TAM, GOL e Avianca são cotadas para comprar a TAP

Denis Carvalho 21 · novembro · 2011

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

O governo português deve iniciar no próximo mês o processo de privatização companhia aérea TAP. A meta é que até meados de 2012 a venda seja concluída e a maior companhia aérea portuguesa passe a ser controlada por outra companhia. Enquanto a disputa não começa oficialmente, nos bastidores especialistas já apontam as favoritas para arrematar a TAP, entre elas as brasileiras TAM, GOL e  o grupo Avianca-TACA que é liderado pelo boliviano naturalizado brasileiro Germán Efromovich. A disputa, porém, não será fácil, já que também devem participar a gigante europeia IAG, que controla Iberia e British Airways.

Em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo, o presidente da TAP, Fernando Pinto, confirmou que a venda deve ser iniciada em dezembro, com perspectiva de que a empresa seja privatizada integralmente, embora o martelo ainda não tenha sido batido. “Essa é uma das partes importantes a serem definidas”, disse. “A ideia é ter uma definição do parceiro até metade do ano que vem.” O governo português também ainda não decidiu se a privatização será por leilão ou se seguirá outro modelo.

Apesar de ausência de conversas oficiais, o executivo acredita que haverá um grande interesse do mercado pela TAP. “Pela posição estratégica em termos de mercado, vemos grande interesse. A TAP é a maior no mercado entre Europa e o Atlântico Sul, e as outras estão bem distantes dela”, disse Pinto à agência de notícias Reuters durante evento de aviação no Rio de Janeiro. “Com privatização, vamos ter mais acesso a capital, mais liberdade de crescimento”, previu o presidente.

Ele destacou ainda a questão do idioma, que atrai os clientes brasileiros e, consequentemente, eleva a demanda. “Temos uma boa penetração no mercado brasileiro porque o brasileiro gosta de falar português. Além disso, Portugal é o país europeu mais próximo do Brasil… Tais posicionamentos tornam a TAP uma das mais importantes empresas aéreas que devem ser privatizadas”, completou.

Na Europa, as notícias sobre o assunto dão conta de que as companhias aéreas brasileiras estão entre as favoritas para comprar a TAP. Ao jornal português SOL, o secretário de Estados da Obras Públicas, Transportes e Comunicações, Sérgio Silva Monteiro, afirmou que  há cinco interessados na compra da TAP  e confirmou que a companhia  será 100% vendida durante o próximo ano.

Segundo Monteiro as interessadas seriam “empresas brasileiras, colombianas, do Médio Oriente e europeias”. Segundo o SOL apurou, trata-se das brasileiras TAM e GOL, da colombiana Avianca, da europeia IAG e da Qatar Airways. O jornal afirma ainda que “as empresas do Brasil são as melhores colocadas para garantirem o controle da TAP”. Além da companhia aérea, o governo português também deve privatizar a empresa responsável pela administração dos aeroportos do país.

Nos bastidores comenta-se que a TAM teria interesse no negócio, mas a dificuldade seria conciliá-lo com o momento de fusão com a LAN e criação da Latam. Já a GOL poderia usar a compra da TAP para voltar de vez ao mercado internacional, seja pela manutenção da companhia portuguesa, seja pelo retorno em grande estilo da Varig, empresa adquirida pelo grupo.

Na sua opinião qual empresa deveria arrematar a TAP? Responda nos comentários!

Com informações dos jornais O Estado de S. Paulo e SOL

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe