Seguro médico dos cartões MasterCard passa a cobrir doenças preexistentes

Thayana Alvarenga 3 · fevereiro · 2016

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

A MasterCard começou o ano de 2016 com novidades para seus clientes. Desde 1° de janeiro algumas mudanças nos serviços de assistências e seguros dos cartões de crédito Platinum e Black. A novidade é que agora o seguro de emergências médicas em viagens passa a cobrir casos de doenças preexistentes. Isso significa que os beneficiários do seguro podem se beneficiar do seguro fora do país com assistência médica para uma doença diagnosticada antes da viagem.

Formalmente, a condição preexistente é dividida entre lesão e enfermidade. No caso da lesão, é uma doença para a qual um médico tenha recomendado ou prestado cuidados, tratamento, aconselhamento ou que tenha se manifestado ou sido contraída antes do início da viagem coberta. Já a enfermidade é uma condição ocorrida durante o período de 90 dias anteriores ao início da viagem coberta, quando o tratamento foi procurado e recomendado por um médico licenciado e para a qual haja sintomas, levando a pessoa a buscar diagnóstico, cuidado ou tratamento. Lembrando que uma doença médica não é considerada preexistente se for controlada, ou seja, não apresentando sintomas ou exigindo ajuste do tratamento ou medicação.

Os portadores dos cartões Platinum e Black da MasterCard continuam a ter os demais benefícios de assistência médica em viagens. Ela fornece despesas médicas, transporte médico de emergência, repatriação de restos mortais, retorno de dependentes e idosos, viagem de emergência de membro da família, entre outros.

Cobertura cartões MasterCard Platinum

As despesas médicas estão cobertas até o valor máximo de USD 25.000 por pessoa, incluindo cônjuge/companheiro e filhos dependentes, viajando juntos ou separados. A remoção médica de emergência/repatriação cobre até USD 50.000, além de custos de viagem de membro de família em situações de emergência, com passagem de ida e volta de classe econômica, mais USD 150 por dia por até cinco dias. Já a cobertura para retorno de filhos dependentes/pessoa idosa chega a USD 10.000. A repatriação de restos mortais é coberto em até USD 25.000.

Cobertura cartões MasterCard Black

As despesas médicas estão cobertas até o valor máximo de USD 150.000 por pessoa, incluindo cônjuge/companheiro e filhos dependentes, viajando juntos ou separados. A remoção médica de emergência/repatriação cobre até USD 100.000, além de um benefício em dinheiro para paciente internado de até USD 200 por dia por até 30 dias. Passagem de retorno para o país de origem de até USD 7.500 para em Primeira Classe. Convalescença em hotel até USD 250 por dia por até 5 dias e custos de viagem de membro da família em situações de emergência de até USD 7.500 para passagem de ida e volta e USD 250 por dia por até 5 dias. Tem ainda retorno de filhos dependentes/pessoa idosa até USD 25.000 e tarifas de hospedagem/canil para animais de estimação de até USD 500. Repatriação de restos mortais até USD 100.000. Perdas cobertas causadas ou resultantes de atos de terrorismo não estão excluídas.

Como ativar a cobertura

A cobertura é fornecida automaticamente quando o custo total da passagem de uma empresa de transporte comercial for cobrado do seu cartão MasterCard Platinum ou Black qualificados, e/ou adquirida com pontos ou milhas ganhos em um programa de recompensas associado ao seu cartão. As viagens estão cobertas por um período máximo de 60 dias consecutivos no caso dos cartões Black e no máximo 31 dias consecutivos para cartões Platinum. Não há limites para o número de viagens.

Mais informações, na página de seguros dos cartões MasterCard Black e MasterCard Platinum.

Dica enviada pelas leitoras Neusa Soares e Laryssa Cardoso.

Já usou o seguro de viagem dos cartões Mastercard? Conte nos comentários como foi sua experiência!

Autor

Thayana Alvarenga - Repórter