Como viajar para os EUA usando (poucas) milhas e dinheiro em qualquer época do ano

Diego Paiva 13/10/2010 às 12:34h 129 Comentários

Você é daqueles que acumula pontos na TAM, mas os seus pontos não são suficientes para levar toda a família para os Estados Unidos, ou então as suas milhas no Smiles não são tantas o suficiente para você resgatar passagens na American Airlines ou na Delta? Esse post é para você! Vamos dar dicas de como ir aos Estados Unidos gastando menos pontos/milhas e pouco dinheiro.

Na Colômbia, há muitas companhias aéreas que operam voos para os EUA, tanto pela proximidade dos dois países, como pela liberdade das companhias aéreas venderem os seus bilhetes pelo valor que desejarem. Isso faz com que cias Low Cost (baixo custo) tanto colombianas como americanas façam voos entre Bogotá e Miami (por exemplo) a preços muitas vezes inacreditáveis para nós brasileiros, que somos acostumados a preços exorbitantes de passagens aéreas internacionais, especialmente para os Estados Unidos. Pesquisando, já encontramos passagens por até US$10 cada trecho.

Mas aí você pergunta, e as taxas de embarque? Nós te respondemos que mesmo com as taxas colombianas exorbitantes ainda valerá a pena. No final das contas a ida e volta com as taxas sairá por volta de US$300, isso mesmo, trezentos dólares! Com esse valor (e algumas conexões) é possível viajar para qualquer ponto dos Estados Unidos e até mesmo alguns lugares do Caribe. Então vamos recapitular: você vai precisar de 20.000 milhas para a sua ida e volta de qualquer ponto do Brasil para Bogotá na Colômbia (os mesmos 20.000 usados em uma viagem entre Brasília e Goiânia, por exemplo) e mais o valor em dólares para completar a sua viagem até os Estados Unidos.

As duas empresas que estão com ótimas tarifas durante o ano todo são a Aires Colômbia e a Spirit Airlines. Pelas pesquisas realizadas pudemos perceber que o governo cobra uma taxa de embarque maior da empresa colombiana, fazendo com que mesmo com o valor da passagem cobrado pela Aires estando muito abaixo do cobrado pela americana Spirit, no fim das contas os valores ficam bem próximos e em muitos casos a americana acaba saindo mais em conta.

Pesquisando para o mês de Outubro, encontramos tarifas de US$62 entre Bogotá e Fort Lauderdale por trecho e sem as taxas com a Spirit Airlines. Cotando ida e volta nas datas de 21/10/2010 e 30/10/2010 o valor total com as taxas ficou em US$234,62. Sendo que desse total, US$110,62 foram somente de taxas.  Muitas vezes com um pouco mais (US$89) você consegue passagens para diversos destinos nos Estados Unidos, como Nova York e Los Angeles.

A Aires também é uma boa opção e de vez em quando ela faz promoções espetaculares! Já encontramos passagem de US$10 (cada trecho), mas pelo fato das enormes taxas de embarque, acabava que no final das contas o total saia por US$250(ida e volta). O problema da Aires é que ela só te leva de Bogotá para Fort Lauderdale na Flórida e de lá você pode pegar a conexão que quiser, na empresa que desejar. A cotação feita para Outubro mostrou valores de US$28 por trecho para Fort Lauderdale, mas incluindo as taxas o total de ida e volta ficou em US$277,92.

O que você precisa ter em mente é que haverá mais uma conexão caso resolva ir a outro destino que não Fort Lauderdale, além da feita em Bogotá e de que os voos são realizados em companhias low cost, então, você vai viajar por muitas horas sem direito a 1 copo de água free, rs. Todo o serviço de bordo é pago e também há limitações na bagagem, por isso é bom que você leia atentamente as regras tarifárias e sobre essa questão de bagagem, pois, o barato pode acabar saindo bem caro no fim das contas.

As cias aéreas grandes como a American Airlines também voam para Bogotá, mas o valor da passagem muitas vezes não compensa. Ano passado até encontramos ida e volta por R$550, mas foi só por um período e nunca mais encontramos por valores tão baixos. Atualmente, para a mesma data que pesquisei acima, está saindo por R$779,95 ida e volta de Bogotá para Miami, preço encontrado no Brasil em grandes promoções, mas com o diferencial de poder comprar em reais no site brasileiro e parcelar em 5x sem juros caso resolva ir pela capital colombiana.

Se você ficou interessado e quer saber como comprar as suas passagens, os sites das empresas são:

Aires Colombia – www.aires.aero

Spirit Airlines – www.spiritair.com

Lembramos que até o dia 31/10/2010 a GOL / Varig está com uma promoção de emissão de passagens internacionais por 6.000 milhas cada trecho, então a sua viagem sairá ainda mais barata no fim das contas.

Você já voou para os Estados Unidos fazendo isso, ou então via Bogotá? Deixe seu comentário aqui para auxiliar as pessoas que ficaram interessadas. :)

129 comentários para “Como viajar para os EUA usando (poucas) milhas e dinheiro em qualquer época do ano

    1. Rodrigo

      Leonardo se alguem ainda tiver alguma dúvida, rs, aí esquece que é caso perdido.

      Dessa vez vcs escreveram o post de forma que até uma criança no maternal entenda, rs.

      Responder
  1. Jetro

    Cara mto legal essa dica.. tou querendo ver se vou em fevereiro e como ainda é alta os preços pra Miami não estão nada agradáveis!

    Vou ver se encontro alguma coisa mais barata por este teu caminho!!!

    Responder
  2. Jetro

    Acabei de entrar no site das 2 empresas… é mto barato mesmo!! em média 250 – 350 dolares ida e volta! E em janeiro!! É impossivel de ocorrer preços semelhantes aqui no Brasil .. ainda mais na Alta Temporada!!!

    parabens pelo post…

    Responder
    1. Diego Paiva Autor do post

      Olá, Jetro.

      É verdade, esqueci de colocar no post que a TAM está prevista para começar o voo em dezembro (ainda sem data definida).

      A Copa Airlines também faz, mas com conexão no Panamá e acaba não valendo o preço.

      A TACA também voa via Lima para Bogotá.

      Responder
      1. Jetro

        É realmente precisa encaixar com milhas pra valer a pena.. Sem uso de milhas (comprado SP -Bogota – SP) a diferença é pouca para um voo "normal" pra Miami.

        Agora com milhas a historia muda de figura. Mas no meu caso tenho as milhas pra ida/volta de 1 pessoa e teria q comprar o deslocamento da outra … ainda não cheguei num veredito!!

        Tenho q ler a regras de bagagens dessas empresas pra ver se compensa!!!

        Responder
  3. Pablo

    já pensei em fazer desta forma, o meu medo é o seguinte, vai que chove ou o voo tem um atraso enorme aqui no brasil. Como são companhias diferentes, acaba dando no show, não é?

    Responder
  4. Ethiene

    E qto é a passagem daqui do Brasil p Bogotá? Vale a pena???? Achei pela Aires, no dia 19 de janeiro, 55 dólares!!!!! Precisamos de visto p entrar na Colombia???

    Responder
  5. Chris

    EU JA FUI! Em novembro do ano passado, consegui uma passagem para Miami, via Bogotá pela Avianca….paguei 470 dolares o trecho todo ( brasil – miami) Sai de Sao Paulo, 3h até Bogota, de la fiz a troca de aviao ( detalhe, tive q esperar quase 5 horas no aeroporto) e minhas malas ja tinham sido despachadas….peguei o outro aviao, via Miami, mais 3h e meia…..a volta foi mais tranquila pq o tempo de espera em Bogotá foi de apenas 3h. Achei a Avianca OTIMA ( melhor que a TAM!) td bem tranquilo…a unica parte ruim foram as 5h de espera em Bogota, eu fiquei com medo de sair do aeroporto, correr o risco de perder o voo ( pq o aeroporto fica a 25km do centro da cidade) nao sei como é o transito por la…..o aeroporto nao tem nada pra fazer, free shop bem fraquinho…..vale levar um livro ou o Note ( a conexao internet é otima e gratuita). Eu aconselho….com taxas de embarque e todas as passagens de todos os trechos, eu e meu marido pagamos R$ 2000,00, parcelados em 6x!

    Responder
    1. Marcelo

      Fizeste bem em não sair do aeroporto! O trânsito em Bogotá é infernal! Certamente perderia seu vôo se fosse dar uma voltinha no centro.

      Uma dica: não coloquem nada de valor dentro das malas: na Colômbia meu amigo teve a mala rasgada para roubarem um eletrônico que nem era caro. Acho que é até proibido por valores dentro de malas em vôos interenacionais.

      Responder
      1. Fabiana

        Será que realmente o risco de ter objetos furtados em voos com conexão na Colômbia? Vou para Miami pela Avianca e certamente farei muitas compras…

        Responder
  6. Chris

    Ah, esqueci! A vacina pra febre amarela em Bogotá, só e exigida se vc for sair do aeroporto….se nao nao precisa….e ela so é valida se vc tomar com 15 dias de antecedencia da viagem ( e dura 10 anos). Eu tomei mas nao precisei mostrar nada….ah, na volta a policia colombiana estava no aeroporto com caes farejadores, cheirando as suas malas…é meio desconfortavel aquele povo revirando sua mala de mao e os cachorros cheirando tudo….massss…o desconto valeu a pena =)

    Responder
    1. Carolnl

      Entendi…

      De qualquer forma, eu acho que é bom a pessoa tomar a vacina e providenciar a carteira de vacinaçao internacional. Vai que dá algum problema em algum dos trechos e vc precisa ir pra um hotel? Sem a vacina, não poderia ir pra hotel, já que não poderia sair do aeroporto…

      Responder
      1. Diego Paiva Autor do post

        Lara, o caso da Chris é um pouco diferente, já que ela comprou o trecho todo Brasil – Eua. Nesse caso a franquia de bagagem é a mesma de voos internacionais, 32 kg por pessoa.

        A conexão não foi por conta dela e sim pela Avianca.

        Responder
    1. Carolnl

      Não entendi sua pergunta…

      O visto de turista para os EUA é necessário. Para eles não importa de onde você vem. Eu já usei meu visto de turista tanto indo via méxico, quanto indo direto do Brasil

      Responder
  7. Diego Paiva Autor do post

    Ethiene, só vale a pena se a passagem for emitida por milhas até Bogotá. Para comprar esse primeiro trecho, sai praticamente o mesmo valor se comprar um voo direto do Brasil para os EUA.

    Responder
  8. Pedro

    é, a TAM ainda não fazendo o vôo pra Bogotá, e os dias que a Gol tem o vôo aparecem só como 20 mil milhas cada trecho…assim fica só no sonho a dica =P infelizmente…40 mil milhas eu fui ida e volta pra miami de tam em abril desse ano.

    Responder
    1. Diego Paiva Autor do post

      Pedro, depende da data. O normal são 10.000 milhas cada trecho em qualquer época do ano, por se tratar de América do Sul.

      Se pesquisar em outras datas você irá encontrar por 20.000 ida e volta.

      Responder
  9. Monique

    Já viajei por Bogotá para NY, pela Avianca. Paguei (agora em setembro) 1200,00 reais com todas as taxas (em 5x), saindo de SP. A ida é bem tranquila. Mas na volta ficamos quase 9 horas no aeroporto de Bogotá. É cansativo, mas o preço é ótimo!

    Responder
  10. Fernando

    Fiz isso nas férias do ano passado. Com 20 mil pontos do Smiles saí de Brasília, fiz conexão em Guarulhos e fui até Bogotá num vôo tranqüilo e vazio. De lá, embarquei num vôo da Continental para Washington (com conexão em Houston). Nas férias, fiz os EUA do Leste para o Oeste. Então, voltei de Los Angeles (via Houston again) para Bogotá. Vale a pena procurar naqueles sites tipo expedia.com ou orbitz.com para ver quais são as mais baratas porque várias empresas fazem vôos entre Bogotá e o sul dos EUA. Tem AA, Delta, Continental, United, JetBlue e Spirit, além das colombianas Aires e Avianca.

    Essa viagem costuma ser barata porque como a Colombia é próxima fisicamente dos EUA, é possível fazer esses trechos em aviões menores – do porte do A320 e Boeing 737, que a TAM e Gol usam nas rotas domésticas e nas curtas da América do Sul (inclusive para Bogotá). Menores, os aviões consomem menos combustível, exigem menos tripulação e precisam de menos passageiros para voar com lucro. Mas há um porém: menores, essas aeronaves são menos confortáveis que aviões usados em rotas intercontinentais, como os que vão para a Europa ou mesmo os EUA saindo de São Paulo ou Rio – aqueles aviões que têm dois corredores.

    Para não perder os vôos, fiz o seguinte: na ida, meu vôo pros States saiu umas 8 horas depois da previsão da minha chegada em Bogotá. Na volta, fiquei 3 noites em Bogotá, já que não conhecia a cidade – que, inclusive, é bem bacana. Então, não tive essa preocupação.

    Fazendo um resumo da história toda, digo que é mais barato, mas é cansativo pra dedéu. Especialmente porque saí de Brasília, fiz conexão em Guarulhos e fui para Bogotá. De lá, peguei vôo para Houston e outra conexão para Washington. É mega cansativo tudo isso. Na volta, como parei em Bogotá, foi mais tranqüilo. Outra coisa que quase me gerou problema foi o fato de ser brasileiro e sair dos EUA pra ir Colômbia (e não para o Brasil). O cara da imigração em LAX me perguntou e achou estranho já que os nossos vizinhos são conhecidos por outras coisas além da Shakira e Valderrama… Mas expliquei a situação, mostrei as passsagens e não passou de um mini susto que se resumiu a apenas uma pergunta.

    Responder
    1. Diego Paiva Autor do post

      Olá, Fernando!

      Obrigado por compartilhar sua experiência.

      Com certeza vai ajudar muita gente que pretende fazer isso para ir aos EUA.

      Responder
  11. Alessandro

    Eu fiz isso para provar que era possível ir com ultra baixo custo.

    Fui de Porto Alegre em Maio de 2009 com milhas até Bogotá, pagando R180 de taxas de embarque ida e volta. De Bogotá pra Fort Lauderdale, pela Spirit, paguei USD 259 ida e volta com taxas. Isso não dá nem R$ 700, ida e volta.

    Tenho cidadania italiana, então entro no Eua sem stres. Como para a receita federal eu só fui para Colômbia (usei meu passaporte brazuca para isso e o italiano para entrar nos Eua) e não se costuma trazer muitas compras de lá e sim dos Eua, eles deixam tu passar direto na volta. Agora, vindo de Miami, certamente iriam fazer um pente fino.

    Não te servem nem água, que por sinal custa $3 no cartão.

    Indo por R$ 700,00 pra lá..obviamente irei todos os anos, e percebi que as passagens mais baratas vão de março a maio.

    Responder
      1. marco

        Não, qualquer pessoa pode fazer o cartão de crédito da Spirit. A única exigência é que vc tenha um endereço nos states para receber o cartão – exigência complicada, de fato, mas contornável com algum esforço.

        Responder
  12. Duarte

    Cara, que dica excelente! Nunca pensei nisso, de fato Bogotá tá ali, de cara pro gol… será que essas mesmas tarifas baratas para os EUA existem em Caracas? Pergunto isso pela possibilidade de se emitir bilhetes com pontos pela TAM para a Venezuela e não para Bogotá (ainda).

    Outra dúvida que me surgiu: se o destino for Aruba e Curaçao. Será que a partir de Bogotá é possível encontrar oportunidades melhores do que partindo de Caracas?

    Responder
    1. Diego Paiva Autor do post

      Infelizmente os preços partindo de Caracas são muitas vezes até mais caros que saindo do Brasil e não vale a pena também pegar um voo pra Caracas, de lá pra Bogotá e então para os EUA por que as passagens também são caras entre os dois países pela falta de concorrência…

      Sim, é possível. Há outras cias como a Aero Republica que levam para todos os destinos no Caribe, só não são tão baratos como essas low cost…

      A Aires voa para San Andrés, é uma bela opção de ilha no Caribe por não ser tão explorada.

      Responder
    1. Grazielle Codonho

      Q bom! Nem sempre noticia nova é boa, e noticia velha é ruim! Já ouviu aquela da sua vó ? É velha, mas n é todo mundo q conhece, n é mesmo ? rs.

      Pra quem n sabia, e n ia procurar em posts de 2007, é uma otima noticia..

      Responder
  13. Gustavo

    Grande dica. Apesar de saber da limitação desse esquema de viagem, acho que esse tipo de post acrescenta muito. É esse tipo de informação que não encontramos por aí. Se vale a pena usar ou não, depende da necessidade e disponibilidade de cada um. Mas é sempre bom saber de todas possibilidades. Parabéns, e espero que sejam sempre independentes para continuar divulgando informações descompromissadas. Abraço

    Responder
  14. LILIAN

    Bom dia,

    Preciso de um pacote para a disney em julho de 2014 e uma passagem de Goiânia para vitória no final de dezembro e retorno na segunda semana de janeiro de 2011. Posso comprar essa passagem para a disney agora? tem também milhas.

    Qual a melhor opção?

    Não consigo comprar essas passagens em promoção, sempre qdo tem é em período que não posso viajar.

    Preciso também de um pacote para janeiro, de preferencia para o nordeste, sendo uma criança e 2 adultos, na primeira semana de janeiro pelo período de 7 a 8 dias.

    Se você souber de uma promoção legal, não deixe de me avisar.

    saida de Goiânia.

    Muito obrigada!

    Responder
  15. tristana

    olá diego, estou todos os dias checando os preços para viajare para miami, e achei esta dica super legal…mas não entendo nada de milhas. Tenho 19.800 milhas da copa e mai 5.600 da delta. Quem aceitaria estas milhas a Gol? não sei mesmo como fazer para transferir para outra compania…vc pode me ajudar?

    Responder
  16. Roger

    Excelente dica! Estou exatamente nessa situação: com pontos da TAM pra gastar e intenção de ir pros EUA, mas os pontos não são suficientes pra sair da Am. do Sul. Vou esperar até dezembro e aproveitarei esse ótimo conselho. Valeu mesmo!!

    Responder
  17. mth

    Mesmo que vcs não pretendão viajar agora, tomem a vacina da Frebre-Amarela e não esqueça do cartão internacional.Podem não precisar agora mas no futuro quem sabe , a vacina tem duração de 10 anos. Está vacina serve tbe por ex Peru e até p/ Amazonas, como garantia.

    Nào doi , e dado no braço , normalmente não apresenta reação. Há em qualquer posto de saude ou gdes hospitais.

    Responder
  18. Dejoss

    Outra boa opção, para quem mora em Brasília, Rio ou São Paulo, é voar para Miame via Lima pela LAN, utilizando Kms (a LAN usa Kms e não milhas).

    Consegui para janeiro(alta estação), BSB/MIA por 48.000 Kms, o que equivale a 30.000 milhas, com uma taxa de embarque de R$ 118,00, e sem problemas de conexão, pois os vôos são todos LAN. Verifique se seu cartão tem convênio com a LAN. Hoje pesquisei, e ainda existe trechos ida e volta em Janeiro por estes valores.

    Responder
  19. Grazielle Codonho

    O F@#$ é o seguinte, uma coisa q passei agora, indo pra california pelo panamá.. É q somente Voo entre US x Brasil, tem o limite de bagagem de 32kg duas malas, e 10 kg de mão. Fora isso, tudo é bem menor o limite.. dai vc chega num pais para voltar e tem q pagar excesso de bagagem, ou como aconteceu comigo no uruguay, algumas companias cobram bagagem despachada, se não vem do Brasil.. Tem q ficar de olho nisso, se pretende comprar! rs.

    Responder
  20. Marcos Mattos

    Oi Léo,

    Parabéns a Dica ae Diego!!

    E para Europa nada??? Estou programando o uso de minhas milhas Smiles em 2011. Já tenho 45 mil e espero uma oportunidade para usá-las. Se souberes de algo, avisa. Abçs e boa viagem a todos!

    Responder
  21. Diego Paiva Autor do post

    Olá, Tristana!

    Essas suas milhas na Copa, por serem no programa OnePass você consegue emitir passagens na TAM por causa da Star Alliance. A Copa não faz parte, mas como ela é propriedade da Continental (que faz parte de Star) as milhas valem para qualquer cia da aliança.

    Não sei te dizer agora quantos pontos são necessários para resgatar uma passagem na américa do Sul com eles, mas tenho certeza de que são mais de 10.000 cada trecho.

    Acredito que você consiga emitir de Bogotá para Miami com esses 19.800 pontos que você tem na Copa tanto nos voos dela via Panamá, como no da Continental que é direto para os EUA, mas aí você teria de pagar o trecho Brasil – Bogotá – Brasil.

    As suas 5.600 na Delta não sei o que você conseguiria… acho que apenas um voo doméstico dentro dos EUA. Para utilizar as milhas da Delta na GOL é preciso bem mais que 5.600.

    Infelizmente não é possível transferir de uma empresa para outra, no máximo aproveitar as alianças de uma com outra ou os acordos de codeshare.

    Responder
  22. Diego Paiva Autor do post

    Verdade, Filipe. Excelente preço!

    Esses bilhetes de múltiplos destinos são ótimos… muitas vezes é possível encontrar ótmios preços como esse que você conseguiu.

    Responder
      1. Diego Paiva Autor do post

        Jetro, isso dá um post mesmo. rs

        No caso da American Airlines, nessa link abaixo você pode selecionar todos os trechos que deseja.

        https://americanairlines.am.amadeus.com/plnext/AA

        Quando começaram a vender os novos voo saindo de BSB pra Miami encontramos: Brasília – NY(JFK) – Los Angeles – Miami – Brasília. O total da viagem ficou em R$1.791 incluindo as taxas com 7 dias em cada cidade.

        Responder
  23. Diego Paiva Autor do post

    Infelizmente não, Priscilla… rs.

    Também fiquei empolgado quando vi os valores para os EUA e saí pesquisando para todos os lugares imagináveis. Hehehe!

    Responder
  24. Diego Paiva Autor do post

    Oi, Grazielle!

    Esse seu caso dos EUA – Brasil é exatamente o que acontece com esses voos. O limite de bagagem é menor no trecho Bogotá – EUA – Bogotá e em alguns casos é preciso pagar quando leva mais de uma mala. Por isso é importante ler BEM as regras da passagem. A Pluna tem uma política muito parecida com a da Aires e Spirit.

    Uma dúvida, você viajou pela Copa? Se sim, comprou Brasil – Califórnia – Brasil com a conexão deles na Cidade do Panamá?

    Se for tudo afirmativo, você devia ter exigido o seu direito de levar 32 kgs, por que seu destino final é o Brasil e a conexão é por conta deles. Só no caso de você comprar em separado os trechos e a conexão ser por sua conta é que eles podem te limitar a 23 kgs de bagagem.

    Responder
    1. Carolnl

      Exatamente o que eu ia comentar. Muitas vezes os agentes de aeroporto das cias não sabem dos limites de bagagens pra vôos para o Brasil. Já tive problemas com AA e United por conta disso.

      Na AA, eu fiz SFO-LAX-Mexico-GRU. O SFO-LAX eu comprei separado do lax-gru. Ainda assim, eles toparam juntar os bilhetes e eu não paguei excesso.

      Já na United, era um vôo Washington-GRU e a agente de aeroporto não acreditava que o limite eram duas malas de 32 kg! Foi uma briga, porque queriam me cobrar excesso!

      Responder
  25. Diego Paiva Autor do post

    Obrigado, Marcos!

    Por enquanto ainda nada pra Europa, mas estamos todos na torcida para que apareça alguma.

    De qualquer forma, você já tem um trecho garantido aí com a sua quantidade de milhas :)

    Responder
    1. Eduardo

      Boa sorte pra você na TAM pra usar as milhas 40 mil na baixa… é praticamente uma guerra com a empresa pra conseguir alguma coisa. Eu consegui depois de mais de 45 dias ligando no call center, muita canseira….

      Acredito que estas cias aereas não são tabajaras…

      Acho que um americano qunado vem ao Brasil pensa a mesma coisa da TAM e GOL.

      Só pra constar a JETBLUE faz Bogotá – Orlando com ótimos preços e é uma das melhores cias aereas pra voar…

      Responder
  26. Diego Paiva Autor do post

    Fabiana, infelizmente esse risco você corre em qualquer aeroporto.

    Resta reforçar a segurança da sua mala ao máximo e evitar produtos de valores na mala despachada, principalmente se ela não for rígida.

    Também tive a minha mala rasgada com estilete na minha volta de Cancun, mas não tive nada roubado por que o que tinha na mala (cosméticos e perfumes) estavam no meio das roupas e não conseguiram tirar. Eletrônicos e dinheiro sempre na bagagem de mão.

    Também não posso afirmar onde foi, mas pode ter sido no México, Panamá ou até mesmo no desembarque em São Paulo e depois dessa comprarei uma mala rígida, colocarei sempre Protect Bag no aeroporto (que inclusive possui um seguro em caso de roubo) e um cadeado reforçado (para os EUA precisa ser certificado pela TSA).

    Responder
    1. Diego Paiva Autor do post

      Antonio, um cadeado certificado pela TSA é um cadeado que pode ser aberto tanto com a sua chave/código como com uma chave mestra que o departamento de segurança dos EUA possui.

      Existe isso por que algumas bagagens que eles consideram "suspeitas" são abertas e verificadas. No caso de uma mala com cadeado sem essa certificação for escolhida para ser verificada, eles arrebentam com o cadeado sem piedade e sua mala viajará sem nenhuma proteção.

      Já no caso de ter a certificação, a mala será aberta e depois trancada novamente. Você só saberá que a mala foi aberta quando abrir e lá tiver uma carta desse departamento de segurança avisando que a mala foi aberta e verificada.

      Responder
  27. Jetro

    aki nao é agencia de viagem!!! hellooooo????

    e olha as datas q vc quer!!! é pico do pico da temporada!!!

    Promoção? esqueça a menos q dê um novo 11 de setembro..,.

    Na minha opiniao para essas datas.. quanto antes melhor .. assim vc paga um preço um pouco menos absurdo!!

    Responder
    1. Carolnl

      Mais ou menos. Não faz o menor sentido comprar, em 2010, pacote pra 2014! Aliás, duvido que alguém venda com essa antecedência toda!

      Deixa pra ver seu pacote com uns seis meses de antecedência e pronto. Não precisa de mais do que isso!

      E, de resto, vale o comentário do Jetro: isso não é agência de viagens.

      Responder
      1. Jetro

        2014???? nossa nem tinha me ligado (achei q era 2011!!) …

        agora q viajou total mesmo…

        Na época da copa… realmente deve ser visto com 6 meses de antecedencia!!

        P.S. vai que melhora os aeroportos, tem mais competição e os americanos resolvem vir em peso pra copa aqui com mtos avioes vindo… vai que o voo de retorno (Bra-USA) pode tem uma promoçaozinha… não custo sonhar!!!

        Responder
  28. Oliver

    Acabei de fazer uma simulação (para a primeira quinzena de novembro)Curitiba – Fort Lauderdale e mesmo pagando a ida para Bogotá, pela Gol, fica mais de US400.00 mais barato que pela Continental e mais de U$500.00 que pela Tam. Apesar da chegada e a saída não ser no aeroporto de Miami a diferença ainda assim é bastante interessante. Se conseguir usar milhagem então, o ser vivente irá pagar apenas US235.00 Curitiba – Miami(praticamente…)

    Responder
  29. rodrigo lopes

    Muito bom o post, e excelente os comentários. Fica aqui uma dica para o site: postar as promoções mais interessantes partindo dessas cidades para USA. Como acompanhamos o Melhores Destinos é sempre uma mão na roda não precisar todas as companhias a cada viagem. Grato

    Responder
  30. zila vergani

    estou preocupada com a questao do peso das malas no retorno para o Brasil, a gol não aceita o peso de 2 malas de 32K na vinda da Colombia?

    Responder
  31. SANDRA

    Eu sou colombiana e moro aqui no Brasil. Tudo o falado aqui no seu blog é verdade, só que tem q ter cuidado com a bagagem por que tem limitaçaoes e se a idea é ir a fazer compras nâo da. Quanto a vacinas, é exigida Febre amarela.

    Responder
  32. Lucas

    Pra quem leu o post e não tem milhas para fazer o primeiro trecho (como eu), deem uma olhada na Copa Airlines. Olhei uma passagem para o início de fevereiro, Belo Horizonte – Nova Iorque, com uma escala no Panamá e fica em R$ 1353,17. Muito razoável.

    Responder
  33. Leonardo

    Também tem uma opção pela TRIP sem passar por Bogotá.Vou explicar…A Trip faz voo para Tabatinga-Amazonas que faz fronteira com Leticia na Colombia é so atravessara a rua.DE lá tem voo direto para a Florida.Mas fica a dúvida será que com os pontos do Multiplus Fidelidade da TAM da para fazer isso?

    Responder
    1. Leonardo Ibiapina

      Gente eu que já andei muito de ônibus em viagens até de 100 horas de duração e sem água e serviço de bordo,para mim esperar em aeroporto algumas horas não tem nada demais se o preço compensar.Agora ônibus nunca mais!Mas pelo menos aprendi a ser mais paciente nas esperas…

      Responder
  34. Mariângela

    Fernando, estou indo pra Miami pela Avianca dia 26/10 e vou ficar 5:40h em Bogotá. Vale a pena sair do aeroporto pra dar uma voltinha pela cidade?

    Abraço!

    Responder
  35. Alessandro

    Ei..nem precisa ir direto para Miami, por $16 vc pega na frente do aeroporto de Fort Lauderdale uma van que te deixa em qualquer lugar de Miami em 30 minutos…

    Responder
  36. Heber

    Eu estou querendo ir pra Aspen no período de Dezembro, mas não consegui entender como faço uma conexão de Fort Lauderdale para outra cidade americana. Eu já li todos os posts com a esperança de entender como isso funciona e já pesquisei nos sites das companhias. O post é um dos melhores do 'Melhores'.

    Responder
  37. Heber

    Oi Leonardo, já fiz a busca dessa maneira. O problema é que a passagem sai muito cara. A alternativa é realmente comprar a passagem nos EUA pelo expedia.com ou orbitz.com. Usando esse método para essa época do ano sai mais caro para mim do que comprar a passagem aqui no comparador de preços do Melhores e depois buscar uma passagem nos EUA.

    Muito Obrigado.

    Responder
  38. Thais Tomaz Rodrigue

    Olá. Adorei a dica! Estou querendo ir pra Miami em janeiro fazer compras, será que existe alguma complicação na alfandega da Colômbia? Corro o risco de perder minha bagagem? Essa é minha maior dúvida. Será que seria realmente possível comprar com milhas GOL Fortaleza – Bogotá e comprar com dólar, pelas companhias que você sugeriu, Bogotá – Miami e dar realmente certo? Obrigada. Esse blog ajuda muito quem está querendo viajar. Parabéns pelo trabalho!

    Responder
  39. LEANDRO

    THAIS!!! também moro em Fortaleza mas, a minha sugestão é ir Pra Miami em fevereiro , MARÇO OU ABRIL, que é baixa temporada , menos , estresse..eU E MINHA ESPOSA queremops passar uns vinte dias lá, ir para as prais próximas do caribe(as passagens são de graça)

    Vamos trocar idéia? 91157002

    Responder
  40. Alan

    Alguém aí sabe qual a política da alfândega colombiana em relação as compras que trazemos na volta? Queria saber se corre algum risco de ter que pagar imposto sobre as compras lá, pois nada impede que role um contrabando por estrangeiros. Se alguém também souber quais são exatamente as restrições para as bagagens agradeceria enormemente.

    Responder
  41. Felipe

    Pessoal, resolvi pesquisar a respeito dos voos de Bogota para EUA, tenho milhas acumuladas na GOL e depois de pesquisar mtu encontrei preços bem atraentes, resolvi postar os valores para a opinião de vcs já que sou "marinheiro de primeiro viagem":

    193,60 – De Bogota para Nova York

    159,10 – De Nova York para Miami

    162,10 – De Miami para Bogota

    Todos os valores estão com as devidas taxas.

    O que vcs acham, é possível fazer uma trip dessas sem maiores problemas?? (tomando os devidos cuidados com horários)

    Obrigado!

    Responder
  42. Eduardo

    Alguém sabe qual o limite de bagagens dessas companhias? Estive lendo no site e pelo que entendi só é permitido 1 bagagem de mão e nada mais. Para despachar bagagem vai de U$33 a U$90 por bagagem. Queria saber se é isso mesmo.

    também queria saber se tem algum problema na alfandega da Colombia com relação as compras que eu fizer nos EUA?

    Responder
  43. Pedro Taves

    Pessoal, eu estou indo em abril para os Estado Unidos via Bogotá. Já troquei as milhas e compraei o tracho Bogotá-Orlando pela American airlines, pois tem direito a duas malas de 23 kgs cada uma. Gostaria de fazer uma pergunta, alguem saberia me dizer se na volta dos Eua, a alfandega colombiana é igual a nossa, ou seja, com 500 dolares de limite por pessoas e como é feita essa conferencia? Pois no Brasil, se você resolver não declarar, pode acabar passando sem nenhum fiscalização, já que a mesma é aleatória. Como funciona a imigração colombiana no que se refere a este limite de compras nos EUA?

    Responder
  44. Roberto Souza

    Olá, já vi muitas opiniões diferentes aqui com relação a obrigatoriedade de estar vacinado quando estamos fazendo coexão na Colombia e com destino os EUA. Afinal, precisa ou não ?

    obrigado e parabéns pelo Blog !!!

    Responder
  45. Gledson

    A Aires esta com passagem para FORT LAUDERDALE a 28 dólares + taxas (que são altas) no mês de março. Ida e volta com as taxas custam 296 dólares.

    A Spirit o mesmo trecho sai por 271 dólares (com as taxas).

    Responder
  46. Tiago Leal

    Não tenho milhas para fazer isso na viagem que vou fazer. Tenho só 10 mil da Tam ainda e não tem promoção nenhuma para resgatar passagens com menos milhas.

    Acho que esse post devia ser UPado sempre,todo mundo tem que saber isso.

    Minha próxima viagem será assim, pagando nada. Achei passagem para Fort Lauderdale por $28 com as taxas fica $300, mto barato. Minha oportunidade de voltar lá para rever amigos e aquela cidade maravilhosa.

    Valeu pela dica!!!!!

    Responder
  47. MArcos Teles

    Em 2000 morei na Colômbia. De fato a proximidade dos EUA e a demanda por passagens ficou mais fácil para eu conhecer os EUA.

    Na época fiz via AA. Já ouvi algo parecido em relação a vôos saindo do Panamá. Alguém já fez?

    Responder
  48. Karine

    Estou tentando comprar passagens por milhas do tam fidelidade para ir pros eua em outubro e as passagens estão 65 mil pontos cada trecho! O negocio de 40 mil ida e volta em baixa temporada é só quando tem promoção?

    Responder
  49. Allan

    Pessoal, comprei uma passagem com uns amigos para orlando com conexao em miami. Acontece que, agora, meus amigos querem passar uns dias em miami no inicio da viagem. Podemos ficar em miami no voo ou sou obrigado a ir para orlando e depois viajar para miami de carro?

    No caso da viagem de volta eu vou de orlando para o brasil (conexao em miami). Terei que pagar excesso de bagagem pelo trecho interno??? Abraco!

    Responder
  50. Elcio Blanco

    Pessoal essas dicas são realmente ótimas, tenho apenas uma pergunta: A imigração americana, não cria caso, por estarmos indo via Bogota – Colombia?

    Responder
  51. Jefferson Rondolfo

    Amigo eu fiz esse trecho indo de SP x BGO e depois USA, muito bom pela Spirit, o problema é que a Gol não faz + Voos para a Colombia, agora ferrou pra todo mundo.

    Responder
  52. ANA TEREZA DE PAIVA

    olá adorei o que vc escreveu, na verdade já estava pensando nisto e encontrei vc. o que eu queria saber é se eu for dessa maneira só na ida e a volta eu fizer direto para o Brasil pela TAM, com milhas, é posível ou sou obrigada a voltar por Bogotá?

    OBRIGADA PELA ATENÇÃO

    Responder
  53. Claudio Santos

    Prezado Allan, fiz isso recentemente, porém, no Peru. Nosso voo era FOR-GRU-LIM-TRUJILLO. Decidimos ficar em Lima pois a previsão de ondas era melhor para o Sul. Conseguimos até remarcar o trecho seguinte, pois houve uma mudança de horário. Alegamos isso e obtivemos êxito.

    No trecho da volta, não há cobrança pelo trecho interno, pois ele já é INTERNACIONAL. Pode comprar a vontade.

    Recomendo apenas lacrar bem as malas e não deixa-la muito pesadas. Tivemos problemas com malas que, voando American, ficaram em Miami por uma noite (no aeroporto), por conta de um voo perdido por culpa da AA. o dia seguinte voamos TAM, porém, notamos um roubo em uma de nossas malas ao chegarmos aqui no Brasil.

    Abraços e boa viagem

    Claudio

    Abraços

    Claudio

    Responder
  54. Rita

    Oi!! Alguém poderia me ajudar? Tenho mais ou menos 60.000 milhas no cartão Bradesco e gostaria de fazer este esquema para ir para a Disney… Fiquei sabendo que, se eu transferir a pontuação para a TAM, eu perco milhas, é verdade?

    Como faço para comprar a passagem de Bogotá para Orlando?

    Como devo proceder? Sou marinheira de primeira viagem com relação à milhas…literalmente…

    Obrigada!! ÓTIMA DICA!!

    Responder
  55. Luiz Fernando

    Boa tarde, estou pretendendo ir aos estados unidos dessa maneira tbm, mas pelo que vi a LAN comprou a AIRES e nao tem passagens baratas mais.

    seria vantajoso continuar voando dessa maneira?

    eu tenho 16mil milhas, mais 4mil ja consigo minha ida e volta a bogota, ainda é válido fazer este trajeto?

    estou querendo ir dia 13 de dezembro e volta dia 15 de fevereiro de 2013.

    abraços

    Responder
  56. Frederico Gustavo

    Diego estou pretendendo ir a miami em janeiro/2013 e possuo um total de 125.000 milhas no cartão de credito. Qual opção vc me recomenda? Essa da Lima ou a outra dica via Bogotá. Iremos 3 adultos usando milhas + dinheiro. Estou em Brasilia.

    Responder
  57. Gilberto

    Diego,

    reparei que a cias aérea Aires Colombia – http://www.aires.aero foi absorvida pela LAN e que os preços não são mais atrativos como antes. Sabe se a Spirit Airlines – http://www.spiritair.com ainda opera vôos para os EUA? Pergunto isso porque não consigo selecionar a origem e o destino na página deles, logo não sei se é apenas um erro na página ou se estão parados.

    Enfim, essa dica ainda tem valor?

    Grato,

    gilberto

    Responder
  58. André Luis

    ótimo artigo.

    Eu estou com uma dúvida

    viagem para Bogotá não precisa de visto??

    e o visto para entrar nos Estados Unidos??

    fiquei preocupado com o visto para entrar em solo americano…

    Responder
  59. Claudio Gimenez

    Olá Diego. Se puder me orientar agradeço.
    Eu gostaria de fazer a viagem por Bogotá.
    O caso é que desejo fazer classe executiva, os valores da AA são excelentes ( vi pelo site). Mas gostaria de saber passo a passo como seria melhor. Sou cidadão Europeu e Brasileiro.
    Por exemplo:
    1- cia aérea para Bogotá e melhor momento para ir…
    2- Compro as passagens para Miami já em Bogotá ou compro pelo internet aqui no Brasil
    etc… Seria possivel nos dar um passo a passo?

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>