago escreve "Ensaio sobre a Cegueira" e ninguém entende ou acha "chato". Não surpreende… 🙂

  • Thiago

    mas como tem gente chorona

    30 mil milhas ida e volta é praticamente a METADE que as outras cias cobram. Se for comparar com a TAM então…

    O mais importante é chegar no lugar. Claro que conforto é legal, mas até esperava menos da Gol. Pelo visto tão abrindo a sala vip pra todo mundo desses voos, mesmo que não esteja qualificado para tal. A alimentação que muitos esperavam ser barrinhas, ta vindo no nível das outras cias.

    Ainda tem a possibilidade de pegar as poltronas da frente sem ninguém sentar no meio, experimentem fazer o voo da delta no 757 que vai de Brasília pra Atlanta… é 3×3 e tudo ocupado, sem essa de lugar do meio vago.

    Pra mim o maior problema desses voos da Gol é a obrigatoriedade de data de ida e volta, restringe demais a flexibilidade da viagem.

    Claro que o voo da gol só vale a pena na promoção de 30 mil milhas ida e volta, porque no preço normal (igual das outras) não vale nem a pau.

  • Leo

    Concordo com vc!!!!!! Nem lula nem Dilma fez nada pela aviação no Brasil!!!!!

  • Rogerio

    O povo fala do inseticida so para dizer que ja fez voo internacional!.

    Ja existem 1000 comentarios sobre isso, esta bom ou ainda nao?

    Parem de estragar o post da Nyce com esses comentarios, esta mais do que comentado ai acima.

  • Leo

    E alguém tem alguma notícia dos novos voos de GIG e GRU para MIA E MCO com parada em SDQ? Quando será que eles vão por pra vender? Está chegando dia 15/12 (data que pretendem começar a operar!!!)

  • Thiago SSA

    Obrigado pela avaliação Nyce, esperávamos muito essa avaliação, e tudo dentro do que eu já imaginada.

  • Angston

    Cara Denise: grato pela sua explicação.

    Um pergunta: esse "inseticida" mata o que exatamente? É pra insetos mesmo no avião ou para pessoas?

    Tenho certeza de que não é só para vôos que saem do Brasil, né? Pq francamente, o Brasil deveria exigir isso de vôos que saem de outros países tb, como Argentina e todos da AM. Latina.

  • Ana Carla

    Isso, sem baygon nos passageiros em pe, por favor… kkkkkkkkk!!

  • Helena

    Sim, já voei com Iberia e Tam para Europa e tb passaram esse inseticida na ida e na volta! Normal…

  • Carlos

    Porque o combustível em caracas custa 50% menos que aqui. O combustivel é o vilão de tudo, cerca de 60% dos custos de uma cia hoje está sendo com o combustível..é ele que esta sufocando as cias aéreas..

  • Ana Carla

    Finalmente uma explicação! Valeu, Denise 🙂

  • Pablo

    Isso é uma exigência do órgão de fiscalização sanitária local, no nosso caso, ANVISA.

  • Bruno

    Exatamente isso que eu ia comentar, houve alguns rumores que a GOL iria operar essas novas rotas internacionais com a nome da VARIG, com o serviço de bordo da mesma, enfim, isso realmente me chamou atenção também!

  • Tercio

    Quanta polêmica por causa de um spraysinho inofensivo!!! No demais os latões velhos da AA compensam para quem pode pagar mais. São boing 757 e não Airbus como mencionado.

  • Hugo

    Nos voos da Gol com o Smiles só pode ficar uma semana ? Ou posso escolher o dia de voltar ?

  • Vinícius

    "Da próxima vez que quiser ir para os EUA, vou optar pela American Airlines, que vai ter um voo direto saindo de Salvador na ida (eliminando a escala em Recife) e já tem um direto na volta (MIA-SSA). O avião é o Airbus meio velhinho"

    A American Airlines não tem Airbus há quase dez anos! :=)

    • Nyce

      Vinicius, recomendo que leia todos os comentários, afinal de contas, o erro foi meu, e já corrigi mais acima!

  • Realmente, só que o da TAM não incomoda – eu pelo menos não senti odor algum.

  • Marta

    Finalmente um comentário sensato…ufa, ja tava desapontanda com esse esse tanto de comentario inutil acima!

    • Eu também, como um relato tão útil tomou esse rumo nos comentários?

  • luana

    Tem toda razão Nyce. Concordo com você em gênero, número e grau. Fico com "vergonha alheia" das pessoas que criticam quem, de bom grado, se dispõe a dar um rico relato como foi o seu… Se as pessoas querem viajar mal, problema é delas. Mas você e eu temos todo o direito de querer um pouco de conforto, rsrs. Confesso que já fiz várias viagens internacionais e o que salva é o entretenimento de bordo. Não sei como ia me virar sem isso. Obrigada Nyce pelo relato. E não dê bola para essas pessoas de coração duro.

    • Nyce

      Obrigada, Luana!! 🙂

  • Fabiano

    Na verdade, "inúmeras" foi apenas a percepção do sofrível vôo. Na volta, teve escala em Caracas ! A comida é outro ponto de sofrimento. Como não levei lanche, fiquei sem comer de 22 h até 8 h da manhã. Boa sorte para quem quiser se aventurar.

    • Daniel Matos

      Faz muita diferença mesmo. Uma coisa é vc optar por uma companhia low cost para voos de curta duração. Nesse caso é vantajoso vc pagar mais barato e não ter nada oferecido. Mas num voo de 10 horas, faz diferença vc ficar sem comer ou sem se distrair. Low cost pra viagens de longa duração podem ser uma armadilha.

    • Ola Fabiano! Você poderia deixar também o seu relato sobre o voo e suas impressões para compararmos com as da Nyce. Não precisa de fotos, mas apenas os relatos desde o embarque no Brasil até o seu desembarque aqui de novo!

  • Ana Carla

    Muita gente te entendeu, Nyce… é que polemizaram tanto a questão do spray que mudou o foco do seu relato, que foi muito bom! Eu inclusive tinha curiosidade para saber como era esse voo e encararia fácil uma viagem dessa agora que li seu post, parabéns!

  • Ana Carla

    Pra mim o único problema também é essa obrigatoriedade de datas, Thiago… de resto achei bem satisfatório o serviço, principalmente se compararmos `as companhias americanas!

  • jorge moraes

    Só não foi explicado o por que de as fileiras da frente não possuirem as poltronas do meio.

    • Thiago Castro

      Óbvio que possuiam fileira do meio, só estavam bloqueadas para q ngm sentasse nessas poltronas e sobrasse mais "espaço" pro pessoal ali.

    • Marcos

      Onde você leu isso? Elas só não estavam ocupadas.

  • Alan

    voei pela TAP (para Europa) e pala El Al (para Israel) em dezembro e não vi nada de inseticida, ainda bem até por que tenho asma ou seja morreria com o cheiro do inseticida !!!!

  • Ricardo Daniel

    OLHA A NOVA PROMOÇÃO DA GOL AI GENTE!!!

    1.000.000 DE MILHAS SMILES!

    COMPRE A PASSAGEM, CADASTRE O CÓDIGO LOCALIZADOR NO SITE E CONCORRA TODA SEMANA A 1.000.000 DE MILHAS SMILES!! PASSAGENS A PARTIR DE R$ 50,00. APROVEITEM!!

    Período de Aquisição: 19/10/2012 a 30/11/2012. Período de cadastro no site http://www.1milhaodemilhas.com.br.: 19/10/2012 a 30/11/2012

  • Daniel Fernando

    Interessante, o "sprayzinho" também foi aplicado emum vôo para Buenos Aires em Setembro, só que pela TAM, saindo de Guarulhos…

  • Diego

    Excelente Avaliação? Pior relato de voo até então aqui no MD. Parabéns a leitora por ter feito, mas convenhamos, precisava tanto deboche? Não nos interessa qual foi sua solução por não ter entretenimento a bordo (carreguei meu tablet de filmes), basta dizer que não há entretenimento e basta. Também não nos interessa saber que a partir de agora você vai voar aos EUA somente AA direto de SSA. Mas enfim, agradecemos o seu material que nos deu uma boa idéia de como é o voo para os EUA com a GOL – o qual eu considero uma boa opção se buscar economia.

    • Diego, é uma questão de opinião. Eu particularmente não vi deboche nenhum, apenas uma forma mais bem humorada de escrever e posso dizer, pelo que acompanhamos ao longos dos anos aqui no MD que a maioria dos leitores também encara dessa forma. Vamos combinar: avaliação não é relatório técnico! 🙂

  • Thor

    Eles abrem a sala VIP para TODOS os passageiros desse voo? Eu moro na Europa e sempre uso a sala VIP Smiles quando volto para Barcelona e não gostaria de encontrar a sala lotada com passageiros desse voo, o serviço passaria de simples a medíocre. Espero que usem pelo menos a sala Vip nacional, que fica vazia nesse horário. Eu viajo com a Singapore que parte do terminal 1, mas muita gente que viaja Qatar também utiliza essa sala no mesmo horário dos voos Gol para os EUA.

  • Simone

    Acabei de chegar de Miami pela Gol,nas mesmas condições descritas pela Nyce,

    Pergunto: alguém já viajou de Ibéria ?

    O que realmente mais me preocupou foi o excesso de bagagem dos passageiros em um avião de porte pequeno. Ficamos no saguão observando os funcionários com bastante dificuldade em acomodar as bagagens. Quando entramos no avião , o vôo atrasou um pouco pois não tinha lugar para colocar todas as bagagens de mão( malas (p, m g), sacolas(p,m,g), etc

  • Guilherme Ortale

    Acho que você quis dizer Sky Interior. Next Generation do -600 pra frente todos são.

  • Boa, Denise. Ia comentar que o procedimento é comum, mas nada melhor que alguém da área para confirmar. o/

  • Nilson

    Pegaram uma pessoa completamente sem experiência em viagens internacionais pra fazer essa review, não é possível. Parece que foi comprada pela concorrência.

    Qualquer pessoa que já viajou para América do Sul ou Caribe já cansou de ver esse procedimento do inseticida, tanto na Gol quanto na TAM.

    A maioria dos aviões da Copa não possui entretenimento individual e ninguém reclama. E, de lambuja, ainda viajou sem ninguém do assento do meio, pois estava bloqueado!

    Óbvio que, saindo do nordeste, uma conexão em GRU seria cansativa – não é culpa da empresa. Não quer isso, pegue um vôo Nordeste-USA.

    Acho que a Gol merecia uma review de melhor qualidade.

    • Nilson, desculpe mas seu comentário não possui o menor cabimento. O grande número de comentários a respeito do inseticida demonstra que o procedimento é, no mínimo, curioso. Ainda assim ele apenas foi relatado pela leitora no final, sem desmerecer a GOL por isso. Em segundo lugar, não há porque se falar em Copa em uma avaliação da GOL, assim como não foi citada nenhuma outra companhia. O que a leitora fez – muito bem, aliás – foi transcrever o que ocorreu durante sua viagem.Nós já publicamos relatos de passageiros inexperientes, pois o que conta é a experiência, mas também não é o caso, visto que a leitora cita que já viajou três vezes para os EUA e quatro vezes para a Europa, experiência que poucos têm. Desculpe, mas você foi muito infeliz na forma e no tom do seu comentário, especialmente com alguém que se propôs a dedicar tempo em fazer um relato apenas para ajudar outros leitores, sem ganhar nada por isso.

    • roberto braganca

      talvez o Nilson podera fazer um review melhor.

  • Felipe Rossi

    Ja passei pelo procedimento do inseticita voando de BSB – ATL, BSB – LIM, GRU – MVD, EZE, SCL e Amsterdan. FAz parte da proteçao fitosanitária dos países envolvidos nos voos.

  • Liciana

    Muito bom o seu relato… estava pensando em uma próxima viagem voar pelo Gol, mas vou reavaliar melhor a minha idéia… Mas de qualquer forma muito divertido o seu relato.

  • Marcus

    Fui para Punta cana recentemente e o procedmento com o inseticida foi realizado também.

  • Xico

    Os comentários ficaram muito no "tal" do inseticida. Acho q esqueceram de comentar do desconforto que é voar 8 horas ou mais num 737-800. Ainda por cima, sem entretenimento a bordo. Isso sim faz falta. Não faria um voo pros States de Gol, NUNCA. Aeronaves de maior porte dão um conforto que um 737 nunca vai ter. Como sempre a Gol Linhas Aéreas Inteligentes, como eles mesmo dizem, peca. Pecam nos voos domésticos, imagina num voo de longa duração.

  • Leonay

    Verdade Vinicius, confirmo… Nas férias, quando eu estava saindo de Paris, nada de inseticida, kit higiene, nada… na volta foi essa palhaçada de pulverizar e o kit de higiene. Bom, o inseticida até vai pq aqui eles morrem de medo de malaria, dengue, febre amarela e sei la o q, mas o kit higiene somente indo p Europa foi o cumulo. Desde qdo Europeu é assim tão limpo e cuidadoso c a higiene cm maior parte dos brasileiros, à ponto de n poder nos receber antes de um bom "trato"?! Brasileiro n são suficientemente limpos p entrar em território europeu?! o_O

  • THIAGO

    Obrigado Nyce, pelo ótimo post, estava no aguardo sobre o mesmo, E estou disposto a encarar 737-800 por 30.000 milhas smiles. Entretenimento eu levo o meu. assento do meio bloqueado já ajuda, o resto eu resolvo na times square…hahahaha

  • Nyce

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Cristiano

    Também passei pelo mesmo procedimento em um vôo recente para Argentina pela GOL. Não achei nada demais que chegasse a incomodar, mas tem que gente que se apega a detalhes bobos.

  • Yuri

    Certíssimo!

  • FH

    Como já disseram aí em cima, a American está fazendo o Recife/Salvador – Miami com 757, nada de Airbus. E que será objeto de um relato meu em breve, assim que o trabalho deixar.

  • simone

    Acabei de chegar de Miami no vôo da Gol, com 30000 milhas. Para mim, a flexibilidade é um problema e no caso de Miami, o volume de bagagem dos passageiros em um avião de porte pequeno. Os funcionários colocaram e tiraram as bagagens 2 vezes( não sei se para equalizar peso) e depois que entramos no avião , não tinha lugar para as malas ( p ,m e G) , sacolas ( p, m , G) . O comandante teve que esperar um tempo para que as malas pudessem ser acomodadas para o avião partir.

    Esta foi a maior preocupação dos passageiros no meu vôo.

  • grego

    é regulamento, tem vezes q passam antes do embarque e tem vezes q passam durante o após o embarque.TODAS as cias, repito TODAS no mundo inteiro em voos internacionais são obrigadas a fazer isso.

  • Oscar R

    Amigos, o processo de "vermifugação" dos é uma pratica comum,cada linha aerea da uma desculpa difrente, mas o fato é que existe. Nunca espero nada de inovador da Gol, supostamente é mais barata e por conta disso recebemos menos, embora tudo o contrario aconteceu com os voos para Bogota, a Avianca (colombiana) oferece melhores aeronaves, sistema indeoendente de entretenimento (dezenas de filmes, videos, etc), ótimas refeições, etc por um preço mais em conta que a Gol. Ressultado; a Gol teve que parar de voar para a Colombia pois não aguentou a concorrente colombiana.

  • Diego

    Obrigado pela sua contribuição Nyce, agora já temos uma base na hora de avaliar se é valido ou não voar esse trecho via Gol.

    Dúvida: Existem relatos dos voos TAM para os Eua?

    • Não, por enquanto apenas para o Chile e Europa, que é bem semelhante

  • simone

    Acabei de chegar de viagem no voo da Gol para Miami e viajei com muitas companhias aéreas e nunca fizeram o procedimento do inseticida, porém, na hora de aplicá-lo foi explicado o porquê de tal procedimento e ninguém no meu voo comentou ou achou estranho.

    O avião não era realmente o que esperávamos, mas isto não acontece somente com a GOL. Até com Lufthansa já viajei com avião pior ,dentro da Europa, mas com trajeto longo.

    Fomos muito bem tratados pela GOL neste voo de clientes de milhagem. Precisamos dar crédito a uma companhia brasileira e dar tempo aos ajustes.

  • Nyce

    Diego, em nenhum momento houve crítica agressiva à Gol ou a quem quer que seja; foram apenas citados os pontos positivos e negativos, apenas um relato de uma passageira que queria compartilhar sua experiência. Se você encara bom humor como deboche, então o problema está em você. Sempre existe a opção de não ler o post que tanto o desagrada, ou criticá-lo de maneira ao menos educada e respeitosa!

  • Camila

    Inofensivo pra vocês sortudos que não tem milhares de alergias respiratórias hahaha. Meu pai sempre leva uma mascara cirurgica caso resolvam borrifar isso com as pessoas dentro da aeronave, já teve uma crise de quase fechar a garganta. Mas geralmente eles fazem isso antes do embarque, então é mais tranquilo.

  • Nyce

    Nilson, eu não sou jornalista e não fiz nenhum review da Gol, apenas relatei a minha impressão, e houve pontos positivos que mereceram destaque (basta LER o texto), sobretudo se comparados a outras companhias aéreas. Você já pensou em fazer o seu próprio review? Talvez ganhe até algum prêmio de melhor post do ano! Quanto à minha experiência em viagens internacionais, não vou detalhá-las, pois não tem nada a ver com o assunto. Além disso, você foi realmente muito infeliz ao falar que fui comprada pela concorrência, não somente ofendendo a mim, como também a boa reputação do Melhores Destinos: você acha que os posts dos leitores aqui são manipulados??

  • Camila

    Nyce,

    Vou fazer esse vôo em novembro e estava ansiosa por um relato.

    Parabéns!!!!

  • diego_euro

    Concordo caro Hugo, quando a Gol tem promoção nao compro, espero a Tam ou a Azul equiparar o valor!

  • Ana Carla

    Que comentário agressivo e inoportuno! Mas a resposta do Denis foi ótima, rsrs…

  • Ana Carla

    Gente que vê deboche em gente bem humorada, eu heim!! Adorei o relato da colega, achei tao divertido e sem deixar de abordar o que interessa 🙂

  • Debora Pamplona

    Cara Nyce, já voei pros EUA pela American Airlines e foi um pesadelo. Tudo que podia dar errado, deu; perdemos vôos, as reservas estavam com a data errada, vôos atrasados, enfim! Foi uma grande decepção. AA nunca mais!!! Fique com a Gol mesmo. Dos males o menor!

    • Francisco Fernandes

      Debora, vc provavelmente deu muito azar. Isso poderia acontecer com qq outra CIA. Se olhar as demais avaliacoes, vera que não é exclusividade da AA. a TAM tbm pisa muito na bola. Eu voo sempre de AA, por causa da fidelidade, e volta e meia eles pisam na bola. Nada que uma boa ação em pequenas causas não repare 🙂

  • Gadolyn Marotte

    Concordo Nyce, seu relato foi 10 ! Muito obrigado pela ajuda !!!!

    E foi de um bom humor incrivel !

    Bj

    🙂

  • Sérgio

    Preciso discordar apenas com a informação de que a passagem para o Brasil é mais barata na Europa do que a passagem vendida para nós brasileiros. Tenho uma amiga que mora na França faz vários anos e eu sempre me assusto com o preço da passagem que ela paga para vir ao Brasil visitar a família. É bem mais difícil achar essas promoções que vira e mexe o MD nos apresenta. Falei apenas mais difícil, não disse que não existe, antes que comecem a jogar pedra. No mais, concordo que precisamos reclamar pelos nossos direitos, a diferença é que o brasileiro acha que reclamar é sinônimo de baixaria. Já vi cada coisa dentro de uma aeronave, cada cena, que cheguei a ficar com vergonha de ser brasileiro e ser associado à esse tipo de gente baixa e sem educação. Reclamar e exigir os direitos sempre, baixaria NUNCA. Pronto… agora podem tacar predar. (rs)

  • Gadolyn Marotte

    Se é pra ir com escalas, eu confesso que a Avianca é "menos pior"…

  • Francisco Fernandes

    Bom, a concorrencia para os EUA esta aumentando, e isso é bom ! Mas por 30K milhas não dava pra esperar muito, ainda mais da Gol e seus antigos 737.

    Suu cliente frequente da AA, nao pela qualidade, mas por conseguir trocar minhas minhas com facilidade e dar conforto pra quem voo muito dentro dos EUA. Eu fui diversas vezes pra Miami e NY por 40K milhas.

    Se a Gol realmente tivesse voando com os 737NG, seria outro papo. A questao da escala, independente de onde for, é sempre um inferno, ainda mais se for fazer alfandega e depois a conexão.

    Parabens Nyce pela revisão ! Pena que a maioria se deteve no detalhe do spray !!!! (risos)

  • CURITIBA PEDRO

    PREZADA NYCE,

    Grato por lembrar a todos que o padrao VOE GOL é o padrão EASYJET!

    Só usarei EASYJET por necessidade!

    Não recomendo a ninguém viajar EASYJET!

    Pedro.

  • Tadeu Hyppolito

    A questão do inseticida não é exclusiva da Gol . Já aconteceu comigo em voo da TAM para Paris . Comissários informaram que era exigência das autoridades Fancesas.

  • Raoni Fonseca Duarte

    Nossa, esse inseticida deu mesmo o que falar en!!

    Nyce, parabéns pelo relato – com certeza foi o mais divertido que já li no MD!

  • Tarcísio Mede

    Sim, eu já peguei alguns vôos que eles fizeram esse processo também, mas até onde me lembro, não tinha cheiro irritante…

  • Francisco Fernandes

    Diego, ja voei TAM diversas vezes pra NY, tanto no voo diurno qto no noturno. Pontos positivos: Sistema de entretenimento individual dos A330, atendimento cordial e em portugues, voo direto do Rio pra MIA e JFK e o A330 é provavelmente o aviao mais confortavel e moderno na rota. As outras cias usam 767-300 e alguns poucos 777 (AA na rota de Sao Paulo).

    Pontos negativos: passagem normalmente mais cara (todo o Brasil acaba voando de TAM), impossivel trocar milhar no minimo se não for com antecedencia maxima.

    Eu gosto de voar TAM, mas por questoes de acumulo de milha, acabei optando em concentrar na AA. Principalmente porque consiga, em muitas ocasioes, comprar passagens na tarifa mais baixa, mesmo em cima da hora (fora de temporada, obvio). Na TAM isso é muito dificil. Pra quem viaja muito e decide ir de uma hora pra outra (negocios), a TAM torna-se inviavel.

    Abraço !

  • Alberto

    Mantendo o assunto “inseticida” em voga, quero deixar registrado que fui em fevereiro para França, pela Air France, e foi aplicado tal spray. Na volta pela KLM, vindo de Londres, também.

    Em outra viagem em junho para Buenos Aires e Santiago, pela Gol, também foi aplicado. E na volta Santiago-Guarulhos a promessa era que o avião seria o 737 Next Generation. Mas só promessa.

  • Pedro Pinto

    Ficou muito bom o relato, porém, assustador, será que a gol vai conseguir destruir o serviço de bordo internacional assim como fez com vôos domésticos. Fim dos tempos .

  • Márcia

    Acabei de voar de Brasília para Los Angeles com conexão em Miami, depois Los Angeles para San Diego e na volta San Diego, Dalas, Miami e Brasília pela American Airlines e não tenho nada a reclamar.

  • Andréa Lins

    A GOL também adota o mesmo procedimento de "desinsetização" ou o que quer que seja para a Argentina! Achei estranho, pois na volta realmente não há. Já não vi a Delta ou a Air Cananda fazendo o mesmo.

  • Marcos Capucci

    Concordo que Lula e Dilma foram os carrascos da aviação brasileira! Foi com eles que se instalou o interminável APAGÃO AÉREO no nosso país. Ontem mesmo houve um apagão nos terminais da GOL com centenas de voos atrasados.

    E nos últimos 2 (DOIS) anos, das 13 empresas regionais existentes no Brasil, 8 fecharam. (http://www.gazetadopovo.com.br/economia/conteudo.phtml?id=1289108&tit=Turbulencia-na-rota-da-aviacao-regional)
    Chegamos a um ponto que atraso no Brasil passou a ser corriqueiro, normal. E isto é uma vergonha.

    E tem mais: o preço cobrado pela GOL é um absurdo, conforme relato do voo acima. E hoje em dia para sair do Brasil ficamos reféns das empresas internacionais, das absurdas tarifas ou das empresas nacionais medíocres.

    É por isso que sou leitor deste excelente blog , que consulto diariamente em busca de ofertas.

    De preferência de empresas internacionais.

  • M@rcelo

    Coloquei como paranóia pelo final da tua frase: "… e nunca vi algo tão grotesco, para dizer o mínimo. Seria medo de estarmos infectados??? Piolhos?? Gripe suína??"

    Achei meio que mania de brasileiro achar-se sempre perseguido!!

    O relato teu foi ótimo, somente achei que pecou nesse item (uma simples enquete juntos a alguns amigos teria evitado esse, desculpe-me, deslize.

    Mas fica os meus parabéns pelo relato.

    Abrçs

    😉

  • Arthur J

    Os voos da GOL para os EUA estão sendo feitos pelo PR-GIT (pintura especial "Smiles") e pelo PR-VBJ que, da frota, são os que possuem homologação para maior peso de decolagem, o que é interessante para um voo onde as bagagens por passageiro (franquia) é de duas malas de 32Kg mais uma de mão com 05 Kg. Eventualmente colocam outros. O inaugural em Orlando foi o PR-GGX, que tbm não possui Sky Interior. Mas, do relato, é interessante o bloqueio dos assentos até a fileira 14, seria por causa do peso, das bagagens?

    Ah, e o avião da American que faz SSA-MIA é o Boeing 757-200.

  • Arthur J

    Acabei de voar de Manaus para Miami, Miami a San Francisco, San Francisco a Dallas e Dallas a Orlando…Aeronaves muito boas (B737-800 com Sky Interior) e atendimento muit bom. A ressalva é que tem tarifas mais baixas que exigem pagamento para despacho de bagagem (US$ 25 por mala) e o lanche é pago tbm (servem apenas bebidas grátis, mas no refrigerante vc recebe uma lata, por exemplo). Tem Wi-fi em quase todos os aviões, mas é pago tbm…)

  • Gabriela

    Acabamos de voltar de Orlando (Porto Alegre-São Paulo-Orlando)e voamos pela TAM, recomendo muito, o avião é muito confortável, tem diversos filmes de tudo quanto é gênero, também tem seriados de TV, musica, jogos e no avião da ida até tinha a opção de ficar olhando a câmera de fora do avião!

    Sentimos que estávamos na primeira classe (fomos na economica) porque eles dao uma necessaire com escova de dentes, pente, meia e uma caneta, tambem passam com lenços umedecidos quentes antes da refeição, dão agua e bala… aih vem a refeição e apos se quiser, pode tomar café… achamos muito bom e sempre fomos super bem servidos pela equipe da TAM. (Se não me engano, foi 1,500 reais a passagem de ida e volta)

  • Vanessa

    Nyce, ótimo relato e adorei o bom humor! E que spray poderoso hein? Dissolve bom senso, elimina educação e extermina qualquer bom humor! Credo.

    Até que você achou alguns pontos positivos nesse voo. Nunca espero nada de bom da Gol (ok, exagerei, espero que a aeronave não caia), sempre tive péssimas experiências e faço qualquer negócio para não ter que "enfrentá-la". Deixando claro que essa é apenas a MINHA opinião sobre os serviços da empresa. Não transfiro mais meus pontos para o Smiles para não cair em tentação nessas promoções!

  • Danilo Fernando

    E eu? Que li TODOS os comentários desse post só agora… posso passar o inseticida aqui em casa?

    Em tempo, parabéns pelo relato Nyce!

  • Fabiana

    Gostei bastante do relato em dez vou nesse voo!

  • Danilo Fernando

    Do jeito que as pessoas escrevem aqui (sem respeitar a opinião dos outros como você fez) acho que nunca vou enviar relato dos meus vôos para o MD!

    Gente, pra quê tanto ódio no coração? rs

    • Tem gente que nasce pra fazer, enquanto outros nascem só pra reclamar e apontar erros. Eles nunca erram, já que nunca fazem.

      Pode mandar Danilo que será muito bem vindo.

  • Danilo Fernando

    Pow Denis, acho que sinceramente, alguns comentários… tais como o desse Sr. Nilson, não deveriam ser publicados!

  • Danilo Fernando

    Querida, não gaste seu tempo tentando se explicar!

    Já diz o ditado: 'Não se justifique: os inimigos não acreditam, e para os amigos não é necessário'! 🙂

  • Danilo Fernando

    Ok, já entendemos sobre o inseticida!

  • Danilo Fernando

    Pronto! Li todos os 230 comentários pra dizer algo que ninguém ainda escreveu: No meu voo de TAM para o Chile, também passaram o Spray! Rs

  • Bernardo Cretton

    Atesto o que disse a Andréa Lins: passei por esse processo somente na ida no voo GIG-EZE, mas não teve na volta. O curioso é que a segunda vez que fui a BsAs, num avião Varig, não houve essa manobra!

  • Jorge

    excelente seu post, parabéns!

    Para reporter nenhum visitar defeito.

  • Cassio

    Verdade, tive vontade de dizer que a dedetização se tornou obrigatória após baratas voadoras terem entrado em aviões durante o vôo, tamanha a relevância desta questão.

  • Roberto Dignola

    Concordo que sempre esperamos conforto em um voo longo, mas lembrando que esta viagem sai por 30.000 pontos, temos que reconhecer que a relação custo-benefício é adequada.

  • Luiz Eduardo

    Adorei o relato! Quase chorei de rir! Se vc não se divertiu tanto durante o vôo, pelo menos compensou e se divertiu bastante para escrever.

    Agora, se não compensa para quem vem de fora de SP, pode valer a pena pra quem não tem que fazer a escala… Obrigado pelo texto delicioso!

  • marcus leite

    Que que isso, companheiro? Pra quê esse mau-humor. O texto da Nyce foi bom exatamente por ser diferente dos textos pedantes que alguns chatos(provavelmente você) fazem e que não retratam o mais importante, que é o sentimento do passageiro. Nada é mais importante que o Sentimento do passageiro e nossa Aviação é a M… atual exatamente porque esqueceram disso. Já ouvi autoridade aeroportuária chamar passageiro de estorvo. Se a Infrazero se preocupasse com o sentimento dos passageiros e a Gol também, certamente, coisas melhores aconteceriam….

    Melhore o seu humor….

  • marcus leite

    Desculpe Nilson, definitivamente a Gol não merece nenhum Review de Qualidade!!!!

  • Ana Beatriz

    E desde quando mascara cirúrgica impede que produto como inseticida seja inalado?

  • Guilherme Queiroz

    Vi "inseticidas" em 4 vôos da British Airways, que passavam por Londres e São Paulo.

  • Mauro Guimaraes

    Nao li os comentarios, mas li o texto e assino embaixo.

    Estou nesse momento em Orlando e vim nessa promocao da GOL.

    Assino embaixo em tudo o que ela disse.

    Para uma viagem dessa, o aviao e muito desconfortavel. Ja vim para Miami pela Copa e achei o assento mais confortavel.

    Nao importo com entretenimento a bordo, a unica coisa que tinha eram revistas e em algumas poltronas passatempo.

    Achei legal o brinde da Natura e dos acessorios de higiene bucal, ainda mais quando abri minha mala e descobri que havia esquecido a pasta.

    O lance do spray ja havia visto em outros voos, se nao me engano no da Copa para Miami e em um para a America do Sul. Nao estou certo de quais voos vi.

    A volta relato na proxima semana… ehehhe

  • RABUGENTO (@RABUGENT

    São procedimentos por ordem do governo argentino.

    Não querem nossos insetos apesar de que há alguns anos tiveram infestados de febre amarela e de dengue em Buenos Aires…

    Temos que tomar cuidado para não trazer os mosquitos de lá…

  • Leo

    Nyce, sou uma leitora que precisa de pessoas como vc para relatar as experiências..pois voei poucas vezes…pelo Brasil,tive somente 1 experiência internacional. tenho acompanhado os posts para estar atualizada. o DM é excelente..os comentários rsrsrsrs uma distração a parte..Parabêns a todos que separa o seu precioso tempo para compatilhar suas experiências com as próximas experiências de pessoas como eu.

  • Nyce

    Tem razão!! E ainda fiz marketing (involuntário) de Baygon… kkkkkkk

    Vanessa, certamente foram citados pontos positivos: pontualidade da Gol nas decolagens e nos abastecimentos, tripulação simpática, refeição a bordo, kit de boas-vindas, sala vip, sem contar o valor de 30 mil milhas. Porém, pra quem mora fora de SP acho que não compensa o transtorno da conexão, a menos que tenha um espírito aventureiro muito grande! Eu confesso que não tive, depois de tantas horas de voo. Quanto ao entretenimento, quem for agora que leve seu tablet com 100% de carga, além de livros e sonífero – hehehehe.

    A propósito, eu passei um e-mail para a Gol, com o resumo dos pontos positivos e negativos sob a minha ótica, e eles responderam que iriam avaliar a situação para os próximos voos – quem sabe se esses voos para NY não vão melhorar? O que importa é a gente sempre dar o feedback, para que assim possamos ter melhorias nos serviços.

  • Nyce

    Preço muito bom! Acho que foi mais ou menos o que eu paguei em outubro do ano passado p/ voar pela AA de SSA/MIA… Na época, a TAM estava bem mais cara, e ainda tinha a conexão em Sampa. (chato Salvador não ter tantas opções de voos diretos…)

  • Nyce

    Ele ganhou uns minutos de fama!! kkkkk

  • Nyce

    Bom, pelo menos ganhei centenas de explicações científicas a respeito do tema inseticida!! 🙂

  • O DM sou eu? 😀 Acho que era o MD, né? kkk

  • MAria Alice

    Eu passei pelo mesmo procedimento num voo recente da TAM de São Paulo para Londres.

  • Luci

    Gostei das informações. Uma dúvida: Alguém sabe se a Gol já tem voos regulares do Rio de Janeiro para os EUA?

  • Fabiano

    O uso do desinfectante é absolutamente normal. A presença de pessoas de vários lugares num abiente confinado, apresenta algum risco de trasmissão de doenças. Quando você não vê o procedimento sendo feito, provavelmente é porque já foi realizado. Diga-se de passagem, um avião pode ser tão ou mais contaminado do que um ônibus coletivo. Pelo menos os ônibus são lavados durante a noite, já o avião…

  • DanielSR

    Excelente relato Nyce. Texto fácil de ler e abordou tudo que é importante numa viagem: pré-vôo (tempo de espera, acomodação), durante o vôo (conforto, alimentação, entretenimento) e curiosidades (inseticida e afins). Aí tem os infelizes que vão no efeito manada: vêem alguém falando mal de alguma coisa e aumentam o coro sem nem saber porquê. Na MINHA OPINIÃO, o seu texto foi totalmente suficiente para saber como será a viagem pela GOL, caso eu a faça um dia. Obrigado!

  • joaoprudente

    Olá, para mudar um pouco o rumo da prosa, segue link (em inglês) onde é explicado o possível motivo dos voos da GOL para MIA não fazerem escalas em Caracas (como havia sido esperado).

    http://centreforaviation.com/analysis/gol-shifts-

  • jorge moraes

    Realmente, me expressei mal, eu quis dizer, por que o poltronas do meio nas primeiras fileiras estavam bloquadas?

  • jorge moraes

    Realmente, me expressei mal, eu quis dizer, por que as poltronas do meio nas primeiras fileiras estavam bloqueadas?

  • Daniel Guimar&atilde

    A Nyce não falou quando foi aos EUA de Aribus. Até 2009, a AA operava aparelhos Airbus em rotas de menor demanda na América do Sul.

  • Daniel Guimar&atilde

    Tomei sprayzada na cara na TAM na ida e volta para Buenos Aires e Montevidéu.

    Parece ser uma nova norma de cias. aéreas, se bem que nos 4 trechos foi informado que a sprayzada era requerimento de órgão de vigilância sanitária do Uruguai e da Argentina…

  • Daniel Guimar&atilde

    Engraçado, eu já acho a AA uma cia. aérea adequada…

    Faz o café com leite por um prezo adequado.

    Nada a reclamar deles.

  • Daniel Guimar&atilde

    Eu fui de TAM para Miami em 2001 (a TAM ainda estava começando os voos internacionais naquela época).

    Nada a reclamar. Na época, em comparação com a quase-falindo Varig, era um banho de qualidade.

    Hoje, com a reconfiguração dos aviões com poltronas na porta de banheiros e outra coisitchas mais, já não sei te dizer.

    Mas de uma forma geral, gosto da TAM, seja nas rotas nacionais ou internacionais.

  • Roger

    Meu deus. As pessoas reclmando de inseticida.

    MIUOhaiuahu. brasileiro só discute sobre coisa inutil mesmo

    Preço justo pelo serviço oferecido.

    Espero que tenha muito. E que nossas empresas aereas saiam do buraco que estão. porque senão milhares irão pra rua. Enquanto isso, governo tira o IPI do carro. Vergonhoso.

  • Paulo Roberto

    Os voos da American Airlines para Salvador e Recife não são feitos com Aibus como afirmado. As aeronaves configuradas com poltronas 3-3 utilizadas nos referidos voos são do tipo Boeing 757.

  • Frederico K. Chagas

    Viu, Denis? "Ensaio sobre a Cegueira" (coletiva)… Todo mundo falando, falando, sobre o que, apenas 'acha', mas 'tendo certeza!'.

    E a propósito, diferente do bobo do tal Nilson, curti o relato da Nyce. Numa nice. Hummmmm… 😉

  • Jacqueline

    Culpar o governo pela inadimplência é equivoco. Minhas finanças nunca estiveram tão bem. Não uso um real que não esteja ganho e guardo tudo que posso. Viajo sem dividas e com os outros eu não podia ir nem até a esquina, sempre endividada e no especial. Se os aeroportos estão caóticos é porque as pessoas agora estão conseguindo viajar, coisa que o europeu já fazia há muito tempo e nos deixavam com inveja. Até professora como euzinha passa ferias na Europa. Por isso, não venham defender os governos anteriores a Lula e Dilma, pois só agora esse povo começa a existir.

  • Lali

    Sim, viajei de Ibéria e achei beeeem honesto. Só ouvia falar horrores e talvez até por isso tenha ficado satisfeita, já que esperava ter que ir em pé, ou até voando na asa, tal era o teor das reclamações…rs. Tinha filme, poltronas razoavelmente confortáveis, comidinha bem satisfatória, comissários educados, vôos saindo no horário… enfim, não tive do que reclamar!

  • Gustavo

    Sai de Brasília para Lisboa na TAP, eles utilizaram o mesmo procedimento, na ida e na volta!

  • Gustavo

    Prefiro comprar um vôo direto!!! Paga-se um pouco mais, mas sem dúvida é mais confortável!

  • Carlos

    Viajar em classe economica em qualquer voo internacional é uma cruzada. Principalmente em empresas americanas. Conheço todas elas e são piores dos que as Brasileiras. Avioes velhos sem nenhum espaço e se paga por serviço de bordo,fones, entretenimento, internet e bagagem despachada e ainda leva de brinde comissarios mal humorados. O Brasileiro quer pagar quase nada e ter serviço de 1ª classe e reclamam de tudo. Reclamam num aviao nacional,porque num voo de cia extrangeiras vão bem caladinhos bem passivos. Porque la se começar a reclamar muito eles desembarcam voce. Mania que brasileiro tem de nao dar valor ao que é nosso. Somos muito melhor que eles principalmente no atendimento a bordo.

  • Alex

    A desinsetização é exigência das autoridades do destino somo um pais endêmico de febre amarela, que são transmitidas por mosquito, por isso o spray de Permetrin Fersol . Da Venezuela e da Colombia o Brasil exige o spray também. A cia aérea é multada pelas autoridades locais se não fizerem o procedimento podendo até impedir o desembarque naquela localidade. Então, não falem bobagem sem conhecimento de causa.

  • luciano

    Acho que a blogueira não entendeu bem o que estava comprando.

    A Copa oferece o mesmo serviço, com as mesmas limitações de uma aeronave 737, somente com parada no Panamá.

    É uma questão de custo/benefício.

    Se o conforto é o que se está procurando, é obvio que se tem que optar por outra companhia com aeronave maior.

    Agora não tem cabimento exigir um serviço pelo qual não se está pagando.

    Utilizei a COPA entre GRU e Santo Domingo parando no Panamá por dois anos e foi praticamente a mesma coisa que a Gol e fiquei muito satisfeito porque foi justamente este o serviço que eu estava buscando em função do custo.

    Aconselho você a calibrar suas expectativas.

  • Luís Madeira

    A South African Airways também faz esse processo. É recomendado para que os passageiros tapem os olhos e o nariz. E de fato o cheiro é bem irritante.

  • Paulo Souza

    Análise perfeita Macos.

    Parabéns!!!

  • Lucas Pires Gomes

    Eu voei TAM POA-EZE e também foi feito o mesmo procedimento! Segundo eles, por conta de exigência das autoridades sanitárias da Argentina.

  • Lucas Pires Gomes

    Eu acho um absurdo de caro! Comprei pra uma amiga uma passagem de Frankfurt para Miami em classe executiva pela Delta por 20k milhas. A volta custou 15k milhas em classe econômica pela AirFrance.

  • Ricardo Coelho

    O procedimento é recomendado pela Organização Mundial de Saúde. A adoção é uma prerrogativa do país de destino e depende da origem do vôo. Geralmente são exigidos por países que erradicaram ou estão em processo de erradicação de doenças transmitidas por mosquitos e parasitas para vôos provenientes de locais com grande incidência destes vetores. Infelizmente o Brasil ainda possui muitos casos de doenças associadas a mosquitos, como malária, febre amarela e dengue. Vale lembrar que o Brasil também exige a desinsetização de vôos provenientes de Bolívia, Colômbia e Peru, por exemplo. O documento com a recomendação e o detalhamento dos procedimentos pode ser encontrado aqui: http://www.who.int/csr/ihr/ihr1969.pdf

  • André Cassemi

    Essa questão do spray, inclusive envolve custos. Se não fosse exigido por autoridades sanitárias, a empresa (low cost), não gastaria comprando esse produto.

  • André Cassemi

    Adorei o comentario. E também morro de vergonha de ser assossiado a esse tipo. Tão mais bonito quando a reclamação acontece discretamente. Nós que trabalhamos na area , quando nos deparamos com gente bem educada e sabe falar, fazemos o possivel para ajudar. Mas quando acontece o contrário, lançamos logo o jargão: "o senhor tem razão. Entre em contaro com o SAC". Damos um belo sorriso e só. Pessoas educadas só tem a ganhar. #ficadica

    • Mariana

      assino embaixo, isso em qualquer situacao da vida!

  • André Cassemi

    Nyce, esses produtos são homologados por órgãos competentes (FAA é um deles). Sabendo que dentro de uma aeronave, são levadas centenas de pessoas, com organismos que vão reagir de forma diferente, esse produto eh o mais neutro possível. Se tiver curiosidade, pede para o Comissário para ler as instruções que constam no frasco. É realmente um produto inofensivo para os seres humanos. O mal estar que sentiu é mais psicologico que fisico. Eu sofro de rinite como vc e sou eu quem geralmente passa esse spray. E passo varias vezes por semana. Pode tirar as duvidas com o seu otorrino ou alergista. Abraço forte.

  • Flavio

    Sou comissário da empresa e para os leigos no assunto (que por sinal e bem coisa de Brasileiro, falam sem conhecimento de causa) a desinsetização é e feito apena por empresas Brasileiras voando para outros países! Somente feita na etapa de uda porque necesita-se entregar o frasco vazio a autoridade que recebe o vôo no país de origem, tendo assim a permissão para os passageiros gentis e amáveis dembarcarem ( alguns são!). Ou seja, na volta jamais verão tal procedimento! Nas empresas americanas e européias não são necessários tais procedimentos! Afinal, supõe-se que gente do primero mundo não trazem pragas nem pestes nas roupas, cabelos e malas! O pior de tudo que o povo sai daqui pra dar dinheiro pra eles e ainda mete o pau nas empresas Brasileiras ! Gosto de ver quando Tripulante americano manda essas pessoas sentarem, desligar celulares, fivelar cintos e calar a boca! Porque será que lá ninguém fala nada?

    • Mariana

      pois é…

  • Rafael Carvalho

    Pessoal,

    fui para Orlando em Março e voltei ontem e queria dividir com vocês a minha experiência atualizada.

    Fui e voltei no 737-800 Sky interior e foi tudo muito tranquilo. Eu estava mega desesperado pensando que eu ia voar mega apertado mas para minha surpresa quando entrei na minha poltrona fiquei muito feliz.

    Sou gordo e tenho 1,76m e diria que a experiência não foi ruim, diferente de quando peguei um voo da Webjet para Curitiba um ou dois anos atrás.

    Na ida fui de classe tarifária promocional, felizmente não veio ninguém na cadeira do meio. O espaço para as pernas é diferente da classe conforto mas nada muito diferente.

    Na volta vim de classe conforto e veja na foto como é o espaço

    http://img201.imageshack.us/img201/8971/909404475

    Diferente do que falam, não passei fome no voo. Fui muito bem servido tanto na ida quanto na volta.

    O voo de ida e volta tinha conexão em Santo Domingo. No trecho RIO – Santo Domingo eles serviram um lanche de sanduiche frio e uma refeição muito bem servida.

    No trecho Santo Domingo – Orlando eles serviram um sanduiche com sobremesa.

    Bebidas aparentemente eram a vontade apesar de eu não ter pedido mais do que serviram o que achei o suficiente.

    O tal do spray inseticida aconteceu somente no trecho Santo Domingo – Orlando. É um pouco desesperador pois eles aplicam o maldito quando a aeronave esta saindo e já com as portas fechadas mas nada que em 2 ou 3 minutos já esteja tudo bem.

    Tanto na ida na classe promocional quanto na volta na classe conforto as poltronas tinham tomadas funcionando.

    A Gol me surprendeu nessa viagem e certamente voltarei a voar com ela para Orlando.

    Espero que vocês tenham a mesma experiência que eu tive.

    Abraços

    Rafael Carvalho

  • Aline Barroco

    Vou abusar e fazer uma pergunta tlvz idiota rs sempre levo no vôo barrinhas e polenguinho e de resto como oq servem, mas dessa vez queria tentar levar um sanduíche e uma maça pelo menos! (Dieta restrita rs) Será que eles permitem no embarque internacional? Já li que não, mas a esperança é a última que morre né rsrs

    • Mariana

      embarcar com comida nao há problema nenhum, o que não pode em hipotese alguma é desembarcar de voos internacionais com comidas derivadas de frutas, plantas, sementes, carnes…se for bolachas, salgadinhos, ou seja industrializados, nao ha problema!

  • Fabio PPrudencio

    Me recordo de ter passado por isso tambem em um voo para Buenos Aires a 2 anos atras. Eu e minha esposa, achamos curioso o as aeromoças fizeram. Parecia ginastica artistica tal o sincronismo das moças da tripulaçao ao demonstrar e borrifar o inseticida.

  • Alexandre

    Vou voar pela Gol para Miami no final deste mes, via Santo Domingo… Bom, tinha milhas e a passagem para meus filhos era mais barata com a Gol… Mesmo com as taxas escorchantes para "pisar" em solo Dominicano, ainda saiu mais barato. COmprei então os assentos especiais, de forma que eu (smiles) pudesse ficar no assento 8D (com o tal meio livre). Recebi ontem uma comunicação de uma alteração inocente de voo… qual nada… A marcação especial foi desfeita!!! Imagina, eu com duas crianças voando separado e atrás!!! Bom, pelo menos prometem um estorno, vamos aguardar… Estou tentando pelo menos marcar todos juntos, mesmo sem ser especiais…

  • Wesley

    Só para esclarecer. Fui comissário da GOL por quatro anos e o Spray que é utilizado é uma norma da ANVISA para voos internacionais. Ou seja, é anvisa, apenas as cias brasileiras fazem o procedimento. Parabéns pela materia, me tirou algumas duvidas hehehe

    • Mariana

      corrigindo wesley, nao é só as cias brasileiras, algumas internacionais adotam tambem!

  • edney

    Minha dica para vôos longos é bem melhor , um dia vá para uma festa .. se divirta.. fiquei bem cansado …. e durma o vôo todo.. já fiz isso p Milão e foi uma maravilha……..

  • marco

    desculpe..mas EUA somente com a American Airlines….. Cias brasileiras deixam a desejar em voos internacionais….

  • Renato

    Inseticida, já fiz voo para os EUA que teve esse procedimento e outro que não teve, ambos da Continental. Pela Air France para Paris teve a aplicação do inseticida.

  • Livia Oliveira

    NÃO VIAJAM PELA GOL NOS VOOS PARA MIAMI E ORLANDO. É O BARATO QUE SAI MUITO, MUITO MAIS CARO!!! Fizemos essa linha em setembro. Não estou sequer pensando no desconforto das poltronas, serviço de bordo ou descida em Santo Domingo.
    No nosso voo de volta, pelo menos 20 malas foram extraviadas, e pior que isso, após identificação da mala, a mesma foi deixada na portaria do nosso predio com cadeado violado e com TODOS OS ITENS DE VALOR DA MALA FURTADOS, dentre cremes, perfumes, brinquedos e lembranças da Disney. Prejuízo completo da viagem!!! Até agora a empresa não resolveu o problema, sendo sempre passado para outros setores. E procurando na internet, muitos outros casos já ocorreram nesses voos, e sem solução!
    RESUMINDO, O PREJUÍZO E TRANSTORNO DE VIAJAR PELA GOL PARA ESSES DESTINOS É MUITO MAIOR QUE AS PROMOÇÕES QUE ELES COLOCAM…

  • Mônica Santoro

    Ola, viajei pela GOL em janeiro/2014 e, confesso, me surpreendi ! Fiz RIO/MIA/RIO, com escala em São Domingo. Muito embora o avião não tenha entretenimento a bordo, tanto no vôo da ida, quanto no da volta, tinha tomada, de modo que pudemos utilizar o IPad, sem problemas e minha filha assistiu aos filmes que havíamos baixado. Em São Domingos somos obrigados a sair do avião, para o procedimento obrigatório de inseticida, oportunidade que nós dá para ir ao banheiro (de forma decente – odeio banheiros de avião) e, até mesmo, fazer um lanche (para aqueles que não gostam de comida de avião), mas é bem rápido. Não sacolejou muito, comissários simpáticos e comida de avião (kkkk). Ano que vem, voarei novamente pela mesma companhia, pois gostei da viagem …

  • Rick

    Vou viajar pela Gol pela primeira vez dia 17/04/2014 de Orlando para Sao Paulo ida e volta. Estou realmente preocupado. Estou acostumado as companhias Americanas e ate agora nao ouvi nada de bom sobre a Gol. Agradeco pelo artigo. Darei a minha versao em duas semanas.

  • Pingback: GOL já vende passagens de seu novo voo de Campinas a Miami()

  • Rogério

    Pessoal, tirando o desconforto, o fator limitador do 737-800 da Gol é a autonomia em pouco mais de 6h de voo. Vento de proa em rota diminuiu a distância percorrida, fazendo que outra escala técnica (abastecimento) tenha que ser realizada. Eu não me sinto muito à vontade num avião que tem combustível "contado" para chegar a seu destino. E se tiver que alternar o destino por problemas meteorológicos? Quanto tempo de voo sobra com o tanque quase seco? Aeronaves maiores voam por 12, 14, 16 horas sem escalas… Segurança acima de tudo!

  • Mariana

    O criterio quem determina é o país de destino, aquele no qual se abre a porta do aviao….as comissarias sao obrigadas a entregar a embalagem do inseticida vazio para as autoridades sanitarias locais na hora em que se abre a porta do aviao, caso nao entregue a aeronave fica retida

  • Bruna

    Gente, só um adendo:

    A bandeja de massa ali era da VARIG? COMO ASSIM??
    O_O''

    • A GOL tinha várias aeronaves com a marca Varig até o ano passado

  • Bernardo Cordeiro

    Oi,
    Em maio de 2011 fui de lua-de-mel para Buenos Aires pela TAM e também teve o procedimento de "detetização"…

  • Daniela

    Eu já comprei minha passagem Gol, não tenho expectativas mas o que fez eu preferir foi VOO DIRETO. SAIREI DE GRU DIRETO PRA MCO. Isso poupa o desconforto de horas de conexao!

  • Isac de Moraes Ferreira

    Bom, li quase todos os comentarios.
    Tambem vou descrever um pouco da minha experiencia…
    Quanto ao famoso inseticida, provavelmente como ja foi citado aqui, exigencias sanitarias ( isso tem a ver com exigencias de cada pais, e cada um tem autonomia para isso ), ainda mais nesses tempos de dengue, febre amarela,e outras pragas, nenhum pais quer visitantes indesejados como pernilongos e outros vindos de aviao em grande estilo.
    Quanto ao aviao boeing 757 citado, ele é lata velha mesmo, de fabricaçao nos anos 80, entao ja deveriam estar aposentados.
    Quanto ao Aeroporto de Guarulhos, ele é a porta de entrada do Brasil, por isso a prefencia das Cias Aereas em fazer esses voos saindo e chegando daqui, onde a populaçao e fluxo de pessoas é maior. A principio, creio eu, por se tratar de um voo relativamente novo, nao teria condiçoes de fazer esse embarque e desembarque de outros aeroportos do Brasil ainda, ate por questoes financeiras da empresa e uso dos passageiros locais. Por incrivel que pareça sempre dei sorte nos meus embarques aqui em Guarulhos, mas pelas reclamaçoes que se ouve, acho que ja seria hora de tomarem providencias para melhorar esse serviço e o padrao do aeroporto, pelo tamanho dele e por ser internacional, nos embarques desembarques e principalmente nas conecçoes, pois os passageiros de outros estados nao tem que passar por tanto estress.
    E para finalizar eu sempre acho os voos da Gol quase de acordo com o que ela propõe, por ser uma empresa de baixo custo, fazer a parte dela em transportar os passageiros e dar oportunidade de muitos voarem. Na questao do conforto, eu penso que para viagens ao exterior, talvez a configuraçao interna do aviao fique um pouco a desejar, por exemplo, para mim o limite seria ir ate o nordeste, pois as poltronas realmente sao apertadas, imagino que ir para outros paises de distancia maior obviamente, ficar sentado muitas horas ali deve dar um desconforto mesmo, e ai é um caso a se pensar.
    Parabens pela relato dessa viagem, eu acho que descreve muito bem e de maneira irreverente esse voo. Dei muita risada, e pelos comentarios dos leitores.

  • Fabrício

    Eu por sorte cobsegui embarcar num voo de Guarulhos pra Fortaleza num Sky Interior… É lindo

  • EH Alcantara

    Viajar com a GOL para Miami? Nem pensar! Sem entretenimento a bordo? Nem pensar! Não consigo viajar com a GOL nem mesmo para Buenos Aires! GOL = Grande Ônibus Lotado!