No ar o guia do Vale do Loire

Camille Panzera 10 · março · 2014

O Vale do Loire ainda não é um destino tão famoso entre os brasileiros, mas o lugar fez sucesso no Instagram do MD (já segue a gente?) e é uma ótima pedida para quem viaja à Europa, curte história e, principalmente, construções dignas de contos de fada.

A região do Vale do Loire, composta por diferentes cidades históricas, fica a cerca de 2h de carro de Paris e se desenvolveu nas proximidades de rios como o Loire, que dá nome ao vale, Cher e Vienne. Essa área serviu de refúgio para a nobreza francesa, que, especialmente durante os séculos XV e XVI, construiu os chamados châteaux, castelos e palácios de proporções magníficas, residências de férias ou permanentes que mesclam o estilo medieval e o renascentista. 

vale-do-loire-guia

A região é do Loire é muito bonita, produz vinhos e é marcada por campos esverdeados, rios e pontes medievais. Os castelos do lugar são, é claro, os principais pontos turísticos dessa região e podem ser visitados por dentro e por fora. Se por fora chama a atenção a imponência das construções e a perfeição dos jardins, do lado de dentro é possível conhecer mais a fundo curiosidades sobre personalidades que usufruiam dos castelos ou como são seus aposentos, normalmente muito luxuosos. Reis e rainhas franceses, Leonardo da Vinci, Catarina de Médicis, por exemplo, são figuras cuja história pessoal se mescla à história do Loire.

Chambord é o maior châteaux da região e se você tem pouco tempo para conhecer o vale, é um passeio que recomendamos muito! É impossível não se impressionar com o tamanho do castelo, a quantidade de chaminés e lareiras, e com a vista superior do terraço. Sugerimos ainda visitas aos Chatêaux de Chenonceau, marcado pela presença feminina, e Villandry, que tem jardins belíssimos. O Castelo Real de Blois e Amboise, onde está enterrado Leonardo da Vinci, também são visitas imperdíveis.

O Vale do Loire (pronuncia-se “luaár”, em francês) )é um lugar romântico, com restaurantes de excelente qualidade e boa estrutura hoteleira. Alugar um carro é a melhor pedida para explorar a região pois os castelos ficam bem distantes um dos outros. Tours é considerada a “capital do Vale do Loire”, e um dos melhores locais para se ter como base em uma viagem à região; mas cidades como Blois, Amboise, Orléans, Nantes também tem ótimas acomodações. Uma das coisas mais interessantes no que diz respeito a hospedagem no Vale do Loire é que alguns dos châteaux tem restaurantes e hotéis; ou seja, além de se ter a oportunidade se conhecer os castelos é possível se hospedar em um deles!

Ficou com vontade de visitar o Vale do Loire em sua próxima viagem? Então leia nosso guia na íntegra! No guia você encontra várias dicas, têm informações de como chegar, quando ironde ficar e o que fazer. Quem já esteve no lugar pode deixar sua avaliação ou quem ainda planeja a viagem pode ver ter mais informações sobre transportes, onde comer, pontos turísticoscompras, vida noturna.

Publicado por

Camille Panzera

Camille

  • Eder

    Vale muito a pena ir ao Vale do Loire, muito bonito!

  • Tiago

    Fui ao Vale do Loire em set/13 com a família.
    A região é linda.
    Fomos ao Chenonceau, Amboise e Clos Lucé.
    Chenonceau é imperdível. Parece uma pintura pois o foi contruído por cima do rio. O Amboise e o Clos Lucé são na cidade de Amboise. Portanto ficam perto.
    Chambord não fomos pois nos foi falado que apesar de majestoso por fora por dentro não vale tanto. E mais que 3 castelos no dia fica cansativo.
    Vale a pena o vale. Nós pegamos um guia em Paris e fomos de Van. Visitamos um vinícola na volta.
    Recomendo.

  • Bárbara

    Excelente! Vou para lá em Agosto e o Vale do Loire está no meu roteiro.

  • Leticia

    O Chatêaux de Chenonceau vale muito a pena, é lindo e glamuroso!! Todo decorado por dentro e construído sobre o rio Cher!!! Um charme!! Visitei também Chamboard, mas apesar de mais famoso e maior, não é tão glamuroso, pois por dentro está em ruínas e não tem decoração alguma!!! De qualquer forma, vale a visita. A região é linda e bem pitoresca!! Já fui a Paris 3 vezes, sempre fazendo passeios por conta nos arredores, mas para conhecer o Vale contratei uma van de agência e fiz com guia. Eramos apenas 4 pessoas. Valeu o investimento, pois o guia foi contando toda a história dos castelos, parava para tirar fotos no caminho sempre que pedíamos, e deixou a escolha dos castelos a nossa vontade!!! Fora a mordomia de ser pegado na porta do hotel e ter alguém que domina o francês para auxiliar em qualquer coisa!!!

  • Leonardo

    Para quem for de carro, é imprescindível ter um GPS porque, embora seja fácil chegar na região, chegar nos castelos são outros quinhentos. Tive que pedir informações à população local, e como eu não falo francês, e eles não falam inglês, a comunicação foi bem complicada.

  • Sem dúvidas uma excelente opção! O Vale do Loire é simplesmente maravilhoso!!!

  • Uma região fantástica! É uma viagem no tempo! Os castelos são incríveis e o Clos Lucé, a morada de Leonardo da Vinci, é fascinante. Em cada detalhe da casa e do jardim se percebe a presença do mestre. Fiquei em Amboise, cidade muito agradável, com habitantes super simpáticos, e adorei a feira que acontece nos domingos de manhã, às margens do Loire. Tem de tudo que se imagina! Tive a impressão de estar numa daquelas feiras do final da Idade Média. Fui de Paris até lá de trem e lá usei o transporte local, foi muito tranquilo. No verão, existe um espetáculo noturno, no castelo de Amboise, que narra uma parte da história da monarquia francesa e chegada de Da Vinci na cidade. Se puder assistir, não perca! E de sobra, aproveite para visitar vinhedos da região.

  • Frederico Montenegro

    Lugar espetacular! Fui em outubro de 2011 com um grupo de amigos e foi sensacional! Ficamos em Tours e saímos pra visitar as cidades vizinhas. Ótimo passeio.

  • JAMEL

    LUGAR MÁGICO,BELEZA PURA…