Ameaça de greve faz TAP liberar troca de bilhetes sem taxas

Por Denis Carvalho

Passageiros que vão viajar pela TAP devem ficar atentos à greve dos funcionários da empresa, que pode paralisar várias rotas durante dez dias em junho e julho. Para evitar problemas para os clientes, a companhia autorizou a troca dos bilhetes sem custo adicional nas datas em que haverá a greve – 18, 19, 20, 25 e 26 de Junho e 1, 8, 15, 22 e 29 de Julho.

Segundo a empresa, os clientes poderão optar por alterar a data ou o percurso de sua viagem, desde que mantenha o mesmo destino final, para dias e percursos alternativos aos afetados pela greve. As alterações podem ser realizadas através do call center da TAP, nos balcões da companhia ou pelo mural de sua página no Facebook e não serão cobradas taxas pela alteração e reemissão dos bilhetes.

A greve na empresa foi anunciada pelo Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC), em protesto contra a decisão da TAP de reduzir um elemento por tripulação. A medida permitirá uma redução de 14 milhões de euros por ano nos custos da empresa portuguesa, que – comenta-se – está em vias de ser privatizada.

ATUALIZAÇÃO em 09/06: Felizmente, após reunião com a empresa agora há pouco, os funcionários da TAP decidiram suspender a greve.

Mais informações no site da TAP.