Má notícia! Smiles reajusta tabela de emissão de companhias aéreas parceiras sem aviso

Denis Carvalho 30 · abril · 2015

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Os clientes do Smiles foram surpreendidos de maneiro nada agradável mais uma vez. Sem aviso prévio, o  programa de milhas da GOL aumentou a tabela de emissão de várias companhias parceiras, frustando os planos de quem estava acumulando suas milhas para uma viagem internacional. O aumento não afetou todas as companhias parceiras, mas foi o suficiente para atrapalhar a viagem de muita gente!

“Estou me programando pra fazer uma viagem em Junho com meu noivo, para Alemanha e Zurique. Só que como ainda não tínhamos a certeza absoluta da viagem, eu só estava monitorando as passagens, mais especificamente as milhas (Smiles), já que tenho uma quantidade razoável e que daria pra pegar os dois trechos, pois um trecho estava 50 mil e outro 65 mil, o que esta bem próximo ao que possuo. Mas hoje, quando ele obteve a certeza da viagem, entrei no Smiles pra emitir minhas passagens e tive uma surpresa, os trechos subiram muito, passaram para 65 e 80 mil respectivamente”, lamentou a leitora Fernanda Almeida, uma das muitas que foi surpreendida com a decisão do Smiles.

Já o leitor Renato Duarte estava planejando viajar para a Ásia, mas terá adiar os planos: “É um absurdo que a companhia faça uma mudança como esta sem avisar os seus clientes! De um dia para o outro as milhas que acumulamos com tanta dificuldade simplesmente passam a valer menos!”

Pelo que apuramos, o aumento afetou as passagens de várias companhias, como Air France, KLM, TAP e Etihad. Procurado pelo Melhores Destinos, o Smiles confirmou a alteração, que foi justificada pela variação cambial. No entanto, o programa firmou que continua seguindo a seguinte tabela de resgates mínimos, com voos da Aerolíneas, Delta, Alitalia e Qatar, além da própria GOL:

Nova-tabela-smiles

Não vamos entrar no mérito da questionável justificativa do aumento do dólar e seu reflexo nas milhas, mas o Smiles pisa na bola mais uma vez ao não informar seus clientes com antecedência e permitir que eles façam suas emissões antes da mudança nos valores das passagens. Seria muito bom se a companhia revesse a decisão e desse pelos menos um prazo antes de efetivá-la! Que tal, Smiles?

Dica dos leitores Pedro Silva, Luís Fontavine Neto, Lucas Marroquim, Pedro Abreu e Fernanda Almeida

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe