Visto para o Japão: veja como conseguir passo a passo e tire suas dúvidas

Denis Carvalho 16/07/2012 às 16:01h 74

Após postarmos a promoção da United com passagens para o Japão por apenas R$1.609, muitos leitores nos pediram mais informações sobre o visto japonês. Este passo a passo tem como objetivo esclarecer todas as dúvidas sobre o visto de turismo (curta permanência), que pode ser usado para entrar no país em viagem de lazer, visita a a parentes, congressos, negócios ou apenas para conexões em aeroportos japoneses (trânsito). Vale destacar que este tipo de visto não permite exercer atividade remunerada no Japão. Ao contrário do visto americano, o processo de solicitação não inclui entrevistas. Basta o preenchimento de todos os formulários e documentos com cópias, que deve ser apresentado ao consulado mais próximo de sua casa ou à Embaixada do Japão no Brasil. Veja passo a passo como obter a autorização para a viagem:

1. Pedido e foto

O primeiro passo é fazer a solicitação formal do visto, no site da Embaixada do Japão ou de um dos consulados. Para isso, clique neste link e baixe o formulário em pdf.

Na solicitação é necessário incluir uma fotografia de 4,5 por 4,5 (tirada há no máximo 6 meses), com fundo branco e sem data. Também são aceitas fotos 3X4 (veja detalhes aqui). Exceto por motivos religiosos, as partes da cabeça e do rosto não podem estar escondidas por chapéus e outros

Em seguida, preencha com letra de forma ou digitada os dados pessoais solicitados e as informações da viagem. Há ainda perguntas sobre deportações e crimes.

Coloque a data e assine

2. Documentos

Para dar entrada no pedido, separe os seguintes documentos, com cópias autenticadas recentes (alguns consulados aceitam cópias simples), expedida há no máximo seis meses:

1. Passaporte válido (e os passaportes anteriores com visto japonês)

2. Formulário impresso da SOLICITAÇÃO DE VISTO PARA ENTRAR NO JAPÃO (veja item 1)

3. Uma foto 4,5 X 4,5 (ou 3X4) recente (tirada há no máximo 6 meses), com fundo branco e sem data (veja item 1)

4. Reserva de passagem de ida e volta

5. Cópia autenticada da carteira de identidade (SSP)

6. Cópia da declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (todas as páginas, inclusive o recibo de entrega)

7. Documentos que comprovem a finalidade da viagem. Nesse caso, os documentos mudam de acordo com a finalidade da viagem. Os principais são:

NEGÓCIOS:

Carta da Empresa (baixe modelo aqui) detalhando o motivo da viagem, relacionando nomes, telefones e endereços das empresas a serem visitadas, e mencionando o responsável pelo custeio das despesas.

TURISMO:

Cronograma de Viagem (baixe modelo aqui). O roteiro deve ser escrito pelo próprio passageiro, no modelo da Embaixada ou pode ser anexado o panfleto do pacote turístico. No formulário, basicamente eles pedem as cidades a serem visitadas em cada data e o contato dos hotéis onde ficará hospedado.

PARTICIPAÇÃO EM CONGRESSOS/CONCURSOS OU TORNEIOS ESPORTIVOS (AMADORES):

Carta convite individual  ou o convite múltiplo em japonês; ou ainda panfleto explicativo sobre o evento ou algum documento que o substitua.

VISTO DE TRÂNSITO

Tirar o visto do país de destino antes do visto japonês, quando necessário

 

3.Pagamento

A taxa de emissão do visto é de R$ 61 e o pagamento deve ser feito no momento da solicitação, em dinheiro, junto ao guichê do Setor de Visto. Vale destacar que até 2016 estão isentos da taxa os estrangeiros que incluírem as Províncias de Miyagi, Fukushima e Iwate em seus roteiros. A isenção é uma  forma de incentivar a reconstrução das áreas afetadas pelo grande terremoto que abalou o leste do país.

4.Solicitação

De posse de todos os documentos, dirija-se à embaixada ou consulado mais próximo de sua casa para fazer a solicitação. É aconselhável que a solicitação de visto seja realizada preferencialmente na segunda, quarta ou sexta-feira, pois na terça e quinta-feira pode haver congestionamento devido ao atendimento às agências. O tempo de análise para vistos de curta permanência ou de trânsito é de dois dias

Para dar entrada ou retirar o visto é obrigatória a presença do próprio requerente. Em caso de impossibilidade de comparecimento, serão admitidas solicitações ou retiradas mediante a presença apenas de familiares em primeiro grau (pais, irmãos e cônjuges) munidos de documentação que confirme o parentesco ou de representante com procuração. Também pode ser solicitado por meio de agência de viagens cadastradas junto ao consulado ou à embaixada.

5. Telefones e endereços 

Região Centro-Oeste e Tocantins

    • Jurisdição: Distrito Federal, Goiás e Tocantins Embaixada do Japão no Brasil TEL: 61-3442-4247 (Departamento Consular)
      FAX: 61-3242-2499
      E-mail:consular.japao@bs.mofa.go.jp
Região Norte
Região Nordeste
      • Jurisdição: Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e SergipeESCRITÓRIO CONSULAR DO JAPÃO EM RECIFE
        R. Padre Carapuceiro, 733 – 14º andar
        Ed. Empresarial Center I, Boa Viagem
        CEP: 51020-280 Reife – PE
        Tel.: (81) 3207-0190
        Fax: (81) 3465-9140
      • http://www.br.emb-japan.go.jp/recife.html
        E-mail: cjr@bs.mofa.go.jp
        feriados
Região Sudeste
      • Jurisdição: Espírito Santo, Minas Gerais* e Rio de Janeiro
        *exceto o Triângulo Mineiro
        CONSULADO-GERAL DO JAPÃO NO RIO DE JANEIRO
        Praia do Flamengo, 200 – 10º andar
        CEP: 22210-901 Rio de Janeiro – RJ
        Tel.: (21) 3461-9595
        Fax: (21) 3235-2241
        www.rio.br.emb-japan.go.jpCENTRO CULTURAL E INFORMATIVO
        Av. Presidente Wilson, 231 – 15º andar
        CEP: 20030-021 Rio de Janeiro – RJ
        Tel.: (21) 2240-2383
        Fax: (21) 2220-7744Consularconsular@ri.mofa.go.jp
      • Jurisdição: Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Triângulo Mineiro
        CONSULADO-GERAL DO JAPÃO EM SÃO PAULO
        Av. Paulista 854 – 3º andar
        CEP: 01310-913 São Paulo – SP
        Tel.: (11) 3254-0100
        Fax: (11) 3254-0110
        www.sp.br.emb-japan.go.jp
        E-mail: consuladogeraldojapao@arcstar.com.br
Região Sul

 

Tem alguma informação que nos ajude a complementar esse post? Deixe nos comentários!

 

  • Tati

    Vocês sabem dizer se ainda vale aquela regra de que tem que entrar no país em até 90 dias depois da emissão do visto?

    obrigada!

    • http://www.melhoresdestinos.com.br/denis-martins Denis Martins

      Acredito que sim, mas confesso que ainda não encontrei nenhuma informação nos sites oficiais a respeito

      • Matheus Souza

        sim. essa regra ainda vale!

    • vistoconsular

      Sim, Tati…você precisa entrar no pais depois que o visto for emitido dentro de 90 dias.
      Se passar este prazo deverá solicitar outro.
      Esta validade nao tem nada haver com o tempo de permanência, o visto japonês pode ser emitido para 15, 30 e noventa dias.

      Att: Cori Passos

  • flofs

    Obrigado Melhores Destinos, comprei minha passagem ontem!

    Eu queria saber quanto economizei nessa, isto é, quanto normalmente custa a passagem na época mais barata do ano??

    Tem alguma informação sobre os horários de funcionamento das embaixadas?

    Obrigado!

    • http://www.melhoresdestinos.com.br/denis-martins Denis Martins

      Nos links tem os horários de cada uma, mas geralmente é das 8 às 17 horas

  • Marcos Reis

    Ótima matéria, ficou muito bom! Só faltou informar que o visto tem validade para entrada de até 90 dias. Ou seja se tirar o visto tem que entrar no Japão no máximo daqui a 90 dias.

    • http://www.melhoresdestinos.com.br/denis-martins Denis Martins

      Obrigado, Marcos, vou acrescentar!

  • nydia

    Poxa… vocês podiam fazer um post desse sobre visto pra Austrália!

    Abraços!

    • http://www.melhoresdestinos.com.br/denis-martins Denis Martins

      Sugestão anotada Nydia! Aos poucos vamos fazer mais posts como este para ajudar nossos leitores.

  • Thiago Castro

    Muito bacana o passo a passo MD! Ótimo post.

    Só fico curioso pra ver se vai ter gente dizendo que não vai pro Japão pq o processo de visto é humilhante e tal. :)

  • Gus Fune

    Curiosamente esse post foi ao ar logo depois de ligar na embaixada. Alguns pontos importantes não cobertos por aqui:

    - O Visto Japonês vale pra UMA entrada no país. Se você for pegar um trem pra Coréia ou voar pra outro país, é necessário outro visto pra voltar pro país. No caso é um segundo visto e não o de múltiplas entradas, que só é emitido em casos bem específicos.

    - No caso da emissão de um segundo visto, a taxa é a mesa. Logo, 2 vistos sai por R$ 122, 3 entradas por R$ 183 e por ai vai.

    - O visto de uma entrada vale apenas por 90 dias após a emissão, independente da data da viagem. Ideal é pedir o visto com aprox. 1 mês antes da viagem pra não correr o risco de ele vencer durante a viagem.

    • Henrique

      Como assim pegar um trem do Japão para Coréia ? ? ? kkkkkk

      • Thiago Castro

        hahahahaa

  • Dirceu

    Parabéns pelo post. Também aproveitei a promoção e irei para o Japão;;;fiquei tranquilo sobre o visto japones..agora preocupação é para o visto americano..será que terei dificuldades?

  • Marlos Sousa

    Em 2009 eu e minha esposa fizemos uma viagem à Ásia. Nossa primeira parada foi no Japão e de lá seguimos para o sudeste asiático. Na volta, fizemos conexão em Narita e não precisamos de outro visto. Pelo menos para esse fim, um único visto de entrada única funcionou normalmente. Um detalhe importante é que quando tiramos o visto pedimos o de múltiplas entradas (pensando que fosse necessário para esse fim). O despachante nos ligou posteriormente informando que não seria necessário e acabou solicitando o visto de uma entrada mesmo. Não tivemos nenhum problema e, aliás, ficamos algumas várias horas no aeroporto de Narita esperando o próximo vôo da United.

  • Felipe

    Normalmente está em torno de R$3500,00.

  • apg-bh

    outro detalhe, tirei meu visto por procuracao, como sou de BH, pedi que uma amiga minha desse entrada no visto no RJ.

  • apg-bh

    para quem quiser saber um pouco mais sobre o japao..

    http://emailsdeviagem.blogspot.com.br/

  • Thomas H

    Nesse caso, acho melhor vc tirar o visto japones antes do americano.

    • Dirceu

      para o visto americano tenho que respeitar o prazo de 90 dias da viagem? quanto tempo leva em média o processo de visto americano?…obrigado…

      • Thiago Castro

        Tem q esperar não. Vc pode tirar o visto americano e usá-lo a qualquer tempo dentro da validade. Recomendo que vc o tire logo.

  • Alex

    Pensei a msma coisa, rs! Fui até ver no googlemaps se não sabia mais a localçização de ambos os países, rs!

  • Yuri Siqueira

    TREM DO JAPÃO PARA A CORÉIA?????

  • Gadolin Marotte

    Excelente sugestão !

  • Robson

    Nao nao, tirei meu visto americano em outubro de 2009 e só viajei em setembro de 2010 visto que meus planos nao coincidiram… etc… tudo q informei na entrevista de onde ficaria e informação de amigos americanos, como quem eram, e onde/como conheci, não me prejudicaram em nada na minha entrada, pois fiquei em hotel, e fui para cidade diferente da que havia dito na entrevista, entao essa regra de 90 dias apos emissao de visto, nao é necessária (experiencia própria!)

    • Thiago Castro

      Robson, vc está falando do visto americano e o tópico do visto japonês.

  • Marcia K.

    A isenção da taxa de visto também vale para quem for para Okinawa (ilha ao sul) com praias paradisíacas.Só precisa apresentar além dos documentos acima, passagem de ida e volta (trecho doméstico).

  • Danielle

    Pena que precisa de VISTO AMERICANO também. Os voos da United são via EUA. Fiquem atentos!

  • Sergio

    Eu ja estou achando o processo p/tirar o visto americano "a piece of cake", depois de ler sobre o visto japones (burocratico e de curtissima duracao!) .

  • Juliano

    Em outubro de 2011 fui ao Consulado Japones em SP para tirar o visto para viajar em dezembro. Apesar de estar com a viagem marcada desde alguns meses antes, esperei até outubro devido a essa validade de 90 dias.

    Juntar a documentacao foi bem chato, mas só.

    Dei entrada na documentacao em uma segunda-feira e na sexta o passaporte ja poderia ser retirado.

    Acho que o grande risco é ter o visto negado devido a falta de comprovação de renda ou investimentos. Alguns amigos tiveram problema nesse ponto e não conseguiram o visto, mesmo tendo recursos o suficiente para bancar a viagem.

    Confesso que até ter meu passaporte carimbado em Narita não fiquei tranquilo, mas a partir daí foi só curtir a comida, o frio, os transportes, o Monte Fuji, os edifícios de Kyoto, a muvuca de Tóquio e o chocolate do Barcelona :(

    • Rita Garcia

      eu sei que esse post é um pouco antigo , mais vamos lá vc esta falando exatamente do meu problema , tenho dinheiro para as passagens hote se tudo mais que venha a precisar, porém eu não pago imposto de renda … meu medo é de comprar as passagens fazer tudo é meu visto ser negado ^^ , ah uma grande chance disso não é ?

      • MIlene

        Oi Rita, tudo bem?
        Estou na mesma situação que você estava quando escreveu esse post.
        Queria saber se você tirou o visto, se você comprou as passagens antes ou não.
        E aí, como foi?

    • Milene

      Juliano, quando você e seus amigos quando foram tirar o visto, já tinham a passagem comprada?
      Eu ia tentar tirar o visto para turista, mas tenho receio de comprar a passagem e ter o visto negado

  • Lee

    Tirei meu visto japonês em SP em janeiro e, apesar de ter que apresentar meus dados de imposto de renda, saldo bancário e salário, foi tudo muito simples, rápido e com bom atendimento. O Japão é sensacional, recomendadíssimo aproveitar a promoção!

  • yuri

    sim, essa regra existe, eu tirei meu visto no final de janeiro e valeu até abril

  • herval freire de alb

    Muita boa a orientação de como obter pasaporte pro JAPÃO.

    -Solicitaria que, se possível, elaborassem esquema de obtenção de VISTO para outros Países, tipo: DUBAY e PAISES ÁRABES UNIDOS.

    Cordialmente,

    Herval./

  • Célio

    Visto pela internet ainda topo, fora dela tou fora. Ir pras filas de pedintes de visto em consulados é pra … pedintes.

  • GILSON

    Caros,fui ao Cairo com conexão em Dubai em 2009 os vistos dos respectivos paises foram tirados na chegada,sem muitas perguntas.O dos Emirados Arabes(Dubai) foi free,o do Egito paguei U$50.

  • Maycon

    Aconselho a todos que quiserem ir ao japão,a pagarem nem que for o preço fora da promoção ,mas fazerem um stop over em Dubai,pelo valor do bilhete normal para o japão na época paguei 150 dólares a mais e fiquei 3 dias em Dubai ja com hotel , guia,traslados,tour de navio e tour no deserto com direito a um belo banquete,peço a gentileza se possível ao pessoal dedicado do MD que fornecessem informações sobre stops overs pelo mundo afora, obrigado.

    • mari

      Maycon qual agencia que VC comprou,para fazer este stop over em Dubai.Mari.

  • Camila

    Olás,

    Só para constar, hoje fui dar entrada com o pedido de visto na Embaixada do Japão (em Brasília, claro!) e fiquem atentos:

    1- não tem fila,nem dia melhor, é quase sempre vazio!;

    2- o horário de funcionamento para pedido de visto é das 9:00 às 11:30 horas de segunda à sexta-feira;

    3- como quase toda seção consular não pode entrar com aparelhos eletrônicos, celulares, etc.;

    4- a foto TEM que ser 4,5 por 4,5 cm, não aceitam 3×4;

    5- você deixa em um dia e volta dois dias depois para buscar o passaporte, a resposta não é na hora como no visto americano;

    6- a documentação é quase simples: cópia autenticada do RG, cópia da declaração do IR completa com recibo, formulário de pedido de visto e, se for turismo, comprovantes de compra das passagens ida e volta e reservas dos hotéis, se for ficar em mais de uma cidade no Japão tem que anotar o roteiro e ter as reservas para todos os dias (eu acho).

    7- o pagamento da taxa só é feito na retirada do visto.

    Achei que é quase tão burocrático quanto o americano, mas não tem entrevista e não tem marcação de horário para entrega da papelada.

    Boa sorte e boa viagem à todos!

    PS: e não esqueçam do visto americano também!

  • Renato F.

    Alguns detalhes que, pelos comentários, deixaram dúvidas:

    - A taxa de visto japonês de 61 reais vale só para UMA entrada no país. Se estiver a turismo e precisar voar para outro país e retornar ao Japão, precisará de um visto de duas entradas, que custa o dobro. Neste caso, terá que apresentar todas as passagens aéreas que justifiquem a necessidade das duas entradas, além do restante da documentação descrita no site do consulado japonês.

    - O visto de múltiplas entradas não é emitido para turismo e sim para negócios.

    - O visto japonês para turismo vale apenas por até 90 dias após a emissão, para a primeira entrada, independente da data de volta da viagem. Porém a data de volta terá que ser dentro do prazo concedido pelo visto e pela imigração japonesa. Não se deve confundir prazo de validade para utilização do visto (90 dias) com prazo de estada permitido pelo visto (depende das passagens aéreas apresentadas).

    - O pagamento da taxa de visto é feito somente em dinheiro, no Consulado, na retirada do visto.

    - Em São Paulo, a entrada do visto é só de manhã, no consulado, e a retirada é só a tarde (veja horários no site do consulado). A não ser que esteja disposto a pagar despachante…

    - Somente a primeira página do recibo do IR é necessária, porque a segunda é uma senha, que não deve ser fornecida a nenhum órgão.

    Boa viagem!

  • Fernanda

    Vou ficar um ano no exterior e no final vou passar no Japão. Como conseguir o visto se eles exigem tirar no país de residência e apenas com 3 meses de antecedencia?

    • Kelli

      Oi Fernanda, como ficou sua situação com visto japonês? Estou na mesma situação que você estava.

  • Fernanda

    Denis,

    vou ficar um ano no exterior e no final quero ir no Japão. Como posso tirar o visto se ele vale apenas por 90 dias?

    • http://www.melhoresdestinos.com.br/denis-martins Denis Martins

      Fernandam acredito que você possa solicitar na embaixada japonesa no país onde estiver, mas é melhor checar junto à embaixada aqui no Brasil

  • Áurea

    Na verdade do Japão pra Coréia vc vai de avião ou de Ferry Boat saindo de Fukuoka (dentre outras cidades)

  • José Carlos

    Muito boas as dicas do site! No entanto, um ponto ainda me preocupa muito: RENDA.

    Pretendo ir ano que vem ao Japão para estudar por dois meses numa escola de idiomas. Após juntar dinheiro por anos, sou eu quem pagará o custo do intercâmbio. Pelo que pesquisei, o visto é o mesmo de turista e, portanto, exige comprovação de renda.

    Ganho R$ 1.200,00 por mês comprovados em contra-cheque, não tenho bens em meu nome (imóveis, carros) e vivo de aluguel. Apesar de estar cinco anos na mesma empresa (viajaria no período de férias), tenho receio de que isso possa ser insuficiente para tirar o visto.

    Os que se encontram na mesma situação e conseguiram o visto, poderiam deixar aqui dicas de como consegui-lo? Obrigado desde já.

    • Pablo_Araujo

      Olá José Carlos, estou na mesma situação de renda que a sua. Gostaria de saber se conseguiu retirar o visto e se já viajou para o Japão?

  • Carlos

    Qual modelo de procuracao voce utilizou APG-BH ? Se alguem souber qual modelo (publico/particular) e onde conseguir, favor postar aqui.

    OBS. Excelente topico! Abs

  • hanna

    ha 2 opções: ir ao consultado geral em São Paulo ou fazer através do CVJ (Centro de Visto Japonês). Este centro foi inaugurado recentemente para melhorar o atendimento que era prestado no consulado. O centro é mantido por uma empresa terceira, do que o consulado autorizou para fazer o trabalho de emissão. no CVJ além da taxa do visto, você precisa pagar uma taxa de serviço na casa dos R$ 120,00.

  • rodrigo ono

    ola gostaria de saber quanto tempo espera para o visto japones ficar pronto no consulado de sao paulo??? obrigado pela atencao

  • cacau

    horario de funcionamento do consulado de sp, gostaria de saber se tem q agendar

  • Mit

    Fernanda,

    você conseguiu uma solução para visitar o Japão depois da sua jornada em outro país?!

    Se tem a resposta poderia compartilhar, por favor?

    Obrigada…

  • Helena

    Bom dia,eu queria uma informaçao,tenho uma filha que mora no Japao e quer vir ao ∫rasil a passeio com tres crianças ,se e possivel ela vir do Japao ao Brasil e retornar,ao invez de ir daqui e retornar com essas passagens promacionais, seria no periodo de novembro a dezembro.Estarei aguardando resposta. Helena

  • Érika

    Ola sou sansei voltei para o brasil faz três anos e queria voltar para o Japão como faço para tirar o visto.??
    Será que alguem pode me ajudar
    Obrigada.:Erika

    • cesar

      Olá Erika, não é melhor você procurar alguma agência… eu morei por lá tbm e estou voltando, estou fazendo meus "papéis" tudo com a agência!

  • https://www.facebook.com/priscila.cavaliere Priscila Cavaliere

    Ola sou brasileira, no momento moro na alemanha, queria saber se é possivel tirar o visto para o japao aqui na alemanha?

  • MeuCadernoDeBitacora

    Pra quem vai apenas passar pelo Japão, dicas de como tirar o visto de transito: http://www.melhoresdestinos.com.br/visto-japones-

  • Milene

    Olá, eu gostaria de ir viajar para o Japão, e queria tirar o visto de turista, mas não queria ter que comprar a passagem antes de ter certeza que vou conseguir tirar o visto.
    Vocês sabem me dizer se é possível?

    • https://www.facebook.com/aryepimentel Aryê Pimentel

      Também tenho essa duvida…será que tem como tirar o visto antes das passagens? Caso o visto for negado, não tenho nenhum outro gasto com passagens

      • https://www.facebook.com/biancaizumi Izumi Maeda

        Pra solicitar visto japonês precisa ter apresentar as passagens sim!

  • Jos3

    Boa noite!
    Estou pensando em fazer uma viagem China e Japão. Queria entrar pela China e depois ir pro Japão e de lá voltar pro Brasil. Sabem se tem alguma restrição no visto? O visto de entrada que tiro no Brasil serve nessa situação?
    Obrigado!

  • Pingback: Delta tem passagens para Tóquio por US$ 1.051 no período da Copa do Mundo! Ofertas saindo de 24 cidades brasileiras!

  • kleycyene

    meu nome é Kleycyene nunca viajei para fora do pais. quero ir para o japao. nao sei de nada sou leiga em tudo. passagem, hotel, visto, ponto turistico, preço de tudo. poderia me dizer isto tudo? obrigada ;D

  • Fabrício

    Sou de BH. Consigo ir ao Rio e fazer tudo no mesmo dia? Fica pronto na hora?

  • edu

    Meu filho mora no japao,e ja estive la por 7 anos,sera que e mais facil pra mim tirar o v,isto de turista

  • deniscaesar

    E quem é isento do imposto de renda?
    Sou isento e não costumo declarar por conta disso.
    Isso pode ser um problema para a obtenção do visto?

  • Michelle

    Olá pessoal!
    Em dezembro viajarei de Paris para Nouméa (Nova Caledônia) e passarei por Tóquio (Japão). Gostaria de saber se, sendo brasileira, necessito de visto de trânsito para ficar algumas horas no aeroporto de Tóquio. Obrigada!

    • Carlos Alberto

      Não é necessário visto, desde que seja através de Haneda (HND) ou Osaka Kansai (KIX).
      Se a conexão for no mesmo dia-calendário, não é necessário nenhum procedimento.
      Para conexões diferentes da mesma data-calendário e até 72h, é necessário um visto de trânsito, que é obtido na chegada no próprio aeroporto.
      Lembre-se que é necessário ter passaporte válido por no mínimo 6 meses na data de partida da Europa.

  • Ariella

    Olà pessoal!
    Comprei uma passagem para passar 20 dias no Japão.
    Vi no formulàrio o "Inviter in Japan", o que se deve preencher quando não se conhece ninguém no Japão?
    Imagino que "Guarantor or reference in Japan" não precisa ser preenchido se podemos provar ter uma renda, é isso mesmo?
    Obrigada desde jà pelas suas respostas!
    Ariella

    • Caroline

      Olá Ariella, tirei meu visto há alguns dias, tinha a mesma dúvida que você, porém quando fui tirar o visto o funcionário do consulado me disse que não precisava preencher os itens se não há ninguém que conheça e se não tem garantidor.

  • Lígia

    Olá, compre uma passagem para o japão com conexão nos EUA, pegarei meu passaporte em alguns dias… Gostaria de saber se a probabilidade de negarem visto de turismo é maior do que o de passagem. Trabalho por conta e não tenho como comprovar vínculo. Obrigada!