Aviancas devem concluir fusão nos próximos meses e se associar à United Airlines!

Leonardo Cassol 8 · junho · 2017

A agenda dos executivos da Avianca anda bem movimentada nos últimos dias. A Avianca Holdings e a sua irmã brasileira Avianca Brasil trabalham há algum tempo na integração das duas empresas, prevista para acontecer no segundo semestre desse ano.

No entanto, além da fusão com a irmã, a Avianca Holdings negocia a criação de uma Joint Venture com a United Airlines. Simplificando, uma associação entre as empresas, que inicialmente duraria dez anos (mas que pode ser definitiva), preservando a personalidade jurídica de cada empresa.

O acordo deve incluir as rotas entre os Estados Unidos e a América Latina, incluindo o Brasil, permitindo que companhias otimizem seus voos e frequências, e ampliem a conectividade para os seus passageiros.

O Conselho de Administração da Avianca tem até dez semanas para analisar a proposta da United. Segundo Hernan Rincon, diretor da companhia colombiana, “as negociações estão indo bem”, com “35% do acordo finalizado”. “A maior parte da aprovação acontecerá nos Estados Unidos, por tão rigoroso que é este processo”, disse. Mas a Joint Venture também vai depender da aprovação das autoridades do Brasil e da Colômbia.

O fato da United possuir 5% do capital da Azul não inviabiliza um acordo que envolva a Avianca Brasil, já que as duas empresas brasileiras só concorrem em 3% das rotas, como afirmou José Efromovich, presidente da Avianca Brasil, em abril desse ano.

Será que a novidade terá efeitos positivos para o mercado brasileiro, com novos voos e novas aeronaves? Coincidência, ou não, a Avianca Brasil vai iniciar a operação de voos internacionais diários para Miami e para Santiago do Chile, e já informou que pensa num quarto destino internacional.

Autor

Leonardo Cassol - Editor Editor e especialista em programas de fidelização do Melhores Destinos.
  • Edson Netto

    Quando o capital for aberto em 100% para empresas estrangeiras, a GOL vira Delta e a Aviança United huahuahahua, é o q parece, não q isso seja ruim, só estou comentando mesmo.

    • Marcos

      Nesse caso só sobraria a Azul como “aérea nacional” e com as devidas ressalvas …

      • Arthur Azevedo

        Azul é cria do David Gary Neeleman, fundador da JetBlue

      • Alexandre Martins

        O HNA Group(da China) tem 23,7% da Azul. Esse grupo é dono também de uma das maiores da aviação comercial chinesa.

      • PauloHCM

        Nacional e com os Embraer E190 e E195, muitas rotas regionais. Mais brasileira que isso, impossível.

  • Thiago Castro

    Verdade. Sempre que o preço deixa, escolho a Avianca.

  • Fabio

    Serah que agora quem voar Avianca vai apanhar e ser arrastado para fora da aeronave?

    • Luis

      A cara da UA não combina com a O6, mas o negócio pode.

  • Mr. Mayhem

    Avianca se funde com United, mas não voa pro norte do país ou Belo Horizonte lol.

  • Mr. Mayhem

    Ouço isso tem anos(sobre BEL e MAO), mas nunca se sabe.

  • André Felipe

    Com a fusão das Aviancas eles irão fazer como a LATAM e ficar com dois programas de milhagem: LifeMiles e Amigo?

    • André, ainda não está definido. Depois da fusão eles vão decidir isso.