United anuncia que não vai honrar passagens vendidas com erro

Denis Carvalho 12 · fevereiro · 2015

A United anunciou que vai anular milhares de reservas superbaratas feitas pelo site dinamarquês. Segundo a companhia, o preço foi decorrente de um erro na conversão da coroa dinamarquesa e milhares de passagens foram emitidas saindo do Reino Unido.A companhia ainda acusou os clientes de tentarem tirar vantagem do erro causado pelo software.

A reação dos consumidores norte-americanos ao anúncio foi imediata e o caso ganhou os noticiários em alguns dos principais sites de notícia do mundo, como Bloomberg, The Times, Business Insider e Daily Mail

Captura de Tela 2015-02-11 às 12.42.39

Diante da quantidade imensa de críticas e promessas de ações judiciais, existe a possibilidade de a companhia voltar atrás, mas não é bom contar com essa possibilidade e ara quem comprou resta aguardar o desenrolar dos fatos.

Leia o comunicado no site da United

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • É… igual a KLM fez comigo…

    • Hermes Hs

      Se quando erramos eles “colocam no nosso”… portanto, se eles erraram, “coloque no deles” tbm. O da KLM eu comprei e todos que estão processando estão ganhando!

      • Jader

        Oi Hermes, comprei esse da United. Como você entrou com ação?

    • Felipe

      Viajei pela KLM tranquilamente…

  • Marcos Reis

    Ferrou tudo…

  • lilian

    Vixi… Gerou expectativa a toa…rsrs
    Agora quero ver cancelar passagem de americano.,..vai rola r processo a rodo….rs

  • Guest

    Eu comprei LHR-SFO-LHR e LHR-ORD-GRU ambas em 1ªClasse, foram canceladas, Alguem que tenha comprado na Business ou Economica verificou o status do ticket?
    Conversando com amigos, como comprei com cartão emitido por UK existem algumas leis de proteção ao consumidor que podem ser aplicadas.
    Vendo como a United ira proceder com as milhares de compras.

  • Thiago

    Tava bem na cara que iam cancelar mesmo. Uma coisa é a KLM vender uma passagem que facilmente se encontra por 1400 pelo valor de 400 reais… e ainda assim foi uma choradeira da KLM pra liberar. Imagina a United vendendo passagem que custa 15 mil por 100 reais, óbvio que não vão honrar.

  • Thay Castro

    Acabei de receber o e-mail de cancelamento…Achei que não tinha conseguido mesmo

  • Jurubehba

    Ta mais do que certa….

  • Manoel SIlveira

    O norte americanos também se aproveitam de erros das companhias aéreas? por alguns comentários que vi ontem, parecia que eram só os brasileiros.

  • Jose Ernesto Gasparotto

    Quem nunca conseguiu usar aquele “the book is on the table” das aulinhas de inglês, agora vai poder usar o dito hamletiano – há algo de pordre no Reino da Dinamarca. E segue o baile…

    • Gabriel

      Valeu aí, Arnaldo Jabor.

      • Gabriel

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Helio

        Gabriel, eu ri muito!

    • Marcos

      Tá assistindo muito BBB, hein Pedro Bial?

  • Guilherme Linux

    O complexo de vira-latas nosso de cada dia agora vai dar tilti.
    Como ficam os malandros se valendo do erro?
    Como ficam os que acham que é “coisa de brasileiro”, “malandragem” quando verem americanos protestando?

    aguardemos comentatios

  • Renato

    É errado eles acusarem os clientes de aproveitarem da situação, as passagens ao mesmo tempo que estão baratas se tornam carissimas.

    • Carlo

      Uma coisa é passagem barata, outra é 1ª classe por 134 reais.

  • Thiago M

    É bom para o povo largar de ser espertinho e querer ganhar em cima dos outros.

  • Adriana

    Cadê os chatos de plantão que dizem que só no Brasil os consumidores são desrespeitados e que no exterior tudo é lindo e funciona perfeitamente?

  • Matheus

    Justo! As pessoas adoram se aproveitar do erro dos outros… depois começam com aquele mimimi “não tem como saber quando é erro ou promoção” francamente!

    Me admiro o MD postar um erro grosseiro desses alegando que é a vontade da maioria dos leitores…

  • Daiane Colnaghi

    “A reação dos consumidores norte-americanos ao anúncio foi imediata”, pro povo que diz que é o povo brasileiro que tira proveito de tudo… Aii essa gente que acha que o Brasil não presta e que os outros países são melhores….

    • Thiago Castro

      O Brasil realmente não presta e os outros países realmente são melhores. Mas isso não tem nada a ver com a notícia sobre a reação dos americanos.

      • Bruno

        Pelo menos nos blogs e fóruns americanos várias pessoas cancelaram suas passagens voluntariamente ao perceberem que seria um tipo de fraude ter que trocar o país e colocar Dinamarca como endereço para poder comprar a um preço esdruxulamente mais barato do que nos demais países. Uma coisa é comprar uma passagem que está lá à sua disposição na busca. Outra é ter que fazer gambiarras p/ aproveitar-se de um erro. 99,9℅ de quem comprou sabia que era erro, pela enorme divergência de valores e pelos esquemas que precisava-se fazer p/ conseguir alterar a tarifa. Gente desonesta e espertinho tem em todo lugar. O que discute-se não é a incidência deles, mas a dominância cultural. Os EUA não são exemplo de país justo e honesto, mas ainda assim estão à frente do Brasil também neste quesito, infelizmente,

        • Thiago Castro

          “várias pessoas cancelaram suas passagens voluntariamente ao perceberem que seria um tipo de fraude”
          Muito improvável pq, além de não ter dado tempo (o erro ficou apenas horas no ar), tinha que trocar o país no site da United.

          “99,9% de quem comprou sabia que era erro”
          Vai de encontro ao que vc falou ali em cima de várias pessoas terem cancelado.

          Não tem chororô, é o risco do negócio como bem falou o Brlanna lá em baixo. Tem uma série de procedimentos para se colocar uma passagem no ar. Se mesmo assim, vai um preço errado, a empresa arque com isso. Vc vai ver o chabú que vai dar isso (já deve estar dando) nos EUA e Inglaterra.

          • Bruno

            1- É só vc ler os comentários nos fóruns estrangeiros, não os de agora mas logo após o erro.
            2- Não vai de encontro, pois saber que era erro todos sabiam, mas então alguns começaram a questionar de que estariam fraudando por mudar o país e endereço para se aproveitarem do erro e, após este alerta, alguns cancelaram, ou pelo menos disseram isso.
            Se é risco do negócio ou não, não interfere no posicionamento aproveitador da desgraça alheia, semelhante aos que saqueiam caminhão tombado. Afinal é risco do negócio da transportadora também, correto? Está jogado no chão em lugar público não é de ninguém.
            Certa vez uma funcionária do banco colocou notas de 50 no dispenser de 10 do cx eletrônico. Nem preciso dizer o que as pessoas fizeram. E tá tudo certo, risco do negócio também.
            No Japão se alguém esquece o troco na máquina de vending, o próximo cliente pega apenas o seu troco e não mexe no que estava lá. Recentemente um homem foi preso pois recebeu troco a mais na loja de conveniência e não devolveu, outro porque achou uma carteira na rua e também ficou com ela. Lá e na Nova Zelândia, barraquinhas vendem produtos agropecuários em barraquinhas desvigiadas, tem uma caixinha para pagamento e algumas tem troco p/ a pessoa pegar. Não à toa a Nova Zelândia é o país com a menor percepção de corrupção política por parte da população. Os políticos não vêm de Marte, mas saem do meio da população.
            Quanto à comprar pela possibilidade de ser uma promoção, apesar de que configurava quase certamente como erro, tudo bem comprar e aguardar a reação da CIA, porém uma vez que a companhia confirmou o erro poucas horas depois, por bom senso, em um mundo ideal, as pessoas deveriam dizer: está OK realmente pensei que era erro mas tinha esperanças de ser uma promoção. Mas a vontade (emoção) luta contra a razão, então muitos vão espernear e arrumar argumentos p/ colocar a cia na parede. Eles agem errado conosco também? Claro que sim, nem sempre, mas agem, e não gostamos disso. Porém este tipo de atitude só alimenta esta predação mútua e todos acabam pagando pela atitude de alguns. É o conhecido ditado: “os bons pagam pelos maus”

          • Lucas – Santos/Sp

            Fantastico, parabens.

      • Flávia Vaz

        O que eu não entendo é porque vocês não vão morar na Síria, ou na Nigéria. Afinal os outros países são melhores. Obrigada MD por publicar, quem tá reclamando veio ler o post, aposto que queriam comprar. Abs

        • Bruno

          Então, eles chegaram ao estado que estão pelas atitudes das pessoas. Com esta forma de pensamento nem precisamos ir p/ lá, instituiremos Sírias e Nigérias aqui também.
          Porquê não usar por modelo Finlândia, que se desenvolveu sem explorar a outros, mas pelo desenvolvimento da população. Na verdade isso é utópico, pois as dimensões do Brasil e a nossa formação cultural talvez não permitirá isso.

        • Thiago Castro

          Achei que estivéssemos falando de países como EUA, Reino Unido e Dinamarca. E não Síria ou Nigéria. Não entendi seu ponto.

    • Fernando

      A tarifa errada era só para SP ou para os EUA? Porque será que tem tanto americano comprando passagem para cá assim?

  • Eduardo Bueno

    Justo, tinha que cancelar mesmo. Hoje as pessoas só querem tirar vantagem. Comentários do tipo “vou entrar na justiça” em 3…2…1…

    • Daniel T. Santos

      No dos outros é refresco, como diz um velho ditado…

      • Felipe Meyer

        Exatamente, no da United né?

    • O choro é livre

      Olha a dor de cotovelo!!!

    • Existem casos e ‘casos’, amigo: Também acho que muita gente quer tirar vantagem em tudo, mas a pergunta que fica é: E quem comprou o trecho de “ida” com Milhas por outra companhia, como fica? Senta, chora sem reclamar e perde o dinheiro porque foi um ‘simples erro da companhia?

      • Eduardo Bueno

        Simples. Compra de outra companhia aérea agora. Se tem milhas para emitir outro trecho, e quer viajar para a Europa, é porque tem dinheiro para comprar a passagem.

        • Thiago Castro

          “se tem milhas (…) é pq tem dinheiro para comprar a passagem”. A relação de causa e efeito não faz o menor sentido!!

        • Henrique

          Desculpe-me, mas não é possível comparar os recursos de uma empresa do tamanho da United com a de 99,999999% da população. Se cometeres um erro e perceberes o mesmo apenas quando a fatura chegar, terás que honrar com o acordo. Fato! Procurar a justiça será a única solução.
          Tive muitas experiências ruins com companhias aéreas. Já tive vôo cancelado sem estorno (no Brasil). Já tive vôo cancelado sem direito a acomodação (nos EUA). Já tive que fazer um vôo de 11 horas em uma poltrona com defeito (por cia. americana). Já fui acomodado em uma poltrona diferente da que eu havia requisitado, meses antes, sem qualquer explicação. Neste mesmo vôo fiquei sem comer nada, pois a solicitação de alimentação especial (sou celíaco) não foi registrada. E nem preciso nem falar dos atrasos…
          Com a United já fui absurdamente mal atendido em DC. Antes de verificarem que eu poderia despachar 2 malas sem custo adicional, dois funcionários foram extremamente grosseiros (nem no Brasil fui atendido assim). E tem sido um parto para que a UA dê os créditos de milhas de um vôo que fiz em agosto.
          É óbvio que se tratava de um erro, mas as cias. costumam fazer “promoções” com escalas absurdas para chamar a atenção de clientes para a sua marca e comprar vôos diferentes das datas oferecidas com baixos preços. Pode ter certeza que nessa brincadeira venderam alguns vôos a mais por um preço “justo”.
          Enfim, estamos dia-a-dia lidando com grandes empresas que utilizam de todos os seus recursos jurídicos para abusar da boa-fé de seus clientes. Todo mundo tem inúmeras e chatíssimas histórias de abusos por grandes empresas.

  • Kleber Prodígios
  • Daniel

    Prato cheio para processar e ainda ganhar mais do que a passagem (danos morais). Só que as pessoas só reclamam e não levam o caso adiante. Erre você uma única vez com a United e veja se eles irão te perdoar … compre um trecho errado por exemplo … o que eles farão ? Te cobrarão para mudar o trecho. Simples assim, e não tem conversa.
    Eu não comprei esse da United, mas se tivesse comprado … era processo na certa, e eu ganharia, como já ganhei uma vez da TAM e outra da Aeromexico por problemas diferentes que este da United ou da KLM ano passado..

    • rodpir

      Concordo 100%. Cada um tem que ser responsável pelos seus erros. Se a empresa aceitasse o cancelamento sem penalidade em caso de erro do consumidor, não questionaria o cancelamento pela empresa. Contudo, o consumidor é sempre extorquido com tarifas absurdas quando a falha é dele. Nada mais justo que a empresa também pague pelos seus erros.

    • Leonardo Franklin

      Sim, irão perdoar! Você já ouviu falar na política de 24h para arrependimento que a cia adota? Acho que não né…

      • Daniel

        Leonardo, comprei a passagem às 19:15h. Às 22:45h sofri um acidente e quebrei o ombro em 3 partes, e no dia seguinte à tarde, eu teria de passar por uma cirurgia. Como a viagem seria em 3 semanas, eu precisei cancelar a passagem, e isso foi solicitado em menos de 24 horas, mediante o envio de provas (inclusive RX, guia de internação, etc). A Aeromexico se prontificou em analisar o caso e retornar em 60 dias ! 61 dias depois, eu recebo um email dizendo que eu não seria reembolsado. Entrei na justiça e não apenas fui reembolsado, como fui indenizado por dano moral 3 meses depois. E, no caso, eu utilizei o artigo do CDC que dá como direito ao arrependimento 7 dias (e não 24 horas como você disse – leia o CDC) após a compra feita pela internet, que foi a modalidade da compra.

    • O Chatô

      Como a passagem foi comprado no
      exterior, para um voo que nâo tem origem no Brasil, vc NÃO ESTARÁ
      COBERTO PELO CDC.

      Por fim, a jurisprudência é firme em afastar pretenções como essa, onde o erro da empresa foi grosseiro.

      Se a pessoa entrar na justiça, perderá o processo, pagará sucumbencia, e correrá o risco de levar uma litigância de ma-fé.

      Depois não reclamem dos “politicos corruptos”…como ja diziam “é a oportunidade que faz o ladrão”

    • Fernando

      Eu já ganhei uma da TAM, da Gol e estou entrando com uma contra Alitalia. Nem sempre a gente consegue tudo o que quer, mas eu acho que quando nos sentimos prejudicados devemos tentar fazer a justiça valer. O nosso dinheiro não é fácil ganhar e muitas dessas companhias agem de má-fé para tentar levar o nosso na moleza. Se ninguém entra, fica fácil para elas agirem assim. Muitas das vezes, minha maior preocupação não é reparação pecuniária, mas impedir que eles continuam abusando do consumidor de forma vil.

      • Daniel

        Exato. Tem de entrar não pela indenização, mas pela medida educativa à quem abusa do consumidor.

  • Hugo

    O erro só existe quando prejudica a empresa.. Quando vendem passagens por 10 mil reais do Rio pra Fortaleza chama-se de livre mercado, mas qnd vende por 100 reais é erro e o consumidor é desonesto.. SE eu for em um supermercado e o peito de peru tiver por 1 real o quilo não posso comprar pq sou desonesto, mas eles podem vender por 60 reais o quilo e tá maneiro..

    • Fernando-RJ

      Concordo!! Mas por outro lado o consumidor tem 07 dias para desistir na legislação brasileira. Será que o vendedor também teria esse direito.. reflexão…

      • Mauricio

        Passagens aéreas compradas pela internet não se enquadram no CDC que prevê o arrependimento em até 7 dias.

    • Guilherme

      É isso, bela síntese. Como disseram acima, se eu erro na hora de compra, tenho multa para cancelar. Se a cia. erra, ela cancela e pronto. Ora, é óbvio que foi um erro. E ela que arque com seus erros. Ponto.

    • Guto Fernandes

      Eh isso ai Hugo.

    • Fernando Dias

      Exato! Então quer dizer que é correto a empresa cobrar 7 ou 8 vezes mais do que o comum para se ir hoje a Rio, Florianópolis e Salvador só porque é carnaval, e quando eu compro passagens por preço baixo eu é que estou agindo de má-fé?

    • Fernando Dias

      A Passagem BsB-FLN está custando hoje, para o carnaval, R$2000,00. To esperando alguém vir me defender contra as companhias.

      • Fernando Gama

        Compra e fala que foi um erro da sua parte!

  • Rafael Lopes

    Sou a favor de uma vida com um pouco mais de bom senso das pessoas. O próprio site do Melhores Destinos errou e errou feio ao noticiar o erro, confesso que fiquei muito surpreso com esse tipo de posicionamento, incentivando os leitores a comprarem. Não gostaria de entrar no mérito que muitos falam sobre “ser brasileiro”, “tirar vantagem em tudo” etc. Mas do pouco de experiência que tenho, vejo que em outros lugares do mundo uma atitude dessa seria muito repudiada. E é por isso que infelizmente as pessoas que devolvem cheques viram notícia, pois a honestidade por aqui acabou virando raridade. As mesmas pessoas que reclamam do governo, políticos, Petrobrás são as mesmas que ficam se aproveitando de situações para se dar bem, é incrível a hipocrisia que tomou conta do mundo. Coerência, cadê você?

    É muito diferente o abismo entre promoção e erro. Aí vem o espertão e diz que se está no site tem que honrar. Se o site está com erro é responsabilidade deles. Entre várias pérolas. Então se uma pessoa esqueceu uma carteira com R$ 2.000 dentro eu posso pegar? Só porque é CNPJ e não CPF dá direito de querer se dar bem? Não consigo entender que tipo de mentalidade é essa, quase (ou melhor, certamente) infantil com um pensamento medíocre do “achado não é roubado”.

    Uma palavra a esse tipo de pessoas e ao próprio MD: Vergonha.

    • Duds

      Parabéns, achamos aqui o primeiro espertão que consegue diferir em 100% dos casos o que é promoção do que é erro.

    • Raphael L

      “Mas do pouco de experiência que tenho, vejo que em outros lugares do mundo uma atitude dessa seria muito repudiada.”

      Vejamos em: http://www.bloomberg.com/news/articles/2015-02-11/united-airlines-offers-75-transatlantic-fare-in-possible-flaw

      “Among them was Alison Keunen, a newly married New Yorker whose husband lives in Manchester, England. She only sees her spouse five times a year, so she called him as soon as she heard about United’s glitch. She pushed him to make up his mind quickly, before the carrier discovered the problem, and they booked a Manchester to Newark flight for $125.”
      Que vergonha Sra. Alison Keunes, com esse nome com certeza é brasileira que gosta de tirar vantagem em tudo e vive na lei de Gerson…tsc tsc.

    • Thiago Castro

      O MD fez a parte deles que é noticiar e estão certos nisso.

      Até entendo seu ponto de vista, mas vc não está considerando o que o Hugo, Fernando-RJ, Henrique e Brlanna falaram e faz sentido.

    • Diego

      “vejo que em outros lugares do mundo uma atitude dessa seria muito repudiada”
      Vai dar uma olhada no bafafá que está nos EUA por conta dessa decisão da United.

    • Hermes Hs

      Rafael,

      Acredito que você não leu muito bem o que foi noticiado, para falar que em países de primeiro mundo isso não acontece, quando a maioria das passagens foram compradas nos Estados Unidos. E está mais do que correta a comparação entre a CIA Aérea e o passageiro. Se o passageiro erra 1 letra no nome na hora de comprar o bilhete, e se por exemplo, essa passagem for promocional, nem pagando vc altera, simplesmente NÃO EMBARCA!

      Mas esse “SERÁ QUE NÃO DÁ PRA PERCEBER QUE É UM ERRO ou promoção” só serve pra CIA aérea mesmo? Será que isso é injusto? Afinal de contas, Se alguém errasse meu nome Hermes e colocasse Ermes (sem “H”), em um bilhete promocional, eu simplesmente perderia o dinheiro e NÃO EMBARCARIA. Não dá pra CIA perceber que é um erro e não alteração de passageiro?

      Portanto, se for nesa mesma linha que estamos nos aproveitando (que não acho que é bem por aí), as CIAS aéreas também, estão se aproveitando, nessa situação que infelizmente acontece com frequência.

      No Reclame aqui, tem uma reclamação da própria UNITED, onde a passageira NÃO ERROU seu nome, ela comprou o bilhete antes de se casar, quando foi embarcar em GRU, não conseguiu, pq o nome no bilhete não estava igual o do Passaporte tirado após o casamento. Detalhe, antevendo essa situação, ela informa que levou todas as certidões de casamento, de nascimento e etc… e mesmo assim não conseguiu. Além dos inúmeros relatos que vemos aqui mesmo no MD de pessoas que erram “um pingo no i” e não podem embarcar ou tem de pagar outro bilhete na hora, que sabemos a preço de balcão nos últimos lugares disponíveis é um absurdo!

      Portanto, são doi pesos e duas medidas, e temos lei pra isso. Se temos que tomar cuidado pra não errar “um pingo no i” sob pena de perder até 100% do bilhete, portanto arcando com nosso erro, as CIAS também devem experimentar da mesma flexibilidade que dão aos seus passageiros, portanto arcando com seus erros em um erro com bilhete a 90% / 95% do valor a menor! Somos aproveitadores? pois é, eles também são!

      • AA

        Eeee mentira. Conforme ANAC e legislações internacionais o erro de troca de letras de um nome não impossibilita o passageiro de embarcar. Pode errar tranquilamente uma letra do seu nome que embarcará tranquilamente.

        http://www.anac.gov.br/Noticia.aspx?ttCD_CHAVE=1113

  • Fernando-RJ

    Só uma pergunta: Quem conseguiu a compra, teve o cartão debitado??

    • Thay Castro

      Até ontem 3 hs após a compra não constava nada ainda no meu.

      • Fernando-RJ

        Prá vc tá menos favorável, mas ainda dá prá brigar na Justiça ! Para Colli tá muito favorável… Tudo que eu queria !! rsrsrs

        • Thay Castro

          POis é…acho que nem vou brigar nao, fica pra proxima! rs

        • Denis Colli

          Recebi essa madrugada o email de confirmação, mas tenho o email de confirmação… O problema que não sei como a Anac e a Justiça Brasileira trata estes itens

          • Fernando-RJ

            Posso te adiantar, que se houve o débito em sua conta, significa tecnicamente uma transação jurídico-comercial perfeita, com todos os pré requisitos necessários. Vá ao Judiciário. A chance de exito é muito boa! Peça a seu patrono(advogado) o pedido de liminar para a emissão do bilhete, além disso, uma bela indenização de dano moral.

          • Denis Colli

            Fernando obrigado pelas informações. Um amigo advogado ja havia me adiantado alguns itens acima que qualificam a ação.
            Não estou visando nenhuma vantagem financeira sobre a empresa, somente quero a emissão da passagem.
            Fazendo algumas pesquisas, encontrei outros casos da United e ate da Swiss que honrou bilhetes emitidos na PrimeiraClasse da empresa por 0,00USD – onde somente as taxas de embarque foram cobradas de uma passagem EUA-Europa/OrienteMedio que passa de 5.000Obamas.
            Foi um erro, ok, foi culpa de terceiros? Talvez – como ela também justificou nas outras duas vezes… Mas qualquer empresa/funcionario que a empresa contrate ela se torna responsavel pelos atos do mesmo.

          • Fernando-RJ

            Perfeito! compreendo sua intenção em apenas garantir o embarque, mas de qualquer maneira, solicite o Dano Moral como forma de mostrar ao Magistrado, sua indignação com a atitude da empresa. Permita que ele arbitre tal valor de maneira que as custas judiciais se tornem pequenas. Utilize tal valor, remunerando seu amigo e custeando o taxi ! rs Abraços!

    • Denis Colli

      Sim, debitaram ate mais vezes do que deveriam.

  • Henrique

    Impressionante! Quando a companhia aérea erra, as pessoas são acusadas de ” tentarem tirar vantagem do erro causado pelo software.” E quando é o contrário é a mesma coisa, segundo as companhias: ” as pessoas tem que estar atentas ao comprar passagens, etc,etc,etc”. Apenas tava pensando nisso e me parece que a corda sempre arrebenta para o lado mais fraco, os passageiros.

  • Denis Colli

    Comprei duas passagens ambas foram cancadas, mesmo com numero de eticket e debito do meu cartao de credito.

    • Hermes Hs

      A United opera aqui! Entra na justiça. Todos que entraram na última da KL< estão ganhando!

      • Andre Barros

        N Perde o seu tempo! Você comprou um trecho por um site dinamarquês, com endereço dinamarquês.

      • Denis Colli

        Estou analisando como devo proceder…
        Minhas passagens são para outubro, até la tenho tempo para brigar com eles 🙂

    • Fernando-RJ

      Que ótimo para vc !! Judiciário neles e boas viagens !! rs

      • Denis Colli

        Vamos ver o decorrer das coisas

  • Brlanna

    Trabalho em uma empresa de softwares de venda.
    Isso é um erro da United, assim como foi da KLM e eles devem arcar com isso.
    Antes de atualizar qualquer preço, formulas de conversão, etc, a empresa deve utilizar um ambiente teste para garantir. Se isso não foi feito, ou foi feito de maneira descompromissada, o problema não é de quem comprou a passagem.
    Como bem colocado pelo Hugo, no momento que o preço de uma perna Amsterdã -> Rio está mais de R$ 3000,00, tudo bem, a companhia pode!
    As companhia aéreas optam por esse modelo de preço flutuante, utilizando diversas variáveis, o que pode gerar erros. Se não querem correr esse risco, devem simplificar seus cálculos, como por exemplo empresas de trem e ônibus, que possuem preços com variações mínimas e compreensíveis pelo consumidor.
    Não existe má fé, o que existe é um mercado de difícil compreensão, em que o consumidor é submetido a uma roleta russa de preços e não deve perder seu tempo interpretando erros/promoções.
    O Melhores Destinos está mais que correto em divulgar todas as passagem com bons preços, independente da sua natureza.
    Entrem na justiça sim, as empresas deve ter mais compromisso com o consumidor.

    • Duds

      Tragam um oscar para Brlanna, comentário TOP. Sem mais. Declaro a sessão de comentários encerrada!

      Calma povo, brincadeira, precisam cair matando não 😀

    • Fernando Gama

      Perfeito!

  • Vitor

    Se a empresa errou, ela deve pagar pelo erro.

    • Thay Castro

      Pois é…quando erramos uma letrinha na hr de digitar o nome, temos que pagar multas abusivas apenas para acertarem

      • Hermes Hs

        Isso quando é permitido. Algumas vezes nem pagando 1 milhão é possível mudar, tem que comprar outra!

      • Duds

        Já me disseram uma vez que as empresas não deixam mudar os nomes dos passageiros pra evitar que cambistas comprem as passagens na época barata e as vendam na cara.
        Mas complicar pra arrumar uma letra de um nome é falta de bom senso também.

      • Vitor

        Verdade, Thay Castro e Hermes Hs. E não para por ai. Algumas passagens você compra e ao cancelar perde quase tudo. Isso porque nas “regras” da tarifa têm escrito as condições com letra tamanho pequeno, la no final ou um texto gigante que quase não de lê. Daí somos prejudicados.

      • Vinicius

        Será que se um dia eu errar uma letrinha no nome e a companhia quiser cobrar preços abusivos para alterar eu posso processá-la por má fé, alegando “tentarem tirar vantagem do erro causado pelo hardware (teclado)”?

        • Thay Castro

          Deveria, se não o faz, é pq deve ter dinheiro sobrando pra encher bolso de cia aerea.

      • Marcos

        Nessa hora os “paladinos da justiça” somem. Por que será?

  • Rafael, nós não temos como diferenciar com certeza o que é erro do que é promoção, por isso cumprimos nosso dever de noticiar. Cada um examine sua consciência e veja se deve comprar ou não.

    • Daniel

      Pois é … eu ainda não consigo conceber que tem gente que acha ruim e ainda reclama da prestação de serviço que vocês dão sem cobrar de ninguém qualquer taxa ou mensalidade. Juro …

  • Matheus, nós não temos como diferenciar promoções de erros com certeza, por isso postamos todas as tarifas disponíveis e que cada um examine sua consciência se deve comprar ou não.

    • Diego

      Só acho que, na dúvida, o site não deveria se referir ao preço como PROMOÇÃO, pois faz parecer justamente que estão diferenciando as promoções dos erros e afirmando que se trata do primeiro caso.

  • FabioPalmeiras

    O erro foi deles.. acusar os outros de tirar vantagem é um pouco pesado. Mas americano é assim: pragmático, sem chororô. Por isso gosto de lá… não tem jeitinho. O que é certo é certo, o que é errado é errado. Te tratam com muita educação, mas se vc faz algo errado, a bronca vem na hora. Não é como aqui que segurança de local privado ou mesmo público não repreende ninguém que está fazendo coisa errada. Lá, nem mesmo as pessoas comuns deixam passar um deslize. Aqui no Brasil, se você reclama de alguém fazendo algo errado, furando fila, parado na porta de entrada ou cometendo irregularidade no trânsito, vai ser xingado e hostilizado. Lá, te pedem desculpas.
    Me empolguei no comentário, mas o que eu quero dizer é que em todo lugar tem gente querendo aproveitar bons preços e até mesmo esse tipo de “erro”, inclusive lá nos EUA. A diferença dos empresários americanos (capitalista mor) é que com eles não tem conversa. E ainda vão te acusar de aproveitador….

    • Gilberto

      Nao eh bem assim, nao. Todo lugar tem gente de boa e ma indole. Uma vez estava na fila do guiche em Port Authority, terminal de onibus de New York, e uma Senhora furou na cara dura a fila. Uma das pessoas reclamou e o marido dela foi para cima do cara que reclamou com toda a razao. E por muito pouco que a porrada nao comeu solta por la.

  • Thiago Castro

    * quando virem (verbo ver no subjuntivo)

  • Diego

    Pois é, lá a Justiça não alivia a mão nem um pouco em indenizações.

  • Brlanna

    Vc ta comparando coisas completamente distintas, e larga dessa de brasilidade, o próprio MD notificou que no mundo todo as pessoas estão descontentes com a situação.

  • Marcos

    Sugiro que você, em repúdio, não frequente mais o blog. Não fará falta. É bom que sobram mais passagens baratas para quem realmente precisa delas.

  • Ricardo Inocencio

    Só sei de uma coisa, viajar para o exterior está cada vez mais difícil devido o cambio completamente desfavorável. Dólar Turismo a mais de R$ 3,00? Onde vamos parar!? Hoje li a notícia que aqueles que estão fazendo o cambio para o cartão pré-pago estariam pagando mais de R$ 3,20… Depois de meses planejando uma viagem para os EUA, com visto pronto e reserva de hotel, precisei desistir temporariamente.

    • Karla

      Ontem cheguei em um casa aqui em Floripa, viajo semana que vem com 5 mil reais me rendeu U$ 1,710… oi?

  • Henrique

    e quando os outros ganham em cima do povo?

    • Daniel Souza

      Aí a gente releva, curte o carnaval e esquece de tudo 🙂

      • Guto Fernandes

        Bem por ai. Se houve erro por la….cabe a eles buscarem os responsaveis. Quem comprou, comprou havendo erro ou nao.

        Ha muita diferenca entre comprar com ma-fe e comprar pelo preco anunciado (errado ou nao).

        • Daniel Souza

          Concordo. Má fé seria se eu burlasse o site de alguma maneira, alterando o valor de X pra X-2000 e levasse vantagem nisso (má fé e crime, por sinal). Ali foi um valor anunciado oficialmente, foi erro, foi e, se for de direito da companhia, ela que cancele sem problemas, mas dizer que foi má fé por parte de quem comprou, não vejo dessa forma.

          • Gustavo Pereira

            Se voce burlar o sistema não é má fé, é crime. Agora, quem compra uma passagem de 1a classe por R$ 134 está consciente de que aquilo é um erro grosseiro e não uma promoção, e isto é má fé.

          • Elias Alisson Meneses

            Não. O empresário é quem deve estar ciente do risco do negócio e ter a decência de honrar suas promessas (no caso, o preço de venda).
            Se for caso de quebrar a empresa, que usem de outros mecanismos do direito.

          • Daniel Souza

            Exato, por isso que eu disse “má fé e crime”. Não estou consciente de nada, não existe como saber se é promoção ou erro Gustavo, pelo menos eu não sei distinguir isso. E o dia que o erro for uma promoção de verdade, você perde.
            Se foi erro e se for direito da empresa, que cancele as passagens, não tem problema, o que não pode é falar que foi má fé de quem comprou. Foi ERRO, arque com as consequências, assim como eu e você somos obrigados a arcar quando cometemos um erro.

          • Leidiane Oliveira

            Cara, tenta alterar um nome ou um numero que você digitou errado ao preencher os dados de sua passagem, e vê se eles vão entender que foi um erro grotesto e perdoar, ou se vão usar de má fé e te cobrar uma fortuna para alterar.

          • José

            E se você burlasse o site de alguma maneira ao dizer que mora na dinamarca?

            Não seria má fé?

  • Henrique

    O MD faz o papel dele, um blog informativo de promoção de passagens (“O Melhores Destinos foi criado para possibilitar que os brasileiros viajem mais e melhor pagando menos. Nossa proposta principal é oferecer dicas de como comprar passagens aéreas promocionais e reservar hotéis com desconto. “). Agora, fica ao alvedrio do LEITOR analisar se deve ou não comprar.

  • Joaquim Cunha

    Mas quando erro é do cliente? Cheguem atrasado 5 min para os seus vôos de primeira classe por qualquer motivo e me perguntem se a cia aérea irá lhe oferecer um ticket pelo mesmo preço que foi pago??? Claro que não! Eles se aproveitam da situação e lhe cobram 3,4,5 e até 10 X vezes mais o que foi pago. Por isso mesmo que tem que processar e com certeza ganhará. Meu advogado nunca perdeu um caso contra qualquer cia aérea. É só processar que ganharão pois a culpa não foi dos clientes.

  • Patricia

    Não atire no mensageiro! O MD publica mas não obrigada ninguém a comprar!

    • Guto Fernandes

      Eu acho mais incrivel o chororo daqueles que, possivelmente tambem tentaram aproveitar tais precos e nao conseguiram.

      Queria ver se tivessem conseguido se estariam tendo a mesma reacao.

      • Gustavo Pereira

        Olha, eu até tentaria comprar mesmo sabendo ser erro, vai que cola, né……mas se a empresa cancelar, acho justo, porque quem compra assim, está consciente de que aquilo é erro, e não promoção

        • Elias Alisson Meneses

          Não. Ninguém está consciente de nada. Possibilidade de não honrar a venda há com qualquer preço. Estamos cansados de ver remarcações autoritárias e overbookings, mesmo com preços astronômicos.
          Empresa séria revoga o erro e não anula direito de ninguém. Quem comprou tem o direito de receber.

        • Leidiane

          Tenta alterar um nome ou um numero que você digitou errado ao preencher os dados de sua passagem, e vê se eles vão entender que foi um erro grotesto e perdoar, ou se vão usar de má fé e te cobrar uma fortuna para alterar.

  • Patricia

    Sou a favor de pessoas que saibam decidir por si mesmas se é ético ou não aproveitar de promoções/erros como estes. O MD publica as notícias, mas não obriga ninguém a comprar.

  • Tatiana

    Sim mas como vamos saber se é promoção ou erro? Algum tempo atrás comprei uma passagem de Praga para Tokio por 20 euros!! E era este mesmo o preço…viajei tranqüilamente. Mas não é o preço normal, apenas tive sorte de conseguir o preço…

  • jimi

    Me impressiona as pessoas criticarem umas as outras. Porém me impressiona mais ainda criticarem este ótimo site, que já disponibilizou a oportunidade de milhares de pessoas fazerem viagens a bons preços.

  • Gustavo

    O que mais me revolta nisso tudo sao as pessoas que querem “culpar” o MD por ter informado sobre o valor das passagens… Tem cada “no sense” neste mundo…

  • Brlanna

    hahaha, já recebi meu prêmio, estou indo pra europa pela KLM semana que vem!

    • LEandro

      To indo junto dia 26

  • Helio

    Claro que se aproveitam. Eles chamam isso de “fat finger fare”. Existem fóruns dedicados exclusivamente a isso.

  • Marcos

    Quem comprou, tem mais é que processar mesmo. Não venham com essa demagogia de que tá tentando tirar vantagem. Se você digitar uma letra errada no seu nome quando vai comprar a passagem, é obrigado a pagar multas e diferenças tarifárias que chegam a mais de 300 dólares numa passagem internacional. Ou seja, um erro pequeno e honesto da sua parte e você é obrigado a pagar uma multa dessas. Chegue no balcão do checkin 1 minuto após o fechamento do checkin. Você tomará multa de noshow, terá que pagar diferença tarifária que vai no mínimo dobrar o valor da sua passagem. Agora se é a empresa que erra, ela simplesmente cancela pra não ter prejuízo? Negativo… Assim como a gente tem que assumir nosso erro, eles que assumam o deles e honrem a cagada. A empresa não vai falir por causa disso…

  • Jader

    Quem comprou e quer entrar com ação conjunta passe seu contato.

  • Jayme Prado

    Pq eles não colocam uma trava no site pra preços muito abaixo da média pra não acontecer essas patifarias? Ou quando o estagiário for cadastrar novos vôos, se o preço estiver muito baixo dá um alerta gigante e manda confirmar 3x se o valor está correto.

  • Luiz Eduardo

    Já até me vali de preços muito abaixo do mercado por divulgações feitas aqui no MD que depois de realizadas vieram a ser reveladas como erros das companhias. E que foram honrados no fim (United para Orlando e Ibéria para Roma em 2013 ). Do mesmo modo, já aproveitei diversas promoções que não eram erros e que vi apenas pq acompanho o MD.
    O MD está certo em divulgar. Não acredito nem que se trate de “examinar a consciência” para decidir comprar ou não. Acusar o consumidor de lei de Gerson é uma besteira. Quem determina as contingências do mercado, que por sua vez molda os comportamentos dos consumidores na busca por descontos são as próprias companhias. Elas taxam qualquer coisinha que você precisar (chegando a absurdos como dificuldades para embarcar pelas questões mais comezinhas possíveis, que muitas vezes beiram o inimaginável!). Isso sem falar no complicado modelo matemático para determinação de preços que se em alguns casos geram erros como este, outras vezes disponibilizam preços que são extratosféricos, que permitem o questionamento do caráter das companhias que os praticam.
    Na minha opinião, se o preço está barato e você tem interesse, lógico que tem que comprar!

    Agora, sobre este caso especificamente, quero ver como serão os desdobramentos legais. Eu sou completamente leigo em Direito, mas me parece que nesse caso talvez eles tenham respaldo.

    A United cancelou os bilhetes apenas daqueles que não moram na Dinamarca ou dos que não usarão vôos que saiam ou sejam destinados a esse país.
    Acho que talvez eles tenham embasamento legal para se defender neste caso.
    Estou realmente curioso sobre quais as decisões judiciais que serão tomadas. Alguém sabe onde posso acompanhá-las?

  • Paulo

    Duro é ler essa cambada dizendo “brasileiro é safado e gosta de tirar vantagem sobre o erro alheio”. Uma ova!
    Se a proposta foi feita ao consumidor, tem que ser honrada.
    Já vi passagem aos EUA por R$ 150 saindo de POA ser ratificada pela Delta. Era erro ou promoção? Não sei, mas com certeza não ficaria esperando os “defensores da moralidade” darem seus pareceres.
    Ao invés de acusarem os outros de cometer estelionato contra cia aérea, vão procurar coisa melhor para fazer! ô raça!
    Ah, e PARABÉNS MD, por oportunizar que seus leitores comprem passagens mais baratas, sem ficar refletindo se era erro ou promoção.

  • flavio
  • Billbr100

    Eu tive minha passagem confirmada: lhr x iah x gru na first class. O que acontece que eu fiz foi: logo após receber o codigo localizador eu liguei para a United daqui para confirmar. Liguei para o call center dos EUA também e estava tudo correto. Meu cartão foi debitado e as 2 passagens que comprei em datas diferentes, agosto e setembro estão confirmadas e com o assento marcado já!

    • marcos

      Espere que sua hora chegará!!! Se não for agora, será quando do check in!!!! rsrsrsrsrsrsrsrs

    • Fernando-RJ

      Acho que dessa forma não tem como escapar!.. se declinarem vc arruma uma volta ao mundo com a UNITED !! rs

  • Artur Aranha

    Engracado, tem um monte de gente reclamando das passagens muito baratas, que estamos nos aproveitando do erro dos outros, se esta muito barato temos que comprar mesmo, nao cabe a nós julgarmos se é erro ou nao.

  • Denis

    Entrem no link “fale com a Anac” e exigiam seus direitos!! Lá você registra a demanda é a Anac entra em contato com a companhia, de acordo com a legislação vigente.

  • Hermes Hs

    Jader, Eu entrei com ação através da minha advogada, que também comprou o da KLM, apesar de para ela ter dado tudo certo.Você pode entrar sozinho mas não aconselho, porque entrar é fácil, depois, a cia se defende, entra com agravo de instrumento, enfim, muitas coisas que eu mal sei o que é, piorou me defender e como recorrer.Se quiser passo o contato da minha advogada, me manda um e-mail… e para quem ler este post também e quiser, pode me mandar e-mail que eu passo o contato. meu e-mail é: hermeshsb@gmail.com Ah! A KLM foi obrigada por meio de liminar a emitir meus bilhetes, antes mesmo do julgamento total do processo. Já viajo na próxima segunda feira!

    Processem mesmo, assim como todos falaram aqui, se o erro mínimo for seu, vc irá arcar, portanto com as Empresas devemos utilizar a mesma flexibilidade que tem conosco.(nenhuma).

    • Eder

      Como você acertou com a advogada? As vezes o que vai se pagar de honorários nem compensa a dor de cabeça.

  • Jeferson Amend

    Me indigna pessoas folgadas que ficam de mimimi que isso não é certo. Não tá feliz de ter um serviço excelente desses de graça e ainda fica reclamando, tem um botão de unsubscribe, clique nele e seja feliz com seu pacote de viagem CVC de 10 mil reais para a praia ali do lado.

    Parabéns Denis e equipe, vcs vão pro céu definitivamente por essa paciência de monge!

    • Marcio

      Pessoal,
      Comprei uma passagem Passo Fundo – Porto Alegre pela Azul e para minha surpresa como o tempo estava ruim , informaram que não teria voo aquela noite e que estava chegando um ônibus que deixaria o pessoal no aeroporto de Porto Alegre. Como eu estava cansado acabei aceitando. Gostaria de saber se tenho direito a ser ressarcido pela Azul?
      Pelo que percebi isso é bem comum acontecer nestes aeroportos do interior.

      Grande abraço!

    • Gabriel

      Concordo com Você Jeferson, pessoal chato que fica reclamando, vai ler outro site.

  • Hermes Hs

    Alison Keunes nome Brasileiro? Aí forçou a amizade. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Fernando Gama

      Era uma ironia aos que dizem que só brasileiros são malandros e se aproveitam de “erros das companhias”.

      • Hermes Hs

        Foi mal ! Tão de saco cheio desse pessoal falando só de brasileiro etc… que nem compreendi corretamente.

    • Raphael L

      Putz, esqueci de colocar os settings no modo irônico hehehe

  • Thay Castro

    Ja vi passageira tendo que comprar passagem no balcao de cia. aerea pq nao embarcou devido a uma letra…Era Rosane e tava Rosana, pagou 1500 na hora para embarcar (GIG-MCZ), botou na justiça e ganhou uma c*ralhada de coisa da Tam

  • Fernando

    Quando tiver passagem para Miami por US$ 5.000 na United eu vou comprar e alegar que foi erro. Daí se, eles não quiserem me devolver o dinheiro, eu vou falar que eles estão “tentando tirar vantagem do meu erro”. Ridículo…..

  • Daniel T. Santos

    Xará, desculpe mas não concordo com você. As cias americanas são exemplo, só que o puxa-saquismo de europeu e asiático cega as pessoas. Meu pai comprou uma passagem (p/ Cancun) pela Delta e 10 dias antes da viagem solicitou o cancelamento e eles devolveram o valor INTEGRAL. Outra vez, comprei pela United mesmo e um tempo depois solicitei remarcação, eles remarcaram e ainda deram um desconto!!

    Fale pelas outras, mas as empresas americanas são exemplo de respeito ao consumidor.

    • Daniel

      Xará, não estou vendo isso, afinal eles erraram e agora em lugar de entubar o erro, estão passando a conta para o consumidor…
      Eu honestamente evito voar de cia americana pois odeio a AA (não curto o serviço, nem as aeronaves) e abomino a Delta (não tive boas experiências), então se evito, não tenho muitas histórias nem problemas. Nunca voei de United.

  • André

    Ah rapaz, vai catar coquinho. Falso moralista… Vc não tem é experiência alguma, uma vez que todos os veículos de comunicação nos EUA chamaram atenção para o fato e todos os consumidores que compraram a passagem estão criticando a United. A sua comparação com a carteira não tem nada a ver, pois não estamos nos apropriando de algo indevido, estamos COMPRANDO e PAGANDO por um serviço que está sendo oferecido.

  • Fernando Gama

    Muitas vezes, isso só se aplica a companhias brasileiras e você precisa rebolar para conseguir valer esse direito. E não são 24hs, se não me engano, são 7 dias. Abraços,

    • Mírian Oliveira

      Eu já comprei uma passagem pela TAM, horas depois liguei para pedir reembolso (não sabia da política das 24hs) pois havia comprado outra passagem em outra companhia em horário melhor e foi a própria atendente da TAM que me disse que não seria reembolsado e sim estornado o valor total!!! Achei muito ético da parte deles.

  • Fernando Gama

    Olá Chatô, você está equivocado, pelo menos em parte. O fato de o voo não ter origem no Brasil não é empecilho para a propositura da ação. Se ação fosse, estaríamos afastando de responsabilidade todas as empresas que voam para cá, colocando em pé de desigualdade com as nossas empresas nacionais. Além disso, não é verdade o fato que você diz que você não estará coberto pelo CDC. Todas as empresas aéreas que voam para o Brasil devem estar registradas na ANAC e tem um preposto e um representante legal aqui, devendo registrar um capital mínimo para pagamento de eventuais indenizações como esta. Por fim, ressalto que em hipótese alguma restará configurada a litigância de má-fé em casos como esse. A litigância de má-fé não tem relação com o fato de você pedir algo que você não tem direito. Você pode pedir o que quiser ao judiciário. A litigância de má-fé está relacionada com o lado processual da coisa, como por exemplo, tentar enganar a justiça, ao entrar com dois processos com a mesma causa de pedir, subtrair folhas de um processo para desfazer prova, etc. Se não fosse assim, muitas pessoas deixariam de exercer seu direito por ter medo de serem, ao revés, condenadas. Isso não existe. Como última linha sobre o assunto: na maioria das ações consumeristas, não existe essa de ônus de sucumbência. Geralmente o juiz indefere parcialmente, mas não condena a parte autora ao pagamento de ônus da sucumbência. Isso só acontece em ações fora do Juizado Especial (acima de 40 salários mínimos), mas ações desse tipo que estamos falando aqui vai para o Juizado Especial pelo valor da causa. Um abraço.

  • Fernando Gama

    Não tem esse direito. Porque ele é a parte mais forte da relação. Ele tem condições de se cercar de cuidados para que erros não ocorram. Caso ocorra, ele responde de maneira objetiva, ou seja, independe da sua intenção. Mesmo que a empresa não tenha a intenção de colocar as passagens a esse preço, ela não pode voltar atrás em uma oferta pública.

  • Fernando Gama

    Por favor, né! Um pouco mais de bom senso das pessoas, realmente! Agora vamos ter a censura prévia de promoções no MD! O MD não tem nenhuma responsabilidade pelos erros de companhias aéreas e de leitores. Só faltava essa.

  • Gabriel

    Pessoal chato que fica falando que as pessoas estão “se aproveitando” do erro de sistema.
    A cidadão entra lá para comprar, vê o preço barato e não vai comprar porque pode ter sido um erro de sistema? Tem alguma mensagem dizendo: Este preço é um erro de sistema?
    Pior ainda ficar julgando o site porque informa seus leitores sobre o preço baixo.

  • RaMag

    Tatiana, por qual companhia saindo de Praga você encontrou esse preço?

    • Tatiana

      Comprei pela Air France…e só por curiosidade, esta passagem em maio custa R$ 280,00 ida e volta …raiva destes preços praticados aqui…imagina quanto esta o euro…isso sim e promoção.. e aqui temos que nos conformar com a desculpa de praxe: ” o dólar subiu” entao está barato…

      • Bruno

        Qual o valor com as taxas?

  • O que não dá pra entender é: em Setembro de 2013 a mesma United honrou passagens emitidas à $0,00 (ISSO MESMO, CUSTAVAM ZERO DÓLARES, OU SEJA, NADA) e agora vem com essa de não querer honrar quem mesmo que ainda que barato, tenha pago alguma coisa… Não dá pra entender… Passagens de Londres aos EUA em 1ª Classe foram vendidas à $100,00.. Daí já viu né…

  • Denis Colli

    Andre comprei a passagem com meu endereço Irlandes, o pais estava como Dinamarca.
    Não existe validação de endereço por cartões emitidos dentro da União Européia, uma vez que existe um tratado de livre comércio entre os países participantes do bloco.
    Estou avaliando qual o meio que devo reclamar. Reino Unido(onde o voo parte), Estados Unidos(onde é o destino de uma das reservas e onde a empresa é baseada) e Brasil (onde sou cidadão e também destino final da outra passagem).
    Não tenho nada a perder, tenho duas opções:
    1) Reembolso dos valores pagos
    2) Embarcar em ambos os bilhetes emitidos – talvez não na classe comprada, mas o que importa é cumprir a viagem.

  • Gustavo Pereira

    É isso mesmo Duds. Quem tentou comprar ingresso pra COPA do mundo sofreu muito com cambista, justamente porque não conferiam a identidade dos titulares de ingressos nas entrada. Por isso as passagens são rigorosamente nominais.

  • luiz

    Queria dizer aqui que fiquei 12 dias na EUROPA pelo erro da KLM e ainda encontrei um brother no Voo que comprou a “promoção” sabendo por aqui também! Valeu Melhores Destinos, valeu KLM! Valeu Decolar! Foi incrível. =)

  • Nén

    Fiquei uma semana na Europa, graças ao erro da KLM e o aviso do Melhores Destino! Viagem top!

    • Sandra

      Que legal Nén!! Então, vc não teve problema nenhum, nem foi tratado de forma diferente pele empresa?
      Iremos em março e peço,por favor, que todos que forem chegando , reletem suas impressões aqui .
      Grata.
      Abraços

  • Daniel T. Santos

    Não desacredito em suas experiências, pois sei também que não existe cia perfeita já que ninguém é perfeito. Mas pelo tratamento que já recebi das cias americanas, olha, sou fã incondicional.

    Por sinal, dentre as 3, eu particularmente gosto muito da United. O pessoal tanto de solo quanto comissários de bordo são pessoas atenciosas e educadas e, pelo menos aparentam gostar do que fazem. A cia parece uma grande família, e uma coias que me chamou a atenção é a idade média dos funcionários, mais alta com relação à qualquer outra cia aérea que já voei (embora nao sejam muitas). No meu ultimo voo pela United, tinha uma comissária já com uma idade razoável mas de uma simpatia ímpar, além de ser super educada e atenciosa.

    E sobre esse caso específico, tenho a visão de que eles estão no direito de cancelar os bilhetes. Além de estar com preço ridiculamente baixo, o que qualquer pessoa com QI acima de uma ameba e de caráter conseguiria distinguir, havia que fazer certos “malabarismos” pra efetuar a compra. E bom, como já disse, a United não é inflexível no tratamento com seus consumidores, pelo menos 2 experiencias que tive com eles. É fácil se aproveitar do erro dos outros, quero ver se quem faz isso tem a mesma opinião quando for com ela mesma. Há erros e erros, não estou defendendo que os erros não sejam assumidos, mas há que se ter bom senso.

  • Linda

    Perfeito seu texto.
    Penso como vc.

  • Vinicius

    Meu não comprei essas passagens nem as da KLM infelizmente, mas gostaria de dar minha opinião como muitos fizeram. Tem uma galera dizendo que são aproveitadores e tal. Cara no mundo que 99% das pessoas vivem quem erra simplesmente paga pelo erro, simples assim.. Faça o teste, entre no site de qualquer cia aérea “erre” na escolha da data e peça para remarcar e veja a gentileza que vai receber… Provavelmente 120 dólares para remarcar.
    Sem dúvidas esse mundo do “errei, desculpe” seria bem legal, porém ainda não existe…

  • Moisés Schini

    Parabéns ao Melhores Destinos por incentivar outros ao erro. Muito jornalístico!

    • Fabiano Vasconcelos

      Não seja besta! Vale o que está escrito! Isso é lei, não é crime! Problema deles se eles erraram no preço!

  • Fabiano Vasconcelos

    Pois sim, Gabriel! Eu sugiro que se esse pessoal estiver com pena da empresa, que faça uma vaquinha pra sanar o SUPOSTO prejuízo deles!

  • Fabiano Vasconcelos

    Por que não, Maurício?

  • Hermes Hs

    Exatamente, a lei existe, e eu tenho conhecimento disto! Mas ela funciona e muito bem!!! NOS TRIBUNAIS!

  • João Alves

    Sempre gosto de analisar as coisas pela ótica da reciprocidade. Explico. Se fosse o passageiro que tivesse errado na hora de comprar a passagem, quão flexível a CIA Aérea seria e atenderia a vontade do cliente, entendendo que foi um erro? Eu tenho algumas experiências onde a CIA Aérea não flexibilizou nem 1 milímetro. Agora que a situação é desfavorável à United aí todos precisamos compreender que foi um erro? Tenho a opinião que não se pode ter 2 pesos e 2 medidas. Quando a CIA Aérea erra, volta-se atrás, mas quando o passageiro erra, azar de quem errou? Se a regra do jogo é “azar de quem errou” que isso aconteça sempre e não apenas quando é interessante.

  • Óbvio!! Se não tiver dinheiro ninguém compraria sequer um simples ticket de metrô. Mas mesmo se fosse alguém abastado, de bolso cheio, nada justificaria perder o valor de um trecho por conta do erro de uma Companhia aérea. As leis estão aí para serem cumpridas, gostem ou não.

  • Patricia

    Não eram passagem só para cá, havia também entre Londres e os Estados Unidos por exemplo

  • Jacqueline

    Foi o que pensei quando vi as passagens da KLM: isso é erro. E nem tentei. Erro ou não, perdi.