TAP Victoria alterou custos de resgates de voos com cias parceiras da Star Alliance! Veja o que mudou!

Leonardo Cassol 15 · março · 2018

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Conforme informamos na semana passada, o programa TAP Victoria divulgou hoje novas tabelas com a quantidade de milhas necessárias para o resgate de passagens aéreas nas companhias parceiras da Star Alliance. E não temos boas notícias!

Conforme esperado, houve aumento de até 71% nos custos de resgate, como para América Central. Mas também algumas reduções, como para Ásia e Oceania. Voos do Brasil para os Estados Unidos e Canadá tiveram os valores alterados de 55 mil para 70 mil milhas. Para a Europa, de 90 mil para 140 mil, talvez o aumento mais crítico, apesar de não ser o maior.

Confira os novos valores:

As emissões de voos de parceiras devem ser feitas pelo telefone. Uma dica para pesquisar a disponibilidade e não depender só dos atendentes, é utilizar o site da United, ou da ANA, e buscar opções com resgate “saver” de milhas reduzidas.

Infelizmente, o programa não tem sido muito transparente na implementação de tais medidas. Não temos conhecimento de nenhum comunicado oficial para os clientes brasileiros. O mesmo ocorreu com a cobrança unilateral da taxa de combustível para a compra de passagens com milhas.

Os regates até 14 de março seguiam a seguinte tabela (ANTIGA):

Mais informações no site do TAP Victoria.

Autor

Leonardo Cassol - Editor Economista, apaixonado por viagens, aviação e milhas! Especialista em programas de fidelidade do Melhores Destinos