TAM libera uso de celulares e tablets em modo avião durante todas as fases do voo!

Leonardo Cassol 6 · janeiro · 2016

A TAM comunicou que a partir de hoje os passageiros que voarem em algumas rotas domésticas da companhia poderão manter seus aparelhos eletrônicos portáteis, como celulares, tablets e câmeras ligados durante todo o voo, desde que em modo avião. Até 31 de janeiro o uso será liberado em todos os voos domésticos e até março em todos os voos internacionais. A empresa não informou em quais rotas vai iniciar a liberação, então quem for voar com a TAM em janeiro deve seguir as orientações dos comissários.

Desde a liberação do FAA nos Estados Unidos em 2013, após estudos que comprovaram que os aparelhos eletrônicos não afetam a segurança de voo, as companhias aéreas norte-americanas iniciaram a liberação do uso de celulares e tablets durante todas as fases de voo, sendo seguidas, gradativamente, por empresas européias e asiáticas. No Brasil, tal prática só começou a valer em 2015, nos voos da GOL, que foi a primeira companhia aérea brasileira a liberar a utilização de eletrônicos durante todas as fases de voo.

Alguns leitores podem não compreender inteiramente o valor dessa medida, mas para quem faz pelo menos 6 voos por semana, 15 minutos adicionais de uso dos eletrônicos por voo podem representar aproximadamente 84 horas de trabalho em um ano ou a possibilidade de assistir 42 filmes dentro do avião. Mesmo para quem não viaja tanto assim, ter a liberdade de ouvir música, assistir algum vídeo ou mesmo ler um livro no celular ou no tablet sem ser repreendido pelos comissários é um alívio e tanto.

É difícil entender por que tanta demora ou resistência em implementar essa prática no Brasil, uma vez que os aviões utilizados pelas companhias brasileiras são os mesmos da Airbus, Boeing ou Embraer que voam no mundo todo. Vamos torcer para que a Avianca e a Azul não durmam no ponto e implementem a liberação ainda este ano!

A notícia é especialmente interessante para os passageiros da TAM devido ao seu novo sistema de entretenimento, que já funciona em algumas aeronaves e que deve ser expandido para toda a frota doméstica ao longo de 2016. Com ele é possível assistir filmes, séries, documentários e até a alguns canais do YouTube em seu próprio smartphone, tablet ou notebook. Todo o conteúdo fica armazenado no servidor do sistema, não demandando memória do seu aparelho. Tem também um mapa interativo que permite acompanhar a rota e o tempo restante de voo.

TAM-Entretainment1 (1)TAM-Entretainemt2 (1)TAM-Entretainmet-3 (1)

“Atualmente 98% dos nossos passageiros viajam com seu smartphone, tablet ou laptop, estão cada dia mais conectados e querem aproveitar os momentos dentro de nossas aeronaves para trabalhar, ouvir música e relaxar. Permitir que esses clientes mantenham seus dispositivos ligados durante embarque, voo e desembarque só aprimora a experiência que queremos oferecer: agradável, personalizada e totalmente controlada por eles”, destaca Eduardo Costa, diretor sênior de Serviços Brasil da TAM.

Publicado por

Leonardo Cassol

Editor

  • Ana Vilom

    Q bom

  • Alexandre

    Notei isso na Gol agora no reveillón que já não pedem mais para desligar os aparelhos eletrônicos em nenhum momento, apenas para colocar em modo avião. Também não sem importam mais em ficar com a mochila no colo durante a decolagem e pouso. Achei ótimo!

    • Renan Gleyson

      Gol prometeu disponibilizar WiFi em seus vôos agora em 2016, vamos aguardar!

      • Deyvisson F. R. Almeida

        Pagando, pagando…

        • Lucas Ribeiro

          Melhor ter pagando, que não ter nem pagando.

    • Jonatas Elias

      O fato de “não se importar” não quer dizer que esteja certo em manter a mochila no colo durante a decolagem/pouso. Só ter uma rejeição de decolagem e/ou arremetida que ela sairá “voando”, com risco de machucar alguém.Se não se importa com a sua segurança, pense na dos outros.

      • Alexandre

        Larga de ser dramático. Não tinha nada dentro da mochila além de um iPad, um carregador e uns chicletes.

  • Paulo Oliveira

    Faltou dar alguma razão plausível para a permissão ser apenas em algumas rotas.

  • Isma Borges

    Acho que nunca desliguei

  • willian hideo katahira

    Irei comprar um Sd maior para levar uns filmes comigo e assistir durante os voos. Ebah!

  • Josimar

    Antes tarde do que nunca! Que bom! Agora só falta poder antecipar o vôo pelo celular como na Gol e na Azul 🙂

  • Dorivan Arcangelo

    quero só ver os computadores dos airbuses dando tilt em pleno vôo….
    até parece q a comissaria vai saber quem coloca ou não o celular em modo avião kkk

    • Caio Pimpinato

      Não há quaisquer indícios de que equipamentos eletrônicos podem interferir nos instrumentos a bordo. Talvez na época dos celulares tijolões fosse possível alguma interferência. Uma dúvida interessante é a questão de que algumas pessoas tendem a questionar o porquê que só agora boa parte dos órgãos de controle e companhias aéreas estão permitindo o uso de equipamentos eletrônicos em todas as etapas do voo, sendo que já faz pelo menos uma década que houve o “boom” do uso desses equipamentos em voos. Na aviação tudo que é homologado é testado além dos seus limites e no maior número de cenários possíveis. Tais testes podem levar muito tempo, e é normal que algumas tecnologias acabem passando por testes que duram pelo menos uma década, por mais simples que possa parecer um celular com wifi. Outro fato importante é que após a liberação realizada pela Anac as companhias aéreas interessadas em permitir o uso dos equipamentos em todas as etapas do voo precisam realizar uma série de verificações em equipamentos a bordo, e isso pode levar tempo e é a principal causa do porquê a liberação pelas empresas não ocorreu de forma simultânea. Fora a questão da quantidade de testes em si também é interessante levantar que a transmissão de dados sem fio é algo bem complexo, e apenas equações matemáticas não são suficientes para exemplificação de sistemas desse gênero pois há muitas variáveis instáveis e outras que simplesmente são desconhecidas. Por mais que já houvesse um grande consenso de que celulares não interferem nos instrumentos homologados é indispensável a realização de amplos testes.

  • Alex

    fiz VIX-CGH pela TAM no dia 03/01 e realmente nao foi necessario desligar o celular .
    tambem utilizei o sisema de entretenimento, funcionou muito bem. a oferta de títulos ainda é limitada, mas assisti os primeiros 60 min de Vingadores contra Ultron !

  • Juliana Andrade

    Tive a oportunidade de viajar com a tam numa rota em que o latam entertaiment já estava liberado e foi excelente pois minha filha pode assistir a diversas séries infantis da Disney pelo meu tablet!!!
    Super aprovado, só não esqueçam de baixar o aplicativo antes do voo para poder aproveitar o benefício..

  • Mariana Ribeiro

    Eu li direito? Seis voos por semana?

    • Minha média de 2015 foi 6,47 voos por semana! 🙂

      • Lucas Ribeiro

        Te invejo!

  • Bruno Amaral

    Agora resta colocar tomadas nas poltronas, para carregar os devices.