Governo canadense diz ter intenção mas ainda não confirma isenção de visto para brasileiros

João Goldmeier 11 · abril · 2017

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Brasileiros que planejam visitar o Canadá estão ansiosos com a chegada do próximo 1º de maio. Isso porque, conforme noticiamos seguidamente, o governo canadense tem a intenção de facilitar a entrada dos brasileiros no país a partir desta data, quando poderá ser implementado o sistema eTA (eletronic Travel Authorization).

Apesar de muitos sites brasileiros noticiarem nesta semana a implementação do eTA como certa no início do próximo mês, a informação ainda não é confirmada pelas autoridades canadenses. O Melhores Destinos entrou em contato com o Governo do Canadá e com a Embaixada do Canadá no Brasil. A resposta dos dois órgãos é de que existe a intenção de expandir o eTA para o Brasil, mas não há confirmação para o início do sistema – nem se ele será colocado em prática, de fato. Mas vamos torcer para que sim!

Quando vigente, o eTA possibilitará que brasileiros que já tenham tido o visto canadense nos últimos dez anos ou que possuam o visto americano válido não precisem aplicar novamente para um visto canadense. Para estas pessoas, o processo será simplificado e feito pela internet: bastará solicitar uma autorização pela internet e pagar uma taxa simbólica de 7 dólares canadenses. O perfil do viajante será analisado e, caso aprovado, será emitida a autorização, válida por cinco anos ou até que o passaporte expire.

A medida também será importante porque a maioria das empresas que voam do Brasil ao Canadá faz conexão nos Estados Unidos – American Airlines, Delta, United e a LATAM. Com isso os passageiros, que já precisavam do visto americano para fazer conexão, ficarão livres do visto canadense convencional.

Mas atenção! Os demais passageiros (que não tiveram visto canadense nos últimos dez anos ou visto americano válido) terão de solicitar o visto de turismo tradicional.

Bom, seguimos atentos e informaremos todas as novidades!

Autor

João Goldmeier - Editor