Como é voar na classe Comfort da GOL para o Caribe

Denis Carvalho 19 · setembro · 2014

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Hoje encerramos nossa semana especial com avaliações de voos internacionais da GOL com um relato de como é voar com a companhia para Punta Cana, um dos destinos mais procurados pelos brasileiruos no Caribe. Nosso leitor Rafael Zardi de Castro fez o voo na classe Comfort e nos mostra o que a companhia tem a oferecer aos passageiros que voarem com ela para os destinos caribenhos. Confira:

Gostaria de agradecer a equipe do MD por ter me dado a oportunidade de escrever a minha avaliação dos voos das minhas férias de 2014. Em dezembro de 2012 eu estive em Cancún e foi a minha primeira experiência no Caribe. Achei Cancún incrível e estava determinado a conhecer mais uma praia do Caribe esse ano. Eu tinha uma quantidade considerável de milhas no programa Smiles e seria possível resgatar passagens de ida e volta para vários trechos voando GOL. Em decorrência das datas das minhas férias e da disponibilidade das passagens da companhia eu escolhi ir para Punta Cana na Classe Comfort. 

avaliacao-gol-caribe

Resgate das Passagens
Na época em que eu estava fazendo as cotações das passagens, o site do Smiles era muito instável e tive algumas dores de cabeça. Com isso, quando eu vi a passagem que me interessou não pensei duas vezes e fiz o resgate. Todo o processo de emissão foi feito pelo próprio site do Smiles.

Os trechos que resgatei foram: GRU – PUJ / PUJ – GRU, por 22.500 milhas o trecho na classe Comfort. Tanto o voo de ida quanto o de volta fizeram uma escala em Caracas de aproximadamente 50 minutos. Após a escolha do destino e datas, pelo próprio site eu já fiz a seleção dos assentos e passei as informações do meu cartão de crédito para o pagamento das taxas de embarque que foram aproximadamente R$ 260. Efetuei o resgate aproximadamente quatro meses antes do embarque.

Voo de Ida
Eu nunca tive a oportunidade de viajar em uma classe que não fosse a econômica (econômica mesmo). Essa viagem foi a primeira que eu tive um pouco mais de regalias.

Passageiros que voam na classe Comfort possuem prioridade no check-in, o que fez com que o processo fosse muito rápido e sem nenhum problema. Bagagens despachadas e, após uma passada no Duty Free, fui para a sala VIP Smiles. Esse também é um benefício que os passageiros da Comfort possuem. Eu já havia utilizado essa sala, com o meu cartão Diners.

O lounge é bem simples, mas possui wi-fi, lanches e diversas bebidas. Atendeu a todas as minhas necessidades. Na sala informaram que iriam iniciar o embarque para o meu voo e pediram para que os passageiros se direcionassem ao portão.

O embarque foi remoto, realizado através dos ônibus da GRU Airport. A GOL diz que os passageiros da Comfort possuem prioridade no embarque e realmente eles entraram primeiro no ônibus que levaria até o avião, mas quando as portas do ônibus se abrem para subir no avião é cada um por si.

avaliacao-gol-caribe-02

Voo
O voo foi efetuado no clássico 737-800, mas não era Sky interior. Meu assento na ida foi o 1F e o espaço para as pernas realmente é bem maior que o da classe econômica comum. A configuração da aeronave é o clássico 3×3, mas na classe comfort a poltrona do meio é bloqueada e tem um porta copos no assento, que no meu caso estava sujo.

avaliacao-gol-caribe-03

Chegando ao assento, havia o “kit confoto”, que consistia em escova e creme dental, travesseiro e cobertor e uma revista da GOL, que não proporciona nenhum conforto ao voo. O horário da decolagem foi respeitado.

avaliacao-gol-caribe-05

avaliacao-gol-caribe-06

Após aproximadamente uma hora da decolagem foi servido o almoço. Existiam duas opções: massa com molho ao sugo ou arroz integral com frango. Ambas acompanhavam salada, pão, manteiga e uma sobremesa, que nesse caso era uma tortinha de pêssego. Eu escolhi o frango com arroz integral. A refeição não estava maravilhosa, mas superou a minha expectativa. Realmente estava muito boa! Existia uma grande variedade de bebidas alcóolicas e não alcóolicas no voo e fomos informados que sempre que quiséssemos alguma bebida era só pedir.

avaliacao-gol-caribe-07

Cerca de 50 minutos antes do pouso em Caracas, nos foi servido um lanche quente, que consistia em um pão com queijo e presunto, que também estava bom. Me surpreendeu, pois eu estava esperando um pão gelado. Foram servidas mais bebidas.

avaliacao-gol-caribe-08

Em Caracas toda a tripulação do voo é trocada. A nova tripulação também foi boa e não tive nenhum problema com eles. No voo de Caracas até Punta Cana foi servido mais um lanche com salada de frutas e mais bebidas.

Voo de Volta
O voo de volta foi muito parecido com o da ida. No aeroporto de Punta Cana o eu não tive acesso à sala VIP. Não foi possível nem pelo Diners, tampouco pela GOL.

Aeroporto de Punta Cana
Aeroporto de Punta Cana

O check-in foi rápido e não tive problemas. No aeroporto de Punta Cana nenhum portão tem finger e eu achei o embarque mais organizado que em São Paulo. Ele foi feito pelas portas dianteira e traseira, o que fez com que fosse bem mais rápido.

No retorno, eu me sentei no assento 1A, onde o espaço das pernas é bem maior que o da 1F, do voo da ida. Por se tratar de um voo noturno e eu estar um pouco cansado, não tive problemas com a luz da “cozinha da tripulação” que eu percebi que ficou acesa por um bom tempo, pois eu estava com um tapa-olhos, mas eu não levei um tampão para os ouvidos. E é uma área onde eles falam MUITO! Falam, riem e falam e riem mais. Isso foi um fator que me incomodou um pouco.

No voo até Caracas foi servido um lanche com bebidas no mesmo padrão do voo da ida. Em Caracas foi feita a troca da tripulação. Percebi que a tripulação do voo de Caracas para Guarulhos tinha um espanhol sofrível. No voo de Caracas até Guarulhos foi servido o jantar, mas a qualidade estava bem pior que o do voo de ida.

 

avaliacao-gol-caribe-09

Entretenimento
O entretenimento é zero. Não tem absolutamente nada. Fica por sua conta aproveitar o tempo, lendo um livro, assistindo um filme no seu notebook ou ouvindo uma música. Realmente é bem complicado estar em um avião e você não saber quanto tempo falta para chegar no seu destino e não ter nada para se distrair.

Eu fiz uma cotação pelo site da GOL de quanto custariam as minhas passagens se eu fosse compra-las e o valor ficou em aproximadamente R$3.500. Eu acho esse valor extremamente alto para não se ter NADA de entretenimento.

Conclusão
Apesar de não ter tido nenhum problema relevante, se eu tivesse que comprar as passagens eu não teria optado pela GOL. Teria buscado alternativas com a Delta, American Airlines e Copa, onde é possível achar passagens por volta de R$2.500 a R$3.000. Acredito que uma passagem que custe aproximadamente R$3.500 – vendida pela GOL – tenha que estar com a aeronave impecável, com sistema de entretenimento, uma refeição excelente e os passageiros não deveriam ouvir um ruído vindo da tripulação, tampouco serem atrapalhados pela luz da área dela. Eu não sei nas outras companhias aéreas se há esse problema com barulho e luz, mas eu acredito que não deva ter.

IMG_2549

Os voos apresentaram alguns pontos positivos, como por exemplo a qualidade da maioria das refeições – todas estavam quentes – o serviço que a tripulação prestou foi bem melhor que a dos voos nacionais da GOL e o espaço dos assentos da classe Comfort. Vale ressaltar que somente o espaço para as pernas, pois a poltrona é do mesmo tamanho padrão da GOL, contrário da classe executiva da Delta, Copa e American Airlines (para os 737) que tem uma poltrona espaçosa na executiva. Eu sei que é injusto comparar a executiva das grandes companhias com a da GOL.

Espero ter contribuído para o conhecimento de passageiros que estejam pensando em voar para o Caribe com a GOL e se apresentei alguma falha em algum ponto da avaliação peço desculpas pois essa é a primeira que encaminho para o MD. Grande Abraços a todos e parabéns ao trabalho da equipe do MD.

Agradecemos ao Rafael por essa excelente avaliação, que fechou com chave de ouro nossa semana especial. E então? Após estas avaliações qual a sua opinião sobre os serviços internacionais da companhia brasileira? Vale a pena optar por ela? Deixe sua opinião nos comentários e participe! Confira as demais avaliações da GOL para Santiago, Buenos AiresOrlandoNova York e República Dominicana

Veja também como antecipar voo na GOL sem pagar nada.

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe