Temporada de furacões no Caribe: tire suas dúvidas!

Camille Panzera 12 · novembro · 2015

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

A Temporada de furacões no Caribe é sempre tema de muita discussão e dúvida entre os viajantes. Muitos querem saber quais os meses com mais furacões, as áreas mais afetadas e se correm perigo ao passar férias no Caribe. Para esclarecer o assunto, o MD preparou esse post especial com as informações da nossa especialista Camille Panzera, que já visitou a maior parte das ilhas da região. Confira!

Sol o dia todo, mar com água cristalina e paisagens naturais de cair o queixo – isso é o que muitas pessoas esperam de uma viagem ao Caribe e é isso que a grande maioria realmente encontra. A região tem diversas ilhas diferentes, cada uma com cultura própria, praias magníficas e pontos de mergulho maravilhosos. As promoções para o Caribe são frequentes aqui no MD e milhares de pessoas já aproveitaram nossas dicas, mas ao passo que surgem as promoções, surgem também as dúvidas sobre o período ideal para viajar.  

caribe1

A alta temporada nessa região ocorre durante os nossos meses de verão, especialmente de meados de dezembro até meados de abril, que geralmente são mais secos. A região sofre com a temporada de furacões e muitos se preocupam com os riscos de fazer uma viagem nesse período, afinal ninguém quer gastar dinheiro para perder viagem, né? O objetivo do post, então, é esclarecer alguns pontos a respeito dos furacões no Caribe, ajudá-lo a decidir quando realizar sua viagem e mostrar que o risco de enfrentar um furacão é muito menor do que parece.

Para entender a situação, é preciso primeiro saber o que é um furacão. Segundo o INMET, Instituto Nacional de Meteorologia, um furacão é o “nome dado a um ciclone tropical de núcleo quente, com ventos contínuos de 118 quilômetros por hora (65 nós), ou mais, no Oceano Atlântico Norte, mar caribenho, Golfo do México e no norte oriental do Oceano Pacífico. Este mesmo ciclone tropical é conhecido como tufão no Pacífico ocidental e como ciclone no Oceano Índico”. Esses ciclones podem ser classificados, com relação à sua intensidade, como perturbação tropical, depressão tropical, tempestade tropical, tufão e furacão – que, por sua vez, tem 5 níveis de intensidade, sendo o 1 mais brando e o 5 mais forte. 

caribe-furacoes5

Qual o período da temporada de furacões no Caribe?
O período oficial da temporada de furacões no Atlântico é de 1 de junho a 30 de novembro. Embora haja chances de furacões ocorrerem em qualquer época do ano, esses 6 meses concentram cerca de 97% das atividades tropicais ocorridas entre 1851 e 2013. 

Dentro da temporada de furacões, as maiores atividades ocorrem entre agosto e outubro, especialmente em setembro. Nesses três meses, há a concentração média de 78% das tempestades tropicais, 87% dos furacões de categorias 1 e 2 (mais fracas) e 96% de categorias 3, 4 e 5 (mais fortes) de todo o ano. As atividades mais frequentes acontecem no início ao meio de setembro. Os maiores estragos ocorrem quando os furacões atingem a terra; quando estão apenas no mar, as consequências são muito menos desastrosas. 

Outro dado importante e que pode, de fato, afetar a escolha do momento da viagem, é que os meses da temporada de furacões são também os mais chuvosos, portanto leve essa informação em consideração no momento de escolher a data da viagem. As chuvas também atrapalham o aproveitamento da viagem e os meses mais chuvosos são, geralmente, entre agosto e outubro.

caribe-furacoes1

Quais as chances de ser atingido por um furacão durante uma viagem ao Caribe?Estatisticamente, as chances são muito baixas! Mesmo viajando em setembro, o mês com mais ocorrências, e visitando uma área suscetível a furacões, as chances não são grandes. Segundo a Hurricane Research Division, que dentre outros temas pesquisa furacões nos EUA, se você visita Porto Rico (um dos lugares mais afetados) no mês de setembro (historicamente o mês mais afetado por furacões), a chance de ser diretamente atingido por um furacão ficando na ilha o mês inteiro é de 8%. Se você viaja a Porto Rico durante uma semana do mês de setembro, a chance de ser atingido é de apenas 2%! 

O curioso é que há mais chances de ser atingido por um furacão na Flórida ou n Golfo do México, por exemplo, do que no Caribe –  e não se vê a mesma preocupação com a temporada de furacões em Miami.

Aqui você consegue acompanhar as chances de ser “atingido” por um furacão mês a mês. 

Quais os lugares mais atingidos por furacões no Atlântico/Caribe?
Segundo o site Hurricanes City, as seguintes cidades e ilhas abaixo foram as mais atingidas apenas por furacões entre 1871 e 2014 – quando consideradas as tempestades tropicais, o número aumenta consideravelmente. Perceba como o arquipélago de Bahamas e cidades do estado norte-americano da Flórida são frequentemente atingidos. Os números indicam a quantidade de furacões que atingiram as cidades desde 1871.

caribe-furacoes4

1 – Great Abaco Island – Bahamas (39)
2 – Grand Bahama Island – Bahamas,  Bermuda, Cape Hatteras – North Carolina (35)
3 – Eleuthera Island – Bahamas (34)
4 – Bimini – Bahamas (33)
5 – Miami – Florida (31)
6 – Andros Island – Bahamas, Cat Island – Bahamas (29)
7 – Delray Beach – Florida, Hollywood – Florida, Lake Worth – Florida, Salvador Island – Bahamas (28)
8 – Cayman Islands, Deerfield Beach – Florida, Florida City – Florida, Isle of Youth – Cuba, Key Largo – Florida, Boynton Beach -Florida, Morehead City – North Carolina (27)

Veja aqui a lista de cidades mais atingidas por furacões e tempestades tropicais

Quais os lugares MENOS atingidos por furacões no Caribe?
São as ilhas na porção sul do Caribe. Entre os locais raramente afetados por furacões estão Aruba, Curaçao, Bonaire, San Andrés (Colômbia), Grenada, Trinidad e Tobago e a costa de países como Venezuela e Colômbia. As ilhas no oeste do Caribe também tendem a ser menos afetadas do que as ilhas no lado leste. 

É possível prever a existência de furacões? 
Não é possível prever com meses de antecedência que irá ocorrer um furacão, mas alguns dias antes é possível saber que um furacão está se formando e dessa maneira tomar as medidas necessárias para diminuir os danos por ele causados.

caribe-furacoes3

Viajar ou não para o Caribe na época de furacões?
Viaje, sim! Os riscos são muito pequenos mesmo nos meses de maior atividade e não há necessidade de cancelar uma viagem nessa época! Mas ainda assim é recomendável ficar atento a notícias na internet e noticiários locais durante a viagem, além de fazer um seguro de viagem que lhe dê suporte em caso de necessidade. Este é um cuidado que vale não apenas para furacões, mas qualquer outra eventualidade que possa afetar sua viagem em qualquer destino!

Caso haja a chance real de algum ciclone atingir o lugar em que você está passando as férias, são emitidos alertas para preparar a população, preparar as residências, hotéis e evacuar cidades, caso preciso. A cada ano as temporadas de furacões são diferentes e nada impede que sua viagem ao Caribe nessa época seja linda e cheia de dias ensolarados! 

Para mais informações, sugerimos a visita ao site da National Hurricane Center, parte do National Oceanic and Atmospheric Administration dos EUA, que pesquisa a respeito de tempestades tropicais e furacões. Na Wikipedia também há uma ótima página com as temporadas de furacões detalhadas ano a ano.

Autor

Camille Panzera - Editora de destinos Apaixonada por novas culturas, diferentes sabores, peculiaridades e paisagens que cada pedacinho do mundo é capaz de oferecer.