Sky Airline deixará de voar para o Brasil a partir de março de 2016

Leonardo Cassol 16 · outubro · 2015

A companhia aérea chilena Sky Airline anunciou hoje que deixará de voar para o Brasil a partir de 29/02/2016. A empresa opera voos entre Guarulhos e Santiago há pouco mais de um ano e contribuía até então para aumentar a competição com LAN, TAM e a GOL que também operam a mesma rota. De acordo com o comunicado oficial da Sky, “a complicada situação da economia brasileira e a baixa rentabilidade da rota determinaram a suspensão das operações para São Paulo”.

Segundo a diretora de marketing da companhia, Gloria Serrat, a medida responde à nova estratégia de comercial de negócios low cost, com foco na eficiência, simplicidade e produtividade e faz parte de um ambicioso plano de otimização de rotas.

A Sky Airline informa que vai contatar todos os passageiros atingidos pela suspensão dos voos para oferecer a melhor solução possível, mas também colocou a disposição o telefone (11) 3121-8611 para o atendimento aos clientes.

avaliacao+skyairline+airbusa320

Sem dúvida, para os passageiros é lamentável sempre que um competidor deixa de operar no Brasil, pois isso reduz a concorrência  nas rotas atingidas e, consequentemente, o ritmo de promoções.

Publicado por

Leonardo Cassol

Editor

  • Andrew Bueno Piolli

    É uma pena, pois com a criação da LATAN teremos só duas companias, espero que os preços continuem baixos

    • Márcio Sampaio

      E acho que logo a Gol vai abandonar (de novo) essa rota. Aí voltamos ao monopólio.

  • “Foco na eficiência, simplicidade e produtividade” Tudo que falta na economia e políticas brasileira.

  • EIion Tallet

    Lamentável! Menos uma concorrente, as empresas brasileiras agora pintarão e bordarão.

  • Mario Eduardo

    É menos uma opção, mas só tinha um horário por dia. Viajei com ela em maio, tinha comprado passagem para chegar em Santiago na hora do almoço, mas cancelaram o voo e me puseram em um que chegou meia noite. Apesar de tudo, foi uma viagem razoável.

    • André Felipe

      não era dois por dia?

      • Mario Eduardo

        Só na alta temporada.

  • luis

    As passagens pra o Santiago vão aumentar,sem duvida.Que pena!Se a Sky vira de ser uma cia de low cost,não oferece preço que mais baixo que Latam,quem vai viajar com ela

  • Marcio K.

    Acabei de voltar do chile pela Sky, achei normal o vôo, sem regalias, mas tbm o minimo de serviço, como lanche e bebidas. Como sempre opto pelo preço invês do conforto achei ótimo, uma pena mesmo. Obs: O vôo realmente estava vazio, tanto no de ida, quanto no de volta, peguei uma fileira somente para mim.

  • Thiago Brasil

    Mais uma empresa estrangeira fugindo do Brasil! Um brinde aos nossos (des)governantes…

  • Jefferson Paulo

    Eu acho que a proxima é a Tame.

    • EIion Tallet

      Talvez não porque não há nenhuma outra empresa fazendo a rota SP-Quito, ela manda e desmanda nessa rota e é isso que interessa a ela… Quando tem uma rota com muitas concorrentes aí o negócio complica… Santiago e Buenos Aires tem inúmeros voos, todo mundo voa pra lá.

      • Tarcísio Medeiros

        Apesar de que Quito mesmo as pessoas falando muito bem, não é um roteiro turístico, e ainda está num país que tem como moeda oficial o dólar americano. Logo apesar dela ser monopólio, o turismo principalmente de brasileiros pode ser prejudicado..

  • Victorio Krause

    Deixa passar o periodo das olimpiadas…a redução de voos será enorme se o dolar continuar alto! A American por exemplo vai reduzir bastante!

  • André Felipe

    American Airlines abandona MIA – VCP JFK – VCP, além da perna para CWB.
    Copa cancela PTY – VCP, além de reduzir a quantidade de vôos em algumas cidades.
    Delta abandona Brasília.
    SKY deixa Guarulhos.
    E a lista só aumenta…

    • EIion Tallet

      A Gol vai deixar de voar Caracas também…

      • Jonatas Elias

        Em Caracas o buraco é mais embaixo. Ela está tendo problemas em repatriar os dólares, coisas do governo.

        • Tarcísio Medeiros

          Pois é, em Caracas a situação é diferente. Só em imaginar que o governo cobra 6 Bolívares pra um dólar, enquanto o negro chega a 700, não tem como ser uma rota de lucratividade tranquila. Até pq nem pensar em ficar com bolivares, inflação altíssima. E cê sabe, governo nacionalistas demais “contra empresas imperialistas” dão nisso….

          • Jonatas Elias

            Parece que ela pretende comprar imóveis lá p não perder capital, daí no futuro quando (se) a situação melhorar, ela venda e repatria os valores.

          • Tarcísio Medeiros

            Bem, pelo que andei lendo, só se for num futuro beeeem distante pelo visto. Li um artigo de um cara que acho que passou ou foi uma semana ou um mês na Venezuela com apenas 100€, e nisso incluiu hospedagem e até uma passagem aérea pro interior, utilizando o câmbio negro. Então creio que principalmente os aluguéis lá são bem controlados… e mesmo que depois arrumem, o excesso de oferta vai fazer com que o preço dos imóveis fiquem bem mais baixos. Pra uma cia que já tá dando prejuízo, não vejo vantagem em manter essa rota não…

    • Julio Brandao

      Aperte o 13 e confirme

      • Marcio Rebello

        Lacra o 13!!

  • Antonio Silva

    Próxima…

  • Thalitta Sousa

    13 lacrando mais um vez

  • Ricardo Grillo

    Realmente uma pena, principalmente para quem pratica esportes radicais pois a SKY permite Quilos de bagagem, bem mais atrativos que TAM e GOL !