TAM confirma negociação para comprar parte da TRIP

Denis Carvalho 30 · março · 2011

Os boatos de que a TAM negociava compra de parte da TRIP se confirmaram na manhã de hoje.  Por meio de um comunicado assinado pelas duas empresas, divulgado em primeira mão aqui no Melhores Destinos,  elas informaram que ontem (29/03) assinaram uma carta de intenções que poderá culminar na compra de 31% do capital da TRIP pela TAM, sendo 25% do capital votante e o restante em ações preferenciais da companhia regional.

Ainda segundo o comunicado, a carta não possui “efeito vinculante”, ou seja, ainda não representa compromisso de negócio e tem como objetivo inicial “identificar eventuais oportunidades para o fortalecimento e a expansão dos seus negócios, por meio do desenvolvimento de uma aliança estratégica complementar ao Acordo de Codeshare existente entre as duas companhias”. A aquisição de parte da companhia regional também dependerá, segundo o informativo, da aprovação pelas autoridades competentes.

No comunicado, a TAM afirma que seu objetivo no negócio é “capturar o crescimento do mercado e ter uma exposição mais significativa no mercado de rotas de média densidade”. Além disso, as empresas explicam que suas rotas atuais, em sua grande maioria, são complementares. “A melhoria da conectividade poderá gerar um fluxo de passageiros ainda maior para as duas companhias”.

Como é comum em negociações deste tipo, as empresas ressaltaram que a carta representa apenas uma negociação e que a venda não está garantida: “Não é possível, neste momento, fornecer nenhuma previsão acerca do desfecho das tratativas, uma vez que as mesmas são ainda preliminares e não vinculam ou obrigam as companhias, que poderão desistir da negociação a qualquer momento sem que possa ser pleiteado, por qualquer das partes, direito de indenização a qualquer título”.

A compra de parte da TRIP pela TAM foi noticiada pelo Melhores Destinos e era dada como certa nos bastidores. Caso seja concretizada, a TAM voltará a ocupar a liderança no mercado nacional, que perdeu para a GOL no mês de fevereiro. Somadas, TAM e TRIP têm 42,36% contra 39,77% da GOL.

 

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe
  • Saulo Benigno

    Lembro que tinha sido um rumor e tinha sido negado por eles mesmo.

    Engraçado isso né?

    • Leonardo Marques

      Sim, teve gente que disse que nós estávamos inventando aquilo.

  • Rodolfo Guidi

    Cartel na aviação! Precisamos de diversidade e opções de cias aéreas. Mas parece que esse mercado está caminhando no sentido inverso.

    • Tiago Macedo

      hehe, as duas cia's mais caras JUNTAS.

      que o CADE nos ajude!

  • Carlos Augusto

    Preparemos nossos bolsos para passagens mais caras ou é impressão minha?!

  • alex

    aqui no esp. santo no jornal a gazeta saiu uma entrevista com um executivo do grupo águia branca, um dos proprietários da trip, na qual dava a informação de que eles não iriam vender a empresa….

    essa falsa informação passada por esse executivo só cria desconfiança do consumidor quanto a honestidade da empresa, afinal de contas eles vestem a camisa da mesma.

    é lamentável ver tal fusão, isso só faz com que o consumidor fique cada vez mais sujeito a viajar pelas grandes empresas que tanto nos usurparam durante anos protegidos por um partenalismo governamental que não abria o mercado da aviação civil brasileira.

    não é isso que nós consumidores queremos…queremos mais e mais empresas , mais opções de destinos, mais aviões, mais aeroportos, melhor atendimento e preços competitivos….

    mas o mundo capitalista está aí e empresários quando veem dimdim na mão são piores que urubus quando vê carniça…

  • Ferbrasilia

    É uma pena, por que a estratégia da TAM que temos acompanhado é eliminar a concorrência e praticar preços exorbitantes como no de BSB pro interior de SP, onde se vê preços absurdo de R$ 1.800 reais ou até mais.

    • ferbrasilia

      Corrigindo os erros de português… É uma pena, por que a estratégia da TAM que temos acompanhado tem sido eliminar a concorrência e praticar preços exorbitantes como no caso de BSB pro interior de SP, nos quais se vê preços absurdos de R$ 1.800 reais ou até mais

  • Raphael

    Uma coisa clara é que nessa negociação bem ai, é bem clara é para destinos de escalas, quer dizer os locais onde a trip voa e ainda assim é barato vai ser voado agora por Tam, nuuusssss veiii…

    Vai ficar uma coisa de doido, os preços vão ficar cada vez mais caros de mais difícil de se ter uma boa opção de preço bom, essa é a intenção deles, nos deixar sem muitas excolhas!

    Muito obrigado meninos pela informação muito valida para quem viaja pelo mundo a fora!

  • Luis Guilherme

    A pior notícia do ano. Repito. A melhor companhia brasileira sendo comprada por uma das piores (aliás, só não é a pior por culpa da webjegue)

  • Miriane

    A minha cidade é servida por 2 cias, a Pantanal (que a TAM comprou) e a Trip. A Pantanal, desde quando a Tam comprou, piorou, vários voos cancelados, mudança do voo de Congonhas para Guarulhos etc. Agora a Tam quer comprar a Trip também… ninguém merece!!

  • Alexandre

    A TAM quer tomar conta das empresas de pequeno porte.Comprou a Pantanal para ter lucro em SP congonhas e interior de SP, agora quer a Trip para tomar conta do interior do Brasil e de quebra mandar nos pousos e decolagens de BH.

  • cobra desequilibrada

    E o governo faz o quê contra isso? Cadê a abertura pro mercado externo de cias áereas? Assim não vai.

  • Alex Souza

    Tamo ferrados.

  • Alex Souza

    TAM- Transportes Aereos Malandragem compra a T.R.I.P-

    Tentamos Revolucionar I Paramos

  • Jaeny Leal

    E o governo o que fará contra este absurdo, pelo visto teremos que viajar de ônibus ou a pé poid os preços praticados pela tam são verdadeiros absurdos socorrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrro.

  • Luciene

    Concordo.. noticiaram primeiramente que a TAM estava comparando a TRIP, o que de fato não ocorreu.

  • Wilson Miranda

    Em termos de preços altos a Azul ganha da Trip, o problema é que a TAM compra e destroi, como fez com a Pantanal. Retira os pousos e decolagens de Congonhas para colocar os seus, os horários atrasam ou são cancelados sob a justificativa de " aeronaves em manutenção" e depois cancela as rotas "para adequar a malha". Que o CADE nos ajude mesmo.