No ar o guia do Vale do Loire

Camille Panzera 10 · março · 2014

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

O Vale do Loire ainda não é um destino tão famoso entre os brasileiros, mas o lugar fez sucesso no Instagram do MD (já segue a gente?) e é uma ótima pedida para quem viaja à Europa, curte história e, principalmente, construções dignas de contos de fada.

A região do Vale do Loire, composta por diferentes cidades históricas, fica a cerca de 2h de carro de Paris e se desenvolveu nas proximidades de rios como o Loire, que dá nome ao vale, Cher e Vienne. Essa área serviu de refúgio para a nobreza francesa, que, especialmente durante os séculos XV e XVI, construiu os chamados châteaux, castelos e palácios de proporções magníficas, residências de férias ou permanentes que mesclam o estilo medieval e o renascentista. 

vale-do-loire-guia

A região é do Loire é muito bonita, produz vinhos e é marcada por campos esverdeados, rios e pontes medievais. Os castelos do lugar são, é claro, os principais pontos turísticos dessa região e podem ser visitados por dentro e por fora. Se por fora chama a atenção a imponência das construções e a perfeição dos jardins, do lado de dentro é possível conhecer mais a fundo curiosidades sobre personalidades que usufruiam dos castelos ou como são seus aposentos, normalmente muito luxuosos. Reis e rainhas franceses, Leonardo da Vinci, Catarina de Médicis, por exemplo, são figuras cuja história pessoal se mescla à história do Loire.

Chambord é o maior châteaux da região e se você tem pouco tempo para conhecer o vale, é um passeio que recomendamos muito! É impossível não se impressionar com o tamanho do castelo, a quantidade de chaminés e lareiras, e com a vista superior do terraço. Sugerimos ainda visitas aos Chatêaux de Chenonceau, marcado pela presença feminina, e Villandry, que tem jardins belíssimos. O Castelo Real de Blois e Amboise, onde está enterrado Leonardo da Vinci, também são visitas imperdíveis.

O Vale do Loire (pronuncia-se “luaár”, em francês) )é um lugar romântico, com restaurantes de excelente qualidade e boa estrutura hoteleira. Alugar um carro é a melhor pedida para explorar a região pois os castelos ficam bem distantes um dos outros. Tours é considerada a “capital do Vale do Loire”, e um dos melhores locais para se ter como base em uma viagem à região; mas cidades como Blois, Amboise, Orléans, Nantes também tem ótimas acomodações. Uma das coisas mais interessantes no que diz respeito a hospedagem no Vale do Loire é que alguns dos châteaux tem restaurantes e hotéis; ou seja, além de se ter a oportunidade se conhecer os castelos é possível se hospedar em um deles!

Ficou com vontade de visitar o Vale do Loire em sua próxima viagem? Então leia nosso guia na íntegra! No guia você encontra várias dicas, têm informações de como chegar, quando ironde ficar e o que fazer. Quem já esteve no lugar pode deixar sua avaliação ou quem ainda planeja a viagem pode ver ter mais informações sobre transportes, onde comer, pontos turísticoscompras, vida noturna.

Autor

Camille Panzera - Editora de destinos Apaixonada por novas culturas, diferentes sabores, peculiaridades e paisagens que cada pedacinho do mundo é capaz de oferecer.