Como fazer saques da sua conta corrente no exterior e conseguir moeda estrangeira com economia

Leonardo Marques 9 · outubro · 2013

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Uma das dúvidas mais comuns para quem viaja ao exterior é qual a melhor forma de levar dinheiro para cobrir seus gastos e compras. Já tratamos do assunto neste post e uma das formas que mais tem se destacado são os saques direto de sua conta corrente em caixas eletrônicos: uma forma simples, segura e econômica de obter moeda estrangeira no país que está visitando. Para quem nunca usou o recurso, nosso leitor Marcos Sobral preparou um tutorial excelente, mostrando passo a passo como proceder. Acompanhe e tire suas dúvidas!

Muita gente pergunta como levar dinheiro para a viagem. Uma das formas mais fáceis e baratas é a realização de saques em moeda local da função débito. A maioria dos bancos oferece este serviço (com exceção da Caixa). O processo é simples: você usa seu cartão em um caixa eletrônico do exterior e o valor é debitado automaticamente em sua conta corrente. A vantagem deste processo está na cotação (que fica cerca de dois centavos acima do dólar comercial). Abaixo segue um passo a passo do processo:

1.Desbloqueie o cartão
Antes de viajar é preciso desbloquear seu cartão, avisando que vai usar ele no exterior. A maioria dos bancos permite este desbloqueio pelo Internet Banking.

2. Localize os caixas eletrônicos
Nos EUA você pode procurar caixas eletrônicos com a sigla ATM. Eles estão em quase todos os lugares: shoppings, hotéis, postos de combustíveis, etc.

image

3. Usando
a) Insira o cartão e aguarde as opções.

image_1image_3

b) Muitos dos caixas oferecem várias opções de idiomas. Neste caso, foi solicitado o inglês.

image_4

c) Selecione o tipo de saque. Aí está a pegadinha. Se você selecionar crédito, vai pagar IOF* do cartão de crédito. Por isso, se você estiver usando cartões múltiplos (débito e crédito) cuidado com esta opção. Selecione a opção débito e coloque a sua senha (a mesma que você usa no Brasil).

image_5

d) Na opção de saque selecione Checking.

image_10

e) A máquina vai perguntar se quer recibo. Selecione Yes.

image_11

f) Selecione o valor. Existem diversos caixas com limites diferentes. Alguns em shoppings possuem limites mais altos. Normalmente o limite máximo é de 300 dólares em postos de combustível e hotéis. Em shoppings, como foi o caso deste, o limite estava em 800 dólares. Quanto maior o saque mais barato fica o valor da cotação.

image_14

g) Se você clicar em “Other” vai aparecer a opção de inserir o valor. Alguns caixas dizem os limites de saque.

image_15

h) Taxa do Caixa Eletrônico estrangeiro: os caixas cobram uma taxa que varia de 4 a 6 dólares independente do valor sacado. Neste caso me abocanharam 4 dólares. Clique em “Accept Fee”.

image_18

i) Tire o cartão e pegue o dinheiro.

image_19

3. Custo final
image_21

Para comparar, vamos aos custos da operação:

Saque: US$ 800
Taxa do Caixa Estrangeiro: US$ 4,00
Valor Total em Dólares: US$ 804,00
Valor Debitado em minha Conta: R$ 1.772,82
IOF: R$ 6,74*
Custo Saque cobrado pelo Santander: R$ 15,00
Custo Total: R$ 1.794,56
Cotação final do saque: R$ 2,2432
Cotação do dólar no dia do saque: R$ 2,218
Cotação do dólar na casa de câmbio: R$ 2,45 (aproximado)

 

Como pudemos acompanhar neste excelente tutorial do Marcos, a vantagem financeira costuma ser significativa. Mas isso não é tudo. Confira mais algumas dicas:

– Os saques não são feitos pela rede do seu banco, mas sim pela operadora de crédito. Os cartões Visa usam a rede Plus e os Mastercard a rede Cirrus. Você pode procurar essa identificação, mas geralmente os caixas usam as duas redes!

sacar-dinheiro-exterior

– Ao sacar nos caixas ATM você consegue o valor em moeda local. Isso é ótimo para quem está viajando para países que não usam dólar ou euro e cujas moedas sejam difíceis de serem encontradas no Brasil!

– Os saques são também uma forma de economizar tempo durante a viagem, já que você não precisará pesquisar casas de câmbio nem enfrentar filas para fazer a compra!

Encontre os caixas automáticos ao redor do mundo:

Mastercard Cirrus
Visa Plus

Saiba mais informações tarifas no site do seu banco:
Banco do Brasil
Bradesco
Citibank
HSBC
Itaú
Santander

Agradecemos ao Marcos por este ótimo tutorial. E você? Costuma fazer saques com seu cartão de débito durante viagens internacionais?  Quanto o seu banco cobra de taxa? Veja neste outro post como levar dinheiro em uma viagem para o exterior

*Atualização: Infelizmente, o governo decidiu sobretaxar os saques de contas correntes feitos no exterior com IOF de 6,38% o que tornou essa opção bem menos atrativa. Veja nesse post as novas alternativas para pagamentos durante a viagem com o novo IOF.

Autor

Leonardo Marques - Diretor do Melhores Destinos